Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Rede Globo
Você acha que a GLOBO é contra o Cristianismo?
Sim
Não
Um pouco
Não sei
Ver Resultados


Rating: 3.4/5 (348 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...

---------------------------------------

1

CLIQUE AQUI e

Adquira já o seu livro e cresça

na graça e no conhecimento

---------------------------------------

1

Irmãos não sejais meninos no entendimento, mais sede meninos na malícia e adultos no entendimento (I Co 14.20).

 1

 QUE NA VOLTA DO SENHOR, NO TOCAR DAS TROMBETAS, TU ESTEJAS FIRMADO NA PALAVRA DE DEUS, PARA PODER IR MORAR COM O SENHOR PARA SEMPRE. QUE DEUS TE ABENÇOE.



Total de visitas: 90824
➳ Dicionário
➳ Dicionário


A
AAVA Cidade da Babilônia que ficava às margens do rio que também se chamava de Aava (Ed 8.15-31).
ABADOM [Destruição, Destruidor] Nome hebraico daquele que governa as regiões do inferno (Ap 9.11). Em grego o seu nome é Apolião.
ABANA [O Permanente] Rio que atravessa a cidade de Damasco (2Rs 5.12). Suas águas são permanentes (v.RIO).
ABARIM [Passagem] Região montanhosa que ficava do outro lado, ao se “passar” o Jordão (Dt 32.49). Mais tarde essa região recebeu o nome de Peréia.
ABATER Abalar, desanimar, enfraquecer (Pv 15.13; Lm 3.20).
ABDIAS V.OBADIAS.
ABDOM [Serviço] JUIZ 1) (Jz 12.13-15).
ABEDE-NEGO [Servo do Deus Nabu] Companheiro de Daniel durante o CATIVEIRO na Babilônia. Seu nome israelita era Azarias (Dn 1.7; 2.49; 3.12-30; RC, Abednego).
ABEL [Respiração ? Pastor ? Filho ?] Segundo filho de Adão e Eva. Foi morto por Caim, seu irmão (Gn 4.1-16).
ABENÇOAR V.BÊNÇÃO.
ABIAS [Javé É Pai] Segundo rei de Judá, que reinou 3 anos (913-911 a.C.), depois de Roboão, seu pai (2Cr 13).
ABIATAR [Pai de Abundância] Sumo sacerdote, filho de Aimeleque. Foi conselheiro de Davi (1Sm 22.20). Salomão o demitiu por ter ficado do lado de Adonias (1Rs 2.22-35).
ABIBE O primeiro mês do calendário hebraico. Ia de meados de março a meados de abril. Era chamado também de nisã (Êx 13.4; Et 3.7).
ABIGAIL [Fonte de Alegria] Esposa de Nabal. Depois da morte dele, ela casou-se com Davi (1Sm 25.2-44).
ABILENE Território que ficava a noroeste de Damasco. Era governado por Lisânias quando João Batista começou o seu ministério (Lc 3.1).
ABIMELEQUE [Pai do Rei] 1) Rei dos filisteus no tempo de Abraão (Gn 20; 21.22-34). 2) Rei dos filisteus no tempo de Isaque (Gn 26.1-17). 3) Filho de Gideão, feito rei em Siquém (Jz 8.30—9.57).
ABINADABE [Pai Generoso] 1) Levita em cuja casa ficou guardada a arca da aliança (1Sm 7.1). 2) Filho de Jessé (1Sm 17.12-13). 3) Filho de Saul (1Sm 31.2).
ABIRÃO [Pai Nobre] Um dos quatro líderes que se revoltaram contra Moisés (Nm 16.1-2).
ABISAGUE [Meu Pai Vagueia] Moça que cuidou de Davi na sua velhice (1Rs 1.3-4,15).
ABISAI [Pai de Riqueza ?] Filho de ZERUIA (2Sm 2.18). Comandava parte do exército de Davi (2Sm 18.2,5,12).
ABISMO De acordo com o pensamento daquele tempo, um imenso buraco sem fundo nas profundezas da terra, onde os espíritos maus ficavam presos até o castigo final (Is 14.15; Lc 8.31; Ap 9.1).
ABIÚ [Ele É Meu Pai ? Meu Pai É Majestade ?] Sacerdote, filho de Arão. Ele e o seu irmão Nadabe foram mortos por causa de desobediência (Êx 28.1; Lv 10.1-2).
ABNER [Pai de Luz] Primo de Saul e comandante do seu exército (1Sm 14.50). Foi morto por Joabe (2Sm 2—3).
ABORRECIDO Desgostoso (Lv 20.23; Jn 4.1).
ABORRECIMENTO Desgosto, contrariedade (Ec 1.18).
ABORTO Expulsão do feto antes do tempo em que possa permanecer vivo fora do útero materno (Jó 3.16).
ABRAÃO [Pai de uma Multidão] Filho de Terá e descendente de Sem. Deus o chamou em Ur da CALDÉIA para dar começo à nação hebraica (Gn 12.1—25.10). Por causa da sua fidelidade, tornou-se o pai dos crentes de todos os tempos (Gl 3.6-7).
ABRÃO [Antepassado Famoso] Nome do primeiro PATRIARCA, que foi mudado para ABRAÃO quando ele tinha a idade de 99 anos (Gn 17.5).
ABSALÃO [Pai de Paz] Terceiro filho de Davi. Tornou-se inimigo do pai. Foi morto por Joabe (2Sm 13—18).
ABSURDO Contrário ao bom senso (Pv 26.1; At 25.27).
ABUSAR Violentar sexualmente (Jz 19.25).
ABUTRE Ave de rapina cuja cabeça não tem penas (Lv 11.18).
ACÃ [Perturbador] Israelita que foi castigado por ter pego para si algumas coisas dedicadas a Deus (Js 7).
ACABE [Irmão do Pai] 1) Sétimo rei de Israel, que reinou 22 anos (874-853 a.C.), depois de Onri, seu pai. Jezabel, sua mulher, levou o povo a adorar ídolos. Deus mandou o profeta Elias falar contra ele (1Rs 16.28—22.40). 2) Profeta falso (Jr 29.21-23).
ACÁCIA Madeira forte e durável usada em construção e na fabricação de móveis (Êx 25.5).
ACÁCIAS, VALE DAS Situado em MOABE, foi a última parada dos israelitas antes de entrarem na Terra Santa (Nm 25.1; Js 2.1; 3.1).
ACADE Antiga cidade da Babilônia (Gn 10.10).
AÇAFRÃO Planta de cujas flores se prepara um pó alaranjado, cheiroso, que é usado como tempero e como remédio (Ct 4.14).
ACAIA PROVÍNCIA romana que, juntamente com a Macedônia, formava a Grécia (At 19.21).
ACAMPAMENTO Lugar, em campo aberto, onde pessoas ficam morando por algum tempo. O povo de Israel montou quarenta e um acampamentos durante sua viagem pelo deserto (Nm 2).
AÇÃO DE GRAÇAS Ato de agradecimento a Deus (Sl 95.2; 1Tm 2.1).
ACAZ [Ele Sustenta] Décimo segundo rei de Judá, que reinou 4 anos junto com Jotão, seu pai; e depois, sozinho, mais 16 anos (736-716 a.C.). Foi um dos piores reis de Judá (2Cr 28).
ACAZIAS [Javé Sustenta] 1) Oitavo rei de Israel, que reinou 2 anos (853 e 852 a.C.), depois de Acabe, seu pai (1Rs 22.52-54; 2Rs 1). 2) Sexto rei de Judá, que reinou 1 ano, em 841 a.C., depois de Jeorão, seu pai (2Cr 22.1-9).
ACEITO POR DEUS Tradução que a NTLH dá para o verbo dikaioo, geralmente traduzido por “justificar” (Rm 5.1). Não se trata de uma declaração judicial, mas de um termo entendido no relacionamento do ser humano com o Deus da ALIANÇA, um Deus que aceita a pessoa que se põe em relação correta com ele (ver Greek-English Lexicon of the NT Based on Semantic Domains, de Louw e Nida).
ACELDAMA [Campo de Sangue] Nome do terreno comprado com o dinheiro que Judas havia recebido para trair Jesus (At 1.19).
AÇOR ABUTRE (Dt 14.13).
ACORDO Trato ou tratado feito entre pessoas, tribos, nações ou cidades-estado, em que ambas as partes assumiam certas obrigações (2Sm 3.12; Js 9.6,15; 1Sm 11.1), e no qual, segundo o costume oriental, Deus era testemunha (Gn 31.50; 1Sm 20.8).
ACRESCENTAR Ajuntar alguma coisa a outra (Dt 4.2; Gl 3.15).
ACSA [Correntinha de Tornozelo ?] Filha de Calebe, dada em casamento a Otniel, seu primo (Jz 1.12-13).
AÇUDE Barragem construída para represar águas (Ec 2.6).
ACUSAR Declarar que alguém cometeu falta ou crime (Lc 6.7).
ADÃO [Terra, Solo] 1) O primeiro homem criado por Deus (Gn 1.27—5.5). É uma FIGURA de Cristo, que é o segundo Adão (Rm 5.14-19; 1Co 15.22). 2) Nome genérico do ser humano, incluindo o homem e a mulher (Gn 5.1-2).
ADAR O décimo segundo mês do calendário hebraico. Ia de meados de fevereiro a meados de março (Ed 6.15).
ADIVINHAÇÃO Forma de MAGIA em que se procura predizer o futuro e aconselhar quanto a ele (2Rs 17.17). Era proibida ao povo de Israel (Lv 19.26).
ADIVINHO O que pratica a ADIVINHAÇÃO (Js 13.22).
ADMINISTRADOR Pessoa que dirige negócios (Is 22.15).
ADMINISTRAR Dirigir negócios próprios ou de outrem (1Cr 23.4; 1Co 4.1).
ADONAI V.SENHOR.
ADONIAS [Javé É Meu Senhor] Filho de Davi que tentou, mas não conseguiu, tomar dele o reino (1Rs 1 e 2).
ADORAÇÃO Culto, honra, reverência e homenagem prestados a poderes superiores, sejam seres humanos, anjos ou Deus (Sl 96.9). Na Bíblia há quatro etapas de desenvolvimento da adoração a Deus. 1) Os patriarcas adoravam construindo altares e oferecendo sacrifícios (Gn 12.7-8; 13.4). 2) Em seguida veio a adoração na TENDA SAGRADA e no Templo, com um sistema completo de SACRIFÍCIOS. 3) A adoração nas SINAGOGAS começou durante o CATIVEIRO. 4) Da adoração cristã fazem parte pregação (At 20.7), leitura das Escrituras (1Tm 4.13), oração (1Tm 2.8), louvor (Ef 5.19) e ofertas (1Co 16.1-2), além de batismos (At 2.37-41) e da ceia do Senhor (1Co 11.23-29).
ADRAMELEQUE [Adar É Rei] 1) Nome de Adar, o deus assírio que o povo de Sefarvaim levou para Samaria (2Rs 17.31). V.ANAMELEQUE 2) Filho de Senaqueribe (2Rs 19.37).
ADUBO ESTERCO (Lc 13.8).
ADULTÉRIO Relação sexual que um homem casado tem com uma mulher que não é sua esposa ou vice-versa (Jr 23.10; Jo 8.3). A IDOLATRIA era chamada, figuradamente, de adultério (Jr 3.9; Ez 23.37). V.AMANTE.
ADVENTO A vinda de Cristo na ENCARNAÇÃO, quando ele se tornou um ser humano.
ADVENTO, HINOS DO V.HINO.
ADVERSÁRIO Aquele que luta contra; inimigo (2Sm 2.16; Jó 31.35; Lc 18.3).
AFLITO Angustiado, desesperado, preocupado, agoniado (Sl 38.8; Mt 9.36).
ÁGABO [Gafanhoto] Profeta que foi de Jerusalém a Antioquia e lá profetizou uma grande fome (At 11.27-30). Em Cesaréia avisou a Paulo que ele seria entregue nas mãos dos não-judeus (At 21.10-11).
AGAGUE [Violento] Rei amalequita derrotado por Saul (1Sm 15).
AGAR [Peregrina] Criada de Sara, que a deu a Abraão como CONCUBINA. Agar gerou Ismael, tendo Abraão como pai (Gn 16; 21.1-21). Paulo usa Agar e Sara como símbolos da diferença entre a LEI e a GRAÇA (Gl 4.21-31).
ÁGATA Pedra semipreciosa com veios de várias cores (Êx 28.19; Ap 21.19).
AGEU [Festivo] Um dos PROFETAS MENORES. Como Zacarias, Ageu anunciou mensagens aos judeus que voltaram do CATIVEIRO babilônico, no ano 520 a.C. (Ed 6.14). V.AGEU, LIVRO DE.
AGEU, LIVRO DE Livro que contém algumas mensagens anunciadas por Ageu, ordenando aos judeus que voltaram do CATIVEIRO que construíssem de novo o Templo.
AGIOTA Pessoa que empresta dinheiro a juros altos (Êx 22.25).
AGONIA Aflição; angústia (Jó 14.22).
AGRICULTOR V.LAVRADOR (Gn 9.20; Mt 21.33).
AGRICULTURA Cultivo do campo; lavoura (2Cr 26.10). Na Palestina eram cultivados CEREAIS, bem como figueiras, oliveiras e vinhas. Para não desgastar o solo, observava-se o ANO DE DESCANSO. Na preparação do solo usava-se o ARADO. A colheita dos cereais era feita com FOICES, e o produto era amarrado em FEIXES. Depois os cereais eram DEBULHADOS e separados da palha, sendo os grãos recolhidos em depósitos.
AGRIPA V.HERODES 5) e 6).
ÁGUA Líquido essencial à vida, o qual, por sua escassez, é muito valorizado na Palestina, onde as secas são comuns. Para ter água, o povo dependia de rios, fontes, poços e cisternas (Is 35.6).
AGUACEIRO Chuva pesada e de pouca duração (Jó 38.25).
ÁGUIA Ave, grande e forte, que se alimenta de carne (Êx 19.4).
AI 1) Cidade de Canaã que ficava a leste de Betel. Ai já existia no tempo de Abraão (Gn 12.8). Foi a segunda cidade que o povo de Israel conquistou e destruiu, depois de ter atravessado o Jordão (Js 7—12). 2) Desgraçado (Is 5.8; Mt 23.13).
AÍAS [Irmão de Javé] Profeta do tempo de Jeroboão I (1Rs 11.29-39; 14.2-18).
AIJALOM Cidade situada na tribo de Dã (Js 19.42) e o vale que ficava perto dela (Js 10.12).
AIMELEQUE [Irmão do Rei] GRANDE SACERDOTE que ajudou Davi, dando-lhe pães sagrados e a espada de Golias. Por isso ele e outros sacerdotes foram mortos por ordem de Saul (1Sm 21—22).
AITOFEL [Irmão Louco] Conselheiro de Davi (2Sm 16.23). Junto com Absalão se revoltou contra Davi e acabou cometendo suicídio (2Sm 16—17).
ALABASTRO Pedra branca, pouco resistente, parecida com o mármore, usada para fazer esculturas, vasos e jarros (Mt 26.7).
ALDEIA Pequeno agrupamento de casas, geralmente construídas perto de uma cidade cercada de muralhas, onde seus moradores podiam se abrigar em tempo de guerra (Js 15.45).
ALEGORIA Série de METÁFORAS ou comparações. Em Jo 10.1-18, que é uma alegoria, Jesus é apresentado como o bom pastor.
ALEGRIA Emoção e estado de satisfação e felicidade (Sl 16.11; Rm 14.17).
ALELUIA Expressão de louvor a Deus. Em hebraico, haleluyah quer dizer “louvem” (halelu) “ao SENHOR” (Yah). Encontra-se no início e/óu no final de vários Salmos, chamados de “salmos de aleluia” (104—106; 113—135; 146—150). Aparece também no NT (Ap 19.1-6).
ALEXANDRE [Defensor das Pessoas] 1) Filho do rei Filipe da Macedônia. Viveu de 356 até 323 a.C. Conquistou o mundo civilizado desde a Grécia até a Índia. É conhecido como Alexandre, o Grande, ou Alexandre Magno. V.Dn 7.6; 8.4-7. 2) Filho de Simão Cireneu (Mc 15.21). 3) Judeu de Éfeso que ajudou Paulo (At 19.33). 4) Um apóstata, provavelmente o mesmo que o FERREIRO (1Tm 1.20). 5) FERREIRO que prejudicou Paulo (2Tm 4.14).
ALEXANDRIA Cidade fundada por ALEXANDRE 1) no Norte do Egito. Tornou-se a capital do Egito e um famoso centro de cultura e comércio (At 18.24). V.SEPTUAGINTA.
ALFA E ÔMEGA Alfa é a primeira letra do alfabeto grego; ômega é a última. “Eu sou o Alfa e o Ômega” quer dizer “eu sou o Princípio e o Fim” ou “eu sou o Primeiro e o Último” (o Pai: Ap 1.8; 21.6; o Filho: Ap 22.13).
ALFABÉTICOS, SALMOS Salmos cujos versículos ou estrofes estão na ordem do alfabeto hebraico, isto é, começam com o álefe, a primeira letra, e vão até tau, que é a última. V.LAMENTAÇÕES, LIVRO DE.
ALFABETO Conjunto das letras que representam os sons de uma língua. O alfabeto português consta de vinte e três letras, mais três que só podem ser usadas em casos especiais (K,W,Y). Há nesse alfabeto cinco VOGAIS e dezoito CONSOANTES. O alfabeto grego COINÉ tem vinte e quatro letras, das quais a primeira se chama alfa e a última, ômega. V.ALFA E ÔMEGA. O alfabeto HEBRAICO tem vinte e duas letras. A primeira é álefe, e a última é tau.
ALFEU [Líder; Chefe] 1) Pai de Mateus, também chamado de LEVI (Mc 2.14). 2) Pai de Tiago (Mt 10.3).
ALIANÇA Acordo que Deus, por causa do seu amor (Dt 7.8-9), fez com o seu povo. Essa aliança (trato, pacto, contrato, concerto) consiste no seguinte: o SENHOR, cumprindo sua promessa aos patriarcas (Gn 17.1-8; 28.13-15), era o Deus de Israel, e Israel era o povo de Deus, o SENHOR (Êx 6.7; 19.4-6). Deus abençoava o povo, e este, por sua vez, lhe obedecia (Dt 7.7-11). Em cumprimento à palavra profética (Jr 31.31-34), Deus fez uma nova aliança (testamento), que foi confirmada ou selada pela morte de Cristo (Mc 14.24; Hb 8.6-13; 9.15-22). O povo de Deus é perdoado dos seus pecados (Rm 11.26-27), recebe bênçãos eternas (Hb 9.15) e vive uma vida de dedicação a ele (Hb 10.19-25) e ao seu serviço (2Co 3.6). V.PLANO DE DEUS.
ALIANÇA, LIVRO DA V.LIVRO DA ALIANÇA.
ALIADO Unido a outro ou a outros para ação comum (2Cr 20.35).
ALICERCE Base sobre a qual se constrói um muro, uma casa ou um edifício (Ed 3.10; Lc 6.48).
ALIMENTO 1) Tudo o que um ser vivo come para manter a vida. Na Bíblia são mencionados alimentos vegetais (cereais, verduras, legumes, frutas) e animais (da terra, das águas e do ar). V.Gn 2.9; Lv 11; Êx 12.3-4; Mt 26.17; Jo 21.13, Mc 7.19; 1Tm 4.3. 2) Em sentido figurado, ensinamento religioso, doutrina (1Co 3.2; Hb 5.12-14).
ALISTAR Chamar para o serviço militar (2Rs 25.19).
ALMA A parte não-material e imortal do ser humano (Mt 10.28), sede da consciência própria, da razão, dos sentimentos e das emoções (Lc 1.47; Hb 4.12; v.IMORTALIDADE). Os dicotomistas entendem que o ser humano é corpo e alma, sendo espírito sinônimo de alma. Os tricotomistas acreditam que o ser humano é corpo, alma e espírito. “Alma vivente” quer dizer “ser vivo” (Gn 2.7). Na Bíblia muitas vezes a palavra “alma” é empregada em lugar do pronome pessoal: “Livra a minha alma da espada” quer dizer “salva-me da espada” (Sl 22.20). Outras vezes “alma”, em hebraico, quer dizer “pessoa” em português (Nm 9.13).
ALOÉS Suco tirado de uma planta e usado como perfume e como remédio (Jo 19.39).
ALPENDRE DE SALOMÃO Um pórtico ou cobertura apoiada em grandes colunas e construída no pátio do Templo. Jesus e os apóstolos estiveram ali várias vezes (Jo 10.23; At 3.11; 5.12).
ALQUEIRE Área que uma junta de bois pode arar em um dia, mais ou menos um quarteirão quadrado com 50 m de lado, o que equivale a 2500 (Is 5.10; 1Sm 14.14).
ALTAR Mesa feita de madeira, terra ou pedras, sobre a qual se ofereciam os SACRIFÍCIOS (Êx 27.1; 20.24; Dt 27.5). Os altares de madeira eram revestidos de algum metal e tinham pontas (chifres) nos quatro cantos (Lv 4.25). Fugitivos ficavam em segurança quando corriam e se agarravam a essas pontas (1Rs 2.28). Havia também o altar do INCENSO, que ficava no LUGAR SANTO (Êx 30.1-10).
ALTERNADAMENTE Ora um, ora outro, sucessivamente (1Cr 24.6).
ALTÍSSIMO Título de Deus que revela a sua majestade e glória e também a sua superioridade sobre os deuses das nações pagãs (Gn 14.18-20; At 7.48).
ALTO FUNCIONÁRIO Homem rico e influente que era eleito ou nomeado para promover o culto ao imperador romano e à deusa Roma. Ele financiava festas religiosas, competições esportivas e obras públicas. Às vezes recebia o título de “grande Sacerdote da Ásia”, o qual mantinha por um ano ou mais (At 19.31).
ALTOS Lugares elevados onde eram construídos altares para os sacrifícios a Javé ou a deuses pagãos (1Rs 14.23).
ALVO Meta; objetivo (1Sm 20.20; Jó 7.20).
AMALDIÇOAR Pronunciar palavras de MALDIÇÃO contra alguém (Gn 12.3; Tg 3.9).
AMALEQUE Filho de Esaú (Gn 36.12).
AMALEQUITAS Povo errante, praticava assaltos e roubos. Eram inimigos de Israel (Êx 17.8-16; Nm 14.40-45).
AMAMENTAR Dar de mamar (Is 40.11; Lc 11.27).
AMANTE Pessoa casada que mantém relações amorosas com outra que não é sua mulher ou seu marido. Na Bíblia refere-se aos deuses falsos que o povo de Israel adorava (Jr 3.1; v.PROSTITUIÇÃO e ADULTÉRIO).
AMARGURA 1) Tristeza; angústia (Jó 27.2). 2) Ressentimento (Ef 4.31).
AMARGURAR Fazer sofrer (Gn 26.35). V.AFLITO.
AMASA [Povo de Jessé] Comandante das forças rebeldes de Absalão. Foi morto por Joabe (2Sm 17.25; 20.4-12).
AMAZIAS [Fortaleza de Javé] 1) Nono rei de Judá, que reinou 14 ou 15 anos (796-781 a.C.), depois de Joás, seu pai (2Rs 14). Os 15 anos de 2Rs 14.17 completam os 29 anos do vers. 1. 2) Sacerdote idólatra de Betel no reinado de Jeroboão II (Am 7.10-17).
AMBIÇÃO Desejo ardente de possuir bens materiais, riqueza, poder, glória, etc. (Mc 4.19).
AMBIGÜIDADE Sentido duplo de palavra ou sentença. Em 1Co 14.1, o verbo “profetizar” pode querer dizer anunciar acontecimentos futuros ou anunciar o evangelho. Por isso a NTLH esclarece que se trata de “anunciar a mensagem de Deus”.
AMÉM Palavra hebraica que quer dizer “é assim” ou “assim seja”. Também pode ser traduzida por “certamente”, “de fato”, “com certeza” (Dt 27.15-26). É usada como um título para Cristo, que é a garantia de que Deus cumprirá as promessas que fez ao seu povo (Ap 3.14).
AMENDOEIRA Árvore que produz amêndoas (Jr 1.11). A amêndoa é uma noz que serve de alimento (Gn 43.11) e da qual se extrai óleo.
AMETISTA Pedra semipreciosa, quase sempre roxa, mas às vezes vermelha arroxeada (Ap 21.20).
AMNOM [Fiel] Filho primogênito de Davi. Praticou incesto e foi morto por Absalão (2Sm 13).
AMOM [Compatriota ? Povo ?] 1) Filho de Ló e pai dos amonitas, também chamado de Ben-Ami (Gn 19.38). 2) Décimo quinto rei de Judá, que reinou 2 anos (642 a 640 a.C.), depois de Manassés, seu pai (2Rs 21.18-26). 3) Prefeito de SAMARIA 2) (1Rs 22.26). 4) Deus de TEBAS (Jr 46.25).
AMONITAS Descendentes de AMOM 1), que moravam a leste de Moabe. Eram um povo cruel, guerreiro e inimigo de Israel (Jz 10.6—11.33; 1Sm 11).
AMOR Sentimento de apreciação por alguém, acompanhado do desejo de lhe fazer o bem (1Sm 20.17). No relacionamento entre marido e mulher o amor envolve atração sexual e sentimento de posse (Ct 8.6). Deus é amor (1Jo 4.8). Seu amor é a base da ALIANÇA, o fundamento da sua fidelidade (Jr 31.3) e a razão da ELEIÇÃO do seu povo (Dt 7.7-8). Cristo é a maior expressão e prova do amor de Deus pela humanidade (Jo 3.16). O Espírito Santo derrama o amor no coração dos salvos (Rm 5.5). O amor é a mais elevada qualidade cristã (1Co 13.13), devendo nortear todas as relações da vida com o próximo e com Deus (Mt 22.37-39). Esse amor envolve consagração a Deus (Jo 14.15) e confiança total nele (1Jo 4.17), incluindo compaixão pelos inimigos (Mt 5.43-48; 1Jo 4.20) e o sacrifício em favor dos necessitados (Ef 5.2;1Jo 3.16).
AMORREUS Povo mau e guerreiro que morava nas montanhas de Canaã e que foi dominado por Josué (Gn 10.16; 15.16; Js 10—11).
AMÓS [Carregador] Um dos PROFETAS MENORES, nascido em Tecoa, no Reino de Judá. Era pastor de ovelhas e cultivador de FIGUEIRAS. Profetizou nos reinados de Uzias, de Judá, e de Jeroboão II, de Israel (Am 1.1; 7.14). V.AMÓS, LIVRO DE.
AMÓS, LIVRO DE Livro que contém as mensagens de Amós, pronunciadas aí pelo ano 750 a.C. Em nome de Deus, Amós denuncia a injustiça, a corrupção e a opressão. O povo não era sincero na prática da religião. O profeta apela para que o povo se arrependa e se volte para Deus, fazendo o bem e odiando o mal. Por meio de visões, Deus revela a Amós que castigará o seu povo, mas não o destruirá. No futuro, Deus fará com que a nação volte a gozar da paz e da prosperidade que tinha tido no passado.
AMOZ [Forte] Pai de ISAÍAS (Is 1.1).
AMPARAR Sustentar; proteger (Sl 94.18).
ANA [Graça] 1) Mãe de Samuel (1Sm 1.1—2.21). 2) Profetisa que falou a respeito de Jesus (Lc 2.36-38).
ANAMELEQUE Um deus cultuado com sacrifício de crianças pelos moradores de Sefarvaim levados a Samaria (2Rs 17.31). V.ADRAMELEQUE.
ANANIAS [Javé É Amor] 1) Amigo de Daniel, conhecido também como Sadraque (Dn 1.6). 2) Marido de Safira (At 5.1-11). 3) Cristão de Damasco, que curou a cegueira de Paulo (At 9.10-19). 4) GRANDE SACERDOTE (At 23.1-5).
ANÃO Pessoa muito baixinha (Lv 21.20).
ANAQUINS Raça de gigantes que nos tempos antigos morava na região montanhosa de Judá (Js 11.21; Nm 13.22-33).
ANÁS [Javé Mostra Graça] GRANDE SACERDOTE que viveu no tempo de Jesus. O grande sacerdote em exercício era Caifás. Anás tinha sido o grande sacerdote antes de Caifás, seu genro, e era costume continuar chamando de grande sacerdote aquele que já havia ocupado esse cargo (Lc 3.2).
ANATOTE Cidade que ficava no território da tribo de Benjamim. Nela moravam sacerdotes (Js 21.18; Jr 1.1).
ÂNCORA Pesada peça de ferro presa a uma grossa corrente e que é lançada ao fundo do mar a fim de manter parado o navio (At 27.29). Representa tudo o que sustenta e dá firmeza em tempos de sofrimento ou violência (Hb 6.19).
ANDORINHA Pequeno pássaro de vôo gracioso (Sl 84.3).
ANDRÉ [Varonil] Irmão de Pedro e um dos doze apóstolos. Vivia em Cafarnaum, onde era pescador. A tradição diz que foi morto numa cruz em forma de xis. V.Mc 1.29; Jo 1.35-42; Mt 4.18-19; Mc 3.18; Jo 6.8-9; 12.22.
ANEL-SINETE V.SINETE (Et 3.12)
ANFÍPOLIS Cidade da MACEDÔNIA, capital de um dos seus quatro distritos (At 17.1).
ANGÚSTIA Aflição; agonia; ansiedade (Sl 86.7).
ANJO Mensageiro de Deus (1Rs 19.5-7). Os anjos são espíritos que servem a Deus e ajudam os salvos (Hb 1.14). Foram criados santos, mas alguns se revoltaram contra Deus (Jd 6; 2Pe 2.4). Em algumas passagens bíblicas Deus e o Anjo do SENHOR (de Javé) são a mesma pessoa (Gn 16.7-13; 22.11-18; Êx 3.2-22; Jz 6.11-24). V.TEOFANIA.
ANO Período de doze meses lunares (354 dias; 1Cr 27.1-15). De 3 em 3 anos acrescentava-se um mês (repetindo-se o último mês) para acertar a diferença entre os doze meses lunares e o ano solar.
ANO DA LIBERTAÇÃO Era comemorado de 50 em 50 anos, em Israel. Nesse ano a terra não era cultivada; todas as terras vendidas ou confiscadas eram devolvidas aos seus donos anteriores; e todos os escravos eram libertados (Lv 25.8-55; 27.16-25). Isaías proclamou um novo jubileu (Is 61.1-3), que Jesus interpretou como tendo se realizado com a sua vinda (Lc 4.16-21).
ANO DE DESCANSO Ano em que a terra descansava. Durante seis anos a terra era preparada e semeada; no sétimo ano os israelitas não podiam fazer plantações. O que nascesse naturalmente era aproveitado pelos donos da terra, pelos pobres, pelos estrangeiros, pelo gado e por outros animais (Êx 23.10-11; Lv 25.2-7). Nesse ano os israelitas perdoavam as dívidas dos seus patrícios (Dt 15.1-11).
ANO NOVO, FESTA DO Festa dos israelitas, também chamada de Festa das Trombetas, comemorada na primeira lua nova de TISRI (Lv 23.23-25; Nm 29.1-6). Os judeus a chamam até hoje de Rosh Hashaná (Ano Novo).
ANO SABÁTICO V.ANO DE DESCANSO.
ANRAFEL [Povo Poderoso] Rei de SINAR, um dos quatro que prenderam Ló (Gn 14.1).
ANRÃO [Povo Famoso] Levita filho de Coate (Nm 3.18-20) e pai de Arão, Moisés e Miriã (Nm 26.59).
ANSIOSO 1) Impaciente; ávido (Dt 24.15; Pv 18.15). 2) Aflito (Sl 19.5; Ct 6.12).
ANTICRISTO V.INIMIGO DE CRISTO.
ANTIGO TESTAMENTO A primeira parte da Bíblia, que começa com Gênesis e termina com Malaquias e que trata da antiga ALIANÇA. A palavra “testamento”, quando é usada para indicar as duas divisões da Bíblia, quer dizer “aliança”. O AT é a revelação de Deus para o povo de Israel, apontando para a vinda do MESSIAS, que haveria de ocorrer no tempo certo. O AT compõe-se de 39 livros, assim classificados: Pentateuco (5), livros históricos (12), livros poéticos (5) e livros proféticos (17).
ANTILEGÔMENA Designação dada a sete livros que só no final do quinto século foram aceitos por todas as igrejas cristãs como fazendo parte do CÂNON DO NT. São eles: Hb, Tg, 2Pe, Jd, 2Jo, 3Jo e Ap.
ANTÍLOPE Animal médio ou pequeno, de chifres longos e finos (Dt 14.5). Vivia nas montanhas entre cabras e gazelas.
ANTÍOCO [Opositor] Nome de vários reis SELÊUCIDAS. 1) Antíoco III, o Grande, foi rei da Síria e dominou a Palestina de 198 a 187 a.C. 2) Antíoco IV Epífanes reinou de 175 a 163 a.C. Ele quis mudar os costumes dos judeus e com isso provocou a revolta dos MACABEUS. 3) Antíoco V Eupator reinou de 164 a 162 a.C. e morreu assassinado.
ANTIOQUIA [Cidade de Antíoco] 1) Cidade da SÍRIA, localizada ao sul do Orontes, onde Paulo e Barnabé trabalharam, e os seguidores de Jesus pela primeira vez foram chamados de “cristãos” (At 11.19-26). 2) Cidade da PISÍDIA, evangelizada por Paulo e Barnabé (At 13.14-52; 14.21).
ANTIPAS 1) V.HERODES 3) e MANAÉM. 2) Mártir de Pérgamo (Ap 2.13).
ANTÔNIMO Palavra que tem sentido oposto de outra. Ex. fé-incredulidade; escuridão-luz. V.SINÔNIMO.
ANTROPOMORFISMO Linguagem figurada para falar de Deus como se ele tivesse forma, membros, órgãos e sentimentos humanos. Exemplos: rosto (Êx 33.20), boca (Jó 37.2), ouvidos (Tg 5.4), olhos (Dn 9.18), braço (Êx 6.6), mão (1Pe 5.6), pesar (Sl 116.15).
ANULAR Tornar sem efeito; eliminar (Nm 30.13; Gl 3.17).
APARATO CRÍTICO Conjunto de notas que aparecem em cada página do texto bíblico, hebraico e grego, indicando variantes do texto à luz dos melhores e mais antigos MANUSCRITOS. O aparato do AT se encontra na Biblia Hebraica Stuttgartensia. Em grego as notas textuais são publicadas no NT das Sociedades Bíblicas Unidas.
APEDREJAR Matar a pedradas (Js 7.25; At 7.58).
APEGAR 1) Dedicar-se (1Tm 3.9). 2) Agarrar-se (Sl 63.8; Jo 12.25).
APELAR Pedir que o julgamento seja feito por tribunal superior (At 25.11).
APERTAR 1) Espremer (Nm 22.25). 2) Amarrar firme (At 12.8). 3) Chegar muito perto (Lc 19.43). 4) Tornar mais intenso (2Rs 25.3).
ÁPIO Cidade que ficava na Via Ápia, a 64 km de Roma (At 28.15).
APLANAR Tornar plano e nivelado (Is 40.4). Figuradamente, tornar fácil, tirando do caminho os obstáculos políticos, econômicos, religiosos (Is 40.4; Hb 12.13).
APOCALIPSE Tipo de forma literária encontrada no judaísmo entre os anos 200 a.C. e 200 d.C. Nos livros apocalípticos trata-se da história daquele tempo e do futuro, utilizando-se símbolos e visões. Assim os perseguidores não entendiam a mensagem, e os leitores não corriam o perigo de serem presos. Alguns desses livros eram PSEUDEPÍGRAFOS (Enoque, Assunção de Moisés, 4Esdras e muitos outros). O livro de Daniel (7—12) e o Apocalipse são apocalipses bíblicos.
APOCALIPSE DE ESDRAS V.ESDRAS, SEGUNDO.
APOCALIPSE, LIVRO DE Livro escrito por João, que estava preso na ilha de Patmos (1.9). “Apocalipse” quer dizer “revelação”, e por isso esse livro se chama também de A Revelação de Deus a João (1.1). O livro foi escrito durante um tempo em que as autoridades romanas estavam perseguindo os cristãos porque eles não prestavam culto ao imperador romano, que chamava a si mesmo de “Senhor” e “Deus”. O livro foi enviado a sete igrejas da PROVÍNCIA romana da ÁSIA (1.4,11) a fim de animá-las a continuarem fiéis a Jesus Cristo em tempos de perseguição e sofrimento. A partir do cap.4, João conta uma série de visões que teve. Elas ensinam que as forças do mal serão derrotadas. A vitória final pertence a Deus e a Jesus Cristo. Os que continuassem fiéis na sua fé receberiam o prêmio da vida eterna no novo céu preparado por Deus. Os leitores de hoje têm dificuldade de compreender completamente as visões e os símbolos usados por João, mas a mensagem do livro é simples e clara e se encontra em 11.15. V.APOCALIPSE.
APÓCRIFOS Livros que o Concílio de Trento, em 1546, declarou inspirados, embora não fizessem parte do CÂNON DO AT estabelecido pelos judeus da Palestina. Os católicos chamam esses livros de “deuterocanônicos”, isto é, pertencentes ao “segundo cânon”. “Protocanônicos” (pertencentes ao primeiro cânon) são os livros do AT que os judeus da Palestina consideravam inspirados, e esses são aceitos tanto pelos católicos como pelos evangélicos. Os livros apócrifos aceitos pelos católicos são os seguintes: Tobias, Judite, Sabedoria de Salomão, Eclesiástico ou Sirácida, Baruque, Carta de Jeremias, Primeiro e Segundo Macabeus e os acréscimos a Ester (Ester Grego) e a Daniel (A Oração de Azarias, A Canção dos Três Jovens e as histórias de Suzana e de Bel e do Dragão). Além desses existem outros livros que não são considerados inspirados, os quais os evangélicos chamam de PSEUDEPÍGRAFOS, e os católicos, de “apócrifos”. V.SEPTUAGINTA.
APOLIÃO [Destruição; Destruidor] V.ABADOM (Ap 9.11).
APOLO [Destruidor] Judeu de Alexandria, muito eloqüente, instruído na fé cristã por Áqüila e Priscila. Tornou-se poderoso pregador do evangelho em Éfeso e em Corinto (At 18.24-28; 1Co 1.12-13; 3.4-6; 16.12; Tt 3.13).
APOLÔNIA Cidade da Macedônia, localizada entre Anfípolis e Tessalônica (At 17.1).
APÓSTOLO Cada um dos doze homens que Jesus escolheu para serem seus seguidores e para lançarem as bases da Igreja (Mt 10.2-4; Ef 2.20). Apóstolo quer dizer “mensageiro”, isto é, aquele que é enviado para anunciar a mensagem de Deus. Por anunciarem o evangelho, Paulo e alguns outros também foram chamados de apóstolos (1Co 15.9; At 14.14).
ÁQÜILA [Águia] Cristão que fazia tendas e que, junto com Priscila, sua esposa, cooperou com Paulo em Corinto e em outros lugares ajudou Apolo e muitos outros (At 18.2,18,26; Rm 16.3-4; 2Tm 4.19).
AQUIS [Encantador de Cobras] 1) Rei da cidade de Gate, para onde Davi fugiu (1Sm 21 e 27—29). 2) Rei de Gate que reinou quarenta e cinco anos depois do anterior (1Rs 2.39-40).
ARÃ [Alto ? Famoso ?] Filho de Sem (Gn 10.22), antepassado dos sírios.
ARABÁ [Planície do Deserto] 1) Terras baixas que vão desde o lago da Galiléia até Eziom-Geber, no golfo de Ácaba, passando pelo mar Morto (2Sm 23—24). 2) Riacho (Am 6.14).
ARÁBIA [Terras Desertas] No começo era a parte norte da península situada entre o mar Vermelho e o golfo Pérsico (Is 21.13). Mais tarde, toda a península (Gl 1.17; 4.25).
ARADO Instrumento de lavoura destinado a revolver a terra. O arado era feito de um galho de árvore em forma de forquilha, preso por uma CANGA numa extremidade, e, na outra, por uma relha segura a uma chapa de ferro. Era puxado por um par de vacas ou bois ou por uma parelha de jumentos e guiado pelas mãos do lavrador (Sl 129.3).
ARAMAICO Grupo de dialetos intimamente relacionados com o HEBRAICO e falados na Terra de Israel e em outros países do mundo bíblico (2Rs 18.26). Estão escritos em aramaico os seguintes textos bíblicos: Ed 4.8—6.18; 7.12-26; Dn 2.4—7.28 e Jr 10.11.
ARAMEU SÍRIO (Gn 25.20).
ARÃO [Iluminado] Filho de Anrão e Joquebede e irmão de Moisés (Nm 26.59). Foi auxiliar de Moisés na tarefa de tirar os israelitas do Egito (Êx 4.14-16; 7.1-2) e de levá-los a Canaã. Foi pai de quatro filhos: Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar (Êx 6.23). Arão teve seus momentos de fraqueza (Êx 32.1-29; Nm 12.1-15). Ele e os seus filhos foram consagrados para servirem como sacerdotes (Êx 28.1). Sua morte está descrita em Nm 20.22-29.
ARAR Fazer sulcos na terra com ARADO (Lc 9.62).
ARARATE Grupo de montanhas onde pousou a arca de Noé (Gn 8.4) e para onde fugiram os filhos de SENAQUERIBE (2Rs 19.37). Essa região era parte da antiga Armênia; hoje está localizada na Turquia.
ARAÚNA [Firme] Jebuseu que vendeu a Davi um terreno para que levantasse um altar (2Sm 24.16-24). É chamado de Ornã em 1Cr 21.18-25).
ARCA DA ALIANÇA Caixa de madeira, revestida de ouro, onde eram guardadas as duas placas de pedra em que estavam escritos os dez mandamentos. Nela também eram guardados outros objetos sagrados (Êx 25.10-22; Hb 9.4-5).
ARCANJO Anjo-chefe que comanda outros anjos de Deus (Jd 9).
ARCO Arma que servia para atirar flechas. Era feito de um galho flexível ou de uma barra de metal em cujas pontas se prendia uma corda esticada (2Sm 22.35).
ARCO-ÍRIS Arco de sete cores que às vezes aparece no céu, geralmente acompanhado de chuva. (Ap 4.3). É também chamado de arco-da-aliança porque é o sinal da aliança que Deus fez com os seres humanos, prometendo não fazer acontecer um novo DILÚVIO na terra (Gn 9.8-17).
ARDOR Calor (Lm 4.11).
ÁREA Extensão de terreno (1Sm 3.15; At 21.26).
ARETAS [Virtuoso ou Agradável] Rei NABATEU, sogro de Herodes Antipas (2Co 11.32).
ARGOLA Anel de metal para prender ou pendurar coisas (Êx 25.26).
ARGUMENTO Uma razão ou explicação dada para provar ou combater um ponto de vista (Jó 15.3; At 18.28; Cl 2.8).
ARIMATÉIA Cidade em que nasceu JOSÉ 3) (Mt 27.57). Ficava uns 30 km a noroeste de Jerusalém.
ARIOQUE [Como Um Leão] 1) Rei de Elasar, na Síria, um dos quatro reis que prenderam LÓ (Gn 14.1). 2) Comandante da guarda de NABUCODONOSOR (Dn 2.14).
ARISTARCO [O Melhor Governante] Um macedônio de Tessalônica. Foi companheiro de Paulo (At 19.29; 27.2; Cl 4.10; Fm 24).
ARMA Instrumento de ataque ou de defesa. De ataque: ESPADA (1Sm 17.45) presa ao CINTO (2Sm 20.8), VARA (Nm 22.27; Pv 26.3; At 16.22), FUNDA (1Sm 17.40), ARCO e FLECHA (2Rs 13.15), LANÇA (Js 8.18) e DARDO (Ef 6.16). De defesa: ESCUDO (Ef 6.16), CAPACETE (1Sm 17.5), COURAÇA (Ef 6.14) e CANELEIRAS (1Sm 17.6).
ARMADILHA Engenho para pegar qualquer animal (Jr 5.26). Figuradamente, armação, traição (Sl 141.9; Jr 18.22).
ARMADURA Conjunto de peças feitas de metal ou couro, com que os soldados antigos cobriam o corpo para se protegerem das armas de ataque dos inimigos (Ef 6.11). V.COURAÇA.
ARMAGEDOM [Montanha de Megido] Um campo de batalha profético, onde os reis da terra se reunirão para uma batalha no grande dia do Deus Todo-Poderoso (Ap 16.16).
ARMAZÉM Depósito de cereais e outras mercadorias (2Cr 32.28).
ARNOM Rio que corre a leste do mar Morto, fazendo divisa entre os israelitas e os moabitas (Dt 2.24).
ARPAXADE [Muralha de Babilônia ?] Terceiro filho de Sem e antepassado de Abraão (Gn 10.22; 11.10-13).
ARPÃO Ferro com ponta em formato de anzol, preso a um cabo, e que se usa para pescar grandes peixes (Jó 41.7).
ARQUELAU [Chefe do Povo] Filho de HERODES, o Grande. Governava a Judéia, a Samaria e a Iduméia (Mt 2.22).
ARQUEOLOGIA Estudo de restos materiais do passado por meio de escavações em cidades antigas. Os arqueólogos desenterram essas cidades, decifram inscrições e avaliam a literatura, a arte e outros aspetos da vida humana do passado. A arqueologia bíblica abrange a Palestina e as regiões ao seu redor, tendo em vista analisar as descobertas que contribuem para esclarecer questões bíblicas e também para se compreender melhor o mundo em que a Bíblia foi escrita.
ARQUIPO [Senhor do Cavalo] Cristão de Colossos, batalhador pela fé, talvez filho de Filemom (Cl 4.17; Fm 2).
ARQUITA [Longo] Membro do grupo de famílias que morava na cidade de Atarote, em Efraim (Gn 10.17; Js 16.2).
ARQUITETO Profissional que projeta e constrói (Pv 8.30).
ARRASAR Destruir (Ez 26.12).
ARREIO Conjunto de peças que se coloca sobre animal de carga ou de montaria (Nm 22.21; Jr 46.4).
ARRENDAR Alugar (Mt 21.33).
ARREPENDER-SE 1) Sentir tristeza por uma atitude tomada; lamentar-se (Pv 20.25). 2) Mudar de atitude (2Cr 36.13). 3) Chegar ao ARREPENDIMENTO (Mt 12.41; Lc 15.7).
ARREPENDIMENTO Decisão de mudança total de atitude e de vida, em que a pessoa, por ação divina, é levada a reconhecer o seu pecado e a sentir tristeza por ele, decidindo-se a abandoná-lo, baseando sua confiança em Deus, que perdoa (Mt 3.2-8; 2Co 7.9-10; 2Pe 3.9). O complemento do arrependimento é a 2). E os dois juntos constituem a CONVERTER-SE. V.REMORSO.
ARROGÂNCIA ORGULHO manifestado por meio de ações, modos e palavras (Sl 17.10; 131.1).
ARRUDA Arbusto cujas folhas servem como remédio e como tempero (Lc 11.42).
ARRUINAR Arrasar; destruir (Pv 24.22; Jr 12.14).
ARTAXERXES [Rei Poderoso ? Grande Guerreiro ?] Nome próprio ou título (como César e Faraó) de três reis da Pérsia, dois dos quais são mencionados na Bíblia. 1) Artaxerxes I reinou de 466 a 423 a.C. e proibiu a reconstrução de Jerusalém (Ed 4.7-23; 6.14). 2) Artaxerxes II, apelidado de “Longímano” (mão longa), reinou de 404 a 358 a.C. Ele deu a Esdras e Neemias autoridade e também mantimentos, ouro e prata para o Templo (Ed 7; Ne 2.1-9; 13.6).
ARTE 1) Normas seguidas no exercício de uma profissão (Êx 30.23-25; 2Cr 16.14). 2) Capacidade criadora do ARTÍFICE (Pv 25.4; At 17.29).
ARTESANATO A técnica e a arte do ARTÍFICE e o conjunto de trabalhos por ele feito (Êx 31.5; 1Cr 4.14).
ARTÍFICE Profissional que trabalha em ofício manual; artesão (Ne 11.35).
ARTISTA V.ARTÍFICE (Pv 25.4).
ARVADE Pequena ilha da costa da Fenícia (Ez 27.8,11).
ARVADITAS Descendentes de CANAÃ 1) (Gn 10.18).
ÁRVORE DA VIDA Árvore situada no jardim do Éden, cujos frutos mantém a vida (Gn 2.9). Após o pecado essa árvore fica fora do alcance do ser humano (Gn 3.22-24). Na nova ALIANÇA os que crêem têm o direito à vida eterna no paraíso celestial (Ap 22.1-5).
ASA [Médico] Terceiro rei de Judá, que reinou 41 anos (911-870 a.C.), depois de Abias, seu pai. Asa promoveu uma reforma religiosa (1Rs 15.9-24; 2Cr 14—16).
ASAEL [Deus Faz] Filho de Zeruia, que era irmã de Davi. Asael era um dos oficiais de Davi (1Cr 27.2-15) e foi morto por Abner (2Sm 2.18-23; 3.27).
ASAFE [Colecionador] Diretor de música sacra no tempo de Davi e de Salomão (1Cr 16.5). Foi autor de 12 salmos (50 e 73 a 83).
ASCENSÃO DE CRISTO Expressão usada para significar o ato pelo qual Jesus Cristo deixou a terra e retornou em corpo ao Pai (Lc 24.50-52; At 1.6-11).
ASDODE Uma das cinco cidades principais dos filisteus. Era um centro de adoração de DAGOM. A ARCA DA ALIANÇA foi levada para lá e depois devolvida (1Sm 5.1-7). Em At 8.40 é chamada de Azoto, seu nome mais recente.
ASENATE [Dedicada a Neite] Esposa de José e mãe de Manassés e Efraim (Gn 41.45-52). (Neite é o nome de uma deusa egípcia.)
ASER [Feliz] 1) Oitavo filho de Jacó (Gn 30.13). 2) Tribo dos descendentes de Aser (Js 19.24-31). Seu território ficava no noroeste da Palestina.
ASERÁ V.POSTE-ÍDOLO.
ÁSIA PROVÍNCIA romana onde estavam localizadas as sete igrejas mencionadas em Ap 1—3. Sua capital era Éfeso (At 20.16). Era limitada ao norte pela Bitínia; a leste, pela Galácia; ao sul, pela Lícia; e a oeste pelo mar Egeu. Ásia, no NT, é sempre essa província.
ÁSIA MENOR Região ocidental do continente da Ásia, limitada pelos mares Negro, Egeu e Mediterrâneo. Aí Paulo se entregou a intensa atividade missionária. A província da ÁSIA estava localizada no extremo ocidental da Ásia Menor.
ASIMA Um deus provavelmente HETEU adorado pelo povo de ANATOTE (2Rs 17.30).
ASMONEUS V.MACABEUS.
ASQUELOM Porto e uma das cinco cidades principais dos filisteus. Judá a tomou (Jz 1.18), mas os filisteus a retomaram e retiveram durante a maior parte do tempo do AT. A cidade foi condenada por Amós (1.6-8), por Sofonias (2.4,7) e por Zacarias (9.5).
ASSASSINATO Ato de matar ser humano (Êx 22.2-4; Ez 23.37; Lc 23.19).
ASSEMBLÉIA Reunião de grande número de pessoas com determinado objetivo (1Cr 28.8; Sl 107.32).
ASSÍRIA [Plano] País localizado na MESOPOTÂMIA. Suas capitais foram Assur, Calá e Nínive. Sua população era semita. Em várias ocasiões os assírios guerrearam contra o povo de Deus (2Rs 15.19,29; 16.7). Em 722 a.C. os assírios acabaram com o Reino do Norte, tomando Samaria, sua capital (2Rs 17.6). Os medos e os babilônios derrotaram a Assíria, tomando Nínive em 612 a.C. A Assíria é mencionada várias vezes nos livros proféticos: Is 10.5-34; 14.24-27; 19.23-25; 20.1-6; 30.27-33; Ez 23.1-31; Os 5.13; Jn; Na 1.1-15; Sf 2.13-15. V. o mapa O IMPÉRIO ASSÍRIO.
ASSISTIR 1) Presenciar (Lc 23.48). 2) Estar presente (Sl 50.4; Hb 10.25).
ASSOBIAR Produzir som agudo pelo ar assoprado entre os lábios (Is 7.18).
ASSÔS Porto da MÍSIA (At 20.13).
ASSUÃ Cidade situada ao norte da primeira catarata do rio Nilo (Is 49.12; Ez 29.10; 30.6).
ASSUR [Plano] Filho de Sem (Gn 10.22).
ASSURBANIPAL [Assur Gera um Filho] Rei da Assíria que deportou estrangeiros para Samaria (Ed 4.10). Reinou de 668 a 630 a.C. Amante da cultura, fundou uma grande biblioteca.
ASTAROTE [Esposa] 1) Deusa da fertilidade e da guerra, adorada por vários povos do mundo bíblico, em culto imoral (Jz 10.6; 1Sm 7.3; 1Rs 11.5). No tempo de Jeremias muitas mulheres de Judá a adoravam, com o nome de Rainha do Céu (Jr 7.18; 44.17-19). Também era conhecida pelos nomes de Astarte e Astorete. Não confundir Astarote com Aserá, deusa da fertilidade dos cananeus, companheira de Baal. Na NTLH o nome Aserá é traduzido por POSTE-ÍDOLO. 2) Cidade de BASÃ (Dt 1.4).
ASTRÓLOGO Aquele que pratica a astrologia, uma forma de MAGIA que trata da suposta influência que os astros têm na vida e nos acontecimentos presentes e futuros (Is 47.13; Dn 2.27).
ATALIA [Javé É Grandioso ? Afligida por Javé ?] Única mulher que reinou em Judá. Era filha de Acabe e esposa de Jeorão, sendo a sétima pessoa a ocupar o trono. Reinou seis anos, de 841 a 835 a.C. Foi morta ao sair da área do Templo (2Rs 11.1-20).
ATÉ HOJE Frase que quer dizer: “até a época em que o texto bíblico respectivo foi escrito” (Gn 22.14).
ATENAS Nos tempos antigos, a capital da Ática, um dos estados gregos. A cidade foi construída ao redor de uma colina rochosa chamada Acrópole. Atenas era um famoso centro de cultura. Paulo a visitou na segunda viagem missionária (At 17.15-34).
ATERRAR Encher de terra (1Rs 9.15; Lc 3.5).
ATEU Aquele que não crê em Deus (Jó 27.8; 1Tm 1.9).
ATIÇAR 1) Avivar (Pv 26.21). 2) Promover, instigar (Mc 15.11).
ATOS DOS APÓSTOLOS Livro em que é continuada a história de Jesus (1.8), narrada no Evangelho de Lucas. Em Atos destacam-se duas pessoas: Pedro e Paulo. Mas o papel principal é do Espírito Santo, pois é ele quem guia e fortalece os seguidores de Cristo (1.8; 2.1-39; 11.12; 13.2,4; 15.28; 16.6).
ATREVER Ter a coragem de fazer ou tentar alguma coisa (Is 3.16; Rm 15.15).
ATUALIZAÇÃO CULTURAL Processo de TRANSFORMAÇÃO GRAMATICAL pelo qual o tradutor, em face de um texto que reflete determinado tempo e cultura, procura, o quanto possível, manter o sentido da mensagem bíblica dentro de formas culturais contemporâneas e comuns à sua terra. Por exemplo, em Pv 21.9 o texto diz que “Melhor é morar no canto do eirado do que junto com a mulher rixosa na mesma casa”. “Eirado” não é palavra geralmente conhecida entre nós. Indica uma espécie de terraço, que era a cobertura das casas na Palestina. Isso a NTLH traduziu assim: “É melhor morar no fundo do quintal do que dentro de casa com uma mulher briguenta”.
ATUALIZAÇÃO DO VOCABUÁRIO Processo de TRANSFORMAÇÃO GRAMATICAL que consiste em substituir palavras que com o tempo deixaram de ser usadas. Por exemplo, na primeira linha de Sl 1.1 foram atualizados os seguintes termos: “Bem-aventurado”, “varão” e “ímpio”, de modo que a NTLH traduziu essa linha assim: “Felizes são aqueles que não se deixam levar pelos conselhos dos maus”.
AUGUSTO [Sagrado; Venerável; Real] Sobrinho de Júlio CÉSAR e imperador romano, chamado no NT de César Augusto (Lc 2.1). Governou o império romano de 29 a.C. até 14 d.C.
AURORA Período do dia antes do nascer do sol (Pv 4.18).
AUTORIA Qualidade ou condição de autor, que é quem cria, por exemplo, um livro ou outra obra literária (Habacuque) ou mais (Paulo).
AUTORIDADE 1) Poder (Sl 89.19; Mc 3.15). 2) Pessoa que tem poder público (Ec 5.8; Rm 13.1). 3) Competência em determinado assunto (Mt 7.29; 23.2).
AVAREZA Apego exagerado e nojento ao dinheiro (Mc 7.22; Lc 12.15).
AVE Animal revestido de penas, que tem duas pernas, duas asas e um bico. Na Palestina há umas 400 espécies. A Bíblia menciona mais ou menos 50 e as classifica em PURAS e IMPURAS (Lv 11.13-19). Rolinhas e pombos podiam ser oferecidos como SACRIFÍCIO (Lv 1.14; Lc 2.24).
AVE-MARIA V.CÂNTICOS DO ADVENTO 1).
AVESTRUZ A maior das aves; tem asas curtas e dois dedos nos pés (Jó 39.13).
AZARIAS [Javé Ajuda] Nome comum entre os israelitas, dado a 28 personagens bíblicos. O principal foi o décimo rei de Judá, também conhecido como UZIAS.
AZAZEL Nome mencionado em Lv 16.8,10,26 que pode ser 1) o bode mandado para o deserto (vers. 10); 2) ou o nome do lugar para onde ele era mandado; 3) ou um demônio do deserto.
AZEITE Óleo tirado de azeitonas, as quais são produzidas pelas OLIVEIRAS. Era usado na alimentação (1Rs 17.12) e para pôr em ferimentos (Lc 10.34), para iluminação (Mt 25.4), para UNGIR 1) doentes (Tg 5.14) e hóspedes (Lc 7.46). Pela unção pessoas eram separadas para serviço especial (reis: 1Sm 10.1; profetas: 1Rs 19.15-16; e sacerdotes: Êx 28.41) e também objetos sagrados (Êx 30.22-33). V.UNGIR.
AZOTO V.ASDODE (At 8.40).
B
BAAL [Dono; Senhor; Marido] O principal deus da fertilidade em Canaã. O culto a Baal foi uma das piores tentações dos israelitas, desde os tempos antigos (Jz 2.13; 1Rs 16.31-32). Havia várias formas de Baal, que eram encontradas em diversas cidades, como se pode ver nos três verbetes seguintes. A companheira de Baal era Aserá (v.ASERÁ).
BAAL-BERITE [Senhor da Aliança] BAAL adorado em Siquém (Jz 8.33).
BAAL-PEOR [Senhor da Abertura] BAAL dos moabitas, adorado no monte Peor (Nm 25.1-5; pronuncia-se Peôr).
BAAL-ZEBUBE [Senhor das Moscas] BAAL dos filisteus, adorado na cidade de Ecrom (2Rs 1.2-16; v.BELZEBU).
BAASA [Ousadia] Terceiro rei de Israel, que reinou 24 anos (909-886 a.C.), em lugar de Nadabe. Acabou com os descendentes de Jeroboão e lutou contra Asa, rei de Judá (1Rs 15.16—16.5).
BABÁ Empregada que cuida de crianças (Gn 24.59; Is 49.23).
BABEL [Portão de Deus] V.BABILÔNIA (Gn 11.9).
BABILÔNIA 1) Nome de uma região e de sua capital (Gn 10.10; 2Rs 20.12). A cidade foi construída na margem esquerda do rio Eufrates, onde agora existe o Iraque. Gn 11.1-9 conta como a construção de uma torre ali não foi terminada porque Deus confundiu a língua falada pelos seus construtores. 2) Provavelmente Roma (1Pe 5.13; Ap 14.8; 16.19; 17.5).
BACIAS DE BRONZE Dez grandes bacias, com capacidade para 830 litros colocadas em carretas que ficavam do lado de fora do Templo (1Rs 7.38).
BAGAGEM 1) Objetos, armas, animais e alimentos carregados por um exército em marcha (1Sm 10.22). 2) Objetos que uma pessoa leva consigo por ocasião de viagem ou mudança (Ez 12.3-16).
BAÍA Grande quantidade de água cercada de terra e com saída estreita para o mar (Js 18.19).
BAINHA Estojo usado para cobrir a lâmina de faca ou espada (2Sm 20.8).
BAIO Castanho ou amarelo torrado (Zc 1.8).
BAJULAÇÃO Puxa-saquismo, adulação (Sl 5.9; 12.2; Rm 16.18).
BALAÃO [Senhor do Povo ? Devorador ?] Profeta da cidade de Petor, na MESOPOTÂMIA. Ele abençoou o povo de Israel, mas depois o levou ao pecado (Nm 22.5—24.25; 31.8,16; 2Pe 2.15; Jd 11).
BALAQUE [Esgotado ? Devastador ?] Rei de Moabe que contratou Balaão para que amaldiçoasse os israelitas (Nm 22—24).
BÁLSAMO Líquido grosso e cheiroso tirado de plantas para ser usado na cura de feridas (Gn 43.11).
BANCO Instituição que recebia depósito de dinheiro, pagando juros. Esse dinheiro era emprestado a juros mais altos ou empregado em negócios (Mt 25.27). Nos tempos antigos as pessoas enterravam o dinheiro (Js 7.21) ou davam a um vizinho para guardar (Êx 22.7).
BANDO Grupo (2Rs 13.20).
BANQUETE Refeição solene em que tomam parte muitos convidados (Et 1.3; Lc 20.46). Havia banquetes em várias ocasiões, como, por exemplo, quando se celebravam casamentos, na ocasião de desmamar o herdeiro, nas reuniões de despedida, no tempo de cortar a lã das ovelhas, etc. Cantores e dançarinos muitas vezes estavam presentes.
BARAQUE [Relâmpago] JUIZ 2) a quem Débora entregou o comando das forças israelitas. Baraque derrotou Sísera (Jz 4.5-6).
BARBA Cabelo do rosto do homem. Entre os SEMITAS a barba crescida era sinal de dignidade. Os israelitas arrancavam cabelos da barba ou a rapavam em sinal de tristeza (Ed 9.3; Jr 41.5).
BARBATANA Pedaço mais ou menos duro de pele que peixes e outros animais aquáticos movimentam para nadar (Lv 11.9).
BARCA DE NOÉ Barca que Noé construiu para, junto com a sua família e com animais, escapar do DILÚVIO. A barca media 133 metros de comprimento por 22 de largura e por 13 de altura (Gn 6—9).
BARJESUS [Filho de Jesus] Mágico judeu da CORTE de Sérgio Paulo. Era também conhecido como Elimas (At 13.6-12).
BARNABÉ [Aquele que Dá Coragem] Sobrenome de José, LEVITA rico, natural da ilha de Chipre e convertido ao cristianismo (At 4.36; 9.27). Foi companheiro de Paulo em sua primeira viagem missionária (At 11.22-26; caps. 13 a 15). Paulo se refere várias vezes a ele (1Co 9.6; Gl 2.1,9,13; Cl 4.10).
BARRABÁS [Filho de um Pai] Preso que Pilatos soltou quando julgava Jesus (Mt 27.26).
BARRACAS, FESTA DAS Festa dos israelitas para lembrar o tempo em que os seus antepassados haviam morado em barracas na viagem pelo deserto, do Egito à Terra Prometida (Lv 23.33-36). Começava no dia 15 do mês de etanim, também chamado de tisri, e durava uma semana (mais ou menos a primeira semana de outubro).
BARSABÁS [Filho de Saba] Apelido de José (At 1.23) e de Judas (At 15.22).
BARTIMEU [Filho de Timeu] Cego curado por Jesus (Mc 10.46).
BARTOLOMEU [Filho de Tolmai] Um dos 12 APÓSTOLOS. Nada se sabe dele. Alguns pensam que seja Natanael (Mt 10.3; Jo 1.45).
BARUQUE [Bendito] 1) Secretário de Jeremias (Jr 32; 36; 43; 45). 2) Livro APÓCRIFO, atribuído pelo seu autor a Baruque 1). Tem uma introdução histórica, seguida de confissão, de elogio à sabedoria e de consolo à vista da futura reconstrução de Jerusalém. O cap. 6 é a CARTA DE JEREMIAS.
BARZILAI [Feito de Ferro] Um amigo de Davi (2Sm 19.31-39).
BASÃ [Terra Fértil] Vasta planície situada a leste do rio Jordão, célebre pelo seu gado (Sl 22.12) e pelos seus carvalhos (Is 2.13).
BASTÃO Pedaço longo de madeira arredondada que servia como arrimo, para defesa e para dirigir um rebanho (Êx 4.2; Nm 17.1-10; Is 9.4; Hb 9.4).
BATALHÃO Grupo de seiscentos soldados, divididos em seis grupos de cem, comandados por um oficial romano (At 27.1).
BATALHAS DO SENHOR, LIVRO DAS V.LIVRO DAS BATALHAS DO SENHOR.
BATENTE OMBREIRA onde porta ou janela se encaixa ao fechar (Êx 12.7).
BATE-SEBA [Filha de um Juramento] Mulher de Urias, o heteu. O rei Davi pecou com ela e, depois da morte de Urias, casou-se com ela. Foi a mãe de Salomão (2Sm 11.3; 1Rs 1—2).
BATISMO Cerimônia em que se usa água e por meio da qual uma pessoa se torna membro de uma igreja cristã. O batismo é sinal de arrependimento e perdão (At 2.38) e união com Cristo (Gl 3.26-27), tanto em sua morte como em sua ressurreição (Rm 6.3-5).
BATISTA [Aquele que Batiza] Apelido dado a João, o profeta que veio preparar o povo para receber o MESSIAS (Lc 9.19).
BATO Medida de capacidade para líquidos, igual a um pouco menos de 21 litros (20,82 l) (Ez 45.11). Outros entendem que o bato tinha entre 30 e 40 litros. No NT só aparece em Lc 16.6, onde “bato” é traduzido por “barril”.
BEBIDA ALCOÓLICA Bebida resultante de fermentação e que pode embriagar. A bebida mencionada em Is 5.22 era feita de cevada, misturada com ESPECIARIAS. A bebida destilada (tipo pinga, rum, etc.), de elevado teor alcoólico, não era conhecida nos tempos bíblicos.
BEEMOTE [Animal Selvagem] Alguns entendem tratar-se de um monstro lendário; outros pensam que se trata do hipopótamo (Jó 40.15-24).
BEIJO Ato de tocar com os lábios em alguém ou alguma coisa. Era sinal de amor (Ct 1.2). O beijo no rosto era um modo de saudar usado no Oriente desde os tempos dos PATRIARCAS, entre pessoas do mesmo sexo e, em ocasiões especiais, entre pessoas de sexo diferente. Pais e mães beijavam os filhos; os filhos beijavam os pais; irmãos, entre si; amigos e companheiros, entre si. Os antigos cristãos se saudavam com o beijo de irmão (Rm 16.16; 1Pe 5.14).
BEL [Senhor] Deus da Babilônia, também chamado de Marduque ou MERODAQUE (Is 46.1; Jr 50.2; 51.44). Equivale ao cananeu BAAL.
BEL e O DRAGÃO Acréscimo APÓCRIFO ao livro de Daniel (cap. 14). São duas histórias escritas para zombar dos deuses falsos. Na primeira, Daniel desmascara os sacerdotes de BEL, provando que esse deus não comia os alimentos que eram trazidos para ele. Na outra, Daniel mata um dragão que era adorado como deus. Daniel é jogado numa cova de leões, da qual é retirado são e salvo.
BELÉM [Casa de Pão] 1) Cidade de Judá, também chamada de Efrata, situada cerca de oito km a sudoeste de Jerusalém. Davi e Jesus nasceram ali (1Sm 17.12; Lc 2.4-7). 2) Cidade do território de Zebulom, a noroeste de Nazaré (Js 19.15).
BELSAZAR [Bel Proteja o Rei ?] Filho de Nabonido e neto de Nabucodonosor. Foi o último rei do novo Império Babilônico. Deus o achou em falta, e logo depois os persas conquistaram Babilônia e o mataram (Dn 5.1-30).
BELTESSAZAR [Bel Proteja Sua Vida ?] Nome que o mordomo de Nabucodonosor deu a Daniel (Dn 1.7).
BELZEBU [Senhor das Moscas] Nome do príncipe dos demônios, que é o próprio Satanás (Mt 12.24). Parece derivar-se de BAAL-ZEBUBE.
BEN Palavra hebraica que quer dizer “filho” (v.Gn 19.38).
BEN-AMI V.AMOM 1) (Gn 19.38).
BÊNÇÃO 1) Pedido feito a Deus para que faça o bem a alguma pessoa (Gn 27.4,27-29). 2) O próprio bem concedido por Deus (Pv 10.22).
BENEDICTUS V.CÂNTICOS DO ADVENTO 3).
BEN-HADADE 1) Título dos governadores da Síria, que as pessoas acreditavam serem descendentes de Hadade, deus sírio. 2) Nome de três reis que governaram em Damasco: Ben-Hadade I (1Rs 15.18); Ben-Hadade II (1Rs 20.1-34); e Ben-Hadade III (2Rs 13.3).
BENJAMIM [Filho da Mão Direita] 1) Filho mais novo de JACÓ (Gn 35.18). 2) Tribo dos descendentes de Benjamim 1) (Js 21.17).
BENJOIM Suco cheiroso tirado do estoraque, uma planta usada na preparação de perfumes (Êx 30.34).
BENONI [Filho da Minha Tristeza] Nome dado, ao morrer, por Raquel ao filho que Jacó chamou de BENJAMIM (Gn 35.18).
BENZEDURA Ritual executado sobre pessoa ou coisa para pedir a proteção divina (Ez 13.18).
BERÉIA Cidade da Macedônia onde Paulo fundou uma igreja em sua segunda viagem missionária (At 17.10-14; 20.4).
BERENICE [Vitoriosa] Filha mais velha de Herodes Agripa I. Viveu uma vida bastante irregular e foi amante de Vespasiano e de Tito, imperadores romanos (At 25.13—26.30).
BERILO Pedra semipreciosa, verde ou verde-azulada (Ap 21.20).
BERSEBA [Poço das Sete] Nome de um poço que Abraão cavou no deserto e onde ele e ABIMELEQUE 1) fizeram um acordo de amizade. Como sinal desse trato, Abraão deu a Abimeleque sete cordeiras; daí o nome do lugar (Gn 21.22-34).
BETÂNIA Povoado situado a três km de Jerusalém. Maria, Marta e Lázaro moravam lá (Jo 11.18). Ali se deu a ASCENSÃO de Jesus (Lc 24.50).
BETE-AVÉM Cidade do território de Benjamim. Ficava à beira do deserto (Js 18.12), perto de Ai (Js 7.2).
BETE-HOROM Duas cidades gêmeas que ficavam no território de Efraim; uma, em lugar alto, e a outra, em lugar baixo (Js 16.3-5). Numa delas moravam os LEVITAS da família de Coate (Js 21.22).
BETEL [Casa de Deus] 1) Cidade cujo nome anterior era Luz e que ficava a mais ou menos 20 km ao norte de Jerusalém (Gn 28.19). Em Betel foi construído o templo do Reino do Norte (1Rs 12.26-33). 2) Cidade do Sul de Judá (1Sm 30.27), chamada de Betul em Js 19.4 e de Betuel em 1Cr 4.30.
BETE-PEOR [Casa de Peor] Um dos últimos locais de acampamento de Israel (Dt 3.29; 4.46), onde Moisés foi sepultado (Dt 34.6; v.PEOR).
BETE-SÃ Cidade que ficava no vale do rio Jordão, 22 km ao sul do lago da Galiléia (1Sm 31.10).
BETE-SEMES Povoado de Judá, que ficava perto da divisa com os filisteus (1Sm 6.12). Era uma cidade de LEVITAS (Js 21.16).
BETEZATA [Casa da Misericórdia] Fonte de água que havia em Jerusalém e que era rodeada por cinco coberturas apoiadas em colunas. Acreditava-se que a água dessa fonte podia curar (Jo 5.1-16).
BETFAGÉ Povoado que ficava a noroeste de Betânia (Mc 11.1).
BETSAIDA [Casa da Pesca] Cidade, também chamada de Betsaida Júlia, que ficava à margem nordeste do lago da Galiléia. Ali nasceram Pedro, André e Filipe (Jo 1.44). Essa cidade foi condenada por Jesus (Mt 11.21). Ali ele alimentou mais de 5000 pessoas (Lc 9.10-17) e curou um cego (Mc 8.22-26).
BETUEL [Habitação de Deus] Filho de Naor e Milca, sobrinho de Abraão e pai de Rebeca e Labão (Gn 22.22; 24.15).
BETUME Massa escura usada, entre outras coisas, para tapar fendas (Êx 2.3).
BEZALEL [Protegido por Deus] Artesão a quem o Espírito de Deus deu capacidade para trabalhar com metais, madeira e pedras preciosas na construção da TENDA SAGRADA (Êx 31.1-5).
BEZERRO Boi ainda novo, cuja carne era usada como alimento e também nos SACRIFÍCIOS (Lv 9.2; Hb 9.12,19).
BÍBLIA A coleção de escritos considerados pela Igreja cristã como inspirados por Deus. O termo “Bíblia” é de origem grega e quer dizer “livrinhos”. A Bíblia tem 66 livros e se divide em duas partes: ANTIGO TESTAMENTO (39 livros) e NOVO TESTAMENTO (27 livros). O AT foi escrito em HEBRAICO, com exceção de alguns trechos escritos em ARAMAICO. O NT foi escrito em GREGO.
BÍBLIA HEBRAICA V.TEXTO DO ANTIGO TESTAMENTO
BIBLISTA Especialista em assuntos bíblicos.
BICHO 1) Animal (Jó 12.8). 2) Verme (Êx 16.20,24). 3) Praga (Dt 28.39).
BIGAMIA Casamento com dois cônjuges (1Sm 1.2). V.MONOGAMIA e POLIGAMIA.
BILA [Sensível, Modesta] Serva de Raquel. Ela foi dada como CONCUBINA a Jacó, tornando-se mãe de Dã e Naftali (Gn 30.1-8, RC).
BILDADE Um dos amigos de Jó (Jó 8; 18; 25).
BÍLIS Líqüido amargo produzido pelo fígado; FEL (Jó 16.13).
BISNETO Filho de NETO ou de neta (Êx 20.5). V.TRINETO e TETRANETO.
BISPO Nome dado aos dirigentes das igrejas cristãs. Eles se dedicavam ao ensino da doutrina e à pregação do evangelho. A palavra grega epíscopos, que é traduzida por “bispo”, quer dizer supervisor ou superintendente. Nos tempos apostólicos, o bispo cuidava de uma igreja local e era também chamado de PRESBÍTERO (At 20.17; 1Tm 3.1-7; Tt 1.5-9). Só mais tarde os bispos se tornaram responsáveis por um grupo de igrejas de determinada região.
BITÍNIA PROVÍNCIA romana que ficava ao norte da ÁSIA. O Espírito Santo proibiu Paulo de pregar lá (At 16.6-10), mas no século primeiro já havia cristãos nessa região (1Pe 1.1).
BLASFEMAR Dizer palavras ofensivas, isto é, blasfêmias, contra Deus, Jesus Cristo, o Espírito Santo ou contra qualquer coisa sagrada (Sl 10.3; Mt 12.31). Também está blasfemando quem diz ter direitos ou poderes que pertencem somente a Deus (Mt 9.3; 1Tm 1.20).
BLASFÊMIA CONTRA O ESPÍRITO SANTO O pecado que não tem perdão é a recusa de aceitar como divino o poder que Jesus tinha de curar. Em outras palavras, é a incredulidade (Mt 12.31; Mc 3.29).
BOANERGES [Filhos do Trovão] Nome que Jesus deu a Tiago e a João por causa do seu temperamento violento (Mc 3.17).
BOA PESSOA V.RETIDÃO.
BOAZ [Força; Firmeza] Lavrador natural de Belém, descendente de Judá. Foi um dos antepassados de reis israelitas (Mt 1.5) e, finalmente, de Jesus Cristo. Casou-se com Rute, a moabita (Rt 4.1-13).
BODE PARA AZAZEL V.AZAZEL (Lv 16.10,20-22).
BOFETADA Tapa no rosto (Jo 19.3).
BOLORENTO Com bolor ou mofo (Js 9.5).
BOLSA Objeto usado para guardar dinheiro (Lc 10.4; Jo 12.6). Era presa ao cinto.
BOM V.RETIDÃO.
BORDÃO Pau grosso de arrimo; cajado (Nm 21.18; Zc 11.7).
BORRIFAR Respingar com água ou outro líquido (Hb 9.19).
BOSQUE FLORESTA (Gn 18.1; Sl 96.12).
BOXE Luta em que dois adversários trocam murros (1Co 9.26). V.ESPORTE.
BRASEIRO Vasilha de bronze, ouro ou prata que servia para levar fogo (1Rs 7.50).
BRECHA Fenda; rachadura (Ne 4.7; Sl 60.2).
BREJO Terras baixas e alagadas (Ez 47.11). V.CHARCO.
BRONZE Liga de cobre com outros metais, especialmente o estanho (Sl 107.16).
BRONZE, BACIAS DE V.BACIAS DE BRONZE (1Rs 7.38).
BRONZE, PIA DE Grande pia em que os sacerdotes lavavam as mãos e os pés (Êx 30.17-21).
BRONZE, TANQUE DE V.TANQUE DE BRONZE (1Cr 18.8).
BRUTALIDADE Grosseria (Gn 42.30).
BRUTO 1) Tal como é encontrado na natureza (Dt 27.6). 2) Selvagem, bárbaro (Sl 10.10).
BRUXA Uma demônia que as pessoas acreditavam que morava no deserto (Is 34.14; ver Ap 18.2).
BUCHO Estômago dos animais mamíferos (Dt 18.3).
BUL O oitavo mês do calendário hebraico. Ia de meados de outubro a meados de novembro (1Rs 6.38).
 
C
CABAÇA Vaso feito do fruto da cabaceira, do qual se tira o miolo (1Rs 6.18; 7.24).
CABANA Abrigo simples para proteger do sol e do mau tempo. As plantações muitas vezes não eram cercadas, sendo guardadas por um vigia, que ficava numa cabana, num lugar alto (Jó 27.18).
CABEÇA A parte superior ou anterior do corpo do ser humano e dos animais. Em sentido figurado, “chefe” (Ef 4.15). Rapar a cabeça era sinal de tristeza (Jó 1.20) ou de voto (At 18.18). Os israelitas balançavam a cabeça em sinal de zombaria (Mc 15.29). V. também PÔR A MÃO NA CABEÇA.
CABELO Conjunto de pêlos da cabeça humana. Os israelitas antigos de ambos os sexos deixavam os cabelos crescer (Ct 5.10-11). Já no tempo de Jesus era vergonhoso para o homem ter cabelos compridos (1Co 11.14).
CABRESTO Arreio para a cabeça de animais, como o cavalo (Sl 32.9).
CACHORRO Animal meio domesticado que andava pela cidade em busca de alimentos (1Rs 21.23). Os falsos mestres são chamados de cachorros (Fp 3.2).
CADÁVER Corpo morto, de ser humano ou de animal (Jr 36.30; v.IMPURO).
CADES Região coberta de vegetação no deserto de Zim, uns 120 km ao sul de Hebrom. O povo de Israel acampou em Cades durante 37 anos (Dt 1.46).
CADES-BARNÉIA V.CADES e MERIBÁ (Nm 32.8).
CADMONEUS Tribos SEMITAS que viviam a leste do Jordão, desde Amom e Moabe até Harã (Gn 15.19; 29.1).
CAFARNAUM [Aldeia de Naum] Cidade que ficava junto ao mar da Galiléia. Foi o centro das atividades de Jesus durante o seu ministério na Galiléia (Mt 4.13; 8.5-17).
CAIFÁS [Depressão] O Grande Sacerdote que tomou parte no julgamento de Jesus (Mt 26.3,57) e de Pedro e João (At 4.6).
CAIM [Ferreiro ? Aquisição ?] Primeiro filho de Adão e Eva. Caim matou Abel, seu irmão (Gn 4).
CAIXÃO Caixa comprida em que se põe um CADÁVER (Gn 50.26).
CAL Material branco, em forma de grãos grosseiros, com vários usos, como, por exemplo, na preparação de tinta, reboco, etc. (Dt 27.2-4; Is 27.9).
CALÁ Cidade que ficava às margens do rio TIGRE, na Assíria (Gn 10.11).
CALDÉIA A parte sul da BABILÔNIA. Nos tempos bíblicos era uma região muito fértil (Ed 5.12).
CALDEIRÃO Panela grande, mais alta que larga, geralmente com asas (1Rs 7.40; 2Cr 35.13).
CALEBE [Arrojado] Líder da tribo de Judá e um dos doze ESPIÓS enviados a Canaã. Ele e Josué voltaram com boas notícias e por isso entraram na Terra Prometida (Nm 14.30).
CALENDÁRIO Sistema de divisão do tempo do ano civil. Os doze meses do ano judaico iniciavam com a lua nova e seguiam assim: 1) abibe (Êx 13.4) ou nisã (Et 3.7), de meados de março a meados de abril; 2) zive (1Rs 6.1), abril-maio; 3) sivã (Et 8.9), maio-junho; 4) tamuz, junho-julho; 5) abe, julho-agosto; 6) elul (Ne 6.15), agosto-setembro; 7) etanim ou tisri (1Rs 8.2), setembro-outubro; 8) bul ou marquesvã (1Rs 6.38), outubro-novembro; 9) quisleu (Ne 1.1), novembro-dezembro; 10) tebete (Et 2.16), dezembro-janeiro; 11) sebate (Zc 1.7), janeiro-fevereiro; 12) adar (Ed 6.15), fevereiro-março. Desses, apenas tamuz (junho-julho) e abe (julho-agosto) não são mencionados na Bíblia. V.ANO.
CÁLICE Figuradamente pode significar sofrimento (Mt 20.22; 26.39) ou a morte (sangue) de Jesus por nós (Lc 22.20). V.COPO.
CALUNIAR Mentir, afirmando que alguém cometeu um pecado ou uma ação criminosa (Jr 9.4).
CALVO Que não tem cabelo na cabeça ou em parte dela (Lv 13.40-41). V.CARECA.
CALVÁRIO [Caveira] Monte onde Jesus foi crucificado e onde eram executados os criminosos condenados à crucificação (Mt 27.33). Esse monte era chamado também de Gólgota (Jo 19.17).
CAM [Quente] Filho de Noé. Ele faltou com o respeito ao pai e foi AMALDIÇOADO (Gn 9.21-27).
CAMALEÃO Espécie de lagarto (Lv 11.30).
CAMELO Animal de carga (2Rs 8.9), IMPURO (Lv 11.4-6). Com o seu pêlo se fazia um tecido (Mt 3.4).
CAMINHO, CAMINHO DO SENHOR Nomes dados à religião dos primeiros cristãos e ao seu modo de vida (At 9.2; 19.9; 22.4).
CAMPO Terras usadas para plantação ou para pastagem (Lc 2.8).
CANA CHEIROSA Planta da qual se extrai um óleo perfumoso (Êx 30.23-25).
CANÁ Pequena cidade que ficava uns seis km ao norte de Nazaré (Jo 2.1).
CANAÃ [Baixo; Plano] 1) Filho de CAM 1) (Gn 9.18). Seus descendentes ocuparam a região de Canaã. 2) Nome antigo da Palestina, terra dos cananeus (Sl 105.11).
CANANEU 1) Descendente de CANAÃ 1) (Gn 10.15-19). 2) Morador de Canaã (Ne 9.8).
CANAVIAL Lugar onde crescem canas (Sl 68.30).
CANÇÃO DE ENTERRO, DE TRISTEZA V.LAMENTAÇÃO (Ez 27.2; Mt 11.17
CANÇÃO DE PEREGRINOS Título que aparece em quinze salmos (120—134). Talvez fossem os salmos cantados pelo povo que subia a Jerusalém para tomar parte nas festas religiosas.
CANÇÃO DOS TRÊS MOÇOS Acréscimo APÓCRIFO ao livro de Daniel. É um salmo de louvor cantado dentro de uma fornalha.
CANDELABRO Grande castiçal ou lustre, com vários braços, cada um com a sua lamparina (Êx 25.31-40; 37.17-24).
CANELA Casca cheirosa de uma árvore, usada como tempero e como perfume (Ct 4.14). Entrava na composição do óleo usado para UNGIR os sacerdotes (Êx 30.23-25).
CANELEIRA Peça para a defesa das pernas, na ARMADURA (1Sm 17.6).
CANGA Peça de madeira que se prende com correias ao pescoço de animais de carga, para que assim possam puxar uma carroça ou um arado (1Rs 19.21).
CANHOTO Que usa com mais habilidade a mão esquerda (Jz 20.16).
CANIÇO CANA fina (Mt 11.7).
CÂNON DO ANTIGO TESTAMENTO Conjunto dos livros do AT que a igreja cristã reconhece como genuínos e inspirados. No cânon aceito pelos evangélicos há 39 livros. O cânon católico tem a mais 7 livros e algumas porções (v.APÓCRIFOS). O cânon do AT é o mesmo para os judeus e os evangélicos.
CÂNON DO NOVO TESTAMENTO Conjunto de 27 livros do NT que a igreja cristã reconhece como genuínos e inspirados. O cânon do NT é igual para evangélicos e católicos. No princípio alguns livros foram aceitos com certa reserva, mas no final do quarto século o cânon atual já era aceito em quase toda parte (v.ANTILEGÔMENA).
CANTARES DE SALOMÃO V.CÂNTICO DOS CÂNTICOS.
CANTEIRO Terreno em que se plantam flores ou verduras (Ct 6.2).
CÂNTICO DOS CÂNTICOS Coleção de poemas de amor, a maior parte em forma de canções, próprias para festas de casamento. Alguns judeus entendiam que essas canções eram um retrato de Deus como esposo do seu povo (Os 2.16-20). Alguns cristãos acham que se trata de uma figura do relacionamento entre Cristo e a Igreja (Ap 21.2,9). Na opinião de outros, este livro ensina a dignidade e a beleza do amor conjugal. Ele foi incluído na Bíblia porque trata da pureza e da santidade do casamento, que foi instituído por Deus. O povo tende a considerar a infidelidade como coisa sem importância, mas o verdadeiro amor permanece fiel, apesar de todas as dificuldades e tentações.
CÂNTICOS DO ADVENTO Os cinco cânticos relacionados com o nascimento de Jesus, conforme registrados em Lucas, e conhecidos pelos seus nomes em latim: 1) Ave Maria (Que a paz esteja com você, Maria; 1.28-33). 2) Magnificat (Anuncia a grandeza; 1.46-55). 3) Benedictus (Louvemos; 1.68-79). 4) Gloria in excelsis (Glória nas alturas; 2.14). 5) Nunc dimittis (Agora podes deixar ir; 2.29-32).
CÂNTICOS DO SERVO V.SERVO DO SENHOR.
CÃO V.CACHORRO (Êx 22.31; Sl 68.23; Ec 9.4).
CAPA Roupa comprida, usada por cima das outras roupas (Js 7.21; Mt 5.40). Nas quatro pontas da capa os israelitas costuravam pingentes a fim de lembrar que deviam ser fiéis a Deus (Nm 15.37-41; Dt 22.12; Mt 23.5). V.MANTO.
CAPACETE Peça da ARMADURA feita de couro ou de bronze e usada para proteger a cabeça (1Sm 17.5; Ef 6.17; 1Ts 5.8).
CAPACIDADE Qualidade que uma pessoa tem para produzir alguma coisa; qualidade; aptidão (Mt 25.15).
CAPADÓCIA PROVÍNCIA romana que ficava na parte leste da ÁSIA MENOR (At 2.9).
CAPATAZ FEITOR (Jó 3.18).
CAPITAL Sede do governo (Is 7.8-9).
CARACOL Molusco que tem uma concha em forma de espiral (Sl 58.8).
CARÁTER Conjunto de qualidades boas (Pv 1.9; Ec 7.7).
CARAVANA Grupo de pessoas que, por motivo de segurança, viajam juntas através do deserto ou de região perigosa (Gn 37.25).
CARCEREIRO Guarda que mantém a ordem na cadeia (Gn 39.21; At 16.27).
CARDAMOMO Planta cujas sementes aromáticas são usadas como tempero (Ap 18.13).
CARECA V.CALVO (2Rs 2.23).
CARGA Trabalhos pesados (Is 14.25). Figuradamente: pecados (Sl 38.4); problemas e preocupações (Sl 68.19); deveres (Mt 11.30); a responsabilidade de cada um pela sua maneira de agir (Gl 6.5). V.FARDO.
CARMELO 1) Aldeia de Judá, que ficava perto de Hebrom (1Sm 25.2). 2) Monte situado na costa do mar Mediterrâneo, na direção oeste do lago da Galiléia (1Rs 18.19).
CARNAL O que pertence à natureza humana deixada à vontade nos seus pensamentos e desejos em contraste com os pensamentos e desejos espirituais, que vêm de Deus. Quando não está sujeito a Deus, o ser humano tem inclinação para o pecado (1Pe 2.11; 4.3). Algumas coisas que a natureza humana produz são mencionadas em Gl 5.19-21; o que o Espírito produz é referido nos vers.22 e 23.
CARNE O tecido muscular do corpo dos seres humanos e dos animais (Gn 2.21; Jó 10.11).
CARNEIRO Animal de porte médio que fornece carne e lã. Era morto nos SACRIFÍCIOS (Êx 29.1). Sua pele era usada como cobertura (Êx 26.14). Sua fêmea é a ovelha.
CARPINTEIRO Profissional que trabalha em estruturas de madeira (Mt 13.55).
CARQUEMIS Cidade dos HETEUS que ficava do lado oeste do Eufrates (Is 10.9).
CARREIRA Fileira (Êx 28.17).
CARRETA Carroça pequena (Ez 23.24).
CARRO 1) Veículo puxado por animal e usado para transportar pessoas ou coisas (Gn 41.43). 2) Veículo usado em combate (Êx 14.7).
CARTA DE JEREMIAS V.JEREMIAS, CARTA DE.
CARTAS DA PRISÃO As quatro cartas (Ef, Fp, Cl e Fm) que Paulo escreveu durante os 2 anos em que esteve preso em Roma pela primeira vez (61-63 d.C.; At 28.30-31).
CARTAS DE PAULO As treze cartas que Paulo escreveu: Rm, 1Co, 2Co, Gl, Ef, Fp, Cl, 1Ts, 2Ts, 1Tm, 2Tm, Tt e Fm.
CARTAS GERAIS As sete cartas conhecidas como gerais, universais ou católicas: Tg, 1Pe, 2Pe, 1Jo, 2Jo, 3Jo e Jd. As cartas de Paulo foram escritas a determinadas igrejas ou pessoas; as cartas gerais foram escritas para as igrejas em geral. 2Jo e 3Jo entram nessa classificação por virem junto com 1Jo. A CARTA AOS HEBREUS também pode ser colocada nesse grupo.
CARTAS PASTORAIS Cartas relacionadas com os ministros de Deus: sua maneira de ser, seus privilégios e seus deveres. São as seguintes: 1Tm, 2Tm e Tt.
CARVALHO Árvore ornamental de rápido crescimento e que fornece madeira dura para a construção em geral (Is 6.13).
CASA Construção em que pessoas moram. Na Palestina as casas eram feitas de pedra. Os pobres viviam às vezes em cavernas. As pessoas errantes, que se deslocavam em busca de alimentos e de pastagens para os seus rebanhos, viviam em barracas feitas com peles de cabra ou de camelo (Gn 4.20). No litoral do mar Mediterrâneo construíam-se casas de barro. O telhado era feito de palha e barro.
CASAMENTO 1) Instituição divina pela qual um homem e uma mulher se unem por amor numa comunhão social e legal com o propósito de estabelecerem uma família (Gn 1.27-28; 2.18-24). É permanente e só pode ser dissolvido pela morte (Rm 7.2-3) ou, excepcionalmente, pelo divórcio (Mt 19.3-9). 2) A festa de casamento (Jo 2.2).
CASCO Unha de certos animais, como o cavalo e o boi (Lv 11.3).
CÁSSIA 1) ESPECIARIA derivada de arbusto ou de árvore do mesmo nome (Êx 30.23-25; Jó 42.14). 2) Filha de Jó (Jó 42.14).
CASTANHOLAS Instrumento rítmico que consta de duas peças de madeira ou de marfim, as quais são ligadas por um cordel entre si e aos dedos e que batem uma contra a outra (2Sm 6.5).
CASTIÇAL Candelabro com pedestal e recipiente de azeite. Era redondo e tinha sete pavios. Dez desses ficavam em frente ao Lugar Santíssimo do Templo (1Rs 7.49).
CASTIGO Sofrimento imposto a quem é culpado (Pv 11.21). Os tribunais condenam os culpados (Rm 13.4). Deus castiga (Hb 10.29-31). Os condenados eram castigados com CHICOTADAS (Dt 25.2-3) e ou jogados na prisão (At 16.19-24). A lei de Moisés previa a pena de morte para vários crimes (Êx 21.12-17,22-23; 22.18-20; Dt 22.20-25). Os judeus matavam a pedradas; os romanos cortavam a cabeça ou CRUCIFICAVAM.
CASTOR E PÓLUX Deuses padroeiros dos marinheiros. Sua figura estava entalhada na proa do navio em que Paulo viajou para Roma (At 28.11).
CASTRAR Cortar os TESTÍCULOS; capar (Dt 23.1; Mt 19.12). V.EUNUCO.
CATACUMBAS Túneis cavados debaixo da terra, em cujas paredes se faziam sepulturas e onde os cristãos primitivos tinham suas reuniões. A maioria delas está em Roma.
CATIVEIRO Situação dos israelitas quando os moradores do Reino do Norte (Israel) foram derrotados e levados como prisioneiros para a Assíria em 722 a.C. (2Rs 17.6; 18.11), e os moradores do Reino do Sul (Judá) foram derrotados e levados como prisioneiros para a Babilônia em 586 a.C. (Jr 52.24-30).
CAUDA Pequena ilha que ficava a sudoeste de CRETA (At 27.16).
CAVEIRA 1) O esqueleto da cabeça (2Rs 9.35). 2) V.CALVÁRIO.
CEDRO Árvore comum no Líbano, alta, folhosa e resistente (Is 2.13). Fornecia madeira para construção (2Sm 7.7).
CEDROM 1) Ribeiro que corria entre Jerusalém e o monte das Oliveiras (Jo 18.1). 2) Vale por onde corria esse ribeiro. Havia ali um cemitério (2Rs 23.6).
CEFAS [Pedra] Nome ARAMAICO que Jesus deu a PEDRO (Jo 1.42).
CEGONHA Ave, de grande porte, que vive em bandos e pousa em diferentes regiões durante o ano (Jr 8.7).
CEIA DO SENHOR Cerimônia que Cristo instituiu na noite em que foi traído, logo depois da refeição da PÁSCOA, para servir de lembrança da sua morte (1Co 11.23-34). Para os católicos e alguns evangélicos a ceia é um sacramento e um meio de graça; para outros é um memorial.
CELEBRAR Festejar; comemorar; realizar com solenidade (Hb 11.28).
CELESTIAL Do céu (Lc 2.13).
CENCRÉIA Porto de Corinto. Ali havia uma igreja cristã (At 18.18).
CENTEIO CEREAL usado para fazer pão (Êx 9.32).
CENTÍMETRO A centésima parte de um METRO (Ez 43.13).
CEREAL 1) Planta cujas sementes, moídas ou não, servem para alimentação (Nm 20.5). 2) Essas sementes (Êx 40.29).
CERRAÇÃO Nevoeiro espesso (Is 44.22; Os 6.4).
CERVEJA Bebida alcoólica resultante da fermentação natural de CEREAIS (Nm 6.3; Is 5.8).
CÉSAR V.IMPERADOR.
CESARÉIA Porto que Herodes, o Grande, construiu em honra a César Augusto na costa do Mediterrâneo, a 40 km de Samaria. Cornélio, o oficial romano, era de lá (At 10). Paulo esteve preso dois anos ali (At 23.31—26.32).
CESARÉIA DE FILIPE Cidade situada ao pé do monte HERMOM. Ali Pedro declarou ser Jesus o Messias (Mt 16.13-17).
CETRO Bastão usado pelos reis como símbolo do seu poder e autoridade (Et 5.2).
CÉU 1) Uma das grandes divisões do UNIVERSO (Gn 1.1). 2) Lugar onde moram Deus, os seres celestiais e os salvos que morrem (Is 66.1; Mt 24.36; 2Co 5.1).
CEVADA CEREAL que serve de alimento para seres humanos e para animais (Jo 6.9).
CHACAL Animal feroz, parecido com o lobo, que vive, aos casais, no deserto e em lugares solitários (Is 43.20).
CHAGA Ferida aberta (Is 1.6).
CHALE V.XALE.
CHAMAR 1) Convidar as pessoas para que aceitem a salvação realizada por meio de Jesus Cristo (Gl 1.6). Essa é uma decisão tomada por Deus, desde a eternidade. Exteriormente esse convite é comunicado às pessoas através do evangelho e interiormente, pela ação do Espírito Santo, que cria a fé salvadora. 2) Convocação feita por Deus a certas pessoas para que se dediquem a trabalhos especiais no Reino de Deus (Rm 1.1). Essa convocação também é uma decisão divina, tomada desde a eternidade (Is 49.1; Gl 1.15).
CHAMUSCADO Queimado de leve (Dn 3.27).
CHARCO Água parada, suja e pouco profunda (Ez 47.11). V.BREJO.
CHIBOLETE Palavra hebraica que quer dizer “riacho” ou “espiga” e que era pronunciada de modo diferente nos dois lados do rio Jordão (Jz 12.6).
CHICOTADA Pancada com chicote. As tiras de couro dos chicotes romanos eram cheias de nós, nos quais ficavam presos ossos pontudos e pedaços de metal (2Co 11.24).
CHIFRE Ponta dura e curva que aparece na fronte de alguns animais (Ap 17.3). O chifre era usado para conter líquidos e também servia como corneta (Js 6.4). Era símbolo de poder (Zc 1.18-19).
CHIPRE Ilha do mar Mediterrâneo. Foi campo missionário em que trabalharam Paulo, Barnabé e João Marcos (At 13.4-13).
CHOUPO Árvore cuja madeira era usada para fazer utensílios de casa. Jacó pôs varas de choupo descascadas em riscas diante do rebanho de Labão. Acreditava-se que a cor das crias era determinada pela cor do objeto para o qual a fêmea estivesse olhando no momento de cruzar (Gn 30.37).
CHUMBO Metal pesado, exportado de Tiro para Israel (Ez 27.12).
CHUVA V.ESTAÇÃO (Ct 2.11).
CICATRIZ Marca deixada na pele por uma ferida sarada (Lv 13.23,28).
CIDADÃO 1) Morador de uma cidade (2Rs 10.6; At 19.35). 2) Pessoa garantida pelos direitos civis e políticos de uma nação (At 22.26-27).
CIDADE DE DAVI 1) A fortaleza que os jebuseus, os primeiros moradores de Jerusalém, haviam construído no monte Sião. Ela foi conquistada pelo rei Davi e passou a ser chamada de Cidade de Davi (2Sm 5.6-9; 1Cr 11.4-7). 2) No NT, a cidade de Belém, onde Davi morou e onde Jesus nasceu (Lc 2.11).
CIDADES PARA FUGITIVOS Seis cidades para onde podiam fugir e em que podiam permanecer os que matassem alguém sem querer (Nm 35.9-34).
CIÊNCIA Na Bíblia, soma de conhecimentos práticos da vida; SABEDORIA 2) (At 7.22).
CILÍCIA PROVÍNCIA romana da ÁSIA MENOR, ligada com a SÍRIA. Sua capital era Tarso (At 21.39).
CINTO Peça de vestuário que consiste numa faixa ou tira de tecido, couro ou outros materiais, usada ao redor da cintura (Mc 1.6). O cinto usado pelos sacerdotes era uma faixa feita de linho bordado (Êx 39.29). A espada do soldado era presa ao cinto (2Sm 20.8).
CINZA Pó que fica quando se queima alguma coisa. A cinza era usada em ações simbólicas de tristeza, arrependimento ou humilhação (Et 4.1; Jó 2.8; Lc 10.13).
CIO Período em que a fêmea da maioria dos mamíferos está pronta para o acasalamento (Jr 2.24).
CIPRESTE Árvore sempre verde, cuja madeira era usada em construção e na feitura de móveis (Is 44.14).
CIRCUNCISÃO Cerimônia religiosa em que é cortada a pele, chamada prepúcio, que cobre a ponta do órgão sexual masculino. Os meninos israelitas eram circuncidados no oitavo dia após o seu nascimento, como sinal da ALIANÇA que Deus fez com o povo de Israel (Gn 17.9-14; Gl 5.2). A circuncisão também era praticada por outros povos antigos. Em algumas passagens a circuncisão quer dizer uma nova natureza, que é livre do poder da natureza pecadora e é obediente a Deus (Rm 2.29; Fp 3.3; Cl 2.11).
CIRCUNFERÊNCIA Linha que limita um círculo (1Rs 7.23).
CIRENE Capital da Cirenaica, um distrito da LÍBIA (At 2.10).
CIRÊNIO [De CIRENE] Governador, de 6 a 9 d.C., da PROVÍNCIA romana da Síria, que incluía a terra de Israel (Lc 2.2).
CIRO [Pastor] Fundador do Império Persa. Permitiu que os judeus voltassem do CATIVEIRO (2Cr 36.22-23).
CISTERNA Pequeno reservatório cavado na terra e forrado de pedras para servir como depósito de águas da chuva (Jr 2.13).
CITAR Mencionar ou transcrever palavras escritas ou ditas por outra pessoa (Pv 26.7; Hb 4.7).
CÍTARA Pequena harpa em forma de triângulo, de quatro ou mais cordas (Dn 3.5).
CIÚME 1) Disposição ou atitude que não tolera a infidelidade. Nesse sentido Deus é zeloso, tem ciúmes e exige que os seus seguidores adorem somente a ele (Ez 16.42; 1Co 10.22). 2) Disposição de suspeitar da fidelidade da pessoa amada. Esse tipo de ciúme é doentio e só faz mal (Pv 6.34; 1Co 13.4; Rm 13.13).
CIVIL Comum; de cada dia (2Tm 2.4).
CLAMAR 1) Gritar (Is 42.14). 2) Implorar (Êx 22.27).
CLÁUDIO 1) Imperador romano (41 a 54 d.C.) que expulsou os judeus de Roma (At 18.2). 2) Cláudio Lísias, comandante romano fixado em Jerusalém. Ele enviou Paulo a Cesaréia (At 23.26).
CLEOPAS [Pai Famoso] Um dos dois discípulos que caminharam com Jesus até Emaús (Lc 24.18).
CLOPAS [Pai Famoso] Marido de MARIA 4) (Jo 19.25; pronuncia-se Clôpas).
CNIDO Porto situado no sudeste da PROVÍNCIA romana da ÁSIA (At 27.7).
COATE [Assembléia] Filho de Levi (Nm 3.17) e antepassado de Moisés (Êx 6.18-20).
COATITAS Descendentes de Coate. Eles cuidavam dos móveis e dos objetos do santuário (Nm 3.31).
COBIÇA Desejo ardente de possuir (Êx 20.17; Ef 5.3).
COBRADOR DE IMPOSTOS Judeu que cobrava impostos para o governo romano. Era desprezado por trabalhar para um dominador estrangeiro e por ser geralmente desonesto (Lc 3.12-13; v.MATEUS e ZAQUEU).
COBRE Metal vermelho que, em liga com o zinco, dá o bronze (Dt 8.9; Mt 10.9).
COCHEIRA V.ESTREBARIA (2Cr 9.25).
CODORNA Ave que serviu de alimento para Israel no deserto (Êx 16.12-13).
COFRE Caixa em que eram depositadas as ofertas trazidas ao Templo (2Cr 24.8).
COINÉ A língua grega comum falada e escrita nos tempos do NT nos países da parte oriental do Mediterrâneo. O NT foi escrito nessa língua popular, que é diferente do grego clássico. V.GREGO.
COINONIA COMUNHÃO.
CÓLERA Impulso violento contra o que nos ofende ou fere; raiva; furor (Jr 32.37).
COLHEITA Ato de apanhar frutos ou cereais (Is 32.10; Mt 13.30).
COLHEITA, FESTA DA Festa dos israelitas que era comemorada cinqüenta dias depois da PÁSCOA, no dia 6 do mês de sivã. Também era chamada de PENTECOSTES (At 2.1) e de Festa das Semanas (Dt 16.9-12).
COLINA Pequeno monte (Dt 12.2; Ez 6.3).
COLÍRIO Remédio que é pingado no olho (Ap 3.18).
COLÔNIA Agrupamento de cidadãos romanos em terra estrangeira (At 16.12).
COLOSSENSES, CARTA AOS Uma das CARTAS DA PRISÃO (Cl 4.3), escrita para combater falsas doutrinas. Nessa carta Paulo insiste em que somente por Cristo é que Deus perdoa e salva. Os seguidores de Cristo têm uma nova vida por estarem unidos com ele, e essa vida se manifesta no amor mútuo (3.12-14).
COLOSSOS Cidade da FRÍGIA, um distrito da PROVÍNCIA da ÁSIA. Colossos ficava a 120 km de Éfeso. Havia ali uma igreja pastoreada por Epafras e Arquipo (Cl 1.7; 4.17; pronuncia-se Colóssos).
COLUNA 1) Pedra que servia para marcar um lugar sagrado ou para conservar a lembrança de alguma pessoa ou de algum acontecimento (Êx 24.4). Também servia como testemunha entre duas partes e como prática de idolatria (Lv 26.1; Dt 12.3). 2) Peça usada na arquitetura para sustentar coberturas (1Rs 7.2-3). Figuradamente, apoio (1Tm 3.15). V.PILAR.
COMENTÁRIO Obra em que se interpreta e explica o texto bíblico. Exemplo: Comentário do Evangelho de João.
COMIDA Aquilo que é ingerido para sustentar o corpo e mantê-lo vivo. Em geral os judeus serviam duas refeições ao dia. Comiam verduras e frutas (Nm 11.5; Dt 23.24), peixe (Ne 13.16), carne (Lv 11), mel (Pv 24.13), leite e coalhada (Gn 18.8), queijo (2Sm 17.28-29), tudo acompanhado de pão de farinha de trigo, ou de CENTEIO, ou de CEVADA (Êx 29.2; Jo 6.9).
COMINHO Pequena planta cujas sementes são usadas como tempero (Mt 23.23).
COMOVER Fazer alguém ficar impressionado ou emocionado (Jr 31.20; Jo 11.33).
COMPAIXÃO Pena; piedade; dó (Jó 6.14; Tt 3.5).
COMPANHIA 1) Aquele que vai ou está junto (Sl 16.3; 1Co 15.33). 2) Grupo de soldados sob as ordens de um comandante (Nm 31.14). 3) Convivência (Sl 88.18).
COMPARECER Fazer-se presente em local determinado (Êx 23.6; Sl 95.2).
COMPORTAMENTO Maneira de agir (Ez 36.17; Tg 3.13).
COMUM 1) Universal; que pertence a todos (Jd 3). 2) COMUNHÃO (1Pe 3.7).
COMUNHÃO Associação com uma pessoa ou com Deus, envolvendo amizade com ela e incluindo participação nos seus sentimentos, nas suas experiências e na sua vivência (Gn 5.22-24; 6.9-10; 17.1).
COMUNICACIONAL V.TRADUÇÃO COMUNICACIONAL.
CONCUBINA Moça, geralmente pobre, que um homem comprava dos seus pais, ou aceitava como pagamento de dívidas, ou tomava como prisioneira de guerra. A concubina tinha direito a casa, comida e relações sexuais com o dono, que era considerado seu marido. A concubina ficava em posição inferior à da esposa, porém não era olhada com desprezo pelos outros, pois nos tempos do AT a lei permitia que um homem tivesse mais de uma mulher (Gn 25.6). V.HARÉM.
CONFESSAR Declarar o que se crê ou sabe. A pessoa confessa os seus pecados (Sl 32.5) e afirma que crê em Deus poderoso e Salvador (Hb 13.15).
CONFISSÃO Ato de CONFESSAR (Ed 9; Dn 9.4).
CONFORTAR Animar (Sl 119.52).
CONHECER Saber; reconhecer; ter experiência de (Sl 9.10; Mt 7.23).
CONSAGRAR 1) Ato por meio do qual se dedica uma pessoa ou uma coisa ao serviço de Deus (Êx 29.9). 2) Dedicar-se ao serviço de Deus (Jz 13.5; 2Cr 31.18). V.SANTIDADE.
CONSCIÊNCIA Voz interior que nos diz se um ato ou um pensamento é certo ou errado (Jó 27.6; 1Tm 3.9).
CONSELHEIRO Homem que aconselha (Ed 7.14).
CONSELHO SUPERIOR O mais alto tribunal religioso dos judeus, do qual faziam parte os Grandes Sacerdotes (o atual e os anteriores), chefes religiosos e mestres da Lei. Tinha 71 membros, incluindo o presidente (Jo 11.47).
CONSOANTE Cada uma das letras do ALFABETO, menos a, e, i, o, u, que são vogais. Consoantes e vogais formam sílabas: tes-ta-men-to.
CONSOLAR CONFORTAR (Is 40.1; Mt 5.4).
CONSPIRAÇÃO Ato de fazer planos contra o governo (1Rs 16.16).
CONSTANTE Permanente, contínuo (1Rs 3.6; Sl 74.23).
CONSULTAR 1) Pedir conselho ou opinião (1Sm 14.36; 28.7; 1Cr 10.13). 2) Examinar antes de decidir (1Cr 13.1).
CONTEXTO As partes de um escrito que precedem e seguem determinada palavra ou pensamento, e que lançam luz sobre o seu sentido. No Sl 116.15, por exemplo, a NTLH dá para yaqar o sentido de “pesar” porque no contexto não se fala de um morto, mas de uma pessoa que está viva, tendo escapado da morte. Em Mt 5.48 a NTLH traduziu assim: “sejam perfeitos em amor”, que é esse o assunto do PARÁGRAFO que começa com o vers.43.
CONTRATAR 1) Fazer acordo com pessoa ou pessoas (Dt 28.30; 2Sm 10.6). 2) Empregar (Mt 20.1).
CONTRATO Documento relativo a negócio (Jr 32.11) ou a ACORDO (Mt 1.19; Gl 3.15).
CONVERTER-SE Mudar de vida (At 9.35; 15.3). A conversão consiste na transformação de uma pessoa quando abandona o pecado (ARREPENDIMENTO) e passa a viver unida com Jesus Cristo, o Salvador (FÉ).
CONVOCAR 1) Chamar para uma reunião (1Sm 10.17). 2) Chamar (Js 8.12).
COPEIRO Funcionário que servia o vinho na mesa do rei (Gn 40.9).
COPO Figuradamente quer dizer bênção (Sl 23.5), ou castigo (Is 51.22; Jr 25.15; Ez 23.31-34; Hc 2.16). V.CÁLICE.
CORÁ 1) (Careca) LEVITA que dirigiu uma revolta contra Moisés (Nm 16). 2) Grupo de levitas poetas (Sl 42; 45; 46; 48; 87).
CORAÇÃO 1) Órgão que bombeia o sangue (Êx 28.30). 2) Em sentido figurado, o coração é a sede do intelecto (Sl 119.11), dos sentimentos (Mt 15.19) e da vontade (Sl 119.2).
CORAL Pedra do mar, de cor vermelha, considerada pelos antigos como preciosa (Ez 27.16).
CORAZIM Cidade que ficava três km ao norte de Cafarnaum (Mt 11.21).
CORÇO Espécie de veado de pequeno porte que tem cauda e chifres e é ligeiro e gracioso (pronuncia-se côrço, e o feminino, côrça). V.Sl 42.1; Ct 2.9,17.
CORCUNDA Pessoa que tem uma deformação (saliência) nas costas (Lv 21.20).
CORDEIRO 1) Filhote ainda novo da ovelha; carneirinho. Sua carne servia de alimento e era usada nos SACRIFÍCIOS (Is 53.7). 2) Jesus, o Cordeiro de Deus (Jo 1.29).
CORÍNTIOS, PRIMEIRA CARTA AOS Carta que Paulo escreveu aos cristãos de CORINTO para tratar de vários e sérios problemas que os estavam perturbando. A igreja estava dividida, e nela havia questões de doutrinas e a respeito da vida cristã. Nos caps.12 a 14 Paulo trata dos DONS do Espírito, o maior dos quais é o AMOR (cap.13). O cap.15 trata da RESSURREIÇÃO.
CORÍNTIOS, SEGUNDA CARTA AOS Carta que Paulo escreveu da Macedônia, durante sua terceira viagem missionária. É a carta mais pessoal e menos doutrinária que Paulo escreveu, com exceção de Filemom. Ele a escreveu à luz das informações que lhe foram dadas por Tito. Nos caps.10 a 12 Paulo defende a sua autoridade apostólica, que estava sendo posta em dúvida pelos seus adversários.
CORINTO Cidade da Grécia, cheia de pecado e corrupção, destruída pelos romanos em 146 a.C. e reconstruída em 46 d.C. “Coríntio” era sinônimo de “imoral”, “depravado”. Em Corinto havia um templo dedicado ao culto de Afrodite, deusa do amor. Nesse templo havia mil prostitutas CULTUAIS, que atraíam adoradores de todo o mundo antigo. Em Corinto Paulo fundou uma igreja (At 18.1-18).
CORNÉLIO [De um Chifre] Oficial do exército romano que morava em Cesaréia (At 10).
CORNETA Instrumento de sopro feito de chifre (corno). V.Js 6.4.
CORO Grupo que canta (Ne 12.24).
CORO [pronuncia-se córo] O mesmo que ÔMER, medida de capacidade para secos, igual a 176,2 litros (Ez 45.13-14).
COROA Ornamento circular usado na cabeça em sinal de autoridade ou de vitória (2Cr 23.11). Os atletas vencedores recebiam coroas feitas de ramos de louro (1Co 9.25). Nas festas usavam-se coroas de flores.
CORPO DE CRISTO A IGREJA e seus MEMBROS (1Co 12.12-31; Ef 4.16; 5.30).
CORREIA Tira, geralmente de couro, usada para prender alguma coisa (Jo 1.27).
CORRENTE Série de elos de metal ligados uns aos outros (Mc 5.4; Ap 20.1).
CORRETO V.RETIDÃO.
CORRIDA V.ESPORTE (1Co 9.24-26; 2Tm 4.7; Hb 12.1).
CORROMPER Tornar pervertido, imoral, viciado (Sl 106.39; 2Co 11.3).
CORRUPÇÃO Ato de CORROMPER; depravação; perversão; podridão (Sl 16 e 53, título; Ez 16.51; Ap 18.9).
CORRUPTO Pessoa que se CORROMPE, que pratica a CORRUPÇÃO (Sl 14.1,3; 53.1).
CORTE Lado cortante de navalha, faca, etc. (Ec 10.10).
CORTE Palácio de rei (Dn 2.49; pronuncia-se côrte).
CORUJA Ave que se alimenta de carne e que tem cabeça e olhos grandes e hábitos mais ou menos noturnos (Lv 11.16).
CORVO Ave de cor preta que come de tudo e vive em bandos. Não confundir com urubu (Pv 30.17).
COURAÇA Parte da ARMADURA, feita de couro ou de metal, que cobria o peito e às vezes as costas dos soldados antigos. Servia de proteção contra as flechas, lanças e golpes de espada (Ef 6.14).
COVA Buraco na terra (2Sm 18.17; Lc 9.58).
COXO Que tem defeito numa das pernas (Mt 11.5).
COZER Cozinhar (Êx 12.9).
COZIDO ENSOPADO (2Rs 4.38; Hc 2.12); guisado.
CRÂNIO Osso arredondado da cabeça em que ficam alojados os miolos (Jz 9.53).
CREDOR Pessoa a quem se deve dinheiro (Hc 2.7).
CRER Ter 1) (Gn 15.6; Rm 10.4-14).
CRETA Ilha do mar Mediterrâneo (Jr 47.4; At 27.7-21). Nessa ilha Paulo e Tito fundaram uma igreja (Tt 1.5-14).
CRIAÇÃO O ato pelo qual Deus, sem material preexistente, fez com que existisse tudo o que há no universo (Gn 1; Mt 13.35; 2Pe 3.4).
CRIADOR 1) Título de Deus (Ec 12.1). 2) Pessoa que faz criação de gado (Gn 46.32).
CRIATURA Ser vivo (Ap 5.13).
CRINA Pêlos do pescoço e da cauda do cavalo e de outros animais (Jó 39.19).
CRISE Período que às vezes uma nação atravessa, caracterizado por insegurança e dificuldades de toda sorte (Ec 11.2).
CRISÓLITO Nome de várias pedras semipreciosas amareladas (Ap 21.20).
CRISÓPRASO Pedra semipreciosa verde-clara com veios amarelos (Ap 21.20).
CRISPO [Cabelo Crespo] Chefe da SINAGOGA de Corinto (At 18.8; 1Co 1.14).
CRISTAL Cristal de rocha ou quartzo cristalizado (Jó 28.18; Ap 22.1).
CRISTÃO Seguidor de Cristo (At 11.26).
CRISTO V.JESUS CRISTO e MESSIAS.
CRISTOLOGIA Doutrina da pessoa e obra de Cristo.
CROCODILO Grande animal da família dos jacarés (Ez 29.3).
CRÔNICAS, PRIMEIRO E SEGUNDO LIVROS DE Livros que repetem o que está contado nos livros de SAMUEL e REIS. Em Crônicas lemos das desgraças que caíram sobre os reinos de Israel e de Judá; mas mesmo assim Deus manteve as promessas de abençoar o seu povo.
CRONOLOGIA BÍBLICA V.QUADRO HISTÓRICO DA BÍBLIA, na seção de Auxílios.
CRUCIFICAR Matar, pregando numa cruz (Mc 15.27).
CRUEL Pessoa que tem prazer em prejudicar ou em fazer sofrer (Pv 12.10).
CRUZ 1) Antigo instrumento de tortura e morte, formado por duas vigas, uma atravessada na outra, em que eram pregados ou amarrados os condenados. As cruzes eram de três feitios: em forma de xis, ou de tê maiúsculo, ou de sinal de somar, sendo mais longa a viga que ficava enterrada (Mc 15.30). 2) A morte de Cristo na cruz (1Co 1.17; Gl 6.14).
CRUZAR 1) Passar em diversas direções (Na 2.4). 2) Pôr em forma de cruz (Gn 48.14). 3) “Cruzar os braços” quer dizer “ficar sem fazer nada” (Ec 4.5). 4) Acasalar animais (Gn 31.12; Lv 19.19).
CUBO Peça em que é encaixada a ponta do eixo dos carros (1Rs 7.33).
CUCHE ETIÓPIA (Gn 2.13).
CULPA Violação da lei pela qual a pessoa se torna merecedora de castigo (1Ts 3.13). Toda a humanidade é culpada de pecado (Rm 3.9-20). Há graus de culpa (Lc 12.47-48).
CULTIVAR Preparar a terra para o plantio e o desenvolvimento de plantas (Gn 2.5; Rm 11.17).
CULTO ADORAÇÃO (2Cr 14.5).
CULTUAL Relativo à ADORAÇÃO tanto dos deuses falsos como do Deus verdadeiro.
CULTURA Determinado estado de avanço em civilização de um grupo ou de um povo, incluindo a maneira própria de encarar a vida e de preservar valores e desenvolver-se através da comunicação e da cooperação. Exemplo: A cultura egípcia; hebraica; grega; romana.
CUMPRIMENTAR V.SAUDAÇÃO (Jz 18.15; Rm 16.16).
CUMPRIR 1) Realizar (2Tm 4.5). 2) Completar; atingir (Hc 2.3).
CURRAL Lugar onde se junta e recolhe o gado (Nm 32.16).
CURTIDOR Aquele que trabalha na preparação de couro (At 9.43).
CUZA Alto funcionário do governo de Filipe (v.HERODES 4). Sua esposa, junto com outras mulheres piedosas, supria com suas posses as necessidades de Jesus e dos apóstolos (Lc 8.3).
 
D
[Juiz] 1) Um dos filhos de Jacó (Gn 30.6). 2) A TRIBO de Dã e o seu território (Nm 1.38-39). 3) Uma cidade no extremo Norte da terra de Israel (Jz 20.1).
DAGOM [Peixe] Deus dos filisteus adorado em Gaza e em Azoto, onde havia um templo, o qual foi destruído por Sansão (Jz 16.23-30).
DALILA [Delicada] Mulher filistéia que traiu Sansão (Jz 16).
DALMÁCIA PROVÍNCIA romana situada na costa nordeste do mar Adriático, também chamada de Ilírico (2Tm 4.10).
DALMANUTA Região situada na margem oeste do lago da Galiléia (Mc 8.10).
DAMA Mulher nobre (Sl 45.9).
DÂMARIS [Bezerra] Mulher ateniense que se converteu com a pregação de Paulo (At 17.34; também se pronuncia Damáris).
DAMASCO Capital da Síria (1Rs 15.18; At 9.1-25).
DANÇA Série de movimentos do corpo, com ritmo e acompanhamento de música. Os israelitas dançavam para celebrar vitória (1Sm 18.6), para adorar (Êx 15.20), para festejar (Lc 15.25). As mulheres dançavam separadas dos homens (Jz 21.19-23; 2Sm 6.14-16).
DANIEL [Deus É Juiz] Profeta de Judá. Foi levado para o CATIVEIRO na Babilônia, onde ocupou alta posição no governo (Dn 1.3-7; 2.48). V.DANIEL, LIVRO DE.
DANIEL, LIVRO DE Livro escrito em tempos de perseguição e sofrimento. Por meio de histórias e de visões, o autor procura explicar aos judeus as razões por que eles estão sendo perseguidos e também os anima a continuarem fiéis a Deus. O livro se divide em duas partes. A primeira (caps.1—6) conta histórias a respeito de Daniel e dos seus companheiros. A segunda (7—12) relata visões de vários impérios que aparecem e depois desaparecem. Elas mostram que os perseguidores serão derrotados e que a vitória final será do povo judeu.
DARDO Pequena LANÇA que é atirada com uma das mãos (Jó 39.23; Ef 6.16).
DARIO [Rei ? Comandante ?] Nome de reis da MÉDIA e da PÉRSIA. 1) Dario, o MEDO, filho de Xerxes [hebraico Assuero 1): Dn 5.31 e 9.1]. 2) Dario Histaspes, o quarto e maior dos reis persas, reinou de 521 a 486 a.C. (Ed 4.5). 3) Dario II, que morreu em 405 a.C. (Ne 12.22). Outros pensam que essa passagem se refira a Dario, o último rei da Pérsia, que reinou de 336 a 333 a.C. e que foi derrotado por ALEXANDRE 1).
DATÃ [Fonte] Israelita que, junto com outros, liderou uma revolta contra Moisés (Nm 16).
DAVI [Amado] O segundo rei do reino unido de Israel. Ele reinou de 1010 a 970 a.C. Tomou Jerusalém e a tornou a capital religiosa do reino. Levou a arca para lá (2Sm 6) e organizou os serviços de adoração (1Cr 15—16). Ampliou o reino (2Sm 8; 10; 12) e ajuntou materiais para a construção do TEMPLO (1Cr 22). Foi governador, guerreiro, músico e poeta. E foi um dos antepassados de Jesus (Mt 1.1). V.SAMUEL, SEGUNDO LIVRO DE e o mapa O REINO DE DAVI E SALOMÃO.
DÉBORA [Abelha] PROFETISA e JUÍZA 2), que levou Baraque a lutar contra Sísera (Jz 4.4—5.31).
DEBULHAR Retirar da espiga as suas sementes (Rt 2.17; Is 41.15).
DECÁLOGO DEZ MANDAMENTOS.
DECÊNCIA Qualidade daquilo que fica bem, que é correto e apropriado (1Co 14.40).
DECRETO Ordem de um chefe de Estado ou de outra alta autoridade, com força de lei (Et 4.8).
DEDÃ [Baixo] 1) Povo descendente de Noé (Gn 10.7). 2) Neto de Abraão e Quetura (Gn 25.3).
DEDICAÇÃO, FESTA DA Festa dos judeus, também chamada de Festa das Luzes, que durava oito dias, na qual se comemorava a reconstrução do Templo e a dedicação do altar, no tempo do grupo de Judas Macabeu, em 165 antes de Cristo. A festa começava no dia 25 do mês de quisleu (mais ou menos 10 de dezembro). Em hebraico o nome dessa festa é Hanukká (Jo 10.22).
DEDO Medida de comprimento igual a um pouco menos de dois centímetros (1,85 cm). É um quarto da MÃOÊx 25.25).
DEGOLAR Cortar a cabeça (Ap 20.4).
DEÍSMO Doutrina que nega a atuação de Deus no UNIVERSO. Os deístas não aceitam a REVELAÇÃO 1) e defendem uma religião baseada na razão, com ênfase na moral.
DEMÉTRIO 1) Cristão recomendado por João (3Jo 12). 2) Ourives de Éfeso que criou problemas para Paulo (At 19.23-27).
DEMISSÃO Ato de ser mandado embora do emprego (Ec 10.4).
DEMIURGO Segundo o GNOSTICISMO, ser divino subordinado, criador do universo.
DEMÔNIO Espírito imundo (Lc 9.1), muito astuto, que se opõe a Deus e ataca as pessoas com todo tipo de males (Mc 7.26).
DENUNCIAR Acusar (Jr 20.10; Os 2.2).
DERRAMAMENTO DO ESPÍRITO Ato de garantia pelo qual Deus unge os salvos com a presença e o poder do Espírito Santo (At 1.8, Pentecostes; 1Jo 2.20,27; 2Co 1.21-22).
DESABRIGADO Sem abrigo (Is 58.7).
DESAGRADAR Descontentar (1Cr 21.7).
DESAMPARAR Abandonar (Sl 19.14).
DESAPROVAR Não aprovar (1Cr 21.6).
DESARMAR Desmontar (Nm 1.51).
DESCALÇAR Tirar o calçado (Dt 25.10).
DESCENDENTE Que vem de um antepassado por GERAÇÃO 1) (Is 44.3).
DESCONHECIDO Pessoa que ninguém conhece nem sabe de onde veio (2Co 6.9).
DESEMBARCAR Sair de um barco ou navio (At 18.22).
DESEMBOCAR Sair um rio do seu leito e entrar nas águas de um rio maior, de um lago, ou do mar (Js 18.19).
DESENROLAR Estender o que estava enrolado (Ez 2.10; Jo 11.44).
DESENVOLVER Progredir; melhorar (Ef 4.16).
DESERTO Terras extensas e secas, com poucas árvores e pouco capim, onde não mora ninguém. Nessas terras vivem animais ferozes (Jó 24.5; Mt 3.1). Equivale mais ou menos a “sertão”.
DESERTOR Pessoa que na guerra passa para o exército inimigo (Jz 12.4).
DESESPERADO 1) Que perdeu a esperança (Jó 6.26). 2) Que está desanimado (Ec 2.20).
DESFAZER Desmanchar; acabar com (Sl 46.6; Is 43.13).
DESFIGURAR Mudar o aspecto de; tornar feio (Is 52.14).
DESFILADEIRO Passagem estreita entre montanhas (1Sm 14.4).
DESGOSTAR Não gostar; descontentar-se (Is 59.15).
DESGOSTO Pesar; tristeza (Ec 2.23).
DESLEAL Falso; infiel (Sl 78.57).
DESLIZAR Correr suavemente (Is 60.8).
DESMAMAR Fazer perder o costume de mamar (Sl 131.2).
DESMETAFORIZAÇÃO Processo de transformar METÁFORA em linguagem direta. Se uma metáfora bíblica corre o risco de não ser entendida, ela pode ser desmetaforizada. Em Sl 1.6 a palavra “caminho” é traduzida por “vida” e por “fim”.
DESMETONIMIZAÇÃO V.METONÍMIA.
DESOBEDIÊNCIA Recusa ou negligência de OBEDECER (Rm 5.19).
DESONESTO Que não é HONESTO (Pv 15.27).
DESONRA Perda de HONRA 1); descrédito; vergonha (Os 4.18).
DESONRAR 1) Ofender a honra; envergonhar (Lv 20.11; Hb 13.13). 2) Praticar ato vergonhoso (Gn 34.7; Lv 21.9).
DESORDEIRO Aquele que promove desordens (Ez 22.5; At 17.5).
DESPEDAÇAR Partir em pedaços (Dn 6.24).
DESTINAR Determinar para certo fim (1Rs 7.45; Ef 2.3).
DESTINATÁRIO Aquele a quem se envia alguma coisa, uma carta, por exemplo.
DESTINO 1) Fim (Is 65.12). 2) Nome de um deus pagão (v.SORTE - Is 65.11).
DEUS [hebr. El, Elah, Eloah, Elohim; gr. theós] O nome mais geral da Divindade (Gn 1.1; Jo 1.1). Deus é o Ser Supremo, único, infinito, criador e sustentador do universo. É espírito pessoal e subsiste em três pessoas ou distinções: Pai, Filho e Espírito Santo (v.TRINDADE). É santo, justo, amoroso e perdoador dos que se arrependem. O ateu diz que Deus não existe; o agnóstico diz que não podemos saber se Deus existe ou não; o crente sabe que Deus existe e afirma: “Nele vivemos, nos movemos e existimos” (At 17.28).
DEUS ETERNO [Heb. El Olam] Título de Deus que indica que a sua existência e o seu domínio sobre o Universo não têm fim (Is 40.28).
DEUS, NOMES DE Nas Escrituras Sagradas Deus é chamado por vários nomes e cognomes (títulos), que seguem alistados na ordem decrescente do número de ocorrências: 1) SENHOR (hebr.JAVÉ - Gn 2.4); 2) DEUS (Gn 1.1); 3) SENHOR Todo-Poderoso (Jr 33.11); 4) Pai (Is 63.16; Mt 6.8-9); 5) Senhor (propriamente dito - Sl 114.7); 6) Santo Deus de Israel (Is 1.4); 7) ALTÍSSIMO (Gn 14.18); 8) Todo-Poderoso (Gn 49.25; 2Co 6.17); 9) Deus Vivo (Os 1.10; 1Ts 1.9); 10) Rei (Sl 24; 1Tm 6.15); 11) Rocha (Gn 49.24); 12) Defensor (Jó 19.25); 13) SALVADOR (Sl 106.21; Lc 1.47); 14) Juiz (Gn 18.25; 2Tm 4.8); 15) O Poderoso de Jacó (Gn 49.24); 16) O PRIMEIRO E O ÚLTIMO (Ap 22.13); 17) DEUS ETERNO (Is 40.28); 18) Pastor (Gn 49.24); 19) O Deus de BETEL (Gn 31.13); 20) O Deus Que Vê (Gn 16.13).
DEUTEROCANÔNICO V.APÓCRIFO.
DEUTERONÔMIO O quinto livro da Bíblia. Nele estão registrados os discursos que Moisés fez quando o povo de Israel estava na terra de Moabe, antes de atravessar o rio Jordão e tomar posse de Canaã. Nesses discursos Moisés se refere aos quarenta anos de peregrinação pelo deserto. Ele manda que o povo obedeça a Deus porque a desobediência traz como resultado o castigo. O povo de Israel deve adorar somente o SENHOR, o Deus dos seus antepassados. Depois de escolher Josué para ficar no seu lugar, Moisés, o maior de todos os profetas de Israel, morre no monte Pisga. A passagem-chave do livro se encontra em 6.4-6.
DEVIDO O que é de direito (2Cr 31.15; Rm 13.7).
DEVOÇÃO Adoração; dedicação; afeto; veneração (Sl 86.11; 2Co 11.5; 2Pe 1.6).
DEVORAR 1) Engolir de uma só vez (Lv 26.29; Sl 57.4; 1Pe 5.8). 2) Destruir; acabar com alguma coisa (Êx 10.15; Sl 21.9).
DEZ CIDADES Grupo de cidades que ficavam quase todas do lado leste do lago da Galiléia (Mc 5.20). Os seus moradores eram não-judeus.
DEZ MANDAMENTOS Preceitos dados por Deus a Moisés, em duas placas de pedra, para orientar a vida das pessoas (Êx 20.1-17; 34.28; Dt 5.6-21). Na primeira placa há quatro mandamentos, os quais tratam dos deveres das pessoas para com Deus; na segunda há seis mandamentos, que tratam dos deveres que temos para com as outras pessoas. Todos os mandamentos se repetem no NT, menos o quarto, que trata do dia de descanso. Jesus resumiu os dez mandamentos em dois (Mt 22.34-40).
DIA 1) Período de 24 horas (Rm 8.36; v.HORAS). 2) Tempo em que a terra está clara (Rm 13.12). 3) Tempo (Ef 5.16).
DIA DO PERDÃO Dia nacional do povo de Israel, um dia de humilhação e de purificação das pessoas dos seus pecados. Nesse dia o Grande Sacerdote oferecia sacrifícios de animais pelos pecados do povo (Lv 16.29-34; Nm 29.7-11). Esse dia era comemorado a 10 do mês de etanim, também chamado de tisri (perto de 1 de outubro). Nesse tempo, no fim do outono, as viagens por mar eram perigosas (At 27.9). Em hebraico o nome desse dia é Yom Kippur.
DIA DA PREPARAÇÃO O sexto dia da semana, no qual os judeus faziam preparativos para guardar o SÁBADO, que era o dia sagrado de descanso (Mc 15.42).
DIA DO SENHOR 1) Segundo o ensinamento dos profetas, o dia em que Deus iria castigar os israelitas incrédulos e os inimigos do povo de Israel (Jl 2.1-11; Sf 1.7-18). No NT é a SEGUNDA VINDA DE CRISTO (1Co 1.8). 2) O DOMINGO (Ap 1.10).
DIABO [Enganador] Anjo caído, também chamado de SATANÁS e de ESTRELA DA MANHÃ. É o maior inimigo de Deus e das pessoas (Mt 25.41; Jd 6; 2Pe 2.4). Tem poder sobre os seres humanos, mas não é onipotente. V.DEMÔNIO.
DIÁCONO, DIACONISA Pessoa que ajudava nos trabalhos de administração das igrejas e cuidava dos pobres, das viúvas e dos necessitados em geral. O diácono também pregava o evangelho e ensinava a doutrina cristã (1Tm 3.8-13; Rm 16.1).
DIAMANTE A mais dura e brilhante das pedras preciosas (Ez 28.13; Zc 7.12).
DIÂMETRO Linha que vai de um lado a outro do círculo, passando pelo centro (1Rs 7.15, 2Cr 4.2).
DIANA Deusa romana que representava a lua, os campos e os bosques. Correspondia à deusa Ártemis, dos gregos. O centro principal de sua adoração estava em Éfeso (At 19.23-40).
DIARISTA Trabalhador que ganha por dia (Lv 19.13).
DIÁSPORA V.DISPERSÃO.
DICOTOMISMO V.ALMA.
DIFAMAR Falar contra a boa fama de alguém (Mt 1.19).
DIGNIDADE Respeito (Êx 28.2,40).
DIGNO 1) Merecedor (Ap 4.11). 2) Apropriado (2Cr 2.6). 3) Respeitado (Fp 4.8).
DILÚVIO Grande e demorada inundação mandada por Deus durante a vida de Noé para destruir a humanidade corrompida (Gn 6—8).
DINA [Justiça] Filha de Jacó e Lia (Gn 30.21). Foi violada por Siquém (Gn 34).
DINHEIRO Meio de compra e venda de mercadorias e bens. Os israelitas começaram a usar dinheiro aí pelo oitavo século a.C. Antes disso pesava-se prata ou ouro para fazer pagamentos (Gn 23.16). Ver MOEDA DE PRATA e SICLO.
DIREITO V.RETIDÃO.
DIREITO DO PRIMEIRO FILHO O filho mais velho recebia porção dobrada da herança (Dt 21.15-17; Gn 25.31-34).
DISCIPLINA Obediência a normas e ordens (Pv 29.15; Ef 6.4; Tt 1.8).
DISCÍPULO Pessoa que segue os ensinamentos de um mestre (Mt 10.1).
DISENTERIA Inflamação intestinal com evacuações de sangue e muco (At 28.8).
DISFARÇAR Mudar o aspecto para não ser conhecido (Gn 38.14; Mt 7.15).
DISPARAR Atirar (Jó 16.13; Sl 7.12).
DISPENSAR Ordem para não fazer mais o serviço que estava fazendo (1Rs 2.27).
DISPERSÃO Nome dado ao conjunto dos judeus que viviam em vários países, fora da Terra Santa. Esses judeus eram mais numerosos do que a população que vivia em Israel (Tg 1.1).
DISTRIBUIR Repartir (2Cr 31.14; Mc 6.41).
DISTRITO Região geográfica de menor (Ne 3.14) ou maior extensão (At 16.12).
DITADO PROVÉRBIO (Lc 4.23).
DITAR Falar ou ler para outra pessoa escrever (Jr 36.18).
DÍVIDA Aquilo que se deve (Mt 18.27).
DIVISA LIMITE (Nm 21.13; Jó 24.2; Pv 23.10).
DIVÓRCIO Dissolução legal do casamento. A lei de Moisés o tolerava se houvesse motivos que o justificassem (Dt 24.1-4). No NT é permitido em caso de adultério (Mt 5.31-32). V.1Co 7.10-16.
DÍZIMO A décima parte, tanto das colheitas como dos animais, que os israelitas ofereciam a Deus (Lv 27.30-32) e que era usada para o sustento dos LEVITAS (Nm 18.21-24), dos estrangeiros, dos órfãos e das viúvas (Dt 14.28-29; 26.12).
DOBRADIÇA Peça de metal que segura e permite girar uma porta ou folha de janela (1Rs 7.50).
DOEGUE [Tímido] EDOMITA, pastor-chefe de Saul (1Sm 21.7—22.23; Sl 52, título).
DOIDO LOUCO (1Sm 21.13).
DOLOROSO Que produz dor (2Co 12.7; Ap 16.2,9).
DOM Capacidade ou talento que o Espírito Santo concede ao povo de Deus para uso no serviço de Deus em favor dos outros (Hb 2.4; 1Pe 4.10). No NT há duas listas de dons: Rm 12.6-8 e 1Co 12.4-10.
DOM DE LÍNGUAS V.FALAR EM LÍNGUAS.
DOMADO Amansado (Jó 39.7).
DOMÉSTICO Que vive ou é criado em casa (Gn 1.24).
DOMINGO Primeiro dia da semana, em que se comemora a ressurreição de Jesus (Jo 20.1-25). Após a ascensão de Jesus, os cristãos se reuniam tanto no sétimo dia da semana (sábado) como no primeiro (domingo), mas aos poucos o domingo se tornou o dia de guarda (At 20.7; 1Co 16.2; Ap 1.10).
DOMÍNIO V.PODER (Sl 8.6; At 24.25; Gl 5.23).
DORCAS [Gazela] Mulher que morava em Jope e que Pedro ressuscitou (At 9.36-41).
DOTE Preço que o pretendente pagava aos pais da noiva (Êx 22.16).
DOUTRINA 1) Conjunto de ensinamentos religiosos (1Tm 1.3; Tt 1.9; 2.1). 2) Um desses ensinamentos (1Tm 6.3).
DOXOLOGIA Expressão de louvor a Deus (Sl 68.35; 72.19). No NT emprega-se “hosana” (Mt 21.9); “seja louvado” (Rm 9.5; 2Co 1.3); “agradeçamos” (Ef 1.3); “louvemos” (1Pe 1.3) e “glória” (Lc 2.14; Rm 11.36; 1Tm 1.17; 1Pe 4.11; Jd 25; Ap 7.12).
DRAGÃO Ser imaginário de grande tamanho e de aspecto assustador (Ap 12.3-7; 20.1-3).
DRUSILA Filha de Herodes Agripa I. Era casada com FÉLIX (At 24.24-25).
 
E
EBAL [Descoberto, Deserto] Monte situado em Samaria, em frente ao monte Gerizim. No monte Ebal eram pronunciadas as maldições (Dt 27.4-26).
ÉBANO Madeira negra e dura que era empregada na fabricação de móveis, vasos e ídolos (Ez 27.15).
EBEDE-MELEQUE [Escravo do Rei] EUNUCO etíope que tirou Jeremias de um poço (Jr 38.7-13; 39.15-18).
EBENÉZER [Pedra de Ajuda] Aldeia de Efraim onde os filisteus derrotaram os israelitas (1Sm 5.1). Mais tarde os israelitas venceram os filisteus e levantaram uma pedra a que chamaram de Ebenézer (1Sm 7.12).
ÉBER [Companheiro] Pai de Pelegue e de Joctã (Gn 10.25).
EBIONITAS Seita cristã primitiva de orientação JUDAIZANTE e herética. Para os ebionitas Jesus era um simples ser humano, um profeta. Eles ensinavam que por ocasião do batismo Cristo desceu sobre Jesus, mas subiu outra vez antes da sua crucificação. Eles não aceitavam os ensinamentos de Paulo.
ECBATANA Capital da Média, onde Ciro decretou a reconstrução do Templo de Jerusalém (Ed 6.2).
ECLESIASTES, LIVRO DE Livro em que estão registrados os pensamentos do “Sábio”, um homem que meditou profundamente sobre a vida humana, com suas injustiças e decepções, e concluiu que “tudo é ilusão”. Nesse livro fala muitas vezes um cético, isto é, alguém que duvida de tudo. Para ele, Deus está distante, ausente. Deus não acusa esse homem, mas deixa que ele fale dos seus sucessos e insucessos, do seu pessimismo e otimismo, da sua esperança e desespero. Mas esse homem se volta para Deus e descobre verdades consoladoras. O “Sábio” aconselha os jovens a se lembrarem do Criador nos dias da sua mocidade, antes que a morte chegue (12.7). E no final do livro está a chave que o interpreta: é preciso obedecer a Deus porque ele pede contas de tudo a todas as pessoas (12.13-14).
ECLESIÁSTICO Livro APÓCRIFO, classificado como LITERATURA DE SABEDORIA. É conhecido também pelos nomes de “Sirácida” e “Sabedoria de Jesus, filho de Siraque”. Foi escrito em hebraico por Jesus, filho de Siraque. Mais tarde, aí por 132 a.C., foi traduzido para o grego pelo seu neto. O autor defende os valores religiosos e o modo de vida dos judeus, tentados a abraçarem a filosofia e os costumes gregos.
ECLESIOLOGIA Doutrina a respeito da igreja.
ECONOMIZAR Gastar com cuidado, poupar (Ec 2.26; 3.6; 5.13).
ECROM Uma das cinco cidades principais dos filisteus, dada a JUDÁ 2) (Js 15.45-46).
ÉDEN [Delícia] 1) Jardim onde Deus pôs Adão e Eva. Ficava em algum lugar entre os rios Tigre e Eufrates (Gn 2.15). 2) Região da MESOPOTÂMIA conquistada pelos assírios (2Rs 19.12).
EDIFICAR 1) Construir (Sl 127.1). 2) Elevar social e espiritualmente (Jr 24.6).
EDOM [Vermelho] 1) Um dos nomes de Esaú, como lembrança de ter vendido o seu DIREITO DO PRIMEIRO FILHO por um prato de ensopado (Gn 25.29-30). 2) País dos descendentes de Esaú (Nm 20.18-21), que ficava ao sul do mar Morto.
EDOMITAS Os moradores de EDOM (Jz 11.17).
EFA Medida de capacidade para secos igual a 17,62 l. É 1/10 do ÔMER (Ez 45.11).
EFATÁ Palavra aramaica que significa “abre-te” (Mc 7.34).
EFÉSIOS, CARTA AOS Carta que Paulo escreveu quando estava na prisão (4.1). O assunto da carta é o PLANO DE DEUS, de unir, no tempo certo, debaixo da autoridade de Cristo, tudo o que há no céu e na terra (1.10). Na primeira parte (caps.1—3) o apóstolo fala sobre como os cristãos são um só povo por causa da morte de Cristo na cruz e como o Espírito Santo lhes dá o poder para continuarem a viver unidos. Na segunda parte (caps.4—6) Paulo fala sobre a nova vida que os seguidores de Cristo têm por estarem unidos com ele. E fala também sobre como essa vida se manifesta no relacionamento que eles têm uns com os outros. É bem provável que esta carta tenha sido escrita não somente para os cristãos de Éfeso, mas também para os de outras cidades. A falta da frase “que vivem em Éfeso” (1.1) em alguns dos melhores manuscritos gregos confirma essa possibilidade.
ÉFESO Capital da PROVÍNCIA romana da ÁSIA, famosa por seu templo de DIANA. Era um grande centro comercial. Uma das sete cartas do Apocalipse foi dirigida à igreja de Éfeso (2.1-7).
EFRAIM [Fruta em Dobro] 1) Filho de José (Gn 41.50-52). 2) Tribo que ocupava a parte central de Canaã (Js 16.5-10).
EFRAIMITA Descendente de EFRAIM 1) (Js 16.10).
EFRATA V.BELÉM (Mq 5.2).
EFROM [Forte] HETEU que vendeu a Abraão terras em Macpela (Gn 23.8-17).
EGITO País situado no nordeste da África. Suas terras são percorridas pelo maior rio do mundo, o Nilo. Foi um império poderoso no tempo do AT. Os hebreus viveram ali e ali foram escravizados, sendo libertados por intermédio de Moisés (Gn 46Êx 19). A nação israelita sempre manteve contato com o Egito. Salomão se casou com a filha do FARAÓ (1Rs 3.1). V. o mapa O EGITO E O SINAI.
EGLOM [Círculo] Rei de Moabe, que tomou a cidade de Jericó e dominou os israelitas durante 18 anos (Jz 3.12-30).
EGOÍSTA Interesseiro; que ama só a si mesmo, sem se importar com os outros (2Tm 3.2).
EIXO Peça em cujas pontas giram as rodas de um carro ou máquina (1Rs 7.32).
EL V.DEUS.
ELÁ [Carvalho] Quarto rei de Israel, que reinou 2 anos (886-885 a.C.), depois de Baasa, seu pai (1Rs 16.8-14).
ELÃO País situado a leste do rio Tigre, fazendo divisa com a Babilônia. Foi uma das civilizações mais adiantadas do seu tempo (Is 22.6; At 2.9).
ELATE Cidade de Edom, situada no golfo de Ácaba, perto de Eziom-Geber (Dt 2.8).
ELCANA [Deus Possui] Pai de Samuel (1Sm 1.1—2.20).
ELEAZAR [Deus Ajuda] Terceiro filho de Arão (Êx 6.23). Foi Grande Sacerdote (Nm 3.32) e ajudou Moisés e depois Josué (Js 14.1; 19.51).
ELEIÇÃO 1) Ato eterno e insondável de Deus, pelo qual, em sua soberana vontade, ele escolheu uma família (Ne 9.7), uma nação (Dt 4.32-40) ou um indivíduo (1Ts 1.4) — sem nenhum merecimento por parte deles (Rm 9.11-12) — para, por meio de Jesus Cristo (Ef 1.4), receberem a graça da salvação (Rm 11.5-6) e realizarem a sua vontade neste mundo (Cl 3.12; 1Pe 1.2; 2Pe 1.10).
ELI [Altura] 1) Juiz e sumo sacerdote. Não soube educar seus filhos e por isso teve sérios problemas (1Sm 1—4; 1Rs 2.27,35). 2) Pai de José, o marido de Maria (Lc 3.23). 3) Palavra hebraica que quer dizer “meu Deus” (Mt 27.46; v.ELOÍ).
ELIABE [Deus É Pai] Irmão mais velho de Davi (1Sm 16.6; 17.28). Em 1Cr 27.18 ele é chamado de Eliú.
ELIAQUIM [Deus Estabelece] 1) Mordomo do rei Ezequias, a quem o rei mandou negociar com os invasores assírios (2Rs 18.17-37) e depois pedir ajuda ao profeta Isaías (Is 37.2). 2) Outro nome de Jeoaquim (2Rs 23.34).
ELIAS [Javé É Deus] Profeta TESBITA que enfrentou em várias ocasiões o rei Acabe e Jezabel, sua mulher (1Rs 17—21). Foi levado ao céu num redemoinho (2Rs 2.1-15). Apareceu com Moisés a Jesus e aos discípulos (Mt 17.3-4).
ELIASIBE [Deus Restaura] Grande Sacerdote do tempo de Neemias (Ne 3.1; 13.4-7).
ELIÉZER [Deus É Auxílio] Mordomo de Abraão (Gn 15.2; cap.24).
ELIFAZ [Deus É Despenseiro ? Deus É Ouro Fino ?] 1) Filho de Esaú (Gn 36.4-16). 2) Um dos amigos de Jó (2.11; 4; 5; 15; 22; 42.7-9).
ELIM Segundo lugar onde os israelitas pararam na sua peregrinação pelo deserto (Êx 15.27).
ELIMAS [Sábio ? Feiticeiro ?] V.BARJESUS.
ELIMELEQUE [Deus É Rei] Marido de Noemi (Rt 1.2).
ELIMINAR 1) Expulsar (1Co 9.27). 2) Tirar (Lv 20.14). 3) Matar.
ELISEU [Deus É Salvação] Profeta UNGIDO para continuar o trabalho de Elias (1Rs 19.16-21). Realizou vários milagres em seu longo ministério (2Rs 2—13).
ELIÚ [El É Deus ou El É o Meu Deus] O mais jovem dos amigos de Jó (Jó 32—37).
ELOHIM V.DEUS.
ELOÍ, ELOÍ, LEMÁ SABACTANI? [Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?]. A quarta das SETE PALAVRAS DA CRUZ (Mc 15.34). Mostra que naquela hora Jesus sentiu que estava carregando o peso dos pecados de toda a humanidade.
ELOM [Carvalho ? Forte ?] JUIZ 2) (Jz 12.11-12).
ELUL O sexto mês do calendário hebraico. Ia de meados de agosto a meados de setembro (Ne 6.15).
EMANUEL [Deus Conosco] Nome simbólico da criança que ia nascer pela promessa que Deus fez ao rei Acaz por meio do profeta Isaías. Esse nome indicava que Deus estaria presente no meio do seu povo (Is 7.13-14). Essa profecia se cumpriu primeiro, de modo parcial, com o nascimento de Ezequias e depois, de modo completo, com o nascimento de Jesus Cristo (Mt 1.23).
EMAÚS Povoado que ficava a 11 km de Jerusalém (Lc 24.13).
EMBAIXADOR 1) Pessoa incumbida de uma missão pública (Is 30.4). 2) O cristão, que leva a mensagem de Cristo (Ef 6.20).
EMBALSAMAR Tratar um CADÁVER com preparados que impedem o seu apodrecimento (Gn 50.2).
EMBARCAR Entrar em barco ou navio para viajar (Jn 1.3; At 27.2).
EMBEBEDAR EMBRIAGAR (Gn 19.34; 1Rs 20.16).
EMBRIAGAR 1) Fazer com que alguém fique bêbado (Jr 51.39; Ap 14.8). 2) Ficar bêbado (Is 1.14; Ef 5.18).
EMENDA CONJETURAL Emenda sugerida pelo editor no APARATO CRÍTICO quando o texto hebraico não faz sentido e as VERSÕES não ajudam. Exemplo: Em Sl 68.17 o texto hebraico traz “neles Sinai”, e a nota da BÍBLIA HEBRAICA traz “veio do monte Sinai”, sugestão que é seguida pela NTLH.
EMINS [Terríveis] Os primeiros habitantes de MOABE, homens fortes e muito altos (Dt 2.10-11).
EMISSOR A pessoa que transmite a mensagem do original ao RECEPTOR de modo que este a entenda.
EMPREGAR 1) Aplicar (Ec 11.1). 2) Tornar-se empregado (Is 2.5).
ENCARNAÇÃO União do divino com o humano em Jesus Cristo (Jo 1.14). Este termo não se encontra na NTLH.
ENCERRAMENTO Término; conclusão (2Cr 7.9).
ENCHARCAR Encher de água, molhar muito, ensopar (Jó 24.8; Ap 19.13).
ENCHENTE Cheia; inundação (Jó 12.15; Mt 7.25,27).
ENCOBRIR Esconder (Jó 31.33).
ENCOMENDAR Mandar fazer (1Rs 7.40).
ENCRUZILHADA Lugar onde estradas ou caminhos se cruzam (Pv 8.2).
ENDOR [A Fonte de Dor] Povoado que ficava a 11 km de Nazaré. Saul consultou a médium de Endor (1Sm 28).
ENDRO Pequena planta, cujos ramos, folhas e sementes são usados como tempero (Is 28.25).
ENÉIAS [Louvor a Javé] Paralítico curado por Pedro (At 9.32-35).
ÊNFASE Destaque para dar força a uma palavra ou expressão.
ENFAIXAR Enrolar em panos (Is 1.6; Lc 10.34).
ENFEITE Objeto usado para melhorar a aparência das pessoas. Nos tempos bíblicos os homens usavam TURBANTE na cabeça e nos dedos usavam anéis (Lc 15.22). No pescoço penduravam o seu SINETE (Gn 38.18). Saul, além da coroa, usava uma PULSEIRA (2Sm 1.10). Os sacerdotes usavam roupas e adornos especiais (Êx 28). As mulheres usavam turbante, anéis, colares no pescoço, correntinhas nos tornozelos, pulseiras, brincos nas orelhas e no nariz, fita na testa e véu cobrindo o rosto (v.JÓIA).
ENFEITIÇAR 1) Tentativa de fazer mal ou bem por meio de FEITIÇARIA (Ez 13.18,20). 2) SEDUZIR, maravilhar (Gl 3.1).
ENFERMIDADE Doença (Mt 9.35).
ENFERRUJAR Cobrir de FERRUGEM (Ez 24.6).
ENFRENTAR 1) Suportar (Jó 31.23). 2) Atacar de frente (Lc 14.31).
ENFURECER Tornar furioso; enraivecer (Ez 7.19).
ENGANO 1) Erro causado por descuido (Gn 43.12; Nm 35.6). 2) Armadilha; falsidade (Sl 5.9).
ENGASTE Aro ou peça em que se fixa uma pedra preciosa (Êx 28.13).
ENGATINHAR Arrastar-se pelo chão, apoiando-se sobre as mãos e os joelhos (1Sm 14.13).
ENGENHEIRO Profissional que se dedica à construção de casas, estradas, etc. (2Cr 26.15).
ENGRANDECER 1) Tornar famoso, respeitado (Pv 14.34). 2) Fazer-se importante (Mt 23.12). 3) Fazer crescer, aumentar (2Co 11.7).
ENOM [Fontes] Lugar onde João Batista batizava, perto de Salim (Jo 3.22-23).
ENOQUE [Instruído] 1) Filho mais velho de Caim (Gn 4.17). 2) Descendente de Sete. Andou com Deus e foi levado para o céu (Gn 5.18-24).
ENOS [Mortal] Filho de Sete (Gn 4.26).
ENSOPADO Prato de carne picada com bastante molho; guisado (Gn 25.29).
ENTALHE Trabalho feito em madeira por um ARTÍFICE (1Rs 7.31; 2Cr 3.14).
ENTENDIMENTO A capacidade de compreender as coisas (Jó 12.13; Sl 119.34; 1Jo 5.20).
ENTERRO Acompanhamento fúnebre (Lc 7.12) e colocação do corpo de um morto na sepultura. O cadáver dos ricos era perfumado com ESPECIARIAS (Mt 26.12) e enrolado em faixas (Jo 11.44). Parentes, amigos, mulheres e homens pagos choravam junto com a família (Mc 5.38).
ENTRELAÇAR Cruzar; misturar (Êx 28.14; 2Cr 3.16).
ENVOLVER 1) Cercar, rodear (Jó 38.9; Lc 1.35). 2) Prender-se (2Tm 2.4).
ENXAME 1) Conjunto de abelhas de uma colméia (Jz 14.8). 2) Multidão (Êx 8.24).
ENXERTAR Ato de fixar brotos de um vegetal em ramos de outro a fim de apressar e melhorar a produção de frutos (Rm 11.17-24).
ENXOFRE Elemento amarelo com cheiro forte que existia em grande quantidade perto do mar Morto (Gn 19.24; Ap 9.17).
ENXOTAR Espantar; afastar (Gn 15.11).
EPAFRAS [Encantador] Cristão de Colossos, companheiro de Paulo na prisão (Cl 1.4; Fm 23).
EPAFRODITO [Encantador] Mensageiro que a igreja de Filipos enviou a Paulo, preso em Roma (Fp 2.25-30).
EPICUREU Seguidor do filósofo Epicuro, que morreu em 270 a.C. Ele ensinava que o maior bem na vida é a felicidade, entendida como a libertação do sofrimento e do medo (At 17.18-20).
EPIDEMIA Doença que ataca ao mesmo tempo muita gente (Lc 21.11).
EPILÉTICO Pessoa que sofre de epilepsia, doença que se manifesta por ataques convulsivos, geralmente com movimentos musculares involuntários e com perturbação do senso de consciência própria (Mt 4.24; 17.15).
ÉPOCA 1) Tempo (Gn 17.21; Lc 12.56). 2) Ocasião (Jr 2.24; Mt 24.10; At 5.37).
EQUIPAMENTO Tudo aquilo que é necessário para se montar ou fazer funcionar alguma coisa (Êx 30.27; At 27.19).
EQUIVALÊNCIA DINÂMICA V.TRADUÇÃO DINÂMICA.
ERGUER Levantar (Lv 26.13; Lc 21.18).
ERVAS AMARGAS Ervas que os israelitas comiam durante a celebração da PÁSCOA para lembrarem seu tempo de escravidão no Egito (Êx 12.8).
ESAR-HADOM [Assur Deu Um Irmão ? Vitorioso ?] Filho de Senaqueribe, que ficou no lugar dele como rei (2Rs 19.37). Reconstruiu a cidade de Babilônia, conquistou o Egito, povoou de novo Samaria com estrangeiros (2Rs 17.24; Ed 4.2) e levou preso o rei Manassés (2Cr 33.11).
ESAÚ [Peludo] Irmão gêmeo de Jacó (Gn 25.25). Vendeu o DIREITO DO PRIMEIRO FILHO ao seu irmão por um ensopado de lentilhas (Gn 25.30-34). Perseguiu Jacó para matá-lo (Gn 27), porém mais tarde fez as pazes com ele (Gn 32.3—33.17).
ESCAMAS Pequenas lâminas que cobrem o corpo dos peixes (Lv 11.9).
ESCANDALIZAR Ofender; revoltar (Mt 15.12).
ESCÂNDALO Aquilo que leva alguém a se ofender, se revoltar ou pecar (2Pe 2.13).
ESCATOLOGIA Doutrina a respeito das últimas coisas (segunda vinda de Cristo, ressurreição, juízo final, céu e inferno).
ESCONDERIJO Lugar em que alguém se esconde (Sl 31.20). V.REFÚGIO.
ESCORPIÃO Pequeno animal da classe das aranhas, que tem um ferrão venenoso na cauda (Dt 8.15; Lc 10.19).
ESCRAVO Pessoa que não tem liberdade por estar dominada por outra pessoa. Nos tempos bíblicos havia escravidão em toda parte. Entre os israelitas os escravos eram bem tratados e tinham a oportunidade de comprar a sua liberdade (Êx 21.5; Lv 25.47-55). Um israelita podia chegar a ser escravo por não poder pagar as suas dívidas (Lv 25.39), por haver roubado e não poder restituir o que roubou (Êx 22.2-4) ou por ter nascido de pais escravos (Êx 21.4). A mensagem do amor de Cristo fez com que a escravidão acabasse nos países cristãos (Ef 6.5-9; Gl 3.28).
ESCRIBA V.MESTRE DA LEI.
ESCRITA Registro de letras ou sinais em material próprio, formando palavras que expressam idéias e pensamentos. A arte de escrever já era conhecida no tempo dos PATRIARCAS, mas a primeira menção da escrita na Bíblia aparece em Êx 24.4. V.LIVRO, PAPIRO, PERGAMINHO e TINTA.
ESCRITOS V.HAGIÓGRAFA.
ESCRITURA 1) Documento de registro de um contrato (Jr 32.10). 2) Parte do texto inspirado (Mc 12.10).
ESCRITURAS, ESCRITURAS SAGRADAS Nomes dados ao conjunto dos livros sagrados dos judeus. Esses livros são conhecidos entre os cristãos pelo nome de Antigo Testamento (Mc 12.24; Jo 5.39).
ESCRIVÃO Secretário (2Cr 34.13).
ESCUDO Antiga arma de defesa, feita de couro ou de metal, geralmente de forma circular ou oval, que os soldados, por meio de braçadeiras, prendiam num dos braços para se protegerem dos golpes de espada ou de lança (2Rs 11.10; Ef 6.16).
ESCULPIDO Trabalho feito com instrumento cortante em pedra, madeira ou outro material a fim de produzir uma obra de arte (Ez 23.14-15).
ESDRAELOM Forma grega de JEZREEL 2).
ESDRAS [Ajuda] SACERDOTE e MESTRE DA LEI que trabalhou junto com Neemias na volta do povo de Israel da Babilônia e na restauração do culto a Javé na Terra Prometida (Ed 7; 10; Ne 8; 12).
ESDRAS, LIVRO DE Livro que continua a narrativa de 2Cr, descrevendo a volta a Jerusalém dos judeus que estavam no CATIVEIRO e o reinício da adoração no Templo. Esses acontecimentos seguem a seguinte ordem: 1) Em 539 a.C. o primeiro grupo de judeus volta da Babilônia por DECRETO de Ciro, o rei da Pérsia. 2) O Templo é reconstruído e inaugurado, e Javé é de novo adorado em Jerusalém. 3) Anos depois, outro grupo volta a Jerusalém, dirigido por Esdras, que reorganiza a vida social e religiosa do povo para que as tradições de Israel sejam conservadas.
ESDRAS, PRIMEIRO Livro APÓCRIFO, chamado de 3Esdras na Vulgata, que inclui o seguinte material: 2Cr 35 e 36, Esdras completo e Neemias 7.38—8.12. 1Esdras foi escrito no final do segundo século a.C. para ressaltar o papel de Josias, Zorobabel e Esdras na reforma religiosa de Israel. Esse livro não aparece nas Bíblias católicas.
ESDRAS, SEGUNDO Livro APÓCRIFO, chamado de 4Esdras na VULGATA, que contém o seguinte material: 1) Os primeiros dois capítulos são cristãos, servindo de introdução. 2) Os caps. 3—14 são judaicos, conhecidos como “O Apocalipse de Esdras”. Foram escritos entre 100 e 120 d.C. 3) Os caps. 15 e 16 são uma conclusão cristã que data provavelmente do terceiro século d.C. Esse livro não aparece nas Bíblias católicas.
ESFOLAR Ferir (Ez 29.18).
ESGANADO Com fome (Jr 51.39).
ESGOTAR Estar fraco, sem forças (Sl 31.9).
ESMERALDA Pedra preciosa de cor verde, muito apreciada desde os tempos antigos (Ap 21.19).
ESMIGALHAR DESPEDAÇAR (2Cr 25.12).
ESMIRNA Cidade portuária da costa oeste do mar Mediterrâneo, localizada na PROVÍNCIA romana da ÁSIA. Ficava a 65 km de Éfeso. Foi sede de uma forte igreja cristã (Ap 1.11; 2.8-11).
ESMOLA O que é dado, por caridade, a um necessitado (Lc 18.35).
ESMURRAR Dar socos em (Nm 35.21).
ESPAÇOSO Extenso, largo; que tem bastante espaço (1Cr 4.40).
ESPADA Arma que consta de uma lâmina comprida e pontuda, afiada dos dois lados (1Sm 17.51; Mt 26.51; Hb 4.12).
ESPALHAFATOSO Que faz barulho; que dá na vista (Pv 7.11; Jr 46.17).
ESPANHA PROVÍNCIA romana situada no extremo oeste da Europa (Jn 1.3). Não se sabe se Paulo conseguiu chegar até lá (Rm 15.24,28).
ESPANTAR Ter ESPANTO (Sl 48.5; Ap 17.6).
ESPANTO Susto; medo; admiração (Sl 65.8; Is 8.18).
ESPECIARIA Qualquer coisa de cheiro agradável, especialmente planta, usada para dar mais sabor aos alimentos ou bebidas. O cravo, a canela, a pimenta são especiarias (Êx 25.6).
ESPELHO Objeto feito de material polido que reflete a imagem das coisas. Nos tempos bíblicos os espelhos eram de metal polido, e a imagem refletida era imperfeita (Êx 38.8; 1Co 13.12).
ESPERANÇA Confiança no cumprimento de um desejo ou de uma expectativa. A segunda virtude mencionada em 1Co 13.13 se baseia na confiança em Deus (Rm 15.13). Cristo é a nossa esperança (1Tm 1.1; Cl 1.27). O símbolo da esperança é a âncora (Hb 6.18-19).
ESPETÁCULO Um quadro de curiosidade (Lc 23.48), ou horror (Jr 34.17), ou indignação (Lc 23.48), ou admiração (1Co 4.9).
ESPIÃO Pessoa que se disfarça a fim de conseguir informações de uma nação para transmiti-las ao governo que a contratou (Gn 42.9).
ESPINHEIRO Planta que tem espinhos (Jz 9.14).
ESPINHO Órgão duro e pontudo de algumas plantas. Os espinhos eram usados para castigar (Jz 8.7; Jo 19.2). Figuradamente, coisa imprestável (2Sm 23.6) ou dificuldade (Js 23.13). O “espinho na carne”, mencionado por Paulo em 2Co 12.7, era provavelmente uma doença dolorosa, talvez nos olhos (At 23.5; Gl 4.15; 6.11).
ESPÍRITO 1) A parte não-material, racional e inteligente do ser humano (Rm 8.16). 2) A essência da natureza divina (Jo 4.24). 3) Ser não-material maligno que prejudica as pessoas (Mt 12.45). 4) Ser não-material bondoso que ajuda as pessoas (Hb 1.14; v.ANJO). 5) ESPÍRITO SANTO (Gl 3.5; Ef 1.17).
ESPÍRITO MAU DEMÔNIO (Lc 8.2).
ESPÍRITO SANTO Terceira pessoa da TRINDADE. Ele aplica na vida das pessoas as bênçãos da salvação (Jo 7.38-39). Como Auxiliador (Jo 16.7), ele dá nova vida (Gl 6.8), convence (Jo 16.8-11), dá força (Rm 8.26-27), distribui DONS (1Co 12.1-11), produz virtudes (Gl 5.22-26).
ESPÍRITOS EM PRISÃO Os espíritos das pessoas que rejeitaram a mensagem de Noé. O Espírito de Cristo pregou a essas pessoas através de Noé (1Pe 3.18-20).
ESPLÊNDIDO 1) Grandioso, admirável (1Cr 22.5). 2) Maravilhoso (1Cr 29.11).
ESPLENDOR Brilho (Et 1.4).
ESPONJA Objeto feito de material que absorve líquidos (Jo 19.29).
ESPONTÂNEO VOLUNTÁRIO (1Cr 29.8).
ESPORTE Exercício físico, individual ou em equipe, competitivo ou não (1Co 9.23-27: CORRIDA e BOXE).
ESPOSA 1) Mulher casada em relação ao marido (Pv 18.22; Cl 3.18). V.CONCUBINA. 2) Figuradamente, a Igreja em relação a Cristo, o esposo (Ef 5.22-33).
ESQUEMA Plano, esboço.
ESSÊNIOS Seita religiosa existente no tempo de Cristo. Eram mais ou menos quatro mil homens que seguiam com muito rigor a lei de Moisés. Alguns moravam em cidades, mas a maioria vivia em comunidades, no deserto de En-Gedi. Os essênios não são mencionados na Bíblia. V.QUMRAN.
ESTACA Pedaço de madeira pontudo. Em estacas fincadas na terra amarram-se as cordas que sustentam as lonas das barracas (Jz 4.21).
ESTAÇÃO Cada um dos dois períodos em que os israelitas dividiam o ano (Gn 8.22; Sl 74.17). O inverno, de meados de setembro a meados de maio, é tempo de frio e de chuvas, em que se semeia. No verão, de meados de maio a meados de setembro, o tempo é quente e seco, quando se faz a colheita.
ESTADO INTERMEDIÁRIO Estado das pessoas entre a morte e a ressurreição final. Para os salvos, esse estado é o céu sem o corpo (Lc 23.43; 2Co 4.16—5.10; Fp 1.23; Ap 14.13). Para os perdidos, esse estado é o inferno sem o corpo (Lc 16.19-31).
ESTANDARTE Bandeira (Nm 2.2).
ESTANHO Metal prateado mole (Nm 31.22-23). V.BRONZE.
ESTÁTUA Peça ESCULPIDA, Modelada ou FUNDIDA, representando, de corpo inteiro, um ser humano, um deus ou um animal (Dn 2.34).
ESTATUTOS Conjunto de leis que tratam do funcionamento de uma organização (2Cr 19.10).
ESTEIRA Tecido feito de JUNCO, usado como tapete ou cama (At 5.15).
ESTENDER 1) Levantar (Jo 21.18). 2) Mover para a frente, oferecendo (Sl 18.16; At 4.30). 3) Espalhar; desdobrar (Jó 9.8).
ESTER [Estrela] Prima e filha adotiva de MORDECAI. Ester é a personagem central do livro que recebeu o seu nome (Et 2.15). V.ESTER, LIVRO DE.
ESTER, LIVRO DE Livro que conta a história de Ester, a moça judia que se tornou rainha por haver se casado com Xerxes, rei da Pérsia. Xerxes I, chamado na Bíblia de Assuero, reinou de 485 a 465 a.C. Hamã, o primeiro ministro, planejou acabar com todos os judeus do reino. Mas Ester e Mordecai conseguiram fazer fracassar o plano perverso de Hamã, que acabou morrendo na forca que havia mandado construir para enforcar Mordecai. Para festejar a vitória contra os inimigos, os judeus começaram a comemorar a festa de PURIM, o que fazem até hoje.
ESTERCO Fezes de animais misturadas com folhas apodrecidas, usadas como adubo (Jr 16.4).
ESTÉRIL Incapaz de gerar filhos (Gn 11.30).
ESTÊVÃO [Coroa] Um dos sete que foram escolhidos para cuidar do auxílio aos necessitados em Jerusalém (At 6.1-6). Foi pregador e operou milagres. Acusado de BLASFEMAR, foi condenado à morte pelo CONSELHO SUPERIOR, tornando-se o primeiro mártir cristão (At 7).
ESTILINGUE Elástico preso em forquilha de madeira, com que são atiradas pequenas pedras (Pv 26.8). O mesmo que atiradeira ou bodoque.
ESTILO Maneira de planejar e construir (1Rs 7.8).
ESTIMAR Considerar (Et 10.3).
ESTÓICO Seguidor do filósofo grego Zenon, que morreu em 265 a.C. Zenon ensinava que o mais alto objetivo do ser humano é viver de acordo com a sua razão e praticar a virtude. Esta consiste em dominar as paixões, em não sentir-se atraído pelo prazer e em não se deixar vencer pelo sofrimento (At 17.18-20).
ESTRADO 1) Piso de madeira elevado, onde ficam pessoas em destaque (Ne 9.4). 2) Banquinho para os pés (Is 66.1; Lc 20.43).
ESTRANGEIRO NÃO-JUDEU que morava entre o povo de Israel (Lv 20.2). Javé protegia os estrangeiros (Dt 10.18). Eles podiam fazer parte do povo de Deus (Nm 9.14; 15.14-16). Os israelitas não deviam explorar os estrangeiros (Lv 19.33), mas amá-los (Dt 10.19) e cuidar deles (Lv 19.10; Mt 25.35). Porém não podiam unir-se em casamento com eles (Ed 10.11).
ESTRANGULAR Matar, apertando a garganta; SUFOCAR (Jó 7.15).
ESTRANHO 1) Estrangeiro (Sl 81.9). 2) Pessoa que não é conhecida (Sl 69.8; Jo 10.5). 3) Esquisito (Is 28.21; 1Co 14).
ESTREBARIA Local coberto em que se recolhem animais de montaria e de carga e seus arreios (2Cr 32.28).
ESTRELA Astro que tem luz própria e que mantém a sua posição relativa no espaço (Jr 31.35). As estrelas eram estudadas por algumas pessoas (Mt 2.9) e adoradas pelos pagãos e até pelos israelitas (Dt 4.19; 2Rs 17.16; Am 5.26).
ESTRELA DA MANHÃ 1) Em Is 14.12 a VULGATA traz “Lúcifer”, palavra que quer dizer “fonte de luz”. Segundo alguns biblistas, refere-se ao rei da Babilônia. Trata-se do planeta Vênus, a estrela da manhã, cujo brilho desaparece com o nascer do sol. Outros entendem que a referência é a Satanás, e é nesse sentido que se usa “Lúcifer” hoje. 2) O Messias, Cristo, que traz luz aos corações dos que crêem, assim como a estrela da manhã (Vênus) traz luz ao mundo que está na escuridão (2Pe 1.19; Ap 22.16). 3) A glória, ou a imortalidade, ou a vida eterna no céu (Ap 2.26-28).
ESTROFE Em poesia, grupo de versos que tratam do mesmo assunto. Em Is 52.13—53.12 há cinco estrofes, começando com 52.13; 53.1,4,7 e 10. Ver também 1Co 13.
ESTRONDO Barulho muito intenso (Jó 37.2).
ETANIM O sétimo mês do calendário hebraico. Ia de meados de setembro a meados de outubro. Mais tarde recebeu o nome de tisri (1Rs 8.2).
ETERNIDADE Tempo sem começo nem fim (Sl 55.19).
ETERNO 1) Que não tem começo nem fim (Gn 21.33). 2) Antigo (Gn 49.26). 3) Que dura para sempre (Jr 23.40; Jo 3.16; Hb 13.20).
ETIÓPIA País que ficava ao sul do Egito e que incluía a Núbia, o Sudão e o norte da Etiópia dos tempos modernos. Em hebraico esse país se chamava CUCHE, nome de um dos filhos de CAM 1). Israel teve alguns contatos com a Etiópia (Nm 12.1; 2Rs 19.9; 2Cr 12.3; 14.9-13). Os profetas a mencionaram (Is 11.11; 18.1; 20.3-5; Jr 46.9; Ez 29.10; 30.4-9; Na 3.9; Sf 3.10). No NT relata-se o batismo de um alto funcionário da Etiópia (At 8.26-40).
EÚDE [União] JUIZ 2) que libertou os israelitas da opressão dos moabitas (Jz 3.12-30).
EUFEMISMO Termo usado para suavizar uma idéia ou expressão dura, de mau gosto ou desagradável. Na primeira linha de Ef 5.14 o verbo “dormir” quer dizer “estar morto”.
EUFRATES Rio da MESOPOTÂMIA, mencionado como um dos rios do ÉDEN (Gn 2.14). Nasce na Armênia e, como o rio Tigre, corre para o sul, indo desembocar no golfo Pérsico.
EUFRATES-OESTE Grande PROVÍNCIA do Império Persa, situada a oeste do rio Eufrates. O território de Judá fazia parte dessa província (Ne 2.7)
EUNICE [Abençoada com a Vitória] Mãe de Timóteo (2Tm 1.5).
EUNUCO Homem CASTRADO que servia de guarda das mulheres do seu dono (Et 2.3). Eram também chamados de eunucos alguns altos funcionários de confiança dos reis, quer esses funcionários fossem castrados ou não (At 8.27).
ÊUTICO [Feliz] Jovem que, enquanto Paulo pregava, dormiu e caiu da janela em que estava assentado (At 20.9-10).
EVA [Vida] A primeira mulher, esposa de Adão e mãe da humanidade (Gn 3.20). Junto com Adão foi enganada por Satanás, começando assim o pecado no mundo (Gn 3). Adão e Eva tiveram filhos e filhas (Gn 5.4), mas na Bíblia são mencionados apenas os nomes de três: Caim, Abel e Sete (Gn 4.1-2).
EVANGELHO 1) A mensagem de salvação anunciada por Jesus Cristo e pelos apóstolos (Mc 1.38; Rm 1.15). “Evangelho” em grego quer dizer “boa notícia”. 2) Nome dado a cada um dos quatro primeiros livros do NT: MATEUS, MARCOS, LUCAS e JOÃO. Esses livros apresentam a vida e os ensinos de Jesus Cristo.
EVANGELISTA 1) Pregador que vai de lugar em lugar anunciando a boa-nova de Jesus Cristo (At 21.8). 2) O escritor de cada um dos quatro EVANGELHOS 2).
EVIL-MERODAQUE [Homem de Marduque] Rei da Babilônia (562-560 a.C.), filho e sucessor de Nabucodonosor. Evil-Merodaque libertou Joaquim, rei de Judá (2Rs 25.27-30).
EXCELÊNCIA Maneira de se tratar pessoa que ocupa alta posição social (Lc 1.3).
EXCELENTÍSSIMO Tratamento dado a certas pessoas de alta posição social (At 23.26).
EXCLAMAR Gritar (Mt 14.26).
EXECUTAR 1) Realizar; levar a efeito (Et 8.3). 2) Matar (Gn 40.21).
EXEGESE Comentário feito, à luz dos princípios da HERMENÊUTICA, para esclarecer um texto ou uma palavra, por exemplo, da Bíblia. Normalmente a exegese esclarece “quem disse o que a quem sob que circunstâncias e com que propósito” (pronuncia-se ezegéze).
EXERCÍCIO Ginástica; esportes (1Tm 4.8).
EXÉRCITO 1) Tropa organizada para combater (Dt 11.4). 2) Os anjos (Sl 148.2; Lc 2.13).
EXIBIR Mostrar (Et 1.4).
ÊXODO [Saída] Partida dos israelitas do Egito, libertados da escravidão. Esse acontecimento se deu, segundo alguns, mais ou menos em 1280 a.C., e, segundo outros, em 1440 a.C., e se realizou pelo poder de Deus e pela liderança de Moisés. O êxodo é o fato mais importante da história do povo de Israel, pois mostra como um povo escravo foi transformado numa nação cheia de esperança no futuro.
ÊXODO, LIVRO DE Livro que descreve o ÊXODO. Está dividido em quatro partes: 1) A libertação (1—15.21); 2) a viagem até o Sinai (15.22—18.27); 3) a Lei e a aliança (19—24); 4) a TENDA SAGRADA e o culto (25—40). A figura central do livro é Moisés, o homem a quem Deus escolheu para tirar o seu povo do Egito. E Deus revelou a Moisés o seu nome sagrado (3.14; v.SENHOR 2). O trecho mais conhecido do livro são os DEZ MANDAMENTOS (20.1-17).
EXORCISMO 1) Forma de MAGIA em que se procura expulsar espíritos maus por meio de fórmulas e cerimônias mágicas (At 19.13-16). 2) Ato para expulsar espíritos maus pelo poder de Deus (Mt 10.8; 12.28; At 16.16-18).
EXPERIÊNCIA Conhecimento prático adquirido por participação em fatos ou por observação deles (Jó 8.8).
EXPLÍCITA Informação que está no próprio texto original. Em Mt 1.23 o autor explica que “Emanuel” quer dizer “Deus está conosco”. V.IMPLÍCITA.
EXPLICITAÇÃO V.SUPLEMENTAÇÃO.
EXPLORAR Tirar partido ou proveito de; sugar (Ez 22.12; 2Co 12.17-18). V.GARRA 2).
EXPULSAR DEMÔNIOS V.EXORCISMO.
ÊXTASE Estado emocional em que a pessoa fica imóvel, aparentemente desligada do mundo e dominada por uma sensação de felicidade; transe (Nm 24.4,16; 2Co 12.1-10).
EXTERIOR O lado de fora (Ap 11.2).
EXTERNO De fora, isto é, fora da área do Templo, entre o povo (Ez 9.2), ou do lado de fora das pessoas, e não no interior (Hb 9.10).
EXTRAORDINÁRIO Admirável (At 19.11).
EZEQUIAS [Javé Dá Força] Décimo terceiro rei de Judá, que reinou 29 anos (716-687 a.C.), depois de Acaz, seu pai (2Rs 18—20). Derrotou o exército de Senaqueribe. Isaías profetizou durante o seu reinado.
EZEQUIEL [Deus É Fortaleza] Profeta e sacerdote que viveu no tempo de Jeremias. Nos seus dias, em 586 a.C., a cidade de Jerusalém foi tomada pelos babilônios, e Ezequiel foi levado para o CATIVEIRO (Ez 1.3; 3.15). V.EZEQUIEL, LIVRO DE.
EZEQUIEL, LIVRO DE Livro que contém mensagens de Deus dirigidas aos judeus que estavam na Babilônia e também aos que moravam em Jerusalém. Nele há pregações, visões e atos simbólicos. Ezequiel ensinou que cada pessoa é responsável pelos seus próprios pecados e que todos devem se renovar no seu íntimo, no seu coração. Ele esperava que a nação de Israel começasse a viver uma vida nova diante de Deus. Sendo ao mesmo tempo profeta e sacerdote, Ezequiel mostrou interesse pelo Templo de Jerusalém (v.PLANTAS DO TEMPLO DE EZEQUIEL) e ensinou que Deus exige que os seus adoradores vivam uma vida dedicada a ele.
EZIOM-GEBER Cidade próxima de Elate, na costa do golfo de Ácaba. Os israelitas acamparam nesse lugar (Nm 33.15-37). Salomão e Josafá construíram navios ali (1Rs 9.26-28).
 
F
FACE 1) Rosto. 2) Superfície (2Sm 4.9).
FAIXA 1) Tira de pano usada para envolver os mortos (Jo 11.44; 20.7). 2) Tira de tecido, couro, ou ouro, usada para enfeitar a cintura (Êx 29.9; Is 3.20; Ap 1.13).
FALAR EM LÍNGUAS 1) Em Pentecostes, dom do Espírito Santo que permitiu a todos os apóstolos falarem em outras línguas (idiomas), sendo entendidos por pessoas de diferentes países (At 2.3-13). 2) Em Cesaréia (At 10.46), em Éfeso (At 19.6) e em Corinto (1Co 12—14), dom do Espírito Santo pelo qual o crente, em ÊXTASE, diz palavras que ninguém entende (1Co 14.2,6-19). Em 1Co Paulo regulamentou da seguinte forma a maneira de se usar esse dom: a) Não é para todos, mas para alguns, por concessão do Espírito (12.8-11,29-30). b) Deve ser para a edificação de todos (14.26). c) Em cada culto podem falar somente dois ou três, um depois do outro (14.27). d) Deve haver intérprete; se não houver, não se fala em línguas (14.27-28). e) Deve haver ordem no culto (14.23,33,40).
FALATÓRIO Conversa em que se fala mal dos outros; maledicência (1Tm 6.20; 2Tm 2.16).
FALCÃO Espécie de GAVIÃO de asas longas, que pode ser treinado para caçar (Lv 11.14).
FALTA 1) Pecado (Sl 19.12; Gl 6.1). 2) Privação; necessidade (Jó 31.19).
FAMINTO Que está com fome (Jó 5.5).
FANÁTICO Que pensa ser inspirado por Deus (Fp 3.6).
FANTASMA Suposta aparição de pessoa morta; assombração (Is 29.4; Mc 6.49).
FARAÓ [A Grande Casa] Título que no Egito queria dizer “rei”. Oito faraós são mencionados nas seguintes passagens bíblicas: 1) Gn 12.10-20. 2) Gn 39—50. 3) Êx 1—15. 4) 1Cr 4.17. 5) 1Rs 3.1; 9.16; 11.1. 6) 2Rs 18.21. 7) 2Rs 23.29-35. 8) Jr 44.30; Ez 29.1-6.
FARDO CARGA volumosa e pesada. Figuradamente: deveres (Mt 23.4).
FARISEU [Separado; Separatista] Membro de um dos principais grupos religiosos dos judeus. Os fariseus seguiam rigorosamente a Lei de Moisés e as tradições e os costumes dos antepassados. Acreditavam na ressurreição e na existência de seres celestiais (At 23.8). Os fariseus não se davam com os SADUCEUS, mas se uniram com eles para combater Jesus e os seus seguidores (Mt 16.1).
FARPAR [Rápido] Rio de Damasco, formado de vários ribeirões do HERMOM (2Rs 5.12).
FARRA Festa caracterizada por excessos e por atos de imoralidade (Rm 13.13); ORGIA.
FARTO 1) Satisfeito (1Sm 2.5). 2) Aborrecido; cansado (Is 1.11).
FARTURA Grande quantidade (Gn 27.28; Sl 4.7).
FAVO Conjunto dos buraquinhos de cera em que as abelhas guardam o mel (Ct 5.1).
FAVOR 1) Serviço; obséquio (Gn 19.19; Fm 14). 2) Em favor: em benefício, no interesse (Gn 20.17-18).
FAVORECER Proteger com parcialidade (Lv 19.15; 1Tm 5.21).
1) Confiança em Deus e em Cristo e na sua Palavra (Mt 15.28; Mc 11.22-24; Lc 17.5). 2) Confiança na obra salvadora de Cristo e aceitação dos seus benefícios (Rm 1.16-17; v.CONVERTER-SE). 3) A doutrina revelada por Deus (Tt 1.4).
FEITIÇARIA Forma de MAGIA em que se usam certos atos e palavras e a invocação de espíritos ou demônios a fim de prever o futuro ou controlar pessoas ou acontecimentos. É prática proibida na Bíblia (1Sm 15.23; Gl 5.20).
FEITOR Aquele que dirige trabalhadores; capataz (Êx 5.6).
FEIXE Caules de CEREAIS com as suas espigas amarrados juntos (Sl 129.7).
FEL BÍLIS (Mt 27.34).
FÉLIX [Feliz] GOVERNADOR romano da Judéia, de 52 a 60 d.C. Era cruel e perverso. Casou-se com DRUSILA. Paulo foi preso durante a sua administração (At 23.24—25.14).
FENDA BRECHA (Ct 2.14).
FENÍCIA País mediterrâneo, situado ao Norte de Israel (At 21.2). Suas cidades principais eram os portos de TIRO e SIDOM, de onde foi exportado o CEDRO usado na construção do Templo (1Rs 5.1-10).
FÊNIX Porto protegido contra tempestades, situado no Sul de CRETA (At 27.12).
FENO Tipo de capim que se corta e se guarda seco a fim de servir de alimento para o gado (Pv 27.25).
FERIDA 1) Chaga; ulceração (Pv 25.20). 2) Castigo (Is 30.26; Jr 51.8).
FERIR 1) Produzir ferimento (Jó 2.5). 2) Matar (Is 27.1; Ez 21.14). 3) Repreender (Pv 27.6). 4) Castigar (Dt 32.23; Is 19.22). 5) Desagradar, ofender (Jr 7.18).
FERMENTO Massa velha de farinha que azedou e da qual se põe um pouquinho na massa do pão para fazê-lo crescer. Simboliza o crescimento tanto do bem (Mt 13.33) como do mal (Gl 5.9).
FERRÃO Vara comprida, usada para conduzir o gado; tem numa das pontas um ferro pontudo (Nm 33.55; Jz 3.31).
FERREIRO ARTÍFICE que fabrica objetos de ferro (Is 54.16; 2Tm 4.14).
FERRUGEM Camada de óxido que se forma sobre a superfície do ferro e de outros metais (Mt 6.19; Tg 5.3).
FÉRTIL Que produz muito (2Cr 26.10).
FESTA DO ANO NOVO V.ANO NOVO, FESTA DO.
FESTA DAS BARRACAS V.BARRACAS, FESTA DAS.
FESTA DA COLHEITA V.COLHEITA, FESTA DA.
FESTA DA DEDICAÇÃO V.DEDICAÇÃO, FESTA DA.
FESTA DA LUA NOVA V.LUA NOVA, FESTA DA.
FESTA DA PÁSCOA V.PÁSCOA.
FESTA DOS PÃES SEM FERMENTO V.PÃES SEM FERMENTO, FESTA DOS.
FESTA DE PURIM V.PURIM, FESTA DE.
FESTAS Dias especiais de comemorações religiosas dos israelitas. Em ordem alfabética: 1) ANO NOVO, ou Trombetas; 2) BARRACAS; 3) COLHEITA, ou Semanas, ou PENTECOSTES; 4) DEDICAÇÃO, ou Luzes; 5) LUA NOVA; 6) PÁSCOA e PÃES SEM FERMENTO; 7) PURIM; 8) DIA DO PERDÃO.
FESTO [Alegre] Governador que sucedeu a Félix na Judéia, de 60 a 62 d.C. (At 24.27). Presidiu o julgamento em que Paulo apresentou sua defesa perante Herodes Agripa II (At 24.27—26.32).
FEZES O alimento depois de digerido e expelido (Dt 23.13; 2Rs 18.27; Ml 2.3).
FIADOR Pessoa que se torna responsável por obrigações assumidas por outro. As partes davam-se as mãos na presença de testemunhas, prometendo o fiador satisfazer as obrigações do devedor no caso de este falhar (Pv 17.18; 22.26-27).
FIGUEIRA Árvore que produz figos (Pv 27.18; Lc 13.6).
FIGURA 1) Representação, por pintura ou escultura, de um corpo humano ou de um ser celestial (Êx 26.1), ou de um animal (2Cr 4.3), ou de um vegetal (2Cr 4.5). 2) Ídolo (1Rs 15.13; Is 44.13). 3) Fiasco (2Sm 6.20). 4) Comparação. 5) TIPO (Rm 5.14).
FIGURA DE LINGUAGEM Expressão do pensamento em que se usam palavras que normalmente significam outra coisa. O pensamento assim expresso tem mais força e vivacidade. Nesse caso a palavra não deve ser entendida ao pé da letra, mas em outro sentido porque há certa relação entre as duas. V.METÁFORA, ALEGORIA, METONÍMIA E SÍMILE.
FILADÉLFIA [Amor Fraternal] Nome de várias cidades e povoados do mundo grego. A Filadélfia mencionada no Apocalipse era um povoado da PROVÍNCIA romana da ÁSIA. Ali havia uma igreja (Ap 3.7-13).
FILEMOM [Amoroso] Cristão convertido pela pregação de Paulo e em cuja casa havia uma igreja. V.FILEMOM, CARTA A e ONÉSIMO.
FILEMOM, CARTA A Carta escrita por Paulo na prisão, na qual pede a Filemom que receba Onésimo, escravo fugido e agora convertido (vers.17). Essa carta é um belo exemplo de cortesia e carinho. Paulo não discute os direitos que as leis daquele tempo davam aos donos de escravos. Para resolver a questão de como tratar um escravo fugido, Paulo aplica a mais alta lei que existe, a lei do amor cristão.
FILETO [Amado] Falso mestre da igreja de Éfeso (2Tm 2.17). Ele negava a ressurreição do corpo (1Co 15).
FILHO 1) Pessoa do sexo masculino em relação aos pais (Gn 4.17). 2) Qualidade de uma pessoa (Mc 3.17). 3) Tratamento carinhoso (1Sm 3.6).
FILHO DE DAVI Título ou nome que os israelitas davam ao MESSIAS que esperavam. Ele seria descendente de DAVI e viria para ser rei como Davi tinha sido (Mt 21.9).
FILHO DE DEUS 1) Expressão empregada para designar a pessoa de Jesus Cristo, o Filho eterno em relação ao Pai eterno (Mt 3.17; Jo 5.18-40). 2) Designação daquele que, pelo NOVO NASCIMENTO, passa a pertencer à família de Deus, relacionando-se com ele como um filho para com um pai (Lc 20.36; Rm 8.14; Gl 3.26; Fp 2.15; Hb 12.7). Ao filho de Deus se contrapõe o filho do Diabo (At 13.10).
FILHO DO HOMEM Título que Jesus usava para si mesmo como o escolhido de Deus para ser o Salvador (Mc 10.45). Esse título se refere à condição humilde de Jesus (Mc 8.31; Lc 9.58) e também à sua futura glória (Mt 25.31; Mc 8.38).
FILHOS DO TROVÃO V.BOANERGES.
FILIPE [Amigo de Cavalos] 1) Um dos apóstolos, natural de Betsaida, que levou Natanael a Jesus (Jo 1.44-45) e fez o mesmo com um grupo de gregos (Jo 12.20-23). 2) “O evangelista”, um dos escolhidos para ajudar na distribuição de dinheiro às viúvas de Jerusalém (At 6.5). Pregou em Samaria (At 8.4-8) e levou o eunuco etíope a Cristo (At 8.26-40). 3) Governador da Galiléia (v.HERODES 4).
FILIPENSES, CARTA AOS Carta que Paulo escreveu de Roma, na prisão, à igreja de FILIPOS, para a qual estavam entrando pessoas que ensinavam doutrinas erradas. E também alguns líderes da igreja tinham ficado contra Paulo. Ele agradece a ajuda que havia recebido dos irmãos de Filipos e expressa o seu amor por eles. Fala também da confiança, alegria, união e firmeza que devem ser as marcas dos seguidores de Jesus. Estes devem imitar o exemplo do próprio Cristo, que seguiu o caminho da humildade e da obediência ao Pai. Esse caminho o levou à morte na cruz e depois à altíssima posição de Senhor de todos (2.5-11).
FILIPOS Cidade da Macedônia fundada por Felipe II, pai de Alexandre, o Grande, no ano 358 a.C. Foi a primeira cidade da Europa que ouviu a pregação de um missionário cristão (At 16.6-40).
FILISTÉIA Nação localizada na planície da costa do mar Mediterrâneo em Canaã, desde Jope até o Sul de Gaza. Suas cidades eram Asdode, Gaza, Asquelom, Gate e Ecrom (Is 14.29).
FILISTEU Povo que habitava a FILISTÉIA (Sl 60.8).
FINCAR Cravar (1Sm 26.7).
FINÉIAS [Oráculo ? Negro ?] 1) Sacerdote, filho de Eleazar e neto de Arão (Êx 6.25; Nm 25.7-13; 31.6-12; Js 22.13-32). 2) Mau sacerdote, filho de Eli (1Sm 1.3; 2.12-36; 4.11-18).
FINGIR Demonstrar, por falsa aparência, o que não é real (2Sm 14.2; Lc 20.20).
FIO 1) Linha fiada e torcida (Jz 15.14). 2) Fio de cabelo (At 27.34).
FÍSICO Referente ao corpo (1Tm 4.8).
FIXAR 1) Pregar (Is 41.7). 2) Prender (Êx 26.32). 3) Firmar o olhar (2Co 3.7; Hb 11.26).
FLAUTA Instrumento musical de sopro que consiste de um tubo com orifícios (Sl 150.4; Mt 11.17).
FLECHA Arma que consiste de uma vara que tem numa das extremidades uma ponta penetrante e na outra tem penas e que é atirada por meio de um ARCO (2Rs 13.15).
FLECHEIRO Caçador ou guerreiro que usa arco e FLECHA (Is 21.17).
FLORESCER 1) Produzir flores (Sl 103.5; Is 17.11). 2) PROSPERAR, ter sucesso (Sl 92.12).
FLORESTA Grande extensão de terra coberta de árvores e de plantas rasteiras (Is 10.18,34).
FOICE Ferramenta cortante em forma de lua em quarto minguante usada na COLHEITA (1Sm 13.20; Ap 14.15).
FÔLEGO Respiração (Is 42.5).
FOME 1) Apetite (Mt 25.42). 2) Falta de alimentos (Sl 33.19).
FORCA Armação na qual um condenado morre ESTRANGULADO por uma corda (Et 5.14).
FORMAS DE TRATAMENTO V.PRONOMES DE TRATAMENTO.
FORMATO Forma (Êx 25.33).
FORNALHA Grande forno (Dn 3.6; Mt 13.42).
FORTALEZA 1) Construção feita para defender um lugar de ataques inimigos (2Sm 5.7; At 21.34). 2) Proteção (Sl 31.3). 3) Fig. idéias falsas (2Co 10.4).
FRACASSAR Falhar; ser mal sucedido; não ter êxito (Pv 15.22).
FRANQUEZA Qualidade de quem é sincero, leal, espontâneo (Pv 27.5; Rm 15.15).
FRASCO Garrafa pequena, feita de barro ou de ALABASTRO, para guardar azeite (1Sm 10.1), ou perfume (Ec 10.1; Mt 26.6-7).
FRASE Grupo de palavras que formam sentido completo (Êx 28.36).
FREIO Peça de metal que passa pela boca de animal de montaria e que é presa às RÉDEAS, com as quais o cavaleiro o dirige (Tg 3.3).
FRÍGIA Distrito da PROVÍNCIA romana da ÁSIA. A Frígia ficava numa região onde hoje está a Turquia. Paulo pregou ali (At 16.6; 18.23).
FRIGIDEIRA Utensílio redondo e raso, feito de barro ou de metal, usado para assar ou fritar (Lv 2.7).
FRONTEIRA Linha que separa um país ou estado de outro; limite (2Rs 3.21).
FROTA Conjunto de navios pertencentes a um país ou a uma companhia (1Rs 10.22).
FROUXO Folgado; bambo (Is 33.22-23).
FRUTÍFERO Que produz fruto (Ne 9.25).
FUNÇÃO A/cão própria de cada parte do corpo (Rm 12.4).
FUNDA Arma feita de uma tira estreita de couro, alargada no meio, usada para atirar uma pedra ao longe. Numa das pontas da tira há uma alça, que é segurada pelo atirador ao girar a funda sobre a cabeça, enquanto que a outra ponta é solta, no momento certo, para lançar a pedra (Jz 20.16; 1Sm 17.49).
FUNDAMENTAL Pedra que é assentada com solenidade para marcar o início de uma construção (2Cr 8.16; Ef 2.20).
FUNDAR Edificar desde os alicerces; estabelecer (1Cr 4.3; Is 23.7).
FUNDIÇÃO Produção de objetos por derramar metal derretido em molde (1Rs 7.46).
FUNDIR 1) Produzir por FUNDIÇÃO (Êx 32.8; 1Rs 7.24; Sl 106.19).
FÚRIA FUROR (Sl 7.6).
FUROR Ira violenta; CÓLERA (Gn 49.6-7; Sl 6.1; Ap 16.19).
FURÚNCULO Inflamação dolorida na pele, com formação de carnegão (Lv 13.18-23).
 
G
GABAR Contar vantagem; elogiar (1Rs 20.11; Pv 17.19; 2Co 12.1-9).
GABATÁ Nome hebraico do lugar chamado de “A Calçada de Pedra”, onde Pilatos julgou Jesus (Jo 19.13).
GABRIEL [Homem de Deus] Anjo, mensageiro de Deus (Dn 8.16; Lc 1.11,19,26).
GADARA Uma das cidades da região de DEZ CIDADES, onde Jesus curou dois endemoninhados (Mt 8.28). Marcos (5.1) e Lucas (8.26) dizem que o milagre aconteceu em Gerasa. E há outros nomes em vários manuscritos gregos. Provavelmente Gadara era a cidade mais importante da região.
GADE [Sorte] 1) Filho de Jacó (Gn 30.11). 2) TRIBO (Js 13.24). 3) Território (Ez 48.28) 4) A deusa SORTE.
GADO Quadrúpedes domesticados e usados para alimentação, tração, montaria, etc. (Jr 49.32). Na Bíblia há referências ao gado bovino (bois, touros, vacas, novilhos), ao eqüino (cavalos, mulas, jumentos), ao caprino ou cabrum (bodes e cabras), ao ovino ou ovelhum (ovelhas, carneiros e cordeiros) e ao suíno (porcos).
GAFANHOTO Inseto pertencente à ordem dos grilos. Os gafanhotos se alimentam de folhas; eles aparecem em bandos (nuvens) e acabam com as plantações (Jl 1.4; 2.1-11). Algumas espécies eram usadas como alimento (Mt 3.4) e outras eram proibidas (Lv 11.22).
GAIOLA Caixa com grades para levar animais (Ez 19.9).
GAIVOTA Ave branco-acinzentada que vive no litoral e que se alimenta de pequenos peixes e de lixo do mar (Dt 14.15).
GALÁCIA PROVÍNCIA romana situada no centro-norte da ÁSIA MENOR, onde hoje está a Turquia. A Galácia foi visitada por Paulo (At 18.23) e ali havia várias igrejas (1Co 16.1).
GÁLATAS, CARTA AOS Carta escrita por Paulo às igrejas da GALÁCIA para combater um grupo que ensinava o seguinte: um não-judeu só pode se tornar cristão se obedecer às leis dos judeus, especialmente a da CIRCUNCISÃO (v.At 15.1-33). Paulo ataca essa doutrina errada, esse “outro evangelho”. Ele defende a sua autoridade de apóstolo e ensina que a salvação depende da fé e não daquilo que a Lei de Moisés manda fazer. Paulo mostra como Abraão foi salvo não por causa das suas obras, mas pela sua fé. E termina falando da liberdade que têm aqueles que crêem em Cristo (5.1).
GALEEDE [O Montão do Testemunho] Nome hebraico do montão de pedras feito por Labão e Jacó para se lembrarem de um trato. O nome ARAMAICO é Jegar-Saaduta (Gn 31.45-55).
GALILÉIA Uma das PROVÍNCIAS da terra de Israel. Sua parte norte era chamada de “Galiléia dos pagãos” porque ali moravam muitos estrangeiros (Is 9.1). Jesus era chamado de “o Galileu” (Lc 22.59) por ter sido criado na Galiléia e por ter ali ensinado as suas doutrinas e escolhido os primeiros apóstolos (Mt 4.18-22). Os galileus tinham fama de culturalmente atrasados. No tempo de Cristo era HERODES Antipas quem governava a Galiléia.
GALILÉIA, LAGO DA Lago que fica no Norte da terra de Israel. É formado pelo rio Jordão. Mede 21 km de norte a sul, e a sua largura é de 13 km. Tinha peixe em abundância e estava sujeito a tempestades violentas.
GALILEU Natural da GALILÉIA (At 5.37).
GÁLIO GOVERNADOR romano da Acaia quando Paulo esteve em Corinto, em 51 d.C. Negou-se a aceitar acusações contra Paulo e o declarou inocente (At 18.12-17).
GALOPAR Andar a galope, a carreira mais rápida dos cavalos (Jz 5.22).
GAMALIEL [Deus Recompensa] FARISEU e MESTRE DA LEI, de quem Paulo foi aluno (At 22.3). Era tolerante em relação aos cristãos (At 5.34-39).
GAMO Animal parecido com o veado e que tem chifres achatados (Dt 14.5).
GANÂNCIA Ambição de ganhar e possuir; cobiça (Pv 11.6; Hc 2.5; Mt 23.25).
GANGRENA Apodrecimento de tecido ou de órgão do corpo (2Tm 2.17).
GARANTIA Aquilo que se dá a fim de assegurar uma promessa (Gn 38.17; 2Co 1.22; 5.5; Ef 1.14).
GARÇA Ave de pernas e pescoço longos que vive à beira da água (Lv 11.19).
GARRA 1) Unha pontuda e curva de alguns animais e de algumas aves (Dn 4.33). 2) OPRIMIDO; EXPLORAR (Jó 29.17; Sl 41.2).
GATE Cidade filistéia, onde Golias nasceu (1Sm 5.8; 17.4).
GAVIÃO Espécie de várias ordens de aves diurnas que se alimenta de carne (Lv 11.16). V.FALCÃO.
GAZA Cidade filistéia (Js 10.41; Jz 1.18; 16.1; 2Rs 18.8; At 8.26).
GAZELA Animal parecido com o veado. A gazela tem chifres redondos, grossos e em espiral e é admirada por sua beleza (Ct 4.5).
GEADA Camada branca de orvalho congelado (Jó 38.29).
GEAZI [Vale da Visão ? Negador ?] Empregado do profeta Eliseu (2Rs 4.8—5.27).
GEDALIAS [Javé É Grande] Governador de Judá por dois meses (Jr 40—41).
GEDI OÁSIS que ficava na costa oeste do mar Morto, no território de Judá (1Sm 24.1; Ct 1.14).
GEENA Lugar de castigo para os mortos. V.HINOM, SHEOL e HADES.
GEMARIAS [Javé Realiza] 1) Filho de Safã, o escriba e amigo de Jeremias (Jr 36.10-25). 2) Filho de Hilquias, que o rei Zedequias enviou como embaixador a Nabucodonosor (Jr 29.3).
GÊMEO Cada uma das crianças nascidas de um mesmo parto (Gn 38.27).
GENEROSIDADE Qualidade daquele que gosta de dar dinheiro (Pv 11.24; Rm 12.8; 2Co 8.2; 9.10-11). Ver também Tt 3.6.
GENESARÉ Vale próximo do lago da Galiléia (Mt 14.34).
GÊNESIS O primeiro livro do PENTATEUCO e da Bíblia, no qual se conta como tudo o que existe começou e como surgiram os seres humanos, o pecado e o sofrimento. E nele se conta como Deus, no começo, aparecia às pessoas e mostrava como deveriam ser obedientes a ele. O livro de Gênesis divide-se em duas partes. A primeira, do cap. 1 ao 11, conta o começo de tudo. Encontram-se aqui as histórias de Adão e Eva, de Caim e Abel, de Noé e o dilúvio e da torre de Babel. A segunda parte, do cap. 12 ao 50, conta a história dos PATRIARCAS hebreus: Abraão, Isaque, Jacó e os seus doze filhos, que foram o começo das doze tribos de Israel. E o livro termina com a história de José, um dos filhos de Jacó, que fez com que os seus irmãos e o seu pai fossem morar no Egito. No livro de Gênesis Deus age. Ele cria o mundo, cuida das pessoas e mostra interesse pelo seu povo. Deus julga e castiga os maus e abençoa os que lhe obedecem.
GENRO O marido da filha em relação aos pais dela (Gn 19.12).
GERA Medida de peso igual a 0,571 g. É 1/20 do SICLO (Lv 27.25; Ez 45.12). Pronuncia-se gêra.
GERAÇÃO 1) Sucessão de descendentes em linha reta: pais, filhos, netos, bisnetos, trinetos, tataranetos (Mt 1.17). 2) Conjunto de pessoas vivas numa mesma época (Lc 1.50).
GERAR Dar existência a (Jó 10.10; Jr 16.3).
GERASA V.GADARA (Mc 5.1; Lc 8.26).
GERIZIM Monte de Samaria que fica defronte do monte Ebal. No monte Gerizim se recitavam as bênçãos da Lei (Dt 28.1-14), e ali os samaritanos construíram o seu templo (Jo 4.20-21).
GÉRSON [Estrangeiro] Primeiro filho de Moisés (Êx 2.22).
GESURITA Natural de Gesur, pequeno reino situado perto do monte Hermom (Js 13.13).
GETSÊMANI [Lagar de Óleo] Lugar no monte das Oliveiras em que havia um jardim onde Jesus costumava orar (Mt 26.36).
GEZER Cidade cercada de muralhas que ficava 29 km a oeste de Jerusalém (Js 21.21; 1Rs 9.15-17).
GIBEÁ Cidade que ficava na região montanhosa de Benjamim (Jz 19—20).
GIBEOM Cidade principal dos HEVEUS, que ficava oito km a noroeste de Jerusalém. Os gibeonitas fizeram um tratado de paz com Josué (Js 9—10). A cidade foi dada aos sacerdotes (Js 21.17).
GIDEÃO [Derrubador] JUIZ 2) que vivia em Ofra, perto do monte Gerizim (Jz 6—8). Deus o escolheu para libertar Israel da opressão dos midianitas, que ele derrotou com a ajuda de trezentos homens (Jz 7). Gideão foi juiz durante quarenta anos.
GIGANTES Raça de gente alta e muito forte que morava em CANAÃ (Nm 13.33).
GILBOA A montanha em que Saul enfrentou os filisteus e onde morreu (1Cr 10.1-14).
GILEADE Região montanhosa e florestal que ficava a leste do Jordão (Gn 31.21), famosa por remédio que produzia (Jr 8.22).
GILGAL Primeiro acampamento dos israelitas a oeste do Jordão (Js 4.19-24).
GIOM [Ribeirão] 1) Um dos quatro rios do Éden (Gn 2.13). 2) Fonte que abastecia Jerusalém (2Cr 32.30).
GIRGASEUS Um dos sete povos que Josué expulsou de Canaã (Js 3.10). Eram descendentes de CANAÃ (Gn 10.16).
GLÓRIA 1) Honra ou louvor dado a coisas (Is 13.19; Ap 18.7), a pessoas (Lc 2.32) ou a Deus (Lc 2.14). 2) A majestade e o brilho que acompanham a revelação da presença e do poder de Deus (Sl 19.1; Ez 1.28; Mt 16.27) e de Jesus (Lc 9.32). 3) O novo corpo ressuscitado, espiritual e imortal, em que os salvos serão transformados e o lugar onde eles viverão (Cl 3.4).
GLORIA IN EXCELSIS V.CÂNTICOS DO ADVENTO 4).
GLORIFICAR Dar GLÓRIA 1) (1Cr 23.30).
GLORIOSO Que tem a majestade e o brilho que acompanham a revelação da presença e do poder de Deus (Rm 3.23; 6.4; 8.21).
GLOSSOLALIA V.FALAR EM LÍNGUAS (pronuncia-se glossolalía).
GNOSTICISMO Termo derivado do grego gnosis, conhecimento, e que designa um tipo de filosofia religiosa do segundo século da era cristã. No NT já há sinais de certos desvios doutrinários dos gnósticos. O gnosticismo era uma mistura de elementos judaicos, cristãos e pagãos com vistas a responder a duas perguntas: 1) Como reconciliar a presença do mal num mundo criado por um Deus perfeito e bom? 2) Como se prendeu o espírito à matéria, que é má, e como libertá-lo? A primeira questão era resolvida assim: Deus criou uma série de seres que foram se tornando imperfeitos (DEMIURGOS), e um deles criou o mundo com seus males. A segunda questão era resolvida ou por um tratamento severo do corpo (Cl 2.21-23; 1Tm 4.3) ou por uma vida de prática de imoralidades sexuais (2Tm 3.2-7; Jd 4,8). Para os gnósticos o corpo de Jesus não era real: era um fantasma (1Jo 2.23; 4.2-3). E a salvação não era pela fé, mas pelo conhecimento (1Tm 6.20).
GOGUE E MAGOGUE Nomes que representam todas as nações inimigas de Deus que lutarão contra o seu povo na batalha final (Ap 20.7-9). Esses dois nomes são mencionados em Ez 38 e 39, onde se fala da derrota de Gogue, do país de Magogue, na luta contra o povo de Israel.
GÓLGOTA V.CALVÁRIO (Mt 27.33).
GOLIAS [Exilado ? Adivinho ?] Gigante de Gate, que desafiou o exército de Israel e foi morto por Davi (1Sm 17).
GOMER [Perfeição ? Ardor ?] Esposa de OSÉIAS (Os 1.2-3).
GOMORRA Cidade que ficava na planície ao sul do mar Morto. Foi destruída por causa da maldade dos seus moradores (Gn 19.24-28).
GOSÉM Distrito do Egito onde Jacó e sua família foram morar quando José era primeiro-ministro (Gn 46.28).
GOVERNADOR Aquele que governa um país ou uma PROVÍNCIA como representante do rei (Gn 42.6; Dn 2.48; Mt 27.2).
GOZÃ Cidade assíria que ficava junto ao rio do mesmo nome (2Rs 17.6).
GRAÇA 1) O amor de Deus que salva as pessoas e as conserva unidas com ele (Ef 2.5). 2) A soma das bênçãos que uma pessoa, sem merecer, recebe de Deus por meio de Cristo (Rm 6.1). 3) O poder sustentador de Deus que permite que a pessoa salva continue fiel e firme na vida cristã (Rm 5.17; 1Co 1.4-6). 4) “De graça” é “sem pagar” (Gn 29.15).
GRACIOSO Formoso; lindo (Pv 5.19; Ct 7.7).
GRADE Estrutura de tiras cruzadas de ferro ou de madeira (Jz 5.28).
GRALHA Ave de voz estridente, que vive aos bandos (Lv 11.18).
GRANADA Pedra semipreciosa geralmente avermelhada (Êx 28.17).
GRANDE SACERDOTE O sacerdote-chefe (Êx 28; Lv 16). Na época do NT, ele era o presidente do CONSELHO SUPERIOR dos judeus (Mc 14.53). Jesus é chamado de “Grande Sacerdote” porque, diante de Deus, ele é o representante dos que são salvos, conseguindo o perdão dos pecados deles (Hb 4.14—5.10; 9.11-28).
GRANDE TERROR, O Expressão que ocorre em Dn 9.27; 11.31; 12.11; Mt 24.15; Mc 13.14. Refere-se ao altar pagão que ANTÍOCO Epifanes, em 168 a.C., mandou construir sobre o altar dos sacrifícios, que ficava em frente ao Templo (1Macabeus 1.54,59). Jesus, ao usar essa expressão, estava se referindo ao fato de que os soldados romanos iriam colocar no Templo os seus estandartes, nos quais havia figuras de deuses pagãos (Mt 24.15).
GRÃO 1) Semente de cereais e de outras plantas (Gn 41.22; Jo 12.24). 2) De areia (Gn 22.17; Hb 11.12).
GRAVAR V.ESCULPIDO (Êx 28.36).
GRAVETO Cavaco; galho seco (At 28.3).
GRÁVIDA Que está com filho na barriga (2Rs 15.16; Lc 2.5).
GRÉCIA País situado no Sul da Europa (Dn 10.20). A filosofia, a cultura e a língua dos gregos se espalharam pelo mundo bíblico no tempo das conquistas de ALEXANDRE 1). Na segunda e terceira viagens missionárias Paulo esteve na Grécia, que naquele tempo estava dividida em duas PROVÍNCIAS romanas: a Macedônia, ao Norte, e a Acaia, ao Sul. Ele esteve nas cidades de Filipos, Tessalônica, Beréia, Atenas e Corinto (At 16.6—18.18; 20.1-6).
GREGO 1) Natural da Grécia ou descendente de gregos (Jl 3.6). 2) Língua em que foi escrito o NT (At 21.37; v.COINÉ).
GRELHA Grade de metal (Êx 27.4).
GRILO Inseto que salta e emite som agudo e penetrante (Lv 11.22).
GROSSEIRO De qualidade inferior; áspero (Is 20.2).
GRUPO DE PROFETAS Profetas que se reuniam em torno de grandes figuras, como Samuel e Elias, para adoração, oração e instrução religiosa (1Sm 10.5). Nos dias de Elias e Eliseu eles viviam juntos em Betel, Jericó e Gilgal (2Rs 2.1-18; 4.38).
GRUTA Caverna (Jo 11.38).
GUARDA DO PALÁCIO Soldados que serviam como guardas no palácio do imperador ou nos palácios dos governos das PROVÍNCIAS romanas (Fp 1.13).
GUARNIÇÃO Enfeite em beirada (1Rs 7.31).
GUERRA Atividade normal nos tempos do AT (2Sm 11.1). Os inimigos dos israelitas eram considerados inimigos de Deus (1Sm 30.26). Deus era representado como um guerreiro, combatendo em favor de Israel (Êx 15.3; Sl 24.8; Is 42.13) ou usando a guerra para castigar Israel (Is 5.26-30; Jr 5.15-17) e outras nações (Is 13; Jr 46.1-10). Mas Isaías também profetizou uma era de paz (Is 2.1-5; 65.16-25). Nos tempos apostólicos, quando os romanos dominavam Israel, a linguagem da guerra só aparece em METÁFORAS (Ef 6.11-17) e para descrever a batalha do fim dos tempos (Ap 20.7-10).
GULOSO Aquele que gosta de comer ou beber em excesso (Is 56.11).
 
H
HABACUQUE [Abraço] Profeta que viveu no tempo em que o povo da CALDÉIA, em 612 a.C., derrotou os assírios e se tornou o império mais poderoso do mundo (1.6). Talvez fizesse parte do grupo de músicos do Templo (3.1), que nesse tempo ainda estava de pé (2.20). V.HABACUQUE, LIVRO DE.
HABACUQUE, LIVRO DE Oitavo livro da coleção dos PROFETAS MENORES. O autor vê o perigo que o seu povo está correndo e não entende como Deus pode tolerar os babilônios, um povo mau e cruel. Deus responde que virá o tempo em que ele castigará os inimigos do povo de Israel. Que o profeta espere com paciência, confiando na justiça divina. Os maus serão castigados, e aqueles que são fiéis a Deus viverão. O livro termina com uma oração, em forma de hino, em que Habacuque louva a grandeza de Deus e mostra a sua fé nele.
HABILIDADE Queda ou capacidade para fazer alguma coisa (Êx 31.3).
HABIRU [Errantes] Povos errantes, sem habitação fixa, que viviam no ORIENTE MÉDIO nos tempos antigos. São mencionados em achados ARQUEOLÓGICOS datados entre os séculos dezoito e quinze a.C. Abraão era chamado de “o hebreu” (ibri), e possivelmente os hebreus que conquistaram Canaã estavam relacionados com os habiru.
HABITAR Morar (Êx 16.35; Ez 36.35).
HADADE [Poderoso ? Trovão ?] 1) Rei de Edom (Gn 36.31-39). 2) Membro da família real de EDOM que se revoltou contra Salomão (1Rs 11.14-25). 3) O último dos antigos reis de Edom (1Cr 1.43-50). 4) O deus sírio do trovão (v.HADADE-RIMOM).
HADADEZER [Ajuda Poderosa] Rei de Zoba, que ficava a nordeste de Damasco, derrotado duas vezes por Davi (2Sm 8.3-8; 10.16-19).
HADADE-RIMOM Nome próprio aplicado a BAAL. Hadade-Rimom era o maior dos deuses sírios. Seu nome é composto de HADADE, deus do trovão, e de RIMOM, deus do vento, da chuva e da tempestade. Esse Baal era o deus da fertilidade adorado em Canaã e na Síria. Os seus adoradores acreditavam que, quando ele morria, as plantas secavam; por isso choravam a morte dele (Zc 12.11).
HADASSA [Murta] Outro nome de ESTER (Et 2.7).
HADES Palavra grega que designa a morada dos mortos, bons e maus. Em quase todos os contextos, hades é equivalente a SHEOL (At 2.31). Possivelmente no seu EVANGELHO, Lucas (16.23) tenha empregado hades como equivalente de GEENA, num contexto de castigo e tormento, visto que essa era a visão típica dos gregos e dos romanos quanto à situação das pessoas depois de sua morte.
HAGARITAS Povo árabe, talvez descendente de ISMAEL. No tempo de Saul a tribo de Rúben os combateu (1Cr 5.10,19-20).
HAGIÓGRAFA Nas Escrituras judaicas, a terceira divisão do AT. Inclui Sl, Pv, Ct, Rt, Lm, Ec, Et, Dn, Ed, Ne, 1Cr e 2Cr. Essa divisão se chama também de “Escritos” ou de “Salmos” (Lc 24.44).
HALEL [Louvor] Nome dado aos Salmos 113—118 (Halel Egípcio), cantados nas festas da Páscoa, das BARRACAS, de Pentecostes e da Dedicação. Os Salmos 120—136 são às vezes chamados de “O Grande Halel”. (Pronuncia-se halêl, com h aspirado.)
HAMÃ [Celebrado ?] Primeiro-ministro de XERXES 2) e feroz inimigo dos judeus (Et 3.1—7.10).
HAMARTOLOGIA Doutrina a respeito do pecado.
HAMATE Cidade e reino situado na Síria, no vale do rio Orontes (2Sm 8.9).
HAMATEUS Descendentes de CANAÃ 1) (Gn 10.18).
HANAMEL [Deus É Amor] Primo de Jeremias. O profeta comprou dele uma propriedade (Jr 32.7-12).
HANANIAS [Javé É Amor] Profeta falso que se opôs a Jeremias (Jr 28).
HANUM [Bondoso] Filho de Naás, rei dos AMONITAS. Hanum maltratou os mensageiros que Davi lhe tinha enviado, o que resultou numa guerra em que os amonitas foram derrotados e dominados (2Sm 10).
HARÃ [Montanhês] 1) Irmão de Abraão e pai de Ló (Gn 11.26-28). 2) Cidade que ficava ao norte da MESOPOTÂMIA, às margens do rio Balique, um afluente do Eufrates. Tera, pai de Abraão, emigrou com sua família para Harã (Gn 11.31). Naor, irmão de Abraão, ficou em Harã, mas Abraão foi para Canaã (Gn 12.4). Em Harã Eliezer encontrou esposa para Isaque (Gn 24), e aí Jacó se casou com Léia e com Raquel (Gn 29.1-30).
HARARITA Natural da região montanhosa de Judá ou de Efraim (2Sm 23.11).
HARÉM 1) Parte do palácio em que moravam as CONCUBINAS e as outras mulheres de um rei ou de uma alta autoridade (Et 2.3). 2) O conjunto das mulheres que moravam no harém (Et 2.15).
HARMONIA Acordo (Fp 2.2).
HARPA Instrumento musical em forma de triângulo, tendo dez ou doze cordas que eram tangidas com os dedos (Sl 57.8).
HASTE Pé (Êx 25.31).
HAURÃ [Terra Preta ?] Vasta e fértil planície situada a leste do rio Jordão (Ez 47.18), que hoje faz parte da Síria.
HAVILÁ Região rodeada pelo rio Pisom, provavelmente localizada na MESOPOTÂMIA ou na Armênia (Gn 2.11).
HAZAEL [Deus Vê] Rei da Síria, que reinou de 841 a 798 a.C. em lugar de Ben-Hadade, a quem assassinou. Dominou e castigou o povo de Israel e esteve a ponto de atacar Jerusalém (2Rs 8.7-15,28-29; 10.32; 12.17-18; 13.3,22-24).
HAZOR Cidade que ficava no Norte de Canaã, governada no tempo de Josué por Jabim (Js 11.10-13). Duzentos anos depois, outro Jabim, também de Hazor, foi derrotado por Débora e Baraque (Jz 4). V. também 1Rs 9.15 e 2Rs 15.29.
HEBRAICO Língua em que foi escrito o AT, fora alguns poucos trechos que foram escritos em ARAMAICO (Jo 19.20). Em Jo 5.2; 19.13,17 e 20.16 a palavra HEBRAICO quer dizer ARAMAICO, e o mesmo pode-se dizer provavelmente de At 21.40; 22.2 e 26.14.
HEBRAÍSMO Palavra ou expressão própria da língua hebraica, que não dá sentido quando é traduzida ao pé da letra para outra língua. Exemplos: “Nome” em hebraico freqüentemente quer dizer a própria pessoa, e não o seu “nome”. Em Sl 8.9, “magnífico em toda a terra é o teu nome” quer dizer “a tua grandeza é vista no mundo inteiro” (NTLH). Há um versículo em que tanto no texto grego como na Almeida RC se diz: “Como será isso, visto que não conheço varão?” A NTLH dá o sentido desse hebraísmo: “Isso não é possível, pois eu sou virgem” (Lc 1.34).
HEBREU Designação que se aplica a Abraão e aos seus descendentes (Êx 3.18). É o mesmo que ISRAELITA. A primeira pessoa a ser chamada de “hebreu” foi Abraão (Gn 14.13). Há três explicações para a origem dessa palavra: 1) Deriva-se de HABIRU. 2) Vem de ÉBER. 3) Vem da raiz hebraica que quer dizer “atravessar”, isto é, o morador do leste do Eufrates referindo-se ao morador de Canaã, que havia “atravessado para o outro lado” daquele rio.
HEBREUS, CARTA AOS Carta escrita a cristãos de origem judaica para mostrar-lhes que a fé cristã é superior à fé judaica. A nova ALIANÇA é superior à antiga. Jesus é a revelação completa e eterna de Deus. Ele é o Filho de Deus, superior aos profetas do AT, aos anjos e a Moisés e Josué. Ele é o eterno GRANDE SACERDOTE que se ofereceu a si mesmo como sacrifício perfeito a Deus a fim de tirar os pecados da humanidade. À luz do exemplo dos heróis da fé (cap.11), os cristãos também devem permanecer firmes na verdade que abraçaram.
HEBROM [Companhia] Cidade muito antiga, situada 30 km ao sul de Jerusalém. Antes de ter esse nome, chamava-se Quiriate-Arba. Abraão, Isaque e Jacó apreciavam Hebrom, e ali ficava a sepultura da família (Gn 23.2,19; 35.27). Hebrom foi dada a Calebe (Js 14.6-15) e se tornou uma CIDADE PARA FUGITIVOS. Por sete anos e meio foi sede do governo de Davi (2Sm 2.11). Em Hebrom se produzem excelentes uvas e azeitonas.
HELENISMO Influência da língua, das idéias e dos costumes gregos que se espalharam pelo mundo Mediterrâneo, incluindo o Oriente Médio, onde ficava Israel. Isso aconteceu como resultado das conquistas de Alexandre Magno (334-325 a.C.) e durou três séculos e meio.
HELIÓPOLIS [Cidade do Sol] Cidade egípcia, também chamada de Om, onde era adorado o sol (Gn 41.45).
HEMÃ [Fiel] 1) Sábio do tempo de Salomão (1Rs 4.31), provável autor do Sl 88. 2) Levita músico (1Cr 25.5-6).
HEMORRAGIA Escorrimento de sangue (Mt 9.20).
HENA Planta decorativa, cujas flores têm cheiro agradável. É usada como perfume, como cosmético (nas mãos, nos pés e nas unhas) e para tingir os cabelos (Ct 4.13).
HENOTEÍSMO Adoração a um deus, sem se negar a existência de outros deuses; monolatria (1Sm 4.8). V.MONOTEÍSMO e POLITEÍSMO.
HERANÇA 1) Propriedades ou bens recebidos de um antepassado após a sua morte (Pv 13.22; Lc 12.13). 2) Figuradamente, o próprio JAVÉ (Ez 44.28).
HERDEIRO Aquele que recebe HERANÇA (Gn 15.3).
HERMENÊUTICA Ciência dos princípios de interpretação, por exemplo, dos textos bíblicos. É a base da EXEGESE.
HERMES [Intérprete] Amigo de Paulo em Roma (Rm 16.14).
HERMOM Majestoso monte localizado no extremo Norte de Israel, perto de Cesaréia de Filipe. Era chamado de SENIR pelos amorreus e de SIRIOM pelos sidônios. Seu topo fica a três mil metros de altitude, estando sempre coberto de neve. A transfiguração de Jesus se deu, provavelmente, ao pé desse monte (Sl 133.3; Mt 17.1-13).
HERODES Nome comum de vários reis IDUMEUS que governaram a Palestina de 37 a.C. até 70 d.C. 1) Herodes, o Grande (37 a 4 a.C.), construiu Cesaréia, reconstruiu o Templo e mandou matar as criancinhas em Belém (Mt 2.1-18). Quando morreu, o seu reino foi dividido entre os seus três filhos: Arquelau, Antipas e Filipe. 2) Arquelau governou a Judéia, Samaria e Iduméia de 4 a.C. a 6 d.C. (Mt 2.22). 3) Herodes Antipas governou a Galiléia e a Peréia de 4 a.C. a 39 d.C. Foi ele quem mandou matar João Batista (Mt 14.1-12). Jesus o chamou de “raposa” (Lc 13.31). 4) Filipe, que governou bem, de 4 a.C. a 34 d.C., a região que ficava a nordeste do lago da Galiléia, isto é, Ituréia, Gaulanites, Batanéia, Traconites e Auranites (Lc 3.1). 5) Herodes Agripa I governou, de 41 a 44 d.C., toda a Terra de Israel, como havia feito Herodes, o Grande, seu avô. Esse Agripa mandou matar Tiago (At 12.1-23). 6) Herodes Agripa II governou o mesmo território que Filipe havia governado (50-70 d.C.). Paulo compareceu perante esse Agripa (At 25.13—26.32).
HERODIANO V.PARTIDO DE HERODES.
HERODIAS Neta de HERODES 1). Ela conseguiu que Herodes Antipas, seu marido, mandasse matar João Batista (Mt 14.3-12). Isso porque João havia condenado a união ilícita dela com Antipas, que era seu cunhado.
HESBOM Cidade de Moabe que ficava 30 km a leste do Jordão (Nm 21.30).
HETE [Terrível] Filho de CANAÃ 1), antepassado dos HETEUS (Gn 10.15).
HETEUS Descendentes de HETE, geralmente conhecidos como “hititas”, que dominaram a ÁSIA MENOR de 1900 a 1200 a.C. (Jz 1.26). Na Turquia, em Bogaz-Koi, antiga capital dos heteus, os arqueólogos descobriram dez mil lâminas (placas) com inscrições que lançam luz sobre essa antiga civilização que teve tantos contatos com o povo de Israel.
HEVEUS [Camponeses] Descendentes de CANAÃ 1) (Gn 10.17). Um dos sete povos que Josué derrotou por ocasião da conquista de Canaã (Js 24.11). Provavelmente o mesmo que HOREUS.
HEXAPLA Texto comparativo do AT preparado por Orígenes, antes de 245 d.C., arranjado em seis colunas, lado a lado, a saber: 1) o texto hebraico; 2) o texto hebraico transliterado em letras gregas; 3) a versão grega de Áquila; 4) a versão grega de Símaco; 5) a SEPTUAGINTA; 6) a versão grega de Teodocião. “Héxapla” quer dizer “sêxtupla”.
HEXATEUCO [Seis Livros] O PENTATEUCO mais o livro de Josué considerados como sendo uma unidade literária.
HICSOS [Reis de Países Estrangeiros] Nome de um grupo de povos cananeus e amorreus, cujo poder se estendeu do Norte da MESOPOTÂMIA ao centro da ÁSIA MENOR e ao Egito. Entre 1700 e 1580 a.C. dominaram uma parte do NILO. Parece que os israelitas foram morar no Egito no tempo em que era dominado pelos hicsos.
HIENA Animal parecido com o lobo. Tem pêlo cinzento ou avermelhado, com manchas escuras. Alimenta-se de carnes de animais mortos e de carniça (Is 13.22).
HIERÓGLIFO Figura que servia como letra na escrita dos antigos egípcios. Nessa escrita eram usadas umas 700 figuras ou sinais diferentes.
HILQUIAS [Porção de Javé] Grande Sacerdote que encontrou o livro da Lei e o enviou ao rei Josias (2Rs 22—23).
HINO Poesia musicada usada nas reuniões de adoração a Deus e na devoção particular. O livro dos Salmos era o hinário de Israel e da Igreja cristã. As canções de louvor cantadas após a ceia (Mt 26.30) foram o HALEL (Sl 113—118). Lucas registra quatro hinos cristãos, os hinos do Advento, conhecidos pelos seus títulos em latim: o Magnificat (“anuncia a grandeza” 1.46-55); o Benedictus (“Louvemos o Senhor” - 1.68-79); o Nunc Dimittis (“podes deixar partir” - 2.29-32); e o Gloria in Excelsis (“glória nas alturas” - 2.14). Há citações de hinos, aparentemente, em Ef 5.14; Fp 2.6-11; 1Tm 1.17; 3.16; 6.16; 2Tm 4.18.
HINOM Vale situado a sudoeste de Jerusalém, entre a estrada que vai para Belém e a que vai para o mar Morto. Estava na divisa entre Judá e Benjamim (Js 15.8). Ali se queimavam crianças no culto a MOLOQUE (2Rs 23.10). Mais tarde era lugar onde se queimava lixo. Geena é a forma grega do hebraico ge-hinom, que quer dizer “vale de Hinom”. A palavra Geena ocorre 12 vezes no NT e é traduzida por “inferno” (Mt 5.22).
HINOS DO ADVENTO V.HINO.
HIPÉRBOLE FIGURA DE LINGUAGEM em que se exagera ou se diminui a verdade das coisas (Nm 13.33).
HIPOCRISIA Ato de fingir o que a gente não é, ou não sente, ou não crê; falsidade (Gl 2.13).
HIRÃO [O Irmão É Exaltado] Rei de Tiro, amigo de Davi e de Salomão. Ele enviou alimentos, ouro e materiais para a construção do Templo e também mandou marinheiros para os navios de Salomão (1Rs 5.1-18; 9.11-14,27; 10.22).
HISSOPO Planta que, na, PURIFICAÇÃO, era usada para borrifar líquidos (Êx 12.22; Jo 19.29; pronuncia-se hissôpo).
HISTÓRIA DOS REIS DE ISRAEL Este livro, que não existe mais, é mencionado várias vezes em 1 e 2Reis. Serviu como fonte de informação a respeito de todos os reis, menos Jorão e Oséias (1Rs 16.5). Semelhante a esse é a História dos Reis de Judá (1Rs 15.7).
HITITAS HETEUS.
HOBABE [Querido] Filho de JETRO e cunhado de Moisés (Nm 10.29; Jz 4.11).
HOFNI [Forte ? Girino ?] Um dos filhos de ELI. Hofni e Finéias, seu irmão, eram sacerdotes maus, tendo morrido numa batalha contra os filisteus (1Sm 2.22—4.17).
HOFRA [Sacerdote do Sol] Rei do Egito, cuja derrota Jeremias profetizou (44.30).
HOJE, ATÉ V.ATÉ HOJE
HOLOCAUSTO V.SACRIFÍCIOS E OFERTAS 1).
HOMEM 1) Qualquer indivíduo pertencente à espécie animal racional (Gn 2.15). O ser humano é composto de corpo e alma. Foi criado à imagem e semelhança de Deus, podendo, por isso, ter comunhão com ele (Gn 1.26; v.IMAGEM DE DEUS). 2) Os seres humanos; a humanidade (Gn 1.26, hebraico adham). 3) Ser humano do sexo masculino (Pv 30.19). V.ALMA.
HOMEM, FILHO DO V.FILHO DO HOMEM.
HONESTO Correto; honrado (Sl 34.15; 1Pe 3.2). V.ACEITO POR DEUS e RETIDÃO.
HONRA 1) Respeito próprio que resulta em um bom nome e na estima pública (Rm 2.7). 2) Homenagem às qualidades de alguém (Pv 3.16).
HONRAR 1) Cobrir de HONRA 2) (Gn 18.5; Ed 7.27; Jo 12.26). 2) Adorar (Is 43.23).
HONRARIAS HONRA 2) (Zc 6.13).
HONROSO Digno, elogiável (1Co 12.23-24).
HOR [Montanha] Monte situado em Edom, onde Arão foi enterrado (Nm 20.22).
HORAS Frações de tempo que correspondem à vigésima quarta parte de um dia. A palavra “dia” nas Escrituras pode indicar o período em que o sol ilumina a terra: é o dia claro. E pode indicar também o dia completo, de vinte e quatro horas. a) O dia claro dos judeus, em contraste com a noite, era dividido em 12 horas, as quais eram contadas desde o nascer até o pôr-do-sol (Jo 11.9). b) O dia completo, de 24 horas, ia de um pôr-do-sol ao outro (Êx 20.8-11).
HOREBE V.SINAI (Êx 3.1).
HOREUS [Moradores das Cavernas ?] Povo que morava no monte Seir, mais tarde chamado de EDOM (Gn 14.6; 36.19-43). Os HEVEUS provavelmente são os mesmos horeus. Estes talvez sejam os hurrianos, que antes de 1500 a.C. se espalharam desde a MÉDIA até o mar Mediterrâneo.
HORRÍVEL Que causa HORROR; horroroso (Os 6.10; 1Co 5.3).
HORROR Grande medo; pavor (Sl 116.3).
HORTA Terreno em que se plantam verduras e legumes (Dt 11.10; Lc 13.19).
HORTELÃ Erva rasteira cujas folhas têm cheiro forte e agradável, usada como remédio e como tempero (Mt 23.23).
HOSANA Em aramaico, hosana quer dizer “salva agora”, que são as duas palavras iniciais de Sl 118.25 (hoshia na, em hebraico). Com o tempo, essa oração começou a ser usada como expressão de louvor, com o sentido de “louvado seja Deus” (Mc 11.9; v. também Sl 118.25-26).
HÓSPEDE Pessoa que mora por algum tempo em casa alheia (Lv 22.10).
HOSPITALIDADE Boa disposição de receber e tratar HÓSPEDE (1Rs 13.18; Lc 14.7, título).
HULDA [Doninha; Fuinha] Profetisa consultada pelo rei Josias (2Rs 22.14-20).
HUMANIDADE O gênero humano (Gn 5.2; Sl 53.2; Mt 5.13; 24.14).
HUMILDADE Sentimento que leva a pessoa a reconhecer suas próprias limitações; modéstia; ausência de orgulho (2Cr 33.12; Rm 12.3).
HUMILHAÇÃO Ato ou efeito de HUMILHAR (Sl 89.45; Hb 12.2).
HUMILHAR 1) Rebaixar (Is 2.17). 2) Oprimir (Sl 107.39).
HUR [Branco ? Nobre ?] Israelita que junto com Arão sustentou os braços de Moisés (Êx 17.10-13; 24.14).
HURÃ Nome de um artífice fenício que fez os trabalhos de FUNDIÇÃO na construção do Templo (1Rs 7.13-46).
HURRIANOS V.HOREUS.
HUSAI [Rápido] Amigo e conselheiro de Davi (2Sm 15.32-37; 16.15—17.16).
HUSATITA Da família de Husa, da tribo de Judá (2Sm 21.18; 1Cr 4.4).

I
ÍBIS Ave de pernas longas que vive perto da água e se alimenta de peixes (Lv 11.17).
IBSÃ [Esplêndido] JUIZ 2) de Israel. Foi pai de trinta filhos e trinta filhas (Jz 12.8-10).
ICABÔ [A Glória Se Foi] Filho de Finéias e neto de Eli (1Sm 4.19-22).
ICÔNIO Capital da LICAÔNIA. Paulo visitou Icônio com Barnabé na primeira viagem missionária (At 14.1-7,19-21).
IDOLATRIA Adoração de ÍDOLOS. Deus proíbe a adoração de qualquer imagem, seja de um deus falso ou do Deus verdadeiro (Êx 20.3-6). As nações que existiam ao redor de Israel eram idólatras, e Israel muitas vezes caiu nesse pecado (Jr 10.3-5; Am 5.26-27). Entre outras, eram adoradas as imagens de BAAL, ASTAROTE e MOLOQUE e o POSTE-ÍDOLO.
ÍDOLO A divindade representada por um objeto, o qual é adorado em lugar da própria divindade (Sl 96.5; v.IDOLATRIA). “Ídolos do lar” eram os adorados em casa (Gn 31.19,30; Jz 17.5).
IDUMÉIA Região que ficava ao sul da Judéia (Mc 3.8). Iduméia é o nome grego de EDOM 2), que nos tempos do AT abrangia uma extensão maior do que a Iduméia (Gn 36.9). V.HERODES.
IGNORANTE Que não sabe; que não conhece (Hb 5.2; 2Pe 3.16).
IGREJA 1) Grupo de seguidores de Cristo que se reúnem em determinado lugar para adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (Rm 16.16). 2) A totalidade das pessoas salvas em todos os tempos (Ef 1.22).
ILEGÍTIMO Filho de pais que não são casados. Os filhos ilegítimos e seus descendentes, até a décima geração, não faziam parte do povo de Deus (Dt 23.2).
ILÍRIA V.DALMÁCIA (Rm 15.19).
ILUDIR Enganar (2Cr 32.15; Jr 23.16).
ILUSÃO Aquilo que é vazio, passageiro, de pouca duração, sem valor, sem sentido (Ec 1.2).
IMAGEM Ídolo (Êx 20.4; v.FIGURA 2).
IMAGEM DE DEUS Expressão empregada nas Escrituras (1Co 11.7) para dizer que o ser humano tem as mesmas características pessoais que Deus tem e, por isso, pode comunicar-se com ele. O ser humano tem, em termos limitados, as mesmas qualidades racionais, mentais, emocionais, morais e espirituais que Deus tem. Quanto ao corpo, o ser humano é semelhante aos animais; mas é diferente deles, pois tem consciência própria (sabe que existe) e tem poder de determinação própria (vontade). Sendo criatura superior, tem o poder de dominar a natureza (Gn 1.28-30). V.HOMEM 1). Ver também Hb 1.3.
IMAGINAR Criar, na mente, um objeto, pensamento, plano, etc. (Jz 20.34; Sl 7.14; Lc 12.45; 1Co 14.23).
IMENSO Aquilo cuja extensão é sem limite (Sl 104.25; 2Co 9.14).
IMORALIDADE Ato ou costume que fere a pureza e a moral; indecência (Ez 23.14-15; 1Co 6.13,18; Mt 15.19; At 15.20).
IMORTAL Que não morre (1Tm 1.17; 6.16).
IMORTALIDADE Qualidade ou condição de não morrer (1Co 15.50). V.MORTE.
IMPEDIR Fazer parar uma ação; estorvar (1Sm 14.6; Rm 1.13).
IMPERADOR Aquele que governa um império, que é um território de grande extensão ou certo número de territórios ou povos (Lc 2.1). Caio Júlio César foi o membro mais famoso de uma família real romana. Com o tempo, “César” se tornou o título oficial dos imperadores romanos. No NT são mencionados quatro: AUGUSTO, TIBÉRIO, CLÁUDIO e NERO. A NTLH traduz “César” por “Imperador”.
IMPERATIVO Modo do verbo pelo qual se exprime ordem ou pedido: “Respeite o seu pai e a sua mãe” (Êx 20.12). “Quando você vier, traga... os livros” (2Tm 4.13).
IMPLÍCITA Informação que não está no texto original e que não é dada por ser do conhecimento dos leitores daquele tempo. Em Mt 5.41, p. ex., o “alguém” do original grego é na NTLH “um dos soldados estrangeiros”. Isso sabiam as pessoas no tempo de Jesus, mas nós precisamos pôr no texto a informação para que seja bem entendido o que Jesus estava dizendo. V.EXPLÍCITA.
IMPLORAR Pedir com lágrimas, com insistência (Jr 15.1; Lc 8.38).
IMPOSTO Contribuição obrigatória em dinheiro que os governos exigem de pessoas ou instituições e que usam para o bem público (Pv 29.4). Os SELÊUCIDAS e os romanos cobravam impostos dos judeus (Mt 17.24-27; 22.15-21; Rm 13.7).
IMPRECATÓRIO, SALMO V.SALMO IMPRECATÓRIO.
IMPURO 1) Objeto, lugar ou pessoa que, por estarem cerimonialmente sujos, não podiam ser usados no culto de adoração a Deus ou não podiam tomar parte nele. A impureza ritual ou cerimonial podia ser resultado, por exemplo, de contato com sangue (Lv 15.25), com o corpo de um morto (Lv 22.4) ou com um alimento proibido (Jz 13.4). V.PURIFICAÇÃO. 2) Animal ou ave que não podiam ser comidos (Lv 11; At 10.14).
INAUGURAÇÃO Cerimônia em que se expõe pela primeira vez um edifício para uso público (Ed 6.16; Dn 3.2-3).
INCENSO Resina aromática de certas árvores que, misturada com ESPECIARIAS (Êx 30.34-38), era queimada nas cerimônias de adoração a Deus (Lv 16.13), de manhã e à tarde (Êx 30.1-10). O incenso era símbolo das orações que subiam para Deus (Sl 141.2; Ap 8.3-5).
INCIRCUNCIDADO Homem que não sofreu a operação da CIRCUNCISÃO (Ef 2.11).
INCLINAR 1) Curvar (Sl 113.6). 2) Desviar do prumo, pender (Is 46.1-2).
INCLUSIVE Incluindo (2Cr 32.32; At 9.41).
INCRÉDULO Aquele que não crê; ateu (1Ts 4.5; Jd 15).
INCURÁVEL Que não tem cura (2Cr 21.18).
INFERNO Lugar e estado de castigo em que os perdidos estão eternamente separados de Deus (Mt 18.8-9; Lc 16.19-31; 2Pe 2.4). “Inferno”, no NT, traduz as palavras hades (uma vez) e geena (v.HINOM).
INIMIGO DE CRISTO Em grego (Anticristo) quer dizer “contra Cristo” (1Jo 2.18,22; 4.3; 2Jo 7). A idéia do Inimigo de Cristo se relaciona com O PERVERSO e com os MONSTROS 2) do Apocalipse.
INJUSTIÇA 1) Ato que não é justo nem direito, e que uma pessoa pratica contra alguém (Sl 7.3; 1Co 6.8). 2) Decisão de juiz contrário àquilo que seria justo e direito (Êx 23.3; 2Cr 19.7).
I.N.R.I. Letras iniciais da parte em latim do letreiro pregado na cruz e que quer dizer “Jesus Nazareno, o Rei dos Judeus” (Iesus Nazarenus Rex Iudaeorum - Jo 19.19).
INSENSATO Sem juízo (Pv 21.20).
INSPIRAÇÃO Influência especial do Espírito Santo ao guiar alguns dos seus servos do passado para dizerem ou escreverem aquilo que ele quis comunicar aos seres humanos (2Tm 3.16; 1Pe 1.10-11; 2Pe 1.19-21).
INSTINTO Impulso natural (Jd 10).
INSTRUMENTO Objeto ou meio para alcançar um fim (Is 28.27; Ez 40.42).
INSTRUMENTOS MUSICAIS V.MÚSICA.
INSULTAR Ofender (Pv 14.31).
INTELIGÊNCIA 1) Competência (Êx 36.1). 2) Compreensão (Pv 30.2). 3) Conhecimento (Dn 1.20; Lc 2.47).
INTERESSEIRO Que busca só o seu próprio interesse; egoísta (Jd 16).
INTERPRETAÇÃO Esforço de uma mente para compreender o pensamento de outra por meio de símbolos que chamamos de linguagem. V.HERMENÊUTICA.
INTERPRETAR 1) Explicar sonho (Dn 5.12). 2) Traduzir língua (Gn 42.23). 3) Explicar língua estranha (1Co 14.5-28). V.HERMENÊUTICA.
INTERROGAR Fazer perguntas (Mt 27.11).
INTERROMPER 1) Cortar uma conversa (1Sm 15.16). 2) Fazer parar por algum tempo (Ed 4.24).
INTERTESTAMENTÁRIO Período de mais ou menos quatrocentos anos da história de Israel entre Malaquias e o nascimento de Jesus (v.Tempo entre os dois Testamentos”, no Quadro Histórico da Bíblia).
ÍNTIMO 1) Estreitamente ligado por amizade resultante de longo tempo de associação (Sl 55.13; Mt 6.3). 2) Interior (Js 23.14; Hb 4.12).
INTRIGA Cilada; traição (Dn 11.21).
INVEJA Sentimento de pesar pelo bem e pela felicidade de outra pessoa, junto com o desejo de ter isso para si (Sl 37.1; Pv 14.30; Gl 5.26).
INVERNO V.ESTAÇÃO (2Tm 4.21).
INVERSÃO DE LINHAS TRANSFORMAÇÃO GRAMATICAL pela qual, a bem da clareza, o tradutor inverte as linhas de um versículo. Em Sl 22.16, p. ex., a NTLH inverteu as duas primeiras linhas, e o vers. ficou assim: “Um bando de marginais está me cercando; eles avançam contra mim como cachorros e rasgam as minhas mãos e os meus pés”.
INVOCAR Chamar (Lv 19.31).
IRA CÓLERA (Sl 30.5; Ap 6.16). A ira de Deus é a sua reação contra o pecado, a qual o leva a castigar o pecador (Ez 7.8-9; Ap 16.19). Porém, maior do que a ira de Deus é o seu amor, que perdoa aqueles que se arrependem e mudam de vida (Is 54.7-8; Rm 9.22-23).
IRMÃOS DE JESUS Os irmãos de Jesus por parte de mãe, filhos de José e Maria (Mt 13.55-56). Eles passaram a crer em Jesus depois de sua ascensão (Jo 7.1-5; At 1.14).
IRONIA Maneira de se dizer, por zombaria, o contrário daquilo que se está pensando (1Co 4.8).
IRRESPONSÁVEL Diz-se da pessoa que não cumpre os seus deveres nem realiza as tarefas que lhe são entregues (2Co 1.17).
ISABEL [Deus É a Minha Aliança] Esposa de Zacarias, mãe de João Batista e parenta (prima) de MARIA 1) (Lc 1).
ISAÍAS [Salvação de Javé] NOBRE e profeta de Judá nos reinados de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias (1.1). Sua chamada se deu em 740 a.C. (cap.6), e o seu ministério se estendeu por 47 anos (V.ISAÍAS, LIVRO DE).
ISAÍAS, LIVRO DE Livro que contém as mensagens de Isaías ao povo de Judá e aos moradores de Jerusalém entre 740 e 687 a.C. Ele ensina que Deus é poderoso e exige que o seu povo seja SANTO 1). Esse livro pode ser dividido em três partes. 1) Os caps. de 1 a 39 falam do tempo em que Judá está sendo ameaçado pela Assíria. O povo deve abandonar o pecado e abraçar a honestidade e a justiça. 2) Os caps. 40 a 55 falam da humilhação de um povo que foi expulso do seu país como castigo por causa dos seus pecados. Mas Deus vai trazer libertação. 3) Os caps. 56 a 66 trazem conselhos para o povo após a sua volta do CATIVEIRO. Isaías é chamado de “profeta evangelista”, sendo mencionado 22 vezes no NT. As passagens mais conhecidas do livro são o cap.6; 9.1-6; 42.1-8; 52.13—53.12 e 61.1-4.
ISAQUE [Riso] O filho único de Abrão com Sara (Gn 17.19; 18.1-15) e segundo PATRIARCA dos israelitas. Abraão estava pronto para oferecê-lo em SACRIFÍCIO (Gn 22). Isaque casou-se com Rebeca, de quem teve dois filhos, Esaú e Jacó (Gn 25.19-26).
ISBOSETE [Homem da Vergonha] Quarto filho de Saul. Ele reinou 2 anos em Israel (1010-1008 a.C.). Davi, que reinava em Judá, o derrotou (2Sm 2.8—4.12).
ISCARIOTES [Homem de Queriote] V.JUDAS 1) e SIMÃO 2).
ISMAEL [Deus Ouve] 1) Filho de Abraão com Agar, a serva de Sara. Foi pai dos ismaelitas (Gn 16 e 17; 25.7-18). 2) Filho de Netanias (Jr 40.7—41.18).
ISMAELITA Descendente de ISMAEL 1) (Gn 37.25).
ISRAEL [O Que Luta com Deus] 1) Nome dado por Deus a Jacó (Gn 32.28). 2) Nome do povo composto das doze tribos descendentes de Jacó (Êx 3.16). 3) Nome das dez tribos que compuseram o Reino do Norte, em contraposição ao Reino do Sul, chamado de Judá (1Rs 14.19; v. o mapa OS REINOS DE ISRAEL E DE JUDÁ).
ISSACAR [Recompensa ? Salário ?] 1) Quinto filho de Jacó e Léia (Gn 30.17-18; 49.14-15). 2) Tribo dos descendentes de Issacar (Nm 26.23).
ITÁLIA País situado ao sul dos Alpes e banhado pelo mar Mediterrâneo. Roma, sua capital, era a sede do Império Romano (Hb 13.24).
ITAMAR [Pai de Tamar ? Terra de Palmeiras ?] Filho mais novo de Arão (Êx 6.23; Lv 10.6-20).
ITURÉIA Território situado a nordeste do lago da Galiléia. Foi governado por FILIPE (v.Lc 3.1 e HERODES 4). Seus moradores eram descendentes de Jetur, filho de Ismael (Gn 25.15).

J
JABES-GILEADE Cidade que ficava a leste do rio Jordão, na tribo de Manassés (Jz 21.8-15). Seus habitantes enterraram os restos mortais de Saul e de Jônatas (1Sm 31.1-13).
JABIM [Inteligente] 1) Rei de Hazor, que Josué derrotou e matou (Js 11). 2) Outro rei de Hazor, que Baraque derrotou (Jz 4).
JABOQUE [Aquele que Corre] Rio que fica a leste do Jordão e nele DESEMBOCA. Era a fronteira entre os reinos de Seom e Ogue (Gn 32.22; Nm 21.24).
JACINTO Pedra semipreciosa, geralmente alaranjada (Ap 21.20).
JACÓ [Enganador] 1) Filho de Isaque e Rebeca e irmão gêmeo de Esaú (Gn 25.21-26). A Esaú cabia o DIREITO DO PRIMEIRO FILHO por haver nascido primeiro, mas Jacó comprou esse direito por um ensopado (Gn 25.29-34). Jacó enganou Isaque para que este o abençoasse (Gn 27.1-41). Ao fugir de Esaú, Jacó teve a visão da escada que tocava o céu (Gn 27.42—28.22). Casou-se com Léia e Raquel, as duas filhas de Labão (Gn 29.1-30). Foi pai de doze filhos e uma filha. Em Peniel lutou com o Anjo do Senhor, tendo recebido nessa ocasião o nome de ISRAEL (Gn 32). Para fugir da fome, foi morar no Egito, onde morreu (Gn 42—46; 49). 2) Pai de José, o marido de Maria (Mt 1.15-16).
JAEL [Cabra dos Montes] Esposa de Héber. Ela matou Sísera fincando uma estaca na sua fronte (Jz 4.17-23).
JAFÉ [Beleza ? Deus Aumenta ?] Filho de Noé (Gn 5.32; 9.20-27). Foi pai de sete filhos, que foram morar em ilhas (Gn 10.2-5).
JAIR [Javé Ilumina] JUIZ 2) (Jz 10.3-5).
JAIRO [Javé Ilumina] Chefe de uma sinagoga, cuja filha Jesus ressuscitou (Mc 5.21-43).
JAMBRES [Adversário] Praticante de MAGIA. Era egípcio, e, com seu companheiro (JANES), foi contra Moisés (2Tm 3.8).
JANES [Javé É Bondoso ?] Companheiro de JAMBRES (2Tm 3.8).
JANGADA Tipo de embarcação que consta de toras amarradas umas às outras (1Rs 5.9).
JAQUIM [Ele Estabelece] Nome de uma das colunas do Templo (1Rs 7.21).
JARMUQUE Afluente do rio Jordão na sua margem esquerda, logo abaixo do lago da Galiléia. Não é mencionado na Bíblia.
JASÃO [Cura] Cristão que abrigou Paulo e Silas em Tessalônica (At 17.5-9).
JASMIM-AZUL Espécie de flor azul, cheirosa (Ct 4.14).
JASPE Pedra semipreciosa de várias cores, geralmente marrom ou vermelha, mas também amarela, verde ou branca (Êx 28.20; Ap 4.3; 21.11).
JAVÃ Quarto filho de Jafé (Gn 10.2).
JAVÉ V.SENHOR (hebraico Yhvh).
JEBUS [Pisada] Nome de Jerusalém no tempo dos jebuseus (Js 18.28).
JEBUSEU Morador de JEBUS (2Sm 5.6).
JECONIAS [Javé Está Criando] V.JOAQUIM (Mt 1.11).
JEDIDIAS [Amado por Javé] Outro nome de SALOMÃO (2Sm 12.25).
JEDUTUM [Louvor] Levita que Davi pôs como chefe dos músicos da TENDA SAGRADA (1Cr 25.1-3).
JEFTÉ [Adversário] JUIZ 2) (Jz 10.6—12.7).
JEGAR-SAADUTA V.GALEEDE (Gn 31.47).
JEJUM Prática de não se alimentar por certo tempo (1Rs 21.9). Como prática religiosa, é voluntário, exige pureza de vida (Is 58.3-7) e exclui a exibição (Mt 6.16-18). Em ocasiões especiais, a igreja, seguindo o costume judaico, era convocada para jejuar (At 13.2-3; 14.23).
JEMIMA [Pomba] Filha de Jó (Jó 42.14).
JEOACAZ [Javé Prendeu] 1) Décimo primeiro rei de Israel, que reinou 17 anos (814-798 a.C.) depois de Jeú, seu pai (2Rs 13.1-9). 2) Décimo sétimo rei de Judá, filho e sucessor de Josias. Foi mau e, após três meses de reinado, foi levado, em 609 a.C., pelo faraó Neco para o Egito, onde morreu (2Rs 23.30-34).
JEOAQUIM [Javé Firma] Décimo oitavo rei de Judá, filho de Josias. Reinou 11 anos (609-598 a.C.), em lugar de JEOACAZ 2). O faraó Neco mudou o seu nome de Eliaquim para Jeoaquim (2Rs 23.34—24.5). Jeoaquim queimou o rolo que continha uma mensagem de Jeremias (Jr 36).
JEOÁS [Javé Sustenta] Décimo segundo rei de Israel, que reinou 16 anos (798-783 a.C.) depois de Jeoacaz, seu pai (2Rs 13.9-19; 14.8-16).
JEORÃO [Javé É Alto] Quinto rei de Judá, que reinou 8 anos (848-841 a.C.) depois de Josafá, seu pai (1Rs 22.51). Andou no caminho da idolatria, levado pela sua mulher, filha de Acabe (2Rs 8.16-24). Por isso teve morte horrível (2Cr 21).
JEREMIAS [Javé É Elevado] Profeta nascido em família de sacerdotes, da cidade de Anatote. Foi chamado ao ministério profético através de uma visão (1.4-10). Profetizou durante 40 anos, nos reinados dos cinco últimos reis de Judá (627 a 587 a.C.). As autoridades não recebiam bem as suas mensagens. Jeremias foi rejeitado, perseguido e preso. Alguns episódios de sua vida estão narrados no seu livro (caps.26; 28; 32; 35—43). Nabucodonosor cuidou dele depois da destruição de Jerusalém (39.11-12). Foi forçado a ir para o Egito (43.6-7) e lá, em adiantada velhice, morreu. V.JEREMIAS, LIVRO DE e LAMENTAÇÕES, LIVRO DE.
JEREMIAS, CARTA DE Acréscimo APÓCRIFO ao livro de BARUQUE (cap. 6). É PSEUDEPIGRÁFICO, e nele se condena a idolatria.
JEREMIAS, LIVRO DE Livro que contém as mensagens do profeta JEREMIAS. Ele anunciou o castigo que Deus ia mandar e ainda estava vivo quando as suas profecias se cumpriram (cap.52). Mas Jeremias disse que um dia os israelitas iriam voltar para a sua terra e que seriam de novo uma nação. Ele falou também de um tempo em que Deus faria uma nova ALIANÇA com o seu povo. Essa aliança seria cumprida de livre e espontânea vontade, pois a lei de Deus estaria gravada no coração das pessoas (31.31-34).
JERICÓ Cidade situada 9 km a oeste do rio Jordão e 11 km ao norte do mar Morto. Fica a 240 m abaixo do nível do mar. É provavelmente a cidade mais antiga do mundo. Josué a destruiu (Js 6) e Hiel a reedificou (1Rs 16.34). Em Jericó Jesus curou Bartimeu (Mc 10.46-52) e outros dois cegos (Mt 20.29-34), e ali se deu a conversão de Zaqueu (Lc 19.1-10).
JEROBOÃO I [Ampliador] Primeiro rei de Israel após a divisão do reino. Reinou 22 anos (931-910 a.C.) sobre as dez tribos que constituíram o reino de ISRAEL 3). Em Dã e em Betel mandou construir altares para a adoração do bezerro de ouro (1Rs 11.28—14.20).
JEROBOÃO II Décimo terceiro rei de Israel, que reinou 41 anos (783-743 a.C.) depois de Jeoás, seu pai. No seu tempo houve muito progresso, mas o povo continuou na corrupção e na idolatria. Na guerra Jeroboão II foi feliz (2Rs 14.23-29).
JERUBAAL [Que Baal Se Defenda] Outro nome de GIDEÃO (Jz 6.32).
JERUSALÉM [Lugar de Paz] Cidade situada a uns 50 km do mar Mediterrâneo e a 22 km do mar Morto, a uma altitude de 765 m. O vale do Cedrom fica a leste dela, e o vale de Hinom, a oeste e ao sul. A leste do vale de Cedrom está o Getsêmani e o monte das Oliveiras. Davi tornou Jerusalém a capital do reino unido (2Sm 5.6-10). Salomão construiu nela o Templo e um palácio. Quando o reino se dividiu, Jerusalém continuou como capital do reino do Sul. Em 587 a.C. a cidade e o Templo foram destruídos por Nabucodonosor (2Rs 25.1-26). Zorobabel, Neemias e Esdras reconstruíram as muralhas e o Templo, que depois foram mais uma vez destruídos. Depois um novo Templo foi construído por Herodes, o Grande. Tito, general romano, destruiu a cidade e o Templo em 70 d.C. O nome primitivo da cidade era JEBUS. Na Bíblia é também chamada de Salém (Gn 14.18), cidade de Davi (1Rs 2.10), SIÃO (1Rs 8.1), cidade de Deus (Sl 46.4) e cidade do grande Rei (Sl 48.2). V. os mapas JERUSALÉM NOS TEMPOS DO AT e JERUSALÉM NOS TEMPOS DO NT.
JESSÉ [Javé Existe] Filho de Obede, neto de Boaz e Rute, e pai de Davi (Rt 4.18-22).
JESUS CRISTO Deus tornado ser humano (Jo 1.14) para salvar as pessoas (1Jo 4.14). “Jesus” quer dizer “Javé é Salvador”; é a forma grega de “Josué” (Mt 1.21). “Cristo” quer dizer “Ungido”; é o mesmo que o termo hebraico MESSIAS (At 17.3; v.UNGIR). Alguns outros títulos de Jesus: EMANUEL (Mt 1.23); FILHO DE DAVI (Mt 12.23); FILHO DE DEUS (Jo 1.34); FILHO DO HOMEM (Mt 25.31); SENHOR (At 2.36); PALAVRA (Jo 1.1); SERVO (Fp 2.7; v.SERVO DO SENHOR); CORDEIRO de Deus (Jo 1.29); GRANDE SACERDOTE (Hb 7.26—8.6). Jesus Cristo é a segunda pessoa da TRINDADE. Através dele o universo foi criado e é mantido em existência (Jo 1.3; Cl 1.16-17). Ele é o ANJO do Senhor que aparece no AT (Gn 18). Esvaziou-se da sua glória e se humilhou, tomando a forma de ser humano (Fp 2.6-11). O seu ministério terreno durou mais ou menos três anos e meio. Jesus ensinou a verdade de Deus por preceitos e por PARÁBOLAS. Ele fez MILAGRES, curando enfermos e endemoninhados, fazendo sempre o bem. Foi rejeitado pela maioria do povo e pelas autoridades, sendo submetido à morte de cruz. Foi sepultado, mas ressuscitou ao terceiro dia. Depois subiu ao céu, onde está para pedir em favor dos que são seus (Hb 7.25). E o salvo está unido com Cristo, que vive nele pelo seu Espírito (Rm 8.9-11; Gl 2.20; 4.6; Fp 1.19). Na sua segunda vinda Jesus Cristo julgará os vivos e os mortos (2Tm 4.1).
JÉTER [Superior] Filho de Gideão (Jz 8.20).
JETRO [Superior] Sacerdote em MIDIÃ, sogro e conselheiro de Moisés (Êx 3.1; 18.1-27).
JEÚ [Ele É Javé] Décimo rei de Israel, que reinou 28 anos (841-814 a.C.). Matou Jorão e reinou no lugar dele. Matou adoradores de BAAL e também Jezabel e Acazias, rei de Judá, e os descendentes de Acabe (2Rs 9 e 10).
JEUDI [Judeu] Mensageiro que levou as profecias de Jeremias ao rei Jeoaquim e as leu para ele e para as autoridades (Jr 36.21-23).
JEZABEL [Sem Marido ? Sem Nobreza ?] Filha de Etbaal, rei de SIDOM. Acabe se casou com ela e dela teve um filho chamado Jorão (1Rs 16.31; 2Rs 3.1; 9.22). Promoveu o culto a BAAL, matou os profetas de Javé e obrigou Elias a fugir (1Rs 18.4—19.18). Tomou a vinha de NABOTE para Acabe (1Rs 21). Foi morta onze anos depois por ordem de Jeú, e os cães comeram a sua carne (2Rs 9). Em Ap 2.20 Jezabel é o símbolo de alguém que leva as pessoas a adorarem deuses pagãos.
JEZREEL 1) Cidade que ficava no território de ISSACAR 2), entre Megido e Bete-Sã, perto do monte Gilboa (1Rs 4.12; 21.23; 2Rs 9.30-35). 2) Vale que ficava perto dessa cidade (Os 1.5).
Personagem central do livro de Jó. V.JÓ, LIVRO DE.
JÓ, LIVRO DE Um dos livros de SABEDORIA do AT. Trata do sofrimento humano. Nele conta-se a história de Jó, um homem bom, fiel a Deus, rico e feliz, que de repente perde os filhos, todos os bens e ainda é atacado por uma doença dolorosa e nojenta. Seus amigos, em diálogos poéticos, procuram achar explicação para tanta desgraça, considerando o sofrimento como resultado do pecado. Para eles, Deus sempre recompensa os bons e castiga os maus. Mas Jó reage contra essa explicação, chegando até a desafiar a Deus. Deus não responde às perguntas de Jó, mas fala do seu próprio poder e sabedoria, levando Jó a humilhar-se diante dele. Mesmo assim, fica provado que os seus amigos estavam errados e que Jó estava certo. Em conclusão, Deus repreende os amigos de Jó por não haverem entendido a razão do seu sofrimento e por terem defendido idéias erradas a respeito de Deus. A Jó, porém, Deus recompensa, devolvendo-lhe em dobro tudo o que antes possuía, pois ele, mesmo com a sua impaciência, as suas reclamações e os seus protestos, conservou a fé num Deus que é justo. Ele reconheceu que os seres humanos não podem compreender tudo, nem explicar bem a razão por que às vezes também os justos sofrem.
JOABE [Javé É Pai] Filho de Zeruia, meia-irmã de Davi (2Sm 2.18). Foi comandante do exército de Davi (1Cr 11.4-9) e conseguiu muitas vitórias (2Sm 10; 12.26). Tramou o assassinato de Urias (2Sm 11) e matou Absalão (2Sm 18.9-15). Quando Davi já era velho, Joabe aliou-se com Adonias e foi morto por ordem de Salomão (1Rs 1.1—2.34).
JOÃO 1) O Batista: V.JOÃO BATISTA. 2) Pai do apóstolo Pedro (Jo 1.42; 21.15-17). 3) O evangelista e apóstolo: V.JOÃO, APÓSTOLO. 4) João Marcos: V.MARCOS, JOÃO.
JOÃO, APÓSTOLO Filho de Zebedeu e de Salomé. Ele e seu irmão Tiago eram pescadores (Mt 4.21). João Batista o apresentou a Jesus (Jo 1.35-39), que o chamou para ser apóstolo (Mc 1.19-20). Era do grupo mais íntimo de Jesus (Mc 5.37; Mt 17.1; 26.37). Ele e Tiago são chamados de BOANERGES. João é provavelmente o discípulo amado (Jo 13.23). Foi ele o único discípulo que permaneceu perto da cruz (Jo 19.26-27) e o primeiro a crer na ressurreição de Cristo (Jo 20.1-10). Após o Pentecostes, trabalhou inicialmente com Pedro (At 3.1—4.22; 8.14-17; Gl 2.9). A tradição diz que João viveu em Éfeso até uma idade bem avançada. É considerado o autor do Evangelho de João, das três cartas que levam o seu nome e do Apocalipse.
JOÃO BATISTA O profeta que preparou a vinda de Jesus. Era filho de Zacarias e Isabel (Lc 1.5-25,57-80). Iniciou e desenvolveu o seu ministério na região do rio Jordão (Lc 3.1-3). Pregou o batismo de arrependimento (Lc 3.4-14) e a vinda do Reino dos céus (Mt 3.1-12). João batizou Jesus (Mt 3.13-17) e testemunhou a respeito dele (Jo 1.15-34). Por ordem de Herodes Antipas, foi preso e morto (Mc 6.14-29). Jesus o elogiou (Mt 11.7-14). Seu batismo continuou sendo praticado por algum tempo (At 18.25).
JOÃO, EVANGELHO DE O quarto livro a respeito da vida e dos ensinos de Jesus, provavelmente escrito pelo apóstolo João. Neste Evangelho Jesus é apresentado como a Palavra de Deus, que existiu desde a eternidade com Deus e que se tornou um ser humano, a fim de revelar o amor e a verdade de Deus. O autor diz que o propósito deste Evangelho é fazer com que os leitores creiam que Jesus é o Messias, o Filho de Deus, e que, por meio desta fé, tenham vida (20.31). O livro conta vários milagres que Jesus fez. Esses milagres são sinais que mostram quem é Jesus e por que motivo ele veio ao mundo. O livro ainda enfatiza a ligação que existe entre Jesus e os seus seguidores e, assim, destaca os ensinamentos que ele lhes deu e a promessa de que, depois que ele fosse embora, viria o Espírito Santo para ensinar-lhes toda a verdade (14.16-17,26; 15.26; 16.7-14).
JOÃO, PRIMEIRA CARTA DE Carta escrita para prevenir os seus leitores contra falsos mestres e aconselhá-los a permanecerem firmes na fé e no amor. Os falsos mestres eram seguidores do GNOSTICISMO, que ensinava que Jesus Cristo não se tornou um ser humano realmente, mas tinha somente a aparência de homem (2.22-23; 4.1-3; 5.6-9). Essa falsa doutrina, diz o autor, vem do espírito do INIMIGO DE CRISTO. A carta foi escrita no final do primeiro século d.C., e desde logo as três cartas que levam o nome de João foram atribuídas ao autor do Evangelho de João.
JOÃO, SEGUNDA CARTA DE Pequena carta escrita por um PRESBÍTERO (v.JOÃO, PRIMEIRA CARTA DE) e dirigida à “querida Senhora”, que alguns pensam ser uma mulher piedosa, enquanto outros a consideram uma igreja. Ele pede aos leitores que amem uns aos outros e que tomem cuidado com certas doutrinas falsas que estão sendo espalhadas pelo mundo.
JOÃO, TERCEIRA CARTA DE Carta escrita pelo mesmo PRESBÍTERO que escreveu a segunda carta, e enviada a Gaio, dirigente de uma igreja. O autor elogia Gaio por dar testemunho da verdade e dar abrigo a irmãos perseguidos. Ele condena um certo Diótrefes e dá bom testemunho a respeito de Demétrio.
JOAQUIM [Javé Estabelece] Décimo nono rei de Judá, que reinou três meses em 598 a.C., depois de Jeoaquim, seu pai. Foi um mau rei, sendo levado preso para a Babilônia (2Rs 24.6-17) e libertado mais tarde (2Rs 25.27-30). Joaquim também era chamado de Jeconias (Mt 1.11).
JOÁS [Javé Deu ? Javé Sustenta ?] Oitavo rei de Judá, que reinou quarenta anos (835-796 a.C.). Tornou-se rei por iniciativa do Grande Sacerdote Joiada, após ter sido salvo de Atalia pela tia Jeoseba, esposa de Joiada (2Rs 11). Sob a orientação de Joiada, Joás restaurou a religião de Javé; mas, depois da morte do sacerdote, Joás se desviou de Javé. Por isso foi derrotado pelos sírios e depois foi morto pelos seus próprios servos (2Cr 24.17-26).
JOEL [Javé É Deus] O autor do livro profético que leva seu nome (v.JOEL, LIVRO DE).
JOEL, LIVRO DE Segundo livro dos Profetas Menores (v.LIVROS PROFÉTICOS DO AT), que contém mensagens do profeta Joel para o povo de Judá. O ponto de partida da mensagem do profeta é a terrível praga de afanhotos e a seca que arrasaram a terra de Judá. Para o profeta, essas desgraças são sinais do DIA DO SENHOR, no qual Deus julgará todas as nações e castigará os pecadores. O profeta apela para que o povo se arrependa e volte para Deus, que assim o abençoará e lhe dará de novo tudo o que os gafanhotos e a seca destruíram. Mais uma vez o povo será próspero e feliz, e em Jerusalém Javé habitará com eles. A promessa de que Deus enviaria o Espírito sobre todo o seu povo (2.28-32) é citada por Pedro no dia de PENTECOSTES (At 2.17-21).
JOGO DE PALAVRAS Recurso de estilo pelo qual o autor usa palavras de sons semelhantes mas que expressam idéias contrárias. Esse artifício do original não dá para ser reproduzido na tradução. No final de Isaías 5.7, por exemplo, há dois jogos de palavras: “Ele esperava mishpat (justiça), e eis mishpach (opressão); tsedaqah (retidão), e eis tseaqah (clamor)”.
JÓIA Objeto de prata, ouro ou pedras preciosas, com o qual as mulheres se enfeitavam. As jóias eram usadas em grande número, sendo às vezes motivo de reprovação (Gn 24.22; Êx 3.22; 32.2; Is 3.16-24; Ez 16.11-17; 1Tm 2.9). Entre as jóias mencionadas na Bíblia estão TALISMÃS, PULSEIRAS, correntes, anéis, argolas, pendentes, SINETES e colares.
JOIADA [Javé Conhece] Sumo sacerdote no tempo de Atalia e JOÁS (2Rs 11—12; 2Cr 24.1-16).
JOIO Erva ruim que cresce nas plantações de trigo (Mt 13.25).
JONADABE [Javé É Generoso] 1) Sobrinho de Davi e primo de Amnom, a quem deu o conselho de possuir Tamar, sua meia-irmã (2Sm 13). 2) Líder dos RECABITAS (Jr 35), amigo de Jeú, a quem ajudou a acabar com o culto a Baal em Samaria (2Rs 10.15,23).
JONAS [Pomba] Profeta de Israel, filho de Amitai, natural de Gate-Hefer, que predisse a vitória de Jeroboão II sobre a Síria (2Rs 14.23-25). É o autor do livro que leva seu nome (Jn 1.1; v.JONAS, LIVRO DE).
JONAS, LIVRO DE Quinto livro dos Profetas Menores (v.LIVROS PROFÉTICOS DO AT), escrito para demonstrar que o amor de Deus não se limita a Israel, mas se estende a pessoas de outras nações (4.11). Não é profecia no sentido restrito, mas é uma história com sentido profético (Mt 12.39-41).
JÔNATAS [Javé Deu] 1) Sacerdote (Jz 18.30). 2) Filho mais velho de Saul, que derrotou os filisteus (1Sm 13 e 14). Foi amigo de Davi (1Sm 18.1-4), defendendo-o do ódio de Saul (1Sm 19.1-7). Foi morto com Saul no monte Gilboa (1Sm 31) e lamentado por Davi no Hino do Arco (2Sm 1.17-27).
JOPE Antigo porto marítimo cercado de muralhas, localizado 56 km a noroeste de Jerusalém em território filisteu, mas que pertencia à tribo de Dã (Js 19.46). Simão Pedro desenvolveu atividade missionária ali (At 9—11).
JOQUEBEDE [Javé É Glória] Mãe de Moisés, Arão e Miriã (Nm 26.59).
JORÃO [Javé É Alto] Nono rei de Israel, que reinou doze anos (852 a 841 a.C.) depois de Acabe, seu pai. Junto com os reis de Judá e Edom ele derrotou os moabitas (2Rs 3). Foi ele, sem dúvida, o rei que Naamã foi procurar (2Rs 5). Foi morto por Jeú, que jogou seu corpo na vinha de Nabote (2Rs 9.14-26).
JORDÃO Rio principal da Palestina, que nasce no monte Hermom, atravessa os lagos Hulé e da Galiléia e desemboca no mar Morto. O Jordão faz muitas curvas, estendendo-se por mais de 200 km numa distância de 112 km, entre o lago da Galiléia e o mar Morto. O rio tem a profundidade de 1 a 3 m e a largura média de 30 m. Na maior parte de seu curso, o rio encontra-se abaixo do nível do mar, chegando a 390 m abaixo desse nível ao desembocar no mar Morto. O povo de Israel atravessou o rio a seco (Js 3); João Batista batizava nele, e ali Jesus foi batizado (Mt 3.6,13).
JOSAFÁ [Javé Julga] 1) Quarto rei de Judá, que reinou de 870 a 848 a.C., depois de Asa, seu pai. Mandou ensinar ao povo a Lei do SENHOR (2Cr 17—20). 2) Vale em que Deus julgará todas as nações no DIA DO SENHOR 1) (Jl 3.2,12).
JOSÉ [Deus Aumenta ? Ele Acrescenta ?] 1) Filho de Jacó e Raquel (Gn 30.22-24). Foi vendido ao Egito pelos irmãos (Gn 37), onde, após uma série de dificuldades, tornou-se ministro de Faraó (Gn 39—41). Salvou os próprios irmãos e seu pai da fome, trazendo-os para Gosém, no Egito (Gn 42—47). Morreu com cento e dez anos, e seus ossos foram levados a Siquém (Js 24.32). 2) Marido de Maria, mãe de Jesus, e descendente de Davi (Mt 1.16—2.23). Era carpinteiro (Mt 13.55). 3) Homem rico de Arimatéia, membro do CONSELHO SUPERIOR e discípulo de Jesus. Ele cedeu seu túmulo para o sepultamento de Jesus (Mt 27.57-60).
JOSIAS [Javé Cura] Décimo sexto rei de Judá, que reinou trinta e um anos (640-609 a.C.) depois de Amom, seu pai (2Rs 21.26). Promoveu uma reforma religiosa, baseada no Livro da Lei (2Rs 22—23). Foi morto na batalha travada com o FARAÓ Neco, em Megido (2Rs 23.28-30).
JOSUÉ [Javé É Salvação] 1) Auxiliar e, depois, sucessor de Moisés (Êx 17.8-13; Dt 31.1-8). Josué comandou a travessia do rio Jordão (Js 3) e tomou Jericó (Js 6). Conquistou a terra de Canaã e a dividiu entre as tribos de Israel (Js 8—21). Após abençoar o povo e renovar a ALIANÇA com Deus, Josué morreu com a idade de 110 anos (Js 24). V.JOSUÉ, LIVRO DE. 2) GRANDE SACERDOTE que voltou do CATIVEIRO com Zorobabel (Ed 3.2; Ag 1.1; Zc 3.1).
JOSUÉ, LIVRO DE Sexto livro da Bíblia, um dos LIVROS HISTÓRICOS DO AT. O livro narra a conquista da terra de CANAÃ pelo povo de Israel e a sua divisão entre as tribos debaixo do comando de Josué, concluindo com a ocupação da terra e a morte de Josué. O livro foi escrito para mostrar que Deus cumpriu a promessa feita aos PATRIARCAS de que daria CANAÃ 2) aos seus descendentes (Gn 15.18-21; Js 1.2).
JOTÃO [Javé É Justo] 1) Filho de Gideão, que condenou os habitantes de Siquém quando estes proclamaram a Abimeleque como seu rei (Jz 9). 2) Décimo primeiro rei de Judá, que reinou de 740 a 736 a.C., depois de seu pai Uzias. Os dezesseis anos de reinado mencionados em 2Rs 15.33 incluem o tempo em que Jotão foi regente (2Rs 15.5). Em seu tempo viveram os profetas Isaías (Is 1.1), Oséias (Os 1.1) e Miquéias (Mq 1.1).
JUDÁ 1) Quarto filho de Jacó e Lia (Gn 29.35). Aparece como líder entre os irmãos (Gn 37.26-27; 43.3-10; 44.16-34). Casou com mulher cananéia (Gn 38.1-11) e foi pai de gêmeos com Tamar, sua nora (Gn 38.12-30). Recebeu de Jacó a bênção do CETRO (Gn 49.8-12). Foi antepassado de Davi (Rt 4.12,18-22) e de Cristo (Mt 1.3). 2) Uma das doze TRIBOS do povo de Israel, formada pelos descendentes de JUDÁ 1). Na divisão da terra, essa tribo recebeu a maior parte do sul da Palestina (Js 15.1-12,20-63). 3) Reino localizado no sul da Palestina. Foi formado quando as dez tribos do Norte se revoltaram contra Roboão e formaram o Reino de Israel sob o comando de Jeroboão I, em 931 a.C. (1Rs 12; v. o mapa OS REINOS DE ISRAEL E DE JUDÁ). Durou até 587 a.C., quando Jerusalém, sua capital, foi tomada e arrasada pelos babilônios, e o povo foi levado ao CATIVEIRO (1Rs 12—22; 2Rs; 2Cr 11—36). 4) Nome usado em Esdras (5.8; 9.9), Neemias (2.7) e Ageu (1.1,14; 2.2) a fim de indicar a PROVÍNCIA para onde os judeus voltaram depois do CATIVEIRO (v.JUDÉIA).
JUDAÍSMO Sistema religioso praticado pelos judeus (Et 9.27; At 17.4; Tt 1.10). Seus ensinamentos procedem do AT, de tradições orais antigas e do TALMUDE. O conjunto de seus ensinamentos e práticas começou a formar-se no período do CATIVEIRO, desenvolvendo-se completamente no PERÍODO INTERTESTAMENTÁRIO.
JUDAIZANTE Judeu-cristão que insistia que para alguém ser salvo era necessário também guardar as leis básicas do JUDAÍSMO, principalmente a CIRCUNCISÃO. O termo “judaizante” não aparece no NT, mas a atividade deles é mencionada em vários lugares, como, por exemplo, em At 15.
JUDAS 1) Iscariotes, escolhido por Jesus para ser apóstolo (Mt 10.4), sendo o tesoureiro do grupo (Jo 12.6). Traiu a Jesus (Mt 26.47-49) e, depois, enforcou-se (Mt 27.3-5; At 1.16-19). 2) Irmão de Jesus (Mt 13.55) e provável autor da carta que leva seu nome (v.JUDAS, CARTA DE). 3) Apóstolo, filho de Tiago, também chamado de Tadeu (Mt 10.3; Lc 6.16). 4) Cristão de Damasco, em cuja casa Paulo se hospedou, após sua conversão (At 9.11). 5) Cristão que se destacou na igreja de Jerusalém, também chamado de Barsabás (At 15.22-32). 6) O Galileu, um revolucionário (At 5.37). 7) Macabeu, chefe da revolta dos macabeus (v.MACABEUS).
JUDAS, CARTA DE Breve carta escrita por Judas, o “irmão de Tiago” (Jd 1), sendo ambos provavelmente irmãos de Jesus. Foi dirigida a uma igreja ou grupo de igrejas, que estavam sendo vítimas dos ensinamentos de falsos mestres (Jd 4). O autor repreende o comportamento imoral desses perturbadores e aconselha os leitores a se manterem firmes na fé. Essa carta é um dos livros ANTILEGÔMENA e é muito semelhante a 2Pedro.
JUDÉIA PROVÍNCIA para onde os judeus voltaram depois do CATIVEIRO. A maioria dos que voltaram era da tribo de Judá, e por isso o território que ocuparam passou a ser chamado de Judéia. No tempo de Cristo, o termo se referia à parte sul das três regiões em que a província romana da Palestina era dividida. As outras duas eram Galiléia e Samaria. A Judéia fazia parte do proconsulado romano da Síria e era governada por um procurador. Media quase 90 km de norte a sul e, aproximadamente, a mesma distância de leste a oeste. Estendia-se do mar Morto ao mar Mediterrâneo e da altura de Jope até o extremo sul do mar Morto. Mesmo assim, até nessa época, o nome Judéia às vezes indicava toda a Palestina (Lc 1.5; 4.44; 7.17; At 10.37). Nessas passagens aparece a palavra “Judéia” no texto grego.
JUDEU 1) Morador da JUDÉIA. Os israelitas que voltaram do CATIVEIRO para a província da Judéia e os seus descendentes passaram a ser chamados de judeus porque a maioria deles era da tribo de Judá (Ed 4.12; Ne 1.2). 2) No NT o termo também é usado para aqueles que seguiam o JUDAÍSMO e que, às vezes, atacavam a fé cristã, chegando a perseguir os cristãos (Mt 28.15; Jo 1.19; 3.25; At 14.19).
JUDITE Livro APÓCRIFO, em que fatos se misturam com fantasias. O seu objetivo é dar coragem aos judeus, cujo país estava para ser invadido por inimigos. Judite, uma viúva dedicada a Deus, mata Holofernes, comandante do exército assírio, e assim salva o povo judeu.
JUIZ 1) Pessoa que tem o poder de julgar causas, dando sentenças (Lc 12.58). 2) Líder militar, libertador e governador das tribos do povo de Israel. Desde a morte de Josué até a escolha de Saul como rei, o povo de Israel foi governado por estes juízes: OTONIEL, EÚDE, SANGAR, DÉBORA, BARAQUE, GIDEÃO, ABIMELEQUE, TOLÁ, JAIR, JEFTÉ, IBSÃ, ELOM, ABDOM, SANSÃO, ELI e SAMUEL.
JUÍZES, LIVRO DE Sétimo livro da Bíblia, um dos LIVROS HISTÓRICOS DO AT. Narra a história de Israel desde a morte de Josué até o tempo de Samuel, período em que o povo de Israel era governado por juízes (v.JUIZ 2).
JUÍZO 1) Bom senso, prudência, ponderação (Pv 1.32; 3.35). 2) Boa saúde mental (Mc 5.15; 2Co 5.13).
JUÍZO FINAL Na expressão “juízo final” ou outras semelhantes, o tempo em que Deus, ou o MESSIAS, julgará todas as pessoas, condenando os maus e salvando os que lhe obedecem (Sl 1.5; Mt 10.15; At 24.25).
JULGAMENTO 1) Ato de julgar uma pessoa ou uma questão (1Rs 7.7; 2Cr 19.7). 2) A sentença do julgamento (Jr 48.47). 3) A palavra de Deus (Sl 119.39).
JULGAR 1) Decidir como juiz, dando sentença de condenação ou de absolvição (Êx 18.13; Dt 1.16). 2) Castigar (Sl 110.6). 3) Censurar; condenar (Mt 7.1; Jo 12.47).
JUMENTO Animal mamífero de quatro patas, pêlo duro e coloração variada, também chamado de asno, burro, jegue. É facilmente domesticável e utilizado como animal para montar, puxar carroça e levar cargas (Dt 22.10; Zc 9.9).
JUNCO Espécie de planta direita, fina e longa que cresce em lugares úmidos e dentro da água. As suas folhas são usadas para fazer cestos e esteiras (Êx 2.3).
JUNTA 1) Ponto de ligação entre os membros do corpo ou entre partes de um instrumento (Gn 32.25; 2Cr 18.33), também chamado de articulação. 2) Par ou parelha de animais que puxam um arado ou uma carroça (Lc 14.19).
JÚPITER O deus supremo dos romanos, correspondente ao Zeus grego (At 14.12).
JURAMENTO 1) Ato de fazer uma afirmação ou promessa solene, em que se toma por testemunha uma coisa que se tem por sagrada (Mt 5.33-37). 2) A própria afirmação ou promessa assim feita (Gn 24.8). Deus jura por si mesmo porque não há outro ser maior do que ele (Gn 22.16).
JURO Lucro ou rendimento, calculado sobre determinada taxa, de dinheiro emprestado ou de capital empregado (Mt 25.27). Ao israelita não era permitido cobrar juros de outro israelita, apenas de estrangeiros (Dt 23.20).
JUSTIÇA 1) Atributo pelo qual, ao tratar com as pessoas, Deus age de acordo com as normas e exigências da perfeição de sua própria natureza (Sl 119.142). Por isso Deus castiga tanto os incrédulos (Is 13.11; Jr 9.25-26) como o seu próprio povo (Lv 26.14-46; Os 2.12-13) e, com imparcialidade, socorre os necessitados (Dt 10.17-18; Sl 72.2). 2) Ato pelo qual Deus, em sua graça e em conformidade com a sua ALIANÇA, selada com o sofrimento, morte e ressurreição de Cristo, perdoa as pessoas fracas, perdidas e sem justiça própria, aceitando-as através da fé (Rm 3.21-26; 1Co 1.30; 2Co 5.21). 3) Qualidade que leva os cristãos a agirem corretamente, de acordo com os mandamentos de Deus (Mq 6.8; Rm 6.13,19; Ef 5.9; 1Pe 2.24). V.RETIDÃO.
JUSTIFICAÇÃO V.ACEITO POR DEUS.
JUSTO 1) Certo; legítimo (peso: Pv 11.1; causa: Nm 27.7). 2) Na NTLH o termo hebraico “justos” (tsaddiqim) é traduzido por povo de Deus (Sl 118.15) e por pessoas honestas (Sl 34.15), corretas (Sl 32.11), direitas (Sl 7.9), boas (Sl 34.19), que obedecem a Deus (Sl 14.5). 3) No NT o termo grego dikaios (justo) segue em geral os sentidos encontrados no AT e acrescenta os seguintes: “inocente” (Lc 23.47) e “aquele que é aceito por Deus” (Gl 3.11).

L
Pêlo que cobre o corpo de certos animais, como a ovelha, por exemplo. Com a lã se faziam tecidos para a confecção de roupas (Os 2.9). Por causa de sua brancura, a lã tornou-se símbolo de pureza e de santidade (Is 1.18).
LABÃO Descendente de Naor e irmão de Rebeca (Gn 24.29-30). Suas filhas, Lia e Raquel, tornaram-se esposas de Jacó (Gn 29.16-30).
LABAREDA Chama grande (Dn 3.22).
LAÇADA Dobra de uma linha, corda ou tira de tecido, amarrada por um nó, formando uma alça na qual uma outra linha pode ser passada ou um prendedor pode ser enganchado (Êx 26.4).
LAÇO 1) Alça de corda amarrada com nó (Sl 116.3). 2) Armadilha (Os 5.1). 3) União (Os 11.4).
LAGARTIXA Pequeno animal que se arrasta. Ela tem lâminas entre os dedos dos quatro pés, as quais lhe permitem subir em paredes lisas, pedreiras ou troncos escorregadios (Lv 11.29-30).
LAGARTO Animal que se arrasta, de tamanho médio ou grande. O tipo maior da Palestina chega até 60 cm de comprimento. Tem a língua fendida e comprida (Lv 11.29-30).
LAGO Qualquer grande extensão de água doce. O único lago mencionado na Bíblia é o da Galiléia, também chamado de Tiberíades (Jo 6.1).
LAÍS V. 3).
LAMENTAÇÃO Canção de tristeza pela morte de pessoa (2Sm 1.17; 2Cr 35.25; Jr 9.10), ou pela desgraça de um povo (Et 4.3; 2Sm 1.18).
LAMENTAÇÕES, LIVRO DE LAMENTAÇÃO sobre a destruição de Jerusalém e sobre o sofrimento do povo que participou dela, em 587 a.C. O autor faz uma confissão de pecados cometidos pelo povo e pelos seus líderes, reconhecendo ter sido justo o castigo que a cidade e seu povo receberam (1.18). Porém, conforta-se na misericórdia de Deus e roga que ele mais uma vez ajude e restabeleça seu povo. Segundo a tradição judaica e a cristã, Jeremias é seu autor. Os quatro primeiros capítulos de Lamentações são ALFABÉTICOS.
LAMEQUE 1) Descendente de Caim e o primeiro homem de quem se menciona ter tido duas mulheres, diante das quais proferiu o seu cântico da vingança (Gn 4.18-24). 2) Pai de Noé (Gn 5.28-31).
LÂMINA Placa ou folha fina de metal (Êx 39.3).
LÂMPADA V.LAMPARINA (Sl 119.105).
LAMPARINA Vasilha de forma própria, feita de barro, com PAVIO alimentado por óleo (Mt 5.15).
LANÇA Arma de arremesso, que consistia numa longa haste de madeira, tendo uma ponta de pedra, bronze ou ferro pontudo (1Sm 18.10-12; Jo 19.34).
LANÇADEIRA Peça do TEAR, que é lançada rapidamente de um lado para outro, levando o fio que tece o pano (Jó 7.6).
LANCEIRO Soldado armado de LANÇA (At 23.23).
LANTERNA Um tipo de lamparina em que a luz fica protegida contra o vento (Jo 18.3).
LAODICÉIA Cidade da PROVÍNCIA romana da ÁSIA. Ficava próxima de Colossos e de Éfeso. Era uma cidade muito rica, na qual havia uma igreja (Cl 4.13-16; Ap 3.14-22).
LAPIDAR Fazer polimento de pedras preciosas (Êx 31.5).
LAQUIS Cidade cananéia conquistada por Josué (Js 10.3-35), localizada na fronteira de Judá, 40 km a sudoeste de Jerusalém e 24 km a oeste de Hebrom.
LAR Casa; família (Rt 3.1; Ne 4.14).
LASÉIA Cidade localizada a oito km da costa sul da ilha de CRETA (At 27.8).
LATIM Língua primitivamente falada no Lácio, antiga região da Itália, e, aos poucos, em todo o Império Romano (Jo 19.20).
LAVADEIRA Aquela que lava roupa (Mc 9.3).
LAVOURA Preparação da terra para plantar (Lc 17.7).
LAVRADOR Pessoa que trabalha na lavoura, preparando a terra e plantando; agricultor (Mt 21.33). V.AGRICULTURA, CAMPO e CEREAIS.
LÁZARO 1) Irmão de Maria e de Marta. Jesus o amava muito e o ressuscitou (Jo 11.1-46). 2) Nome de um mendigo numa PARÁBOLA de Jesus (Lc 16.19-31).
LEAL Fiel; sincero (2Sm 20.19).
LEÃO O mais conhecido dos animais mamíferos carnívoros e o mais forte (Pv 30.30). A juba, isto é, a crina ao redor do pescoço, lhe dá uma aparência real. Havia leões na Palestina, principalmente no vale do Jordão (Jr 49.19), onde sempre ofereciam perigo a pessoas e animais (Sl 17.12). Figuradamente, ataque inesperado e violento (Sl 22.21; 1Pe 5.8).
LEBRE Animal semelhante ao coelho, porém maior e mais rápido (Lv 11.6).
LEGÍTIMO De acordo com a lei (Os 2.19).
LEGUME Verdura ou hortaliça (Dn 1.12).
LEI Termo usado em vários sentidos, sendo que o sentido exato em cada passagem precisa ser buscado no contexto. 1) O termo é usado para qualquer “lei” de um grupo, religioso ou não (Êx 15.25; Et 1.19; At 18.15). 2) O termo também significa uma regra, um princípio ou norma (Rm 7.23). 3) Com muita freqüência, o termo é usado para designar o conjunto dos primeiros cinco livros do AT, o Pentateuco (Gl 4.21). Neste sentido, o termo geralmente aparece com inicial maiúscula. Várias vezes, outras expressões são usadas com este mesmo sentido, como “Lei de Moisés” (Mt 5.17-18), “Lei do Senhor” (Lc 2.23), “Livro da Lei” (Jo 1.45), “Livro de Moisés” (Mc 12.26). Às vezes, este sentido engloba mais do que o Pentateuco, mesmo todo o AT (Jo 12.34). 4) Em outro uso, “lei” se refere a mandamentos, preceitos e regras da Aliança do Sinai, dados a Israel por intermédio de Moisés (Rm 3.19-20; Gl 3.17-21). 5) Em outros contextos, “lei” pode até designar uma instrução geral ou toda a revelação de Deus (Sl 1.2; 2Cr 17.9).
LÉIA Filha de Labão e uma das esposas de Jacó (Gn 29.21—33.7; 49.31).
LEILÃO Venda pública de objetos a quem pagar mais (Jó 6.27).
LEITO 1) Cama (Pv 5.11). 2) Terreno mais ou menos fundo por onde corre um rio ou riacho (Jó 6.17).
LEITURA V.LIÇÃO, LEITURA.
LEMÁ Palavra aramaica que quer dizer “por quê?” (Mt 27.46).
LEME Peça que fica na popa de um barco ou de um navio e que serve para lhe dar direção (Tg 3.4).
LEMUEL [Que Pertence a Deus] Rei de Massá, cuja mãe lhe escreveu alguns provérbios (Pv 31.1-9).
LENDA História inventada em que há seres sobrenaturais, heróis culturais e fatos históricos deformados pela imaginação (1Tm 1.4; 4.7).
LENTILHA Planta leguminosa que produz, em suas vagens curtas, uma ou duas sementes em forma de disco, usadas como alimento (Ez 4.9).
LEOPARDO Animal mamífero, carnívoro, parecido com um gato, mas bem maior. Seu corpo é amarelado e coberto com manchas pretas de várias formas (Jr 13.23). Por ser feroz, tornou-se símbolo de violenta destruição (Jr 5.6).
LEPRA Doença caracterizada pela brancura (Êx 4.6) e por inchações, tumores ou manchas que desfiguram a pele. Sua descrição no Livro de Levítico (Lv 13 e 14) provavelmente incluía outras doenças da pele, além da lepra conhecida hoje. Um tipo de mofo era chamado de lepra (Lv 13.47-59; 14.33-57). Os leprosos eram forçados a morar longe das outras pessoas e, quando se aproximassem delas, deviam gritar: “Imundo, imundo!” Jesus curou leprosos (Mt 8.2-4; Lc 17.11-19).
LESTE Ponto ou região que fica para o lado onde nasce o sol; oriente; levante; nascente (Os 13.15; Ap 21.13).
LEVI 1) Terceiro filho de Jacó e Léia (Gn 29.34). 2) Nome de uma das doze TRIBOS de Israel, a tribo sacerdotal, formada pelos descendentes de Levi (Nm 3.5-39). 3) Outro nome de MATEUS (Mc 2.14).
LEVIATÃ MONSTRO (Jó 3.8; Sl 74.14; 104.26), também chamado de “Serpente” (Jó 26.13; Is 27.1). Em Jó 41 o Leviatã tem as características tanto do MONSTRO 1) como do CROCODILO.
LEVITA Membro da tribo de LEVI. Os levitas ajudavam os sacerdotes nos serviços da TENDA SAGRADA (Nm 3.5-13) e, depois, do TEMPLO (2Cr 8.14).
LEVÍTICO, LIVRO DE Terceiro livro do PENTATEUCO e do AT. Contém as leis e os mandamentos que Deus mandou Moisés dar ao povo de Israel, especialmente do culto, dos sacrifícios que o povo devia oferecer a Deus e dos deveres dos sacerdotes. A lição principal do livro é que o Deus do povo de Israel é santo. Portanto, esse povo que Deus escolheu precisava ser santo também, isto é, precisava ser completamente fiel a ele, não seguindo os costumes pagãos dos povos vizinhos (11.45). Neste livro encontra-se o mandamento que Jesus chamou o segundo mais importante de todos: “Ame os outros como você ama a você mesmo” (19.18).
LÍBANO Região formada por duas cordilheiras de montanhas de uns 160 km de extensão, conhecidas por montes Líbano e Anti-Líbano, localizadas ao longo da costa da Síria, correndo de nordeste a sudoeste. O grande vale entre as duas cordilheiras era chamado de vale do Líbano (Js 11.17). Alguns de seus picos alcançam 3000 m e estão permanentemente cobertos de neve (Jr 18.14). O monte Hermom, que tem 2818 m, está localizado na extremidade sul do Anti-Líbano, onde corria a fronteira norte da Palestina (Dt 1.7). Esses montes eram especialmente conhecidos pelos famosos cedros (Jz 9.15), que foram usados na construção do Templo de Salomão (1Rs 5.6).
LIBERDADE Faculdade de cada pessoa pensar, decidir e agir por si, sem coerção ou constrangimento, dentro do limite das leis estabelecidas. A liberdade tem três aspectos: 1) Físico: os israelitas que se tornassem escravos de outros israelitas (Lv 25.39) deviam ser libertados no ANO DA LIBERTAÇÃO (Lv 25.8-17). 2) Espiritual: esta foi profetizada no AT (Is 61.1) e cumprida em Cristo (Lc 4.18). Através da obra de Cristo aquele que crê é libertado do poder de Satanás (At 26.18), do pecado (Jo 1.29; Rm 6 e 7), da morte, da condenação, do medo (Rm 8) e da Lei (Gl 3). 3) Moral: libertado de todos os poderes opressores, o cristão vive a liberdade no serviço ao próximo, em amor (Rm 14; 1Co 8—10).
LIBERTAÇÃO Ato ou efeito de dar ou obter LIBERDADE (Is 61.1; Lc 2.38).
LIBERTAÇÃO, ANO DA V.ANO DA LIBERTAÇÃO.
LÍBIA País localizado no norte da África, a oeste do Egito (Na 3.9; At 2.10).
LIÇÃO, LEITURA Forma em que uma palavra ou várias ocorrem em um MANUSCRITO, especialmente quando essa forma difere da de outros manuscritos. “A lição preferível” quer dizer “o texto preferível”. V.TEXTUAL.
LICAÔNIA Distrito situado na parte sul da GALÁCIA (At 14.6).
LÍCIA PROVÍNCIA situada no extremo sul da província da ÁSIA (At 27.5).
LIDA Cidade localizada uns 20 km a sudeste de Jope, em direção a Jerusalém (At 9.32-38).
LÍDIA 1) Nome antigo da região costeira situada entre Éfeso e Pérgamo, também chamada de Lude (Jr 46.9; Ez 30.5). No tempo do NT era parte da PROVÍNCIA romana da ÁSIA (v.SARDES). 2) Mulher que residia em Filipos, sendo a primeira pessoa convertida pela pregação de Paulo na Europa (At 16.14,40).
LIGAMENTO Faixa de tecido fibroso, forte, com o qual as juntas (v.JUNTA 1) de um corpo são unidas (Cl 2.19).
LIGAR Unir (Jó 41.15; Rm 7.2).
LIMITE Linha que separa dois terrenos ou territórios; divisa; fronteira (Êx 23.31). 2) Linha que não pode ser ultrapassada (Sl 104.9).
LIMPO 1) Livre de sujeira (Jo 13.10a). 2) Que tem pureza moral (Sl 24.4; Mt 23.26). V.PURO.
LINGUAGEM FIGURADA V.FIGURA DE LINGUAGEM.
LINGUAGEM INCLUSIVA É aquela que, o quanto possível, inclui tanto homens como mulheres nas afirmativas do original, o qual tem sempre a forma masculina, embora objetive pessoas dos dois sexos. Alguns exemplos tirados da NTLH. “O SENHOR formou o ser humano” (Gn 2.7). Em Pv 9.9, “o sábio” é “uma pessoa sábia”. Em Mt 5.3-11, “os” foi substituído por “as pessoas”: “Felizes as pessoas que choram”. Ver também Sl 1.3.
LÍNGUAS, FALAR EM V.FALAR EM LÍNGUAS.
LINHA Série de grupos de soldados em posições alinhadas (1Sm 17.48).
LINHO Erva de folhas e flores pequenas (Êx 9.31), cujo caule fornece uma fibra usada para fazer fios e tecidos do mesmo nome (Pv 7.16). O tecido era usado para fazer roupas finas (Gn 41.42; Êx 28.5-42; 2Cr 5.12). O véu do Templo também era de linho fino (2Cr 3.14).
LIRA Instrumento musical de cordas, usado pelos antigos. Tinha a forma de um U atravessado no alto por uma barra em que se prendiam as pontas de cima das cordas (Sl 57.8).
LÍRIO Nome de uma variedade de plantas que produzem flores alvas e perfumadas (Ct 6.3). É usado em sentido figurado (Ct 2.1; 5.13; Os 14.5).
LÍSIAS V.CLÁUDIO 2) (At 23.30).
LISTRA Cidade da LICAÔNIA, onde Paulo encontrou TIMÓTEO (At 14.6-21).
LITEIRA Espécie de cadeira coberta, sustentada por dois cabos de madeira e carregada por dois animais ou dois homens, um na frente e outro atrás (Ct 3.7).
LITERATURA DE SABEDORIA V.SABEDORIA, LITERATURA DE.
LITURGIA O culto público de uma igreja; ritual.
LIVRO Reunião de folhas escritas de PERGAMINHO ou de PAPIRO (Jr 30.2).
LIVRO DA ALIANÇA As leis contidas em Êx 20.22—23.19, que são uma explicação e aplicação dos DEZ MANDAMENTOS (Êx 24.7).
LIVRO DA LEI, LIVRO DE MOISÉS V.LEI.
LIVRO DA VIDA Livro de Deus em que são registrados os nomes dos cidadãos do REINO DO CÉU e suas obras (Êx 32.32; Fp 4.3; Ap 3.5; 20.12). Ser riscado desse livro significa a perda dessa cidadania (Sl 69.28; Ap 13.8).
LIVRO DAS BATALHAS DO SENHOR Provavelmente uma coleção muito antiga de poemas guerreiros em louvor a Deus (Nm 21.14-15).
LIVRO DO JUSTO Uma coleção poética antiga, semelhante ao LIVRO DAS BATALHAS DO SENHOR (Js 10.13; 2Sm 1.18).
LIVRO DOS DOZE Nome dado pelos israelitas aos livros de Oséias a Malaquias.
LIVROS HISTÓRICOS DO AT Livros que contam a história do povo de Deus desde a sua entrada em Canaã, mais ou menos em 1400 a.C., segundo alguns BIBLISTAS, ou em 1210 a.C., segundo outros, até a reconstrução das muralhas de Jerusalém, em 443 a.C. São doze: JOSUÉ, JUÍZES, RUTE, SAMUEL (PRIMEIRO e SEGUNDO), REIS (PRIMEIRO e SEGUNDO), CRÔNICAS (PRIMEIRO e SEGUNDO), ESDRAS, NEEMIAS e ESTER.
LIVROS POÉTICOS DO AT Livros escritos segundo os modelos da poesia hebraica (v.PARALELISMO). São os seguintes: , SALMOS, PROVÉRBIOS, ECLESIASTES, CÂNTICO DOS CÂNTICOS e LAMENTAÇÕES.
LIVROS PROFÉTICOS DO AT Livros que contêm as mensagens dos profetas do AT, bem como episódios da vida deles. Esses livros são dezessete, sendo quatro chamados de Profetas Maiores: ISAÍAS, JEREMIAS, EZEQUIEL e DANIEL. Doze são os Profetas Menores: OSÉIAS, JOEL, AMÓS, OBADIAS, JONAS, MIQUÉIAS, NAUM, HABACUQUE, SOFONIAS, AGEU, ZACARIAS e MALAQUIAS.
LIXO, PORTÃO DO Portão de Jerusalém que levava ao lixão (Ne 2.13).
Filho de Harã e sobrinho de Abraão (Gn 11.31). Ló foi morar perto de Sodoma (Gn 13.5-13), cidade que ele abandonou antes de ser destruída (Gn 19.1-29). De Ló descendem os moabitas e os amonitas (Gn 19.30-38).
LOBO Animal selvagem parecido com o cão (Jo 10.12). É símbolo de ferocidade (Gn 49.27), destruição (Jr 5.6) e crueldade (Ez 22.27). Mas nos NOVOS CÉUS E NOVA TERRA o lobo e o cordeiro são símbolos de vida pacífica com os outros (Is 65.25).
LO-DEBAR Cidade situada a leste do Jordão, na região de Gileade (Am 6.13).
LÓIDE Avó de TIMÓTEO (2Tm 1.5).
LOUCURA 1) Perda do JUÍZO 2) (Dt 28.28). 2) Estilo de vida de quem não está em relacionamento correto com Deus (Pv 5.23). 3) Ação de alguém que deliberadamente peca contra Deus (2Sm 24.10).
LUA NOVA, FESTA DA Festa dos israelitas, comemorada todos os meses no primeiro dia da lua nova (Nm 28.11-15).
LUCAS Médico e companheiro de Paulo (Cl 4.14; 2Tm 4.11; Fm 24). É o autor do EVANGELHO DE LUCAS e de ATOS DOS APÓSTOLOS.
LUCAS, EVANGELHO DE O terceiro livro do NT, que conta a vida de Jesus e os seus ensinos. Foi escrito por Lucas e dedicado a Teófilo (1.1-4). Apresenta Jesus não somente como o MESSIAS, mas também como o Salvador de toda a humanidade. Por isso a lista dos antepassados de Jesus vai até Adão, “filho de Deus” (3.23-38). Jesus é o Servo que Deus iria enviar para cuidar dos pobres, dos presos, dos cegos, dos maltratados (4.17-21). Assim, Lucas menciona os samaritanos, que eram desprezados pelos judeus, e fala também dos cobradores de impostos, das mulheres, das crianças, das viúvas e das prostitutas. Em geral, Lucas segue a mesma ordem em que os fatos aparecem no Evangelho de Marcos. No entanto, só Lucas narra o nascimento de João Batista e fala do nascimento e da infância de Jesus até os 12 anos (1.5—2.52). Encontram-se em Lucas também algumas PARÁBOLAS de Jesus que não aparecem nos outros Evangelhos, como, por exemplo, a do bom samaritano (10.25-37), a do rico sem juízo (12.16-21), a do filho pródigo (15.1-32) e a do rico e Lázaro (16.19-31). E há belas canções e orações de louvor, como as de Maria (1.46-55), de Zacarias (1.67-79) e de Simeão (2.28-32). V.CÂNTICOS DO ADVENTO.
LÚCIO Um dos profetas e mestres da igreja de Antioquia (v.ANTIOQUIA 1), que veio de CIRENE (At 11.20; 13.1; Rm 16.21).
LUDE 1) Filho de Sem (Gn 10.22). 2) O mesmo que LÍDIA 1) (Jr 46.9).
LUGAR SANTÍSSIMO A parte mais sagrada da TENDA DA PRESENÇA DE DEUS e do TEMPLO, onde ficava a ARCA DA ALIANÇA. Nesse lugar o GRANDE SACERDOTE entrava uma vez por ano (Hb 9.3-5). Era separado do LUGAR SANTO por uma cortina (Êx 26.31-34).
LUGAR SANTO A parte da TENDA DA PRESENÇA DE DEUS e do TEMPLO em que ficavam a mesa dos PÃES DA PRESENÇA DE DEUS, o CANDELABRO e o altar sobre o qual os sacerdotes ofereciam INCENSO todos os dias (Hb 9.2).
LUTO Sentimento de pesar ou dor pela morte de alguém. Nos tempos bíblicos, o luto era manifestado de diversas maneiras, entre as quais estão as seguintes: rasgar as roupas (2Sm 1.11); vestir roupas de luto (Gn 37.34); jejuar (1Sm 31.13); chorar (Ec 12.5). O luto durava de sete dias (1Sm 31.13) até setenta (Gn 50.3). Algumas práticas eram proibidas (Lv 19.28; Dt 14.1).
LUZ 1) Claridade; luminosidade (Gn 1.3). 2) Figuradamente refere-se a Deus (Sl 104.2; 1Jo 1.5); a Jesus (Jo 1.4-9); à Palavra de Deus (Sl 119.105); e aos discípulos de Jesus (Mt 5.14). 3) Cidade cananéia que foi chamada de Betel (Gn 28.19) e, depois, formou a fronteira norte da tribo de Benjamim (Js 18.13).
LUZES, FESTA DAS V.DEDICAÇÃO, FESTA DA.
LXX Símbolo que representa a SEPTUAGINTA.
 
M
MAACATITA Morador de Maaca, cidade da Síria, localizada ao pé do monte Hermom (Js 13.13).
MAANAIM Localidade em que anjos de Deus se encontraram com Jacó (Gn 32.1-2). Tornou-se cidade LEVITA e para fugitivos (Js 21.38).
MAÇÃ Fruto da MACIEIRA (Ct 2.5).
MACABEUS Nome dado a uma família de judeus, também conhecida como Hasmoneus, que liderou a revolta contra a Síria, governada por Antíoco IV Epífanes. O chefe da revolta foi Matatias, cujo bisavô se chamava “Hasmoneu”, provavelmente da cidade de Hasmoná. “Macabeu”, que quer dizer “martelo”, era o apelido de Judas, o maior de seus líderes e um dos filhos de Matatias. A revolta começou em 167 a.C., e a família continuou a governar o povo judeu até 63 a.C. (v.MACABEUS, PRIMEIRO E SEGUNDO).
MACABEUS, PRIMEIRO E SEGUNDO Livros APÓCRIFOS que descrevem a luta dos judeus, liderados pelos MACABEUS, contra os dominadores sírios. Os dois livros não formam uma história contínua, mas paralela. No primeiro relata-se o período de Matatias e, sucessivamente, os períodos de todos os seus filhos até 134 a.C. No segundo enfatizam-se principalmente as atividades de Judas até 160 a.C.
MACEDÔNIA PROVÍNCIA romana situada ao norte da Grécia, várias vezes visitada por Paulo (At 16.9—17.15; 20.1-6).
MACIEIRA Árvore de maçãs (Ct 2.3).
MACPELA Caverna localizada a oeste de Hebrom, comprada por Abraão do heteu Efrom para servir de sepultura. Nela foram enterrados Sara, o próprio Abraão, Isaque, Rebeca, Lia e Jacó (Gn 23; 25.9-10; 49.30-31; 50.13).
MADALENA Natural de Magdala (localização incerta) (Lc 8.2). V.MARIA 3).
MADRASTA Mulher casada, em relação aos filhos que o marido teve em casamento anterior (1Co 5.1).
MADRUGADA Últimas horas da noite antes do nascer do sol (Gn 22.3; Jo 8.2).
MAER-SALAL-HÁS-BAZ [Furto-Rápido-Roubo-Veloz] Nome simbólico do filho do profeta Isaías. Significa que os inimigos do rei ACAZ seriam saqueados, e o reino de Judá também iria sofrer (Is 8.1-4).
MAGIA Arte ou ciência oculta relacionada com a crença em poderes sobre-humanos (2Cr 33.6). Por meio de certos atos e palavras e com a ajuda de espíritos e demônios, a magia pretende conhecer o futuro, encontrar ajuda para os problemas da vida e realizar coisas fora do comum. Nos tempos bíblicos a magia incluía ADIVINHAÇÃO, EXORCISMO, FEITIÇARIA, NECROMANCIA, SONHO e VISÃO.
MÁGICO Praticante de MAGIA (At 13.8).
MAGISTRADO Autoridade da nação (Dn 3.2).
MAGNIFICAT V.CÂNTICOS DO ADVENTO 2).
MÁGOA Sentimento de tristeza causada por ofensa de outrem (1Co 13.5).
MAGOGUE V.GOGUE E MAGOGUE.
MAJESTADE Grandeza suprema; esplendor grandioso (Sl 104.1).
MAJESTOSO Que tem MAJESTADE (Êx 15.11; Is 30.30).
MAL 1) Qualquer coisa que não está em harmonia com a ordem divina; aquilo que é moralmente errado; aquilo que prejudica ou fere a vida e a felicidade; aquilo que cria desordem no mundo (Gn 3.5; Dt 13.5; Rm 7.19). V.PECADO. 2) Desgraça (1Tm 6.10). 3) Dano (Na 1.11; 1Ts 5.15). 4) Calúnia (At 23.5).
MALANDRO Vadio; patife (At 17.5).
MALAQUIAS [Meu Mensageiro] Último dos profetas do AT e autor do livro que leva seu nome (Ml 1.1). V.MALAQUIAS, LIVRO DE.
MALAQUIAS, LIVRO DE Último livro dos Profetas Menores (v.LIVROS PROFÉTICOS DO AT), que traz as mensagens de Deus ao povo de Judá proferidas por Malaquias, em torno de 450 a.C., depois de haver sido reconstruído o Templo de Jerusalém. O povo não estava obedecendo às leis de Deus, e era necessário que eles abandonassem os seus pecados (2.10-16). Malaquias mostra que os sacerdotes eram culpados e, por isso, ele fala contra eles, pois não estavam cumprindo o seu dever de apresentar sacrifícios e ofertas que agradassem a Deus e falhavam na educação do povo (1.6—2.9). Malaquias anunciou que Deus viria purificar o seu povo, mas antes daquele dia (v.DIA DO SENHOR) enviaria o seu mensageiro para preparar o caminho. Aqueles que se arrependessem e voltassem para Deus seriam novamente o seu povo (2.17—4.6).
MALCO [Conselheiro] Empregado do Sumo Sacerdote. Pedro cortou a orelha dele (Jo 18.10).
MALDADE Aquilo que é mau, que não presta; perversidade; imoralidade; crime; PECADO, ruindade; MAL 1) (Is 9.18; Rm 1.29).
MALDIÇÃO Chamamento de mal, sofrimento ou desgraça sobre alguém (Gn 3.14; Dt 7.26; Rm 3.14). Os que quebram a LEI 1) estão debaixo da maldição; Cristo nos salvou dessa maldição, fazendo-se maldição por nós (Gl 3.10-13).
MALDITO Aquilo ou aquele sobre quem se lançou MALDIÇÃO (Jr 20.14-15; Gl 3.13).
MALFEITOR Aquele que comete crimes; perverso; mau (Os 6.8).
MALHA Cada uma das alças ou voltas de um fio ligadas entre si, formando um tecido (Êx 28.32).
MALHADO Que tem manchas (Gn 30.32).
MALÍCIA 1) Inclinação para o mal; MALDADE; PECADO (Rm 1.29; Tt 3.3). 2) Intenção maldosa (Mt 22.18).
MALIGNO O DIABO (Mt 5.37; 1Jo 5.19).
MALTA Ilha do mar Mediterrâneo, situada 100 km ao sul da Sicília, Itália. Próximo dessa ilha naufragou o navio em que Paulo viajava para Roma (At 27 e 28).
MANÁ [Que É Isto?] Alimento milagrosamente fornecido por Deus aos israelitas durante os quarenta anos que passaram no deserto. Era como uma semente pequena e muito branca (Êx 16.14-21; Nm 11.7-9; Jo 6.31).
MANADA REBANHO de gado (Sl 68.30).
MANAÉM Um dos profetas e mestres da igreja de ANTIOQUIA 1) e irmão de criação de Herodes ANTIPAS (At 13.1).
MANASSÉS 1) Primeiro filho de JOSÉ 1) e Asenate (Gn 41.51). 2) Uma das doze TRIBOS do povo de Israel, formada pelos descendentes de Manassés 1) (Nm 32.33-42). 3) Décimo quarto rei de Judá, que reinou de 687 a 642 a.C., depois de Ezequias, seu pai. Por ter apoiado a idolatria, Manassés e o povo de Judá foram castigados, mas ele se arrependeu (2Rs 21.1-18; 2Cr 33.1-20).
MANASSÉS, ORAÇÃO DE V.ORAÇÃO DE MANASSÉS.
MANCO Pessoa a quem falta mão ou pé; aleijado (2Sm 4.4).
MANDAMENTO 1) Ordem divina a ser obedecida pelas pessoas que temem a Deus. Sinônimos bíblicos: lei, ordem, palavra, ensinamento (Lv 26.14-15; Sl 119; Jo 15.10-12). 2) O “novo mandamento” é o amor ao próximo, tomando-se como exemplo o amor sacrificial de Cristo por nós (Jo 13.34).
MANDAMENTOS, DEZ V.DEZ MANDAMENTOS.
MANDRÁGORA Planta que tem raízes em forma de forquilha, parecidas com as pernas de uma pessoa, e por isso se acreditava que ajudava as mulheres a engravidar e a ter sorte no amor (Gn 30.14).
MANJEDOURA Tabuleiro de madeira ou de pedra em que se põe comida para os animais nas estrebarias (Lc 2.7). No interior do Brasil é chamada de cocho.
MANOÁ [Descanso] Pai de SANSÃO (Jz 13.2).
MANRE [Vigor] 1) Amorreu, aliado de Abraão na libertação de Ló (Gn 14.13-24). 2) Local de residência de Abraão perto de Hebrom (Gn 13.18; 18.1).
MANSO De bom gênio; pacífico (Jr 11.19).
MANTILHA Véu que as mulheres usavam sobre a cabeça e os ombros (Is 3.23).
MANTIMENTO Alimento (Pv 11.26).
MANTO Peça de roupa que reis, autoridades e pessoas ricas vestiam por cima das outras roupas. Adoradores de certos deuses também usavam mantos especiais (Is 3.22; Ez 26.16). V.CAPA.
MANTO SACERDOTAL MANTO usado pelo Grande Sacerdote (Êx 28.6-14; 39.2-7).
MANUSCRITOS Textos escritos à mão. Os livros do AT foram escritos sobre folhas de PAPIRO, usado no Egito, e depois na Palestina e em outras regiões. Aí por 200 a.C. começou-se a escrever sobre peles de animais, os PERGAMINHOS. Assim, uma parte dos livros do NT pode ter sido escrita sobre pergaminhos. Tanto os livros escritos em papiro como os escritos em pergaminho tinham a forma de ROLO (Sl 40.7; 2Tm 4.13). O LIVRO com páginas, chamado de códice, surgiu no séc. II d.C. Todos os manuscritos originais do AT e do NT se perderam. O texto bíblico nas línguas originais que possuímos hoje está baseado em cópias. A comparação das cópias existentes demonstra que Deus fez com que os livros bíblicos fossem copiados com grande fidelidade. Até bem pouco tempo atrás, o manuscrito completo do AT mais antigo era de 916 d.C. Em 1946, começou a aparecer uma série de manuscritos de livros do AT encontrados em várias cavernas de QUMRAN. Na maior parte esses manuscritos são do primeiro século a.C. e do primeiro século d.C. Encontraram-se em Qumran manuscritos quase inteiros, sendo os de Isaías os mais famosos, e/óu partes de todos os livros do AT, menos de Ester. Além dos livros bíblicos, foram descobertos fragmentos de livros APÓCRIFOS e de outros livros da seita dos ESSÊNIOS, que ali os escondeu. Esses manuscritos são muito importantes para o estudo do texto original do AT, como também para se recompor o panorama histórico da época de João Batista e de Jesus. Os manuscritos completos mais importantes do NT são os seguintes: o Sinaítico e o Vaticano, do séc. IV d.C., e o Alexandrino, do séc. V d.C. No entanto, há um grande número de manuscritos de partes do NT que são do séc. III d.C. e posteriores. V.APARATO CRÍTICO.
MANUSCRITOS DO MAR MORTO V.MANUSCRITOS
MÃO DE JESUS 1) A autoridade de Jesus, confiada a ele pelo Pai (Jo 3.35). 2) O cuidado providencial de Jesus (Jo 10.28).
MAONITA Morador de Maom, região que ficava próxima do monte SEIR (Jz 10.12).
MÃOS, IMPOSIÇÃO DAS V.PÔR A MÃO NA CABEÇA.
MAR 1) Qualquer grande extensão de água salgada. Os mares mencionados na Bíblia são: a) MEDITERRÂNEO (Nm 34.6); b) MORTO (Js 3.16); c) VERMELHO (Êx 13.18). 2) MONSTRO 1) (Jó 9.8; 17.12; 26.12; 38.8; Sl 74.13).
MAR VERMELHO V.VERMELHO, MAR.
MARA [Águas Amargas] Local situado a leste do mar Vermelho, onde os israelitas, na sua marcha para o Sinai, encontraram uma fonte de águas amargas (Êx 15.23-25).
MARANATA Expressão aramaica que quer dizer: “Vem, nosso Senhor!” (1Co 16.22).
MARAVILHA Ato ou fato extraordinário realizado por intervenção divina; milagre, sinal; prodígio (Sl 89.5).
MARCHA Andar cadenciado como o de um exército (2Sm 2.29).
MARCO Sinal para marcar os limites de um território (Dt 19.14).
MARCOS, EVANGELHO DE Segundo livro do NT, considerado o mais antigo dos Evangelhos. Marcos (V.MARCOS, JOÃO) destaca principalmente a atividade constante e a autoridade de Jesus. Jesus vai de um lugar para outro, anunciando a vinda do REINO DE DEUS, ensinando multidões, fazendo milagres e curando doentes. Para ajudá-lo, ele escolhe doze homens, os apóstolos. Estes o acompanham por toda parte, aprendem que por meio do evangelho todas as pessoas podem fazer parte do Reino de Deus. Depois os apóstolos saem para anunciar essa mensagem de salvação e para curar pessoas. Em tudo isso Jesus age com autoridade, que lhe vem de Deus. Ele é o FILHO DO HOMEM, que Deus escolheu e enviou para ser o Salvador (10.45). Portanto, ele tem autoridade para expulsar demônios, curar doentes e perdoar pecados. Este Evangelho começa com o batismo de Jesus (1.9-11) e termina com a sua ressurreição (16.1-8). O trecho final (16.9-20) não faz parte do texto original grego.
MARCOS, JOÃO Filho de MARIA 5) e primo de Barnabé (Cl 4.10). Acompanhou Paulo e Barnabé até Antioquia (At 12.25) e, depois, na sua primeira viagem missionária, até Perge (At 13.5,13). Por causa dele Paulo e Barnabé se separaram (At 15.36-41). Mais tarde, porém, Marcos foi cooperador de Paulo (Cl 4.10; Fm 24; 2Tm 4.11) e trabalhou com Pedro (1Pe 5.13). Segundo a tradição, Marcos fundou a igreja em Alexandria. V.MARCOS, EVANGELHO DE.
MARFIM Substância branca e resistente de que são constituídas as presas do elefante. Era usado na fabricação de móveis finos entalhados (1Rs 10.18) e para enfeitar casas luxuosas (1Rs 22.39; Am 3.15).
MARGEM Beira (Ez 47.6; Mc 6.33).
MARGINAL Mau elemento; fora-da-lei (Sl 22.16; 1Tm 1.9).
MARIA [Gorda ? Forte ?] 1) Mãe de Jesus e esposa de JOSÉ 2) (Mt 1.18-25), DESCENDENTE de Davi (Lc 1.27; Rm 1.3-4). Ela é “abençoada” (Lc 1.28,42,48). Após o anúncio do anjo (Lc 1.26-38), Maria engravidou pelo poder do Espírito Santo (Mt 1.18) e deu à luz a Jesus, em Belém (Lc 2.4-7). Ela guardou em seu coração os fatos extraordinários relacionados com o nascimento de Jesus (Lc 2.15,19,51). Ela esteve com Jesus no casamento em Caná (Jo 2.1-12). Quando Jesus foi crucificado, ela estava presente, e então ele a confiou aos cuidados de João (Jo 19.25-27). Finalmente, ela é mencionada com os primeiros cristãos (At 1.14). 2) Irmã de Marta e de Lázaro, de Betânia (Lc 10.38-42; Jo 11; 12.1-8). 3) Madalena, talvez a mulher mencionada em Lc 7.37-50 (v.Mc 16.9; Lc 8.2), foi testemunha da morte e do sepultamento de Jesus (Mt 27.56,61) e o viu ressuscitado (Mt 28.1-9). 4) Esposa de Clopas (Jo 19.25) e mãe de Tiago e José. Ela testemunhou a crucificação e o sepultamento de Jesus (Mt 27.56,61) e o viu ressuscitado (Mt 28.1-9). 5) Mãe de João Marcos e irmã de Barnabé (Cl 4.10). Ela cedeu sua casa para as reuniões dos cristãos em Jerusalém (At 12.12).
MARIDO Homem casado em relação à ESPOSA (Gn 3.6; Ef 5.22).
MARINHO Que está no mar ou vem do mar (Dt 14.17).
MÁRMORE Pedra calcária que pode ser polida. Foi usada na construção do TEMPLO e de casas luxuosas (Et 1.6; 1Cr 29.2).
MARRETA MARTELO pesado usado para quebrar pedras (Sl 74.6; Jr 23.29).
MARTA Irmã de MARIA 2) (Jo 12.2).
MARTELO Instrumento de ferro com cabo de madeira usado para bater e especialmente para fincar pregos (Is 41.7).
MASSÁ [Provocação] Local em REFIDIM e próximo do monte Sinai, onde Deus deu água a Israel (Êx 17.1-7).
MASSACRAR Matar cruelmente (Is 11.11; Lm 3.34).
MASSORETAS Estudiosos judeus que foram responsáveis pela transmissão do texto hebraico do AT e desenvolveram os sinais vocálicos e outros comentários críticos para esse texto, conhecido como texto massorético (TM). O TM é o texto hebraico básico para todas as versões modernas do AT. V.MANUSCRITOS.
MASTRO Longa peça de madeira ou de ferro em que se prendem as velas de uma embarcação ou uma bandeira (Is 33.22-23; 30.17).
MATADOURO Lugar onde se matam animais para consumo público (Sl 44.22; Rm 8.36).
MATANÇA Mortandade; massacre (2Cr 13.17).
MATANIAS [Dom de Javé] Nome original do rei ZEDEQUIAS (2Rs 24.17).
MATEUS [Dom de Deus] Filho de Alfeu e também chamado de Levi. Foi cobrador de impostos em CAFARNAUM, onde Jesus o convidou para ser seu discípulo (Mt 9.9-13) e apóstolo (Mt 10.3; At 1.13). V.MATEUS, EVANGELHO DE.
MATEUS, EVANGELHO DE Primeiro livro do NT, que relata a vida e as atividades de Jesus, apresentando-o como o MESSIAS. O Evangelho começa com a lista dos antepassados de Jesus, ligando-o assim à história do povo de Deus do AT. Jesus é aquele em quem se cumprem as promessas feitas ao rei Davi e a Abraão, o pai do povo escolhido. Em seguida o autor conta a história de Jesus, citando textos do AT a fim de provar que Jesus é de fato o Messias que Deus enviou (1.23; 2.5-6,15,17-18,23; 4.14; 8.17; 12.17-21; 21.4-5; 22.41-46). Neste Evangelho os fatos da vida de Jesus aparecem na mesma ordem seguida pelo de Marcos (v.MARCOS, EVANGELHO DE). Depois de ser batizado no rio Jordão por João Batista, Jesus é tentado no deserto e, em seguida, vai para a Galiléia, onde ensina multidões, cura doentes e expulsa demônios. Mateus dá muita importância aos ensinamentos de Jesus e os junta em cinco grandes discursos: 1) O SERMÃO DO MONTE (caps.5—7); 2) as instruções aos doze apóstolos para a sua missão (cap.10); 3) os segredos do Reino do céu (cap.13); 4) os ensinamentos a respeito da Igreja (cap.18); 5) os ensinamentos sobre o fim do mundo e a vinda do Reino do céu (caps.24—25).
MATIAS [Presente de Javé] Apóstolo escolhido para ficar no lugar de JUDAS 1) (At 1.15-26).
MATUSALÉM [Homem da Lança] Filho de Enoque e pai de Lameque. Viveu 969 anos (Gn 5.21-27).
MÉDIA País localizado a noroeste da Pérsia e habitado por um povo indo-europeu. Atingiu sua maior glória no reinado de NABUCODONOSOR (Is 21.2; Dn 8.20).
MEDITAR Refletir; pensar (Sl 1.2).
MEDITERRÂNEO, MAR Mar que fica entre o Sul da Europa e o Norte da África (Dt 11.24). Em suas viagens, Paulo várias vezes se utilizou de navios que o cruzavam (At 16.11; 20.6; 21.1-3; 27.13-44).
MÉDIUM NECROMANTE (1Sm 28.7; 2Rs 17.17).
MEDO Habitante da MÉDIA (Is 13.17). (Pronuncia-se médo.)
MEFIBOSETE [Destruidor da Vergonha] 1) Filho de Saul (2Sm 21.8-9). 2) Filho de Jônatas e neto de Saul (2Sm 4.4; 9.6-13; 16.1-4; 19.24-30; 21.7), também chamado de Meribe-Baal (1Cr 8.34).
MEGIDO Cidade localizada perto dos vales de SAROM e de JEZREEL, onde cruzavam duas importantes rotas comerciais. Salomão a cercou de muralhas (1Rs 9.15) e ela tornou-se cenário de grandes batalhas (Jz 5.19-21; 2Rs 23.29).
MEIO-IRMÃO Irmão só por parte de pai ou só por parte de mãe (2Sm 13.2,20).
MELQUISEDEQUE [Rei da Justiça] Rei de SALÉM e sacerdote do Deus Altíssimo. Abençoou a Abraão e recebeu dele o dízimo (Gn 14.18-20). Melquisedeque é um TIPO de Cristo, o Rei-sacerdote (Sl 110.4; Hb 5.6,10; 6.20; 7.1-28).
MEMBRO 1) Braço, perna ou outra parte do corpo (Ez 23.20). 2) Pessoa que faz parte do CORPO DE CRISTO (Ef 5.30).
MEMÓRIA Lembrança, recordação (Lc 22.19; 1Co 11.25). No título de Sl 38 e 70 a expressão “em memória” parece estar ligada a um SACRIFÍCIO acompanhado de queima de INCENSO, pedindo que Deus se lembre do salmista.
MEMUCÃ Um dos sete conselheiros do rei Assuero (Et 1.13-22).
MENAÉM [Confortador] Décimo sexto rei de Israel, que reinou de 743 a 738 a.C., depois de Salum, a quem matou (2Rs 15.14-22).
MENE, MENE, TEQUEL e PARSIM Palavras aramaicas escritas na parede do salão do banquete dado por Belsazar e que profetizaram o destino do rei e do seu reino. Seu significado é “contado, contado, pesado e dividido” (Dn 5.25-28).
MÊNFIS Primeira capital do Egito unido, situada à margem do rio Nilo, um pouco antes do início do delta (Os 9.6).
MENI O deus DESTINO; v.SORTE.
MENINA DO OLHO Pessoa ou coisa que se ama muito (Dt 32.10).
MENSTRUAÇÃO Corrimento mensal de sangue, nas mulheres, pelo órgão sexual e o período desse corrimento (Lv 12.2). V.REGRA 2).
MENTE 1) Sede e faculdade do pensamento, da reflexão e da lembrança; intelecto; entendimento; CORAÇÃO 2) (Jó 17.4; Sl 19.8; Mt 13.15; Rm 1.21). 2) Sede e faculdade do pensamento moral e espiritual; CORAÇÃO 2); ALMA; ESPÍRITO 1) (Pv 6.14; Rm 12.2; 2Co 11.3).
MEOLÁ Povoado situado no vale do Jordão, perto de Bete-Sã (1Sm 18.19).
MERABE [Aumento] Filha do rei Saul (1Sm 14.49; 18.17-19; 2Sm 21.8).
MERARI [Amargurado ? Entusiasmado ?] Filho de Levi (Gn 46.11; Nm 3.33-37; 26.57).
MERCÚRIO Nome latino de Hermes, o deus mensageiro dos gregos (At 14.12).
MERIBÁ [Reclamação] 1) Local em REFIDIM e próximo do monte Sinai, onde Deus deu água a Israel (Êx 17.1-7). 2) Local próximo de CADES, onde Deus repetiu o milagre (Nm 20.1-13).
MERIBE-BAAL V.MEFIBOSETE 2) (1Cr 8.34).
MERODAQUE [Ousado] Deus supremo dos babilônios (Jr 50.2).
MERODAQUE-BALADÃ [Marduque Deu Um Filho] Líder CALDEU 1) que se tornou rei da Babilônia de 722 a 710 a.C. e de 703 a 702 a.C. Durante o seu primeiro reinado, enviou mensageiros ao rei Ezequias, de Judá, para tentar envolvê-lo numa confederação contra os assírios, mas foi duas vezes derrotado e depois expulso por eles (2Rs 20.12-19; Is 39.1-8).
MEROM Riacho e pequeno lago, também chamado de lago Hulé, pelo qual passa o rio Jordão. Está situado entre o monte Hermom e o lago da Galiléia (Js 11.5-7).
MERONOTE Região do território de Naftali (Ne 3.7).
MÊS O mês dos israelitas era lunar, tendo 29 ou 30 dias, e começava com a lua nova (Nm 28.14).
MESA [Salvação] Rei MOABITA que reinou no tempo de Acabe, de Acazias e de Jorão, reis de Israel. Mesa ofereceu o seu filho mais velho em sacrifício ao deus QUEMOS (2Rs 3).
MESAQUE [A Sombra do Príncipe ?] Nome babilônico de MISAEL (Dn 1.7).
MESOPOTÂMIA [Entre-rios] A região localizada entre os rios Tigre e Eufrates, também chamada de Arã e Padã-Arã (Gn 24.10; At 2.9). Os antepassados dos hebreus vieram do norte dessa região (Gn 11; At 7.2).
MESSIAS O SALVADOR prometido no AT (Jo 1.41). Messias (hebraico) é o mesmo que Cristo (grego) e quer dizer “Ungido”. V.UNGIR.
MESTRE 1) Professor; instrutor (Pv 5.13; 1Co 12.28). 2) Título de Jesus, que tinha autoridade ao ensinar (Mc 12.14). 3) Pessoa perita em alguma ciência ou arte (2Cr 2.13).
MESTRE DA LEI Judeu erudito que era MESTRE 1) das Escrituras hebraicas, especialmente dos livros da LEI de Moisés, os primeiros cinco livros da Bíblia. Os mestres da Lei esclareciam dúvidas sobre o que as Escrituras querem dizer, citando opiniões dos famosos mestres judeus do passado. Eram chamados de “RABI”, palavra aramaica que quer dizer “Mestre” (Ed 7.6; Mt 15.1-9; cap.23).
METÁFORA Figura de linguagem em que se faz a substituição do sentido natural de uma palavra por outro sentido, em virtude da semelhança que há entre o sentido natural e o figurado. Jesus, por exemplo, para ilustrar o fato de que só ele pode transmitir a verdadeira vida espiritual, usa a palavra “luz” como metáfora (Jo 8.12). Outras metáforas podem ser encontradas em Sl 2.9 (barra de ferro) e Tg 3.6 (fogo). V.DESMETAFORIZAÇÃO e TRANSMETAFORIZAÇÃO.
METONÍMIA Figura de linguagem em que se emprega um nome por outro, em razão de haver uma relação objetiva entre o sentido de ambos. Essa relação pode ser variada, como, por exemplo, 1) o efeito pela causa; 2) o continente pelo conteúdo; 3) o abstrato pelo concreto; 4) o autor pela obra; e outras. Seguem exemplos. 1) Em Sl 51.8, “faze-me ouvir júbilo” a NTLH desmetonimizou assim: “faze-me ouvir outra vez os sons de alegria”. 2) Em Is 51.17, “bebeste o cálice” ficou assim: “bebesse o vinho”. 3) Em Sl 10.5, “quebra o braço do perverso” se torna “acaba com o poder dos maus”. 4) Em Lc 16.29, “têm Moisés e os profetas, ouçam-nos” está assim na NTLH: “têm a Lei de Moisés e os livros dos profetas para os avisar”.
METRO Unidade básica de comprimento. Um metro tem cem CENTÍMETROS (Êx 25.17; Ap 14.20).
MEUNITAS Moradores do monte Seir (2Cr 26.7).
MEXERIQUEIRO Aquele que faz intrigas, que espalha notícias falsas a respeito das pessoas (Pv 11.13).
MICA [Quem É Como Javé ?] Um EFRAIMITA que promoveu culto a imagens em sua casa (Jz 17—18).
MICAÍAS [Quem É Como Javé ?] Profeta que predisse a morte do rei ACABE (2Cr 18.7-27).
MICAL [Quem É Como Deus ?] Filha mais nova de Saul e esposa de Davi, a quem amava (1Sm 14.49; 18.20-28; 19.12-17). Depois, porém, desprezou a Davi e foi castigada (2Sm 6.16-23).
MICMÁS Cidade situada 12 km a nordeste de Jerusalém, onde os israelitas, sob o comando de Jônatas, derrotaram os filisteus (1Sm 13.1—14.23).
MICO Macaco de tamanho médio (1Rs 10.22).
MIDIÃ [Contenda] 1) Filho de Abraão e Quetura (Gn 25.2). 2) Região localizada a leste do golfo de Ácaba (Êx 2.15-22).
MIDIANITA Descendente de MIDIÃ 1) que habitava a terra de MIDIÃ 2) (Nm 22.4).
MIGALHA Pedacinho (Jz 1.7; Mc 7.28).
MIGUEL [Quem É Como Deus ?] ARCANJO protetor de Israel e vencedor de Satanás (Dn 10.13,20-21; 12.1; Jd 9; Ap 12.7).
MIL Unidade militar usada na organização das TRIBOS de Israel e do exército israelita (Nm 31.4-6).
MILAGRE Fato ou acontecimento fora do comum, que Deus realiza para confirmar o seu poder, o seu amor e a sua mensagem. No AT estão registrados 67 milagres (Gn 5.21-24; 11.6-9; 19.1-11,24-25,26; Êx 3.1-6; 4.1-5,6-8; 7.9-13; caps.7 a 12; 13.20-22; 14.21-28; 15.25; 16.12-36; 17.6; Lv 10.1-2; Nm 12.9-15; 16.24-35,46-50; 17.1-13; 20.7-13; 21.4-9; 22.28-30; Js 3; 6; 10.12-13; Jz 6.36-40; 1Sm 5; 6.19-21; 12.16-18; 2Sm 6.6-8; 1Rs 13.1-6; 17.3-7,14,22; 18.1-40,41-45; 2Rs 1.1-18; 2.8,11,12-14,19-22; 3.16-20; 4.1-7,32-37,38-41,42-44; 5.1-19,20-27; 6.1-7,15-23; 7.1-20; 13.20-21; 19.35-36; 20.7-11; 2Cr 7.1-3; 26.19-21; Dn 3.19-30; 5.30; 6.1-28; Jn 1). O NT mostra que Jesus realizou muitos milagres (Mt 8.16-17; 12.15; Lc 7.18-23; Mt 14.34-36). Os Evangelhos registram 36, alistados a seguir na ordem provável em que aconteceram: a água feita vinho (Jo 2.1-12); o filho de um funcionário público (Jo 4.46-54); uma pesca maravilhosa (Lc 5.1-11); o homem dominado por um demônio em Cafarnaum (Lc 4.31-37); a sogra de Pedro (Lc 4.38-39); o leproso (Mc 1.40-45); o paralítico descido pelo telhado (Mc 2.1-12); o paralítico de Betezata (Jo 5.1-18); o homem da mão aleijada (Mt 12.9-14); o empregado de um oficial romano (Lc 7.1-10); o filho da viúva de Naim (Lc 7.11-17); Maria Madalena (Lc 8.2); o endemoninhado cego e mudo (Mt 12.22-37); a tempestade (Mc 4.35-41); o homem de Gerasa dominado por espíritos maus (Mc 5.1-20); a filha de Jairo (Mc 5.21-43); a mulher que tinha hemorragia (Mc 5.25-34); os dois cegos (Mt 9.27-31); o mudo dominado por um demônio (Mt 9.32-34); a primeira multiplicação dos pães (Mc 6.30-44); Jesus anda sobre a água (Mt 14.24-33); a filha da siro-fenícia (Mc 7.24-30); o surdo-mudo (Mc 7.31-37); a segunda multiplicação dos pães (Mc 8.1-10); o cego de Betsaida (Mc 8.22-26); o menino epiléptico (Mc 9.14-29); a moeda na boca do peixe (Mt 17.24-27); o cego de nascença (Jo 9.1-41); a mulher encurvada (Lc 13.10-17); o homem que tinha o corpo inchado (Lc 14.1-6); a ressurreição de Lázaro (Jo 11.1-44); os dez leprosos (Lc 17.11-19); o cego Bartimeu (Mc 10.46-52); a figueira sem frutos (Mt 21.18-22); a orelha de Malco (Lc 22.50-51); outra pesca maravilhosa (Jo 21.1-13). Os apóstolos também fizeram milagres (Mt 10.1-8; Lc 10.9; 9.6; 10.17-20. Em Atos são mencionados 20 milagres (2.1-4; 3.1-8; 5.1-11,16,19; 6.8; 8.6-13; 9.3-8,13-18,32-35,36-41; 12.6-10; 13.8-12; 14.8-10; 16.16-18; 19.11, v.2Co 12.12; At 20.9-12; 28.1-6,7-9).
MIL ANOS V.MILÊNIO.
MILCA [Conselho] Filha de Harã, irmã de Ló e avó de Rebeca (Gn 11.27-29; 22.20-23).
MILÊNIO [MIL ANOS] Período de mil anos em que Satanás será preso, e Cristo reinará entre as nações (Ap 20). Alguns entendem o milênio no sentido literal de mil anos; outros o entendem no sentido figurado de um longo e indefinido período de tempo. São três as principais interpretações do milênio: 1) De acordo com o pré-milenismo, a segunda vinda de Cristo vai acontecer antes do seu reinado de mil anos na terra, junto com os salvos que participarem da primeira ressurreição. Depois desse período literal de mil anos, acontecerão a ressurreição dos mortos, o juízo final e a vida eterna. 2) Os pós-milenistas ensinam que, pelo poder do evangelho, haverá um período de mil anos de paz e justiça na terra, e depois disso acontecerão a segunda vinda de Cristo, a ressurreição dos mortos, o juízo final e a vida eterna. 3) Para os amilenistas, o milênio não virá no fim do mundo, mas é um símbolo do período da existência e da ação da Igreja na história, no fim do qual acontecerão a segunda vinda de Cristo, a ressurreição, o juízo final e a vida eterna.
MILETO Porto do mar Egeu, uns 50 km ao sul de Éfeso (At 20.15; 2Tm 4.20).
MILHAR Grande número (Sl 50.10).
MILO Fortaleza situada no lado norte de Jerusalém do tempo de Davi (2Sm 5.9).
MINA 1) Medida de peso igual a 571,2 g. Equivale a 50 SICLOS. A mina em Ezequiel é igual a 60 siclos, isto é, 685 g (45.12). 2) Lugar de onde se extraem minerais (Jó 28.1).
MINISTRO Conselheiro; auxiliar (Et 1.14; Dn 6.2).
MIQUÉIAS [Quem É Como Javé ?] Profeta que viveu na mesma época de Isaías e de Oséias. Era natural de Moresete-Gate, uma pequena cidade de Judá (Mq 1.1; Jr 26.18). V.MIQUÉIAS, LIVRO DE.
MIQUÉIAS, LIVRO DE Um dos Profetas Menores (v.LIVROS PROFÉTICOS DO AT), que traz as mensagens de Deus a Israel e a Judá anunciadas por Miquéias de 740 a 687 a.C. O profeta previu a queda de SAMARIA 2) (1.6-7). Vendo que JUDÁ 3) corria o perigo de sofrer o mesmo castigo, Miquéias mostra que Deus odeia a idolatria, a injustiça, a corrupção e o ritualismo religioso vazio. Contudo, ele afirma que Deus não só castiga, mas também tem prazer em perdoar. Finalmente, o profeta declara que o povo de Deus terá um futuro glorioso através do Rei que irá nascer em Belém (4.1-4; 5.2-4).
MÍRIAM [Gorda ? Forte ?] Irmã de Arão e Moisés (Nm 26.59).
MIRRA 1) Resina tirada de uma pequena árvore do Oriente Médio. Dessa rezina se fazia um perfume muito agradável e um remédio que, misturado com vinho, servia como calmante (Sl 45.8; Mt 2.11; Mc 15.23). 2) Porto da LÍCIA (At 27.5).
MISAEL [Quem É Igual a Deus?] Um dos quatro príncipes de Judá que foram treinados para serem conselheiros do rei NABUCODONOSOR (Dn 1.3-7).
MISERICÓRDIA 1) Bondade, AMOR e GRAÇA de Deus para com o ser humano, manifestos no perdão, na proteção, no auxílio, no atendimento a súplicas (Nm 14.19; Sl 4.1). Essa disposição de Deus se manifestou desde a criação e acompanhará o seu povo até o final dos tempos. 2) Virtude pela qual o cristão é bondoso para com os necessitados (Mt 5.7; Tg 2.13).
MISERÁVEL 1) Pobre (Gn 19.25). 2) Avarento (Pv 23.6). 3) Digno de dó (Ez 16.22). 4) Mau, desprezível (Mt 18.32).
MÍSIA Distrito situado no noroeste da PROVÍNCIA romana da ÁSIA, junto ao mar Egeu (At 16.7-8).
MISPA 1) Localidade de Gileade, ao norte de Maanaim (Gn 31.49). 2) Cidade de Judá (Jz 20.1).
MISRAEU Membro de uma família de Quiriate-Jearim, cidade de Judá (1Cr 2.53).
MISSÃO Encargo; serviço (1Sm 21.5; At 13.3; Cl 1.25; 1Tm 6.14).
MISTÉRIO 1) Algo difícil de explicar (Jz 13.8; Jó 11.6). 2) Segredo desconhecido até que seja manifestado por Deus através de algum meio (Dn 2.18-19,27-30,47). V.SEGREDO.
MITILENE Capital de Lesbos, ilha do mar Egeu (At 20.14).
MITRA Nome dado ao TURBANTE usado pelo GRANDE SACERDOTE (Êx 28.4,37,39). V.TURBANTE.
MIÚDOS Pequenos órgãos internos do corpo de animais de corte: coração, fígado, tripas (Êx 12.9; Lv 9.14).
MOABE [Do Meu Pai] 1) Neto de Ló, nascido do incesto com sua filha (Gn 19.30-38). 2) Povo descendente de Moabe 1) e sua terra, localizada a leste do JORDÃO (Nm 26.3-4).
MOABITA Descendente de MOABE 1) ou morador de MOABE 2) (Nm 21.26).
MOÇA Mulher jovem (Dt 22.15-29; Rt 2.5).
MOCHO Espécie de coruja sem penacho na cabeça (Dt 14.16).
MODERADO Aquele que evita exageros (1Tm 3.2,11; Tt 2.2).
MOEDA DE PRATA 1) Moeda romana. Era o pagamento por um dia de trabalho (Mt 20.2). 2) A tetradracma (Mt 26.15), moeda grega que valia quatro moedas de prata romanas. Calculando-se que um diarista ganhe dez dólares por dia, Jesus foi vendido por 1200 dólares, que era o preço de um escravo (Êx 21.32).
MOFO Bolor (Lv 13.47; 14.56).
MOINHO Engenho composto de duas mós colocadas uma sobre a outra, sendo a mó superior girada para moer grãos (Nm 11.8-9).
MOISÉS [Tirado] Líder escolhido por Deus para libertar os israelitas da escravidão do Egito (Êx 2—18), para fazer ALIANÇA com eles (Êx 19—24), para torná-los povo de Deus e nação independente (Êx 25Nm 36) e para prepará-los a fim de entrarem na terra de Canaã (Dt 1—33). Nasceu de pais israelitas, mas foi adotado pela filha do faraó do Egito, onde foi educado (Êx 2.1-10; At 7.22). Após colocar-se ao lado de seu povo e matar um egípcio, fugiu para MIDIÃ 2), onde se casou com Zípora (Êx 2.11-22). Passados quarenta anos, Deus o chamou e o pôs como líder da libertação do povo de Israel (Êx 3). Por mais quarenta anos Moisés cumpriu o mandado de Deus e morreu às portas da terra de Canaã, no monte NEBO (Dt 34). Alguns estudiosos colocam a data da morte de Moisés em torno de 1440 a.C., e outros a colocam por volta de 1225 a.C., dependendo da posição sobre a data do ÊXODO. Na Bíblia, Moisés é considerado o autor do PENTATEUCO.
MOITA Plantas que crescem agrupadas (Gn 22.13; Jó 38.40).
MOLHO 1) Líquido (azeite, vinagre) ao qual se acrescentam temperos (Jo 13.26). 2) De molho: imerso em água por algum tempo (Lv 11.38).
MOLOQUE [Rei] Deus supremo dos AMONITAS, também chamado de Milcom e de Malcã. Seu culto, que incluía o sacrifício de crianças, foi incentivado por Salomão (1Rs 11.5,7,33; 2Rs 23.10,13).
MONOGAMIA Casamento com um cônjuge (Gn 2.24). V.BIGAMIA e POLIGAMIA.
MONOLATRIA HENOTEÍSMO
MONOTEÍSMO Crença de que há um só Deus e Senhor de todo o universo (Dt 32.39; Sl 96; Mc 12.29; 1Tm 6.15-16). Os judeus, os cristãos e os maometanos são monoteístas. V.HENOTEÍSMO e POLITEÍSMO.
MONSTRO 1) Segundo lendas antigas, criatura que representava as forças da desordem e do mal e que foi vencida por Deus (v.LEVIATÃ, MAR 2) e RAABE 2)). 2) Criaturas que representavam a força bruta, a imoralidade e a oposição a Deus (Ap 13 e 17).
MONSTRO MARINHO 1) Grande animal que vive no mar, como, por exemplo, a baleia (Gn 1.21).
MONTE Grande massa de terra que se eleva acima do terreno que está à sua volta. Os montes mencionados mais vezes nas Escrituras são os seguintes: ABARIM, ARARATE, BASÃ, CALVÁRIO ou Gólgota, CARMELO, EBAL, EFRAIM, GERIZIM, GILBOA, GILEADE, HERMOM, HOR, LÍBANOS, MORIÁ, NEBO, OLIVEIRAS, Perazim (Baal-Perazim), PISGA, SEIR, SIÃO, SINAI, TABOR. Outros montes: Efrom (Js 15.9), Halaque (Js 11.17), Jearim (Js 15.10), Sefar (Gn 10.30), Salmom (Jz 9.48), Zemaraim (2Cr 13.4).
MONTE DO SENHOR V.SIÃO, MONTE (Sl 24.3).
MONTE, O V.SIÃO, MONTE (Ez 17.23).
MONTE SANTO, MONTE SAGRADO V.SIÃO, MONTE (Sl 3.4).
MONTES LÍBANOS V.LÍBANO.
MONUMENTO Pedra ou construção que tem como objetivos manter a lembrança de uma pessoa ou acontecimento (2Sm 18.18).
MORCEGO Animal mamífero parecido com um ratinho mas que voa. Era IMPURO (Lv 11.19).
MORDECAI [Pequeno Marduque, deus babilônico] Primo e pai adotivo de ESTER, que havia sido deportado de Judá para Susã (Et 2.5-7).
MORIÁ [Javé Provê] Local onde Abraão deveria sacrificar seu filho Isaque e, provavelmente, o monte sobre o qual foi construído o templo de Salomão (Gn 22.2; 2Cr 3.1).
MORTAL 1) Que está sujeito à morte (Is 51.12; 1Co 15.53). 2) Que pode produzir a morte (Ap 13.2,12).
MORTE 1) O fim da vida natural, que resultou da QUEDA em pecado (Gn 2.17; Rm 5.12). É a separação entre o espírito ou a alma e o corpo (Ec 12.7). Para os salvos, a morte é a passagem para a vida eterna com Cristo (2Co 5.1; Fp 1.23). 2) No sentido espiritual, morte é estar separado de Deus (Mt 13.49-50; 25.41; Lc 16.26; Rm 9.3), e a segunda morte é estar separado de Deus para sempre (Ap 20.6,14).
MORTO, MAR Grande lago salgado, situado no sul da Palestina, no qual deságua o rio Jordão (Ez 47.8). Fica a 26 km para o leste de Jerusalém e tem, aproximadamente, 85 km de comprimento e 16 km de largura. Seu nível se conserva pela evaporação rápida. Tem 26% de sais, sendo quatro vezes mais salgado do que os oceanos. Encontra-se a 393 m abaixo do nível do mar Mediterrâneo, e a sua profundidade é de 400 m em quase toda a sua extensão.
MORTOS, CONSULTA AOS V.NECROMANCIA.
MORTOS, MUNDO DOS V.MUNDO DOS MORTOS.
MOSAICO Pavimento feito de pequenas pedras ou ladrilhos, formando desenhos (1Cr 29.2).
MOSTARDA Semente de mostardeira. Quando é moída, produz um pó amarelo que serve como tempero ou como medicamento (Mt 13.31).
MUGIDO A voz do boi e da vaca (Jr 9.10).
MULA Animal resultante do cruzamento de jumento com égua ou de cavalo com jumento (2Sm 13.29; 1Rs 1.33).
MUNDO 1) A terra (Sl 24.1). 2) O conjunto das nações conhecidas (1Rs 10.24). 3) A raça humana (Sl 9.8; Jo 3.16; At 17.31). 4) O universo (Rm 1.20). 5) Os ímpios e maus, que se opõem a Deus (Jo 15.18) e têm o Diabo como seu chefe (Jo 12.31).
MUNDO DOS MORTOS [hebr.SHEOL] De acordo com o pensamento dos israelitas antigos, um abismo escuro e silencioso situado nas profundezas da terra, para onde todas as pessoas iam depois de morrer (Sl 6.5; 88.5,10-12).
MURALHA Grande muro que cercava certas cidades (1Rs 3.1; 2Co 11.33).
MURMURAR Dizer em voz baixa (Is 9.4).
MURTA Planta que não cresce muito e tem folhas pequeninas e flores perfumosas. É usada para fazer cercas vivas. É símbolo de coisas belas e agradáveis (Is 55.13).
MÚSICA A arte de combinar agradavelmente os sons. Existe desde os tempos mais antigos (Gn 4.21). Usava-se música para comemorar vitórias (Êx 15.1-21; Jz 5) e em outras ocasiões, como festas (2Sm 19.35) e enterros (Mt 9.23). Às vezes era acompanhada de dança (Êx 15.20; 1Sm 18.6-7; Mt 11.17). Davi e Salomão contribuíram para o desenvolvimento da música coral e instrumental em Israel (1Cr 6.31-48; 16; 2Cr 29.25). Usavam-se instrumentos de cordas (HARPA, LIRA); de sopro (FLAUTA, TROMBETA de metal, CORNETA de chifre); e de percussão (PRATOS SONOROS, CÍTARA, PANDEIRO, TAMBOR, TAMBORIM). O canto, tanto na forma uníssona como coral, e a música instrumental tinham seu lugar nos cultos e na vida religiosa do povo de Deus do AT e do NT (1Cr 16.4-7,37; Is 51.3; Mt 26.30; Ef 5.19; Cl 3.16). V.HINO.

N
NAAMÃ [Agradável] Comandante do exército da Síria. Ele era leproso, mas foi curado por milagre (2Rs 5).
NAÁS [Oráculo] Nome de dois reis AMONITAS, um do tempo de Saul e outro do tempo de Davi (1Sm 11.1-2; 2Sm 10.2).
NASOM [Oráculo] Um dos antepassados de Davi, que foi líder da tribo de Judá no deserto, sendo sua irmã a esposa de Arão (Rt 4.18-22; Nm 1.5-16; Êx 6.23).
NABAL [Tolo] Marido de ABIGAIL (1Sm 25).
NABATEUS Povo árabe que no final dos tempos do AT ocupou as regiões de Edom e de Moabe, chegando seu território, na época do NT, até o rio Eufrates. É mencionado nos livros APÓCRIFOS. Sua capital era Petra.
NABONIDO Último rei do Império Neo-babilônico (556-539 a.C.). Seu filho Belsazar era co-regente com ele desde o terceiro ano de seu reinado (Dn 5; 7.1; 8.1).
NABOPALASSAR Primeiro rei do Império Neo-babilônico (626-605 a.C.). Comandou a vitória sobre o Império Assírio em 612 a.C. (Sf 2.13-15; Naum).
NABOTE [Superioridade] Israelita que, por causa da posse de uma plantação de uvas, foi morto por JEZABEL (1Rs 21; 2Rs 9.21-37).
NABUCODONOSOR [NEBO, Protege o Teu Servo] Rei do Império Neo-babilônico (605-562 a.C.). Em 587 ou 586 ele destruiu Jerusalém e levou o povo de Judá para o CATIVEIRO (2Rs 25.1-23). Seu nome é mencionado várias vezes em Jr, Ez e Dn.
NACIONALIDADE País de nascimento (Mc 7.26).
NACIONALISTA Israelita que era contra o domínio romano em Israel, que deveria ter o seu próprio governo independente (Mt 10.4). Às vezes usava de violência nas suas ações.
NAÇÕES Designação geral dos povos não-israelitas (Êx 34.24; Lc 24.47). “Nação”, no singular, é usado também para Israel (Gn 12.2).
NADABE [Disposto] 1) Filho de Arão. Ele se tornou sacerdote, mas foi morto junto com seu irmão quando ambos ofereciam culto estranho a Deus (Êx 6.23; 28.1; Lv 10.1-7, v.ABIÚ). 2) Segundo rei de Israel, que reinou dois anos, em 910 e 909 a.C., depois de Jeroboão I, seu pai (1Rs 14.20; 15.25-31).
NÁDEGAS O assento (2Sm 10.4).
NAFTALI [Luta] 1) Sexto filho de Jacó (Gn 30.8). 2) Uma das doze TRIBOS do povo de Israel, formada pelos descendentes de Naftali 1) (Nm 1.42-43; Js 19.32-39).
NAIM Cidade da Galiléia em cujo portão Jesus ressuscitou um jovem (Lc 7.11-17).
NÃO-AMADA Nome dado a uma filha de OSÉIAS para lembrar que Deus não tinha mais amor pelo povo de Israel, que era infiel a ele (Os 1.6).
NÃO-JUDEU Aquele que não é judeu (At 15.3).
NÃO-MEU-POVO Nome de um dos filhos de OSÉIAS (Os 1.9-10; 2.23), que lembrava aos israelitas que Deus os rejeitou por causa da infidelidade deles.
NAOR [Perfurador] 1) Antepassado de Abraão (Gn 11.22-25). 2) Irmão de Abraão e avô de Rebeca (Gn 11.26-29; 22.20-24).
NARDO Planta de cujo caule e raízes se prepara um perfume muito caro (Mc 14.3).
NASCENÇA Nascimento (Jo 9.32).
NASCENTE 1) LESTE (Mt 24.27). 2) Fonte de água (Os 13.15). V.POENTE.
NASCIMENTO, NOVO Mudança operada pelo Espírito Santo no coração de uma pessoa que, levada à fé salvadora, abandona o pecado e passa a viver uma nova vida voltada para Deus e para o próximo (Jo 3.3-7; 1Jo 2.29; 3.9; 4.7; 5.1,4,18). V.CONVERTER-SE.
NATÃ [Doador] 1) Filho de Davi e antepassado de Jesus (2Sm 5.14; Lc 3.31). 2) Profeta que viveu durante os reinados de Davi e Salomão (2Sm 7; 12; 1Rs 1).
NATANAEL [Dádiva de Deus] DISCÍPULO de Jesus. Era de Caná da Galiléia (Jo 1.45-51; 21.2), sendo identificado com BARTOLOMEU.
NATURAL 1) Que pertence ou vem de uma certa localidade, onde nasceu ou reside (1Sm 3.18; At 21.16). 2) Normal; de acordo com a natureza; próprio (Rm 1.26-27).
NATUREZA 1) O caráter íntimo de uma pessoa ou coisa (Jo 1.14; 3.6; 13.32; Rm 8.7; Ef 4.22). 2) A maneira natural de as coisas serem (Rm 1.26; 1Co 11.14). 3) Força que conserva a ordem das coisas (Jr 31.36).
NAUM [Compassivo] Profeta que viveu na mesma época de Habacuque e de Sofonias. Autor do livro que leva seu nome (Na 1.1). V.NAUM, LIVRO DE.
NAUM, LIVRO DE Um dos Profetas Menores (v.LIVROS PROFÉTICOS DO AT). Em linguagem poética, Naum descreve a queda de Nínive, a capital da Assíria, que foi conquistada pelos babilônios em 612 a.C. Ele vê a queda de Nínive como o castigo que Deus manda sobre um povo perseguidor e cruel.
NAVALHA Instrumento que consta de uma lâmina afiada, usado para fazer a barba ou para cortar o cabelo (Sl 52.2).
NAVEGAR Viajar em barco ou navio (Is 23.3; At 13.13).
NAZARÉ Cidade localizada no sul da Galiléia. Ali Jesus cresceu e ali vivia a sua família (Lc 1.26-27; 2.4,51; 4.16).
NAZARENO 1) Natural ou morador de NAZARÉ (Mt 2.23). 2) Nome que os judeus no início davam aos cristãos (At 24.5).
NAZIREU Israelita, homem ou mulher, que fazia voto de se dedicar ao serviço de Deus por algum tempo ou por toda a vida (Nm 6.1-21).
NEÁPOLIS Porto de Filipos. Ficava 16 km longe da cidade (At 16.11).
NEBATE [Aparência ? Cultivo ?] Pai de JEROBOÃO I (1Rs 11.26).
NEBLINA Nuvem de cerração fina que se forma próxima do chão; nevoeiro (Tg 4.14).
NEBO 1) Um dos montes mais elevados da região montanhosa de ABARIM, na terra de Moabe, de onde Moisés, antes de morrer, pôde ver a terra de Canaã (Dt 32.49; 34.1-6). 2) Cidade de Moabe próxima do monte Nebo 1) (Jr 48.1). 3) Deus babilônico (Is 46.1).
NEBUZARADÃ [Nebo Deu Semente] Comandante do exército de Nabucodonosor na conquista de Jerusalém (2Rs 25.8-20; Jr 52.12-30). Jeremias ficou aos cuidados de Nebuzaradã, que o deixou ficar em Judá (Jr 39.11-14; 40.1-6).
NECESSITADO Miserável, pobre (Dt 15.11; At 4.34).
NECO Faraó do Egito (609-595 a.C.). Derrotou o rei JOSIAS em Megido (2Rs 23.29; 2Cr 35.20-24), mas depois foi derrotado por Nabucodonosor em Carquemis (2Rs 24.7).
NECROMANCIA Forma de MAGIA em que se procura revelar o futuro e obter conhecimentos ocultos por meio de consulta a pessoas mortas (Lv 19.31; 1Sm 28.8). Necromantes enganavam seus consulentes através de mudança da voz (Is 8.19; 29.4). V.ADIVINHAÇÃO.
NEEMIAS [Javé Conforta] Judeu, copeiro de ARTAXERXES 2). Neemias liderou um grupo que voltou do CATIVEIRO para Jerusalém, onde foi governador e realizou reformas. Foi um homem de habilidade, coragem e ação. Em tudo dependia de Deus, a quem constantemente recorria em oração. V.NEEMIAS, LIVRO DE.
NEEMIAS, LIVRO DE Livro que relata as atividades de Neemias e de outros líderes em Jerusalém, depois do retorno do CATIVEIRO (caps. 1—2). Suas atividades envolveram a reconstrução das muralhas de Jerusalém (caps. 3—7), a renovação da ALIANÇA (caps. 8—10), e reformas políticas e sociais (caps. 11—13). V. também ESDRAS, LIVRO DE.
NEGRO, O V.SIMEÃO 4) (At 13.1).
NEGUEBE Região desértica situada no sul de Canaã. V. mapa RELEVO DA PALESTINA.
NERGAL Divindade babilônica da destruição e da desgraça, associada ao planeta Marte (2Rs 17.30).
NERGAL-SAREZER [Nergal Proteja o Príncipe] Príncipe babilônico, genro de Nabucodonosor (Jr 39.3-13).
NERO Imperador que governou o Império Romano de 54 a 68 d.C. Matou muitos cristãos, acusando-os de terem incendiado Roma em 64 d.C. Segundo a tradição, os apóstolos Pedro e Paulo foram mortos durante o seu governo. Nero é o CÉSAR mencionado em At 25.11 e Fp 4.22. V.SINAL DO MONSTRO.
NETO Filho de filho ou de filha (Jz 12.14; 1Tm 5.4). V.BISNETO, TRINETO e TETRANETO.
NETOFA Povoado de Judá, localizado cinco km ao sul de Jerusalém (1Cr 2.54).
NEUSTÃ [Serpente de Bronze] Nome dado à serpente de metal que Moisés fez no deserto e que, mais tarde, os israelitas adoraram (Nm 21.9; 2Rs 18.4).
NEVE Partículas ou flocos de gelo que, especialmente no inverno, caem do céu como a chuva, formando no chão uma camada de gelo fofo de cor muito branca (2Sm 23.20; Is 1.18).
NIBAZ Um deus adorado em Samaria (2Rs 17.31).
NICANOR Um dos sete escolhidos pela Igreja de Jerusalém para administrar a distribuição de auxílio aos necessitados (At 6.5).
NICODEMOS [Vitorioso Sobre O Povo ? Sangue Inocente ?] FARISEU, membro do CONSELHO SUPERIOR, que procurou Jesus à noite e, depois, o defendeu diante do CONSELHO (Jo 3; 7.32-52). Ele contribuiu com as ESPECIARIAS para o embalsamamento do corpo de Jesus (Jo 19.39-42).
NICOLAÍTAS Seguidores de uma seita que perturbavam as igrejas de Éfeso e de Pérgamo. Comiam alimentos sacrificados a ídolos e entregavam-se aos prazeres carnais (Ap 2.6-15).
NICOLAU Não-judeu de Antioquia, convertido ao JUDAÍSMO, um dos sete escolhidos pela Igreja de Jerusalém para administrar a distribuição de auxílio aos necessitados (At 6.5).
NILO Rio da África que nasce no lago Vitória e corre para o norte por 6.500 km, atravessando todo o Egito até o mar Mediterrâneo. Antes de chegar ao mar, o Nilo se abre em vários braços, formando um delta (Is 19.5-9). O Nilo está ligado à história do ÊXODO (Êx 2.3-10; 7.14-25).
NÍNIVE Uma das mais antigas cidades do mundo, fundada por NINRODE (Gn 10.11). Durante vários séculos foi a capital dos assírios. Foi destruída pelos babilônios em 612 a.C.JONAS 1) foi enviado a Nínive para tentar convertê-la (Jn 1.2), e NAUM anunciou a sua queda.
NINRODE Um dos descendentes de CAM 1). Foi caçador e fundador de cidades e de reinos (Gn 10.8-12).
NISÃ O primeiro mês do calendário hebraico. Ia de meados de março a meados de abril. Era também chamado de abibe (Êx 13.4; Et 3.7).
NISROQUE Talvez Nusku, o deus do fogo adorado na MESOPOTÂMIA (Is 37.38).
NOBE Cidade BENJAMITA de sacerdotes, localizada ao norte de Jerusalém. No tempo de Saul a TENDA SAGRADA estava em Nobe. Saul a destruiu completamente por ter abrigado Davi (1Sm 21.1-9; 22.9-19).
NOBRE Pessoa de família ilustre (Dn 1.3).
NOÉ [Descanso] Filho de Lameque da descendência de Sete (Gn 5.28-32). Noé era um homem obediente a Deus. Quando Deus decidiu destruir o mundo através de um DILÚVIO, ele escolheu Noé e sua família para escaparem da destruição. Durante o dilúvio, Noé e sua esposa, seus três filhos e suas esposas e muitos animais permaneceram dentro de uma BARCA que havia sido construída por Noé. Depois que as águas secaram, Noé e sua família saíram da barca e receberam de Deus a ordem e a bênção para povoarem de novo a terra. Noé viveu 950 anos (Gn 6—9).
NOEMI [Agradável] Esposa de Elimeleque, de Belém, que se tornou sogra e conselheira de Rute (Rt 1-4).
NOJENTO Qualidade daquilo que os israelitas deviam rejeitar por ser IMPURO (Lv 11.43), reprovável e repugnante, como a idolatria (1Rs 11.5-7; 2Rs 16.3; 23.13; Is 66.3) e os vergonhosos costumes dos pagãos (2Rs 21.2; Ed 9.1; Sl 14.1; Ap 17.4-5).
NOME Palavra que designa uma pessoa ou coisa. Nos tempos bíblicos o nome, às vezes, estava relacionado com algum fato relativo ao nascimento (Gn 35.18; v.BENONI); outras vezes expressava uma esperança ou uma profecia (Os 1.6; Mt 1.21,23). Era costume, no tempo de Jesus, o judeu ter dois nomes, um hebraico e outro romano (At 13.9). Partes dos nomes de Deus entravam, às vezes, na composição dos nomes (v.ELIAS, JEREMIAS, JESUS). Na invocação do nome de Deus chama-se a sua pessoa para estar presente, abençoando (Nm 6.22-27; Mt 28.19; Ef 6.24). Tudo o que é feito “em nome” de Jesus é feito pelo seu poder, que está presente (At 3.6; 4.10-12). Na oração feita “em nome de Jesus” ele intercede por nós junto ao Pai (Jo 15.16). Em muitas passagens “nome” indica a própria pessoa. P. ex. em Sl 9.10 diz-se: “Em ti confiam os que conhecem o teu nome”, sentença que na NTLH ficou assim: “Ó SENHOR, aqueles que te conhecem confiam em ti”.
NOMEAR Escolher; indicar (Ed 5.14).
NOMES DE DEUS V.DEUS, NOMES DE.
NORA A mulher do filho em relação aos pais dele (Rt 1.6; Mt 10.35).
NOROESTE Que fica entre o norte e o oeste (At 27.12).
NORTE Ponto cardeal (Pv 25.23; Ap 21.13).
NOTÍCIA Relato resumido de acontecimento recente; novidade (Gn 45.16; Mc 1.45).
NOVIDADE Notícia recente (Jr 50.2; At 17.21).
NOVO MANDAMENTO V.MANDAMENTO 2).
NOVO NASCIMENTO V.NASCIMENTO, NOVO.
NOVO TESTAMENTO A segunda parte da Bíblia, que começa com o Evangelho de Mateus e termina com o Apocalipse. Trata da nova ALIANÇA. A palavra “testamento”, quando usada para indicar as duas divisões da Bíblia, quer dizer “aliança”. O NT é a revelação de Deus para o bem de todos os povos. Jesus Cristo, o MESSIAS e SALVADOR 2), veio no tempo certo, e com ele teve início a IGREJA, fundada sobre o alicerce do testemunho dos APÓSTOLOS. O NT compõe-se de 27 livros, assim classificados: livros históricos (5), cartas de Paulo (13), cartas gerais (8) e Apocalipse (1).
NOVO TESTAMENTO GREGO V.TEXTO DO NOVO TESTAMENTO.
NOVOS CÉUS E NOVA TERRA Alvo final para o qual Deus conduz a história, a renovação de todas as coisas, que é a esperança dos filhos de Deus e a expectativa de toda a criação (Is 65.17; 66.22; 2Pe 3.13; Ap 21.1; Rm 8.19-23).
NUDEZ Estado de quem está sem roupa (Ap 3.18).
NUM [Continuação] Pai de Josué (Êx 33.11).
NÚMEROS, LIVRO DE Quarto livro do PENTATEUCO, que tem esse nome porque nele há duas contagens dos israelitas. A primeira foi feita quando saíram do Egito (cap.1), e a outra, 40 anos mais tarde, antes de entrarem na terra de Canaã (cap.26). Entre esses dois capítulos é contada a história da caminhada dos israelitas até Cades-Barnéia, no sul de Canaã, onde permaneceram por muitos anos, deslocando-se no final para a região montanhosa que fica a leste do rio Jordão. Essa história mostra que o povo muitas vezes ficou desanimado e com medo diante das dificuldades, revoltando-se contra Deus e contra Moisés. Mas a história mostra também a fidelidade de Deus e o seu cuidado constante para com o seu povo. Finalmente, o livro de Números fala da firmeza de Moisés, que às vezes perdia a paciência, mas sempre mostrava ter um espírito de dedicação a Deus e ao seu povo.
NUNC DIMITTIS V.CÂNTICOS DO ADVENTO 5).
NUVEM Um conjunto de partículas de água ou de fumaça que se pode ver no ar (Gn 9.13; Jz 20.38). Às vezes uma nuvem era o símbolo visível da presença de Deus com seu povo, principalmente em relação à TENDA SAGRADA e ao TEMPLO (Êx 13.21; 40.34-38; 1Rs 8.10).
 
O
OÁSIS Área verde e fértil situada em meio a um deserto (Ez 47.19).
OBADIAS [Servo de Javé] 1) Administrador da casa do rei Acabe (1Rs 18.2-16). 2) Profeta, também chamado de Abdias, que escreveu o livro que leva seu nome (Ob 1; v.OBADIAS, LIVRO DE).
OBADIAS, LIVRO DE Quarto livro dos Profetas Menores (v.LIVROS PROFÉTICOS DO AT). Nesse livro, Obadias anuncia a destruição de EDOM 2), tendo em vista que os edomitas não somente se alegraram com a derrota dos israelitas pelos babilônios em 586 a.C., mas também ajudaram o inimigo e aproveitaram a oportunidade para saquear Jerusalém. Por causa desse pecado, os edomitas seriam castigados e derrotados junto com os outros povos que eram inimigos do povo de Deus. Israel, porém, voltaria a ser próspero e poderoso.
OBEDE [Servidor] Filho de Boaz e Rute, e avô do rei Davi (Rt 4.17-22).
OBEDECER Acatar ordem ou orientação (Jr 42.6; Rm 6.16-17).
OBEDE-EDOM [Servidor de Edom] Homem natural de GATE, em cuja casa Davi colocou a arca do Senhor (2Sm 6.10-12).
OBEDIENTE A DEUS V.RETIDÃO.
OBRA 1) Feito realizado por Deus ou por uma pessoa; trabalho (1Cr 22.16). 2) Trabalho manual (Pv 25.4).
OCIDENTE OESTE (Sl 103.12; 139.9).
ODRE Vasilha feita com o couro inteiro de um animal. Servia para guardar ou transportar líquidos (Js 9.4; Mt 9.17; pronuncia-se ôdre).
OESTE Ponto cardeal, do lado que o sol se põe; poente; OCIDENTE (Js 1.4; Ap 21.13).
OFEL Uma área que ficava ao sul de Jerusalém (2Cr 27.3).
OFERTA V.SACRIFÍCIOS E OFERTAS (Is 1.13).
OFERTA DE PAZ V.SACRIFÍCIOS E OFERTAS 3).
OFIR Cidade do sudoeste da ARÁBIA, de onde se importavam ouro, prata, marfim, pedras preciosas, madeira, bugios e pavões (1Rs 9.28; 10.11; 22.49).
OGUE [Gigante] Rei amorreu de BASÃ, derrotado pelos israelitas (Dt 3.1-13).
OLEIRO Aquele que faz objetos de barro (Is 29.16; Mt 27.7).
ÓLEO V.AZEITE (Pv 27.16; Mt 25.3; Lc 23.56).
OLIVEIRA Pequena árvore que produz azeitonas (Sl 52.8; v.AZEITE).
OLIVEIRAS, MONTE DAS Monte que ficava a leste de Jerusalém, do outro lado do CEDROM (Lc 19.29). Nas suas encostas ficavam BETFAGÉ, BETÂNIA e o GETSÊMANI.
OM (ON) [Sol]
Nome egípcio do deus Sol e da cidade que era o centro de sua adoração (Gn 45.41). V.HELIÓPOLIS.
OMBREIRA BATENTE vertical de portas e janelas (1Rs 6.31).
ÔMEGA Última letra do alfabeto grego (Ap 1.8; v.ALFA E ÔMEGA).
ÔMER Medida de capacidade para secos igual a 10 EFAS ou 176,2 l (Ez 45.11).
ONÃ [Força] Segundo filho de JUDÁ 1), que, por não cumprir a obrigacão do estabelecido em Dt 25.5-10, foi morto por Deus (Gn 38.4-10).
ONESÍFORO [O Que Dá Lucro] e Cristão de Éfeso, companheiro e amigo de Paulo (2Tm 1.16-18; 4.19).
ONÉSIMO [Útil; Proveitoso] Escravo colossense que fugiu da casa de FILEMOM. Converteu-se e foi enviado de volta como irmão em Cristo (Cl 4.9; Fm 10).
ÔNICA Uma das ESPECIARIAS que eram usadas na preparação do INCENSO sagrado. Fazia-se de certas conchas marinhas que eram moídas até virarem pó (Êx 30.34-35).
ONIPOTÊNCIA Atributo pelo qual Deus pode tudo (Jó 42.2; Mt 19.26; Lc 1.37).
ONIPRESENÇA Atributo pelo qual Deus está presente em toda parte (Sl 139.7-12; Jr 23.23-24; At 17.27-28).
ONISCIÊNCIA Atributo pelo qual Deus conhece perfeita e eternamente todas as coisas passadas, presentes e futuras (Sl 147.5; Pv 15.11; Is 46.10).
ÔNIX Variedade de ÁGATA, com camadas paralelas de diferentes tons (Êx 25.7).
ONRI [Javé Distribui ? Impetuoso ?] General que se tornou o sexto rei de Israel. Reinou mal durante doze anos (885-874 a.C.), em lugar de Zinri (1Rs 16.15-28).
OOLÁ [Sua Barraca] Na parábola de Ez 23, a mulher que representa Samaria, o Reino do Norte. Ela e sua irmã OOLIBÁ, que representa Jerusalém e o Reino do Sul, foram acusadas de serem infiéis a Javé.
OOLIBÁ [A Minha Barraca Está Nela]. V.OOLÁ (Ez 23).
OPORTUNIDADE Ocasião favorável (Fp 4.10).
OPRIMIDO Perseguido; explorado (Sl 12.5; Lc 4.18).
ORAÇÃO Uma aproximação da pessoa a Deus por meio de palavras ou do pensamento, em particular ou em público. Inclui confissão (Sl 51), adoração (Sl 95.6-9; Ap 11.17), comunhão (Sl 103.1-8), gratidão (1Tm 2.1), petição pessoal (2Co 12.8) e intercessão pelos outros (Rm 10.1). Para ser atendida, a oração requer purificação (Sl 66.18), fé (Hb 11.6), vida em união com Cristo (Jo 15.7), submissão à vontade de Deus (1Jo 5.14-15; Mc 14.32-36), direção do Espírito Santo (Jd 20), espírito de perdão (Mt 6.12) e relacionamento correto com as pessoas (1Pe 3.7).
ORAÇÃO DE AZARIAS Acréscimo APÓCRIFO ao livro de Daniel. São 27 versículos que ficam entre Dn 3.23 e 3.24). É uma confissão em forma de salmo, feita por Azarias quando estava dentro da fornalha.
ORAÇÃO DE MANASSÉS Salmo PSEUDEPIGRÁFICO, escrito aí pelo século II d.C. por autor desconhecido, a fim de completar 2Cr 33.18. A VULGATA Sixto-Clementina a publicou em apêndice. As Bíblias católicas modernas a omitem.
ORAÇÃO DOMINICAL V.PAI-NOSSO.
ORDENAÇÃO, ORDENAR Cerimônia de separação e dedicação dos sacerdotes para o serviço de Deus (Êx 29.1-37; Lv 8).
ORFA [Pescoço; Juba] A nora de Noemi que ficou em Moabe (Rt 1.14).
ORGIA Farra (1Pe 4.3).
ORGULHO Exagerada auto-estima, acompanhada de desprezo pelos outros (Jr 48.29; 2Co 12.20). ARROGÂNCIA.
ORIENTE LESTE (Gn 11.2; Mt 2.2).
ORIENTE MÉDIO Região em que estavam situadas muitas nações do mundo bíblico. Compreende as terras do sudoeste da Ásia e do nordeste da África, desde o Mediterrâneo oriental até os limites do Irã.
ORVALHO Pequenas gotas de água que aparecem à noite sobre superfícies frias (Sl 133.3).
OSÉIAS [Salvação] 1) Décimo nono e último rei de Israel. Reinou nove anos (732-723 a.C.). Foi dominado por SALMANESER, da Assíria, que tomou Samaria em 722 a.C. (2Rs 17.1-6). 2) Profeta que anunciou a mensagem de Deus ao povo de Israel, o Reino do Norte, no tempo de JEROBOÃO II (Os 1.1). Isso foi depois de AMÓS e antes da tomada de Samaria pelos assírios em 722 a.C.V.OSÉIAS, LIVRO DE.
OSÉIAS, LIVRO DE Livro que contém as mensagens de OSÉIAS para o povo de Israel, que, por causa da IDOLATRIA, ia ser castigado por Deus. Mas Deus não os abandonaria e estaria sempre pronto para salvá-los. A experiência dolorosa do profeta com a sua esposa levou-o a descrever o relacionamento entre Deus e o povo de Israel como o de um marido fiel com a sua esposa infiel. Israel se tornou infiel quando começou a adorar ídolos e deuses falsos. Por isso, Deus ficou irado e vai castigar o seu povo. Mas o seu amor não tem fim, e ele não rejeitará o seu povo para sempre (11.8).
OTONIEL [Deus É Força] Sobrinho de CALEBE. Conquistou Debir (Js 15.13-19) e foi o primeiro JUIZ 2), livrando o povo do domínio do rei da Mesopotâmia (Jz 3.7-11).
OURIVES ARTÍFICE que faz objetos de ouro e de prata (Is 40.19; At 19.24).
OVELHA Fêmea do CARNEIRO (Is 53.6).
 
P
PACIÊNCIA Capacidade de sofrer ou suportar com calma e sem reclamar (2Co 1.6).
PACÍFICO Que ama a paz; sossegado (Tg 3.17).
PADRÃO Modelo oficial de pesos e medidas (2Cr 3.3).
PÃES DA PRESENÇA DE DEUS Os 12 pães, cada um pesando dois quilos, que eram arrumados em duas pilhas sobre uma mesa que ficava no LUGAR SANTO. Eles representavam a ALIANÇA das doze tribos com Javé. Eram trocados no sábado, sendo os pães velhos comidos pelos sacerdotes (Lv 24.5-9; Êx 25.30).
PÃES SEM FERMENTO Pães feitos sem fermento, que eram comidos durante certas comemorações e festas religiosas. O fermento era símbolo do pecado (1Co 5.7-8).
PÃES SEM FERMENTO, FESTA DOS Festa dos israelitas que começava na PÁSCOA e durava sete dias. Nela eles comemoravam a libertação da escravidão no Egito. A festa recebeu esse nome porque durante aquela semana só se fazia pão sem fermento (Êx 12.15-20; Nm 28.16-25; v.PÃES SEM FERMENTO). Essa festa ia de 15 a 21 do mês de nisã (mais ou menos a primeira semana de abril).
PAFOS Capital da ilha de Chipre, cujo governador se converteu pela mensagem de Paulo e por um milagre (At 13.6-12).
PAGÃO Pessoa que não conhece ou não aceita o Deus da Bíblia (Sl 2.1; Mt 18.17).
PAI Maneira de se falar de Deus e com Deus. No AT Deus tratava o povo de Israel como seu filho (Êx 4.22; Dt 1.31; 8.5; Os 11.1). Jesus chamava Deus de “Pai” (Jo 5.17). E ele ensinou que todos aqueles que crêem nele são filhos de Deus (Jo 20.17). Ver também Mt 6.9 e Rm 8.15.
PAINEL Espécie de tapume de madeira ou de outro material (1Rs 7.28-36).
PAI-NOSSO A oração modelo ensinada por Jesus (Mt 6.9-13; Lc 11.2-4). Ela se divide em duas partes. Na primeira, após a invocação, há três petições referentes a Deus: ao seu ser, ao seu Reino e à sua vontade. Na segunda parte, as petições são feitas na primeira pessoa do plural (“nós”), pois o cristão ora como membro de uma comunidade de salvos. Ele pede alimento, perdão e vitória na tentação. A DOXOLOGIA final foi acrescentada pela Igreja primitiva, refletindo a oração de Davi registrada em 1Cr 29.11-13.
PAIXÃO Inclinação emocional intensa e descontrolada (Rm 1.26).
PALADAR Gosto (Jó 12.11).
PALAVRA 1) Expressão, falada ou escrita, de pensamento (Sl 5.1; Ap 21.5). 2) Mensagem de Deus (Is 66.5). 3) As Escrituras Sagradas do AT, especialmente a LEI 2) (Sl 119.105). 4) A mensagem do evangelho (At 8.14). 5) Jesus Cristo (Jo 1.1). Jesus é mais do que expressão falada: ele é Deus em ação, criando (Gn 1.3), se revelando (Jo 10.30) e salvando (Sl 107.19-20; 1Jo 1.1-2).
PALAVRAS DA CRUZ, AS SETE a) “Pai, perdoa esta gente” (Lc 23.34). b) “Hoje você estará comigo no paraíso” (Lc 23.43). c) “Este é o seu filho (Jo 19.26)... Esta é a sua mãe” (Jo 19.27). d) “Eli, Eli, lemá sabactani” (Mt 27.46). e) “Estou com sede” (Jo 19.28). f) “Tudo está completado” (Jo 19.30). g) “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito” (Lc 23.46).
PALAVRÓRIO Muitas palavras sem valor (Jó 11.2).
PALESTINA Nome de CANAÃ 2), a Terra Santa (Zc 2.12), prometida por Deus aos patriarcas hebreus e aos seus descendentes (Dt 6.10; Sl 37.3). Essa região fica entre o Líbano ao norte e o Neguev ao sul, e entre o mar Mediterrâneo a oeste e os desertos da Síria e de Moabe a leste. Inclui atualmente os estados de Israel, Jordânia e Egito.
PALHA Capa dos CEREAIS que é separada deles ao serem DEBULHADOS (Mt 3.12).
PALMO Medida de comprimento igual a 22,2 cm (Êx 28.16; At 7.5). É a distância entre a ponta dos dedos polegar e mínimo da mão aberta.
PANDEIRO Instrumento musical que consta de um aro circular de madeira em que se localizam pequenos discos metálicos e que é coberto por uma pele esticada. É batido com a mão e chacoalhado (Jó 21.12).
PANFÍLIA PROVÍNCIA romana situada ao sul da GALÁCIA. Fazia parte da ÁSIA MENOR (At 13.13; 14.24).
PANO GROSSEIRO Tecido feito com pêlos de cabra, usado para fazer roupas próprias para ocasiões de profunda tristeza (Jó 16.15; Is 3.24; Jr 2.10; Mt 11.21; v.SACO).
PÃO 1) Alimento feito de farinha, água e fermento e assado no forno (Jo 6.9). 2) Alimento (Gn 18.6). 3) Alimento espiritual (Jo 6.31-35).
PÃO SEM FERMENTO V.PÃES SEM FERMENTO.
PAPIRO Nos tempos antigos, material folheado feito da planta do mesmo nome, semelhante ao JUNCO, sobre o qual se escrevia. O papiro era parecido com o papel grosso de hoje. Foi usado inicialmente no Egito, mas depois passou para a Palestina e para outras regiões. Muitos livros da Bíblia foram escritos em papiro. Os livros de papiro, como os de PERGAMINHO, tinham a forma de rolo (Sl 40.7; 2Tm 4.13). O livro com páginas, o códice, foi inventado no segundo século d.C.
PARÃ Deserto, monte e localidade situados no centro da península do Sinai (Gn 21.20; Dt 1.1; 33.2).
PARÁBOLA Geralmente história curta e, às vezes, comparação, baseada em fatos reais com o fim de ensinar lições de sabedoria, de moral ou de religião (Mt 13.3-23). No AT encontram-se algumas parábolas: 2Sm 12.1-4; 14.6-7; Is 5.1-7; Ez 19.1-9; cap.23; 24.1-14. São quarenta e quatro as parábolas de Jesus registradas nos Evangelhos, alistadas a seguir em ordem alfabética: o administrador desonesto (Lc 16.1-9); o amigo importuno (Lc 11.5-8); o bom samaritano (Lc 10.25-37); a casa vazia (Mt 12.43-45); coisas novas e velhas (Mt 13.51-52); o construtor de uma torre (Lc 14.28-30); o dever do empregado (Lc 17.7-10); as dez moças (Mt 25.1-13); os dois alicerces (Mt 7.24-27); os dois devedores (Lc 7.40-43); os dois filhos (Mt 21.28-32); o empregado fiel e o infiel (Mt 24.45-51); o empregado mau (Mt 18.23-35); os empregados vigilantes (Mc 13.33-37); o fariseu e o cobrador de impostos (Lc 18.9-14); o fermento (Mt 13.33); a festa de casamento (Mt 22.1-14); a figueira (Mt 24.32-33); a figueira sem figos (Lc 13.6-9); o filho perdido (Lc 15.11-32); a grande festa (Lc 14.15-24); jejum e casamento (Lc 5.33-35); o joio (Mt 13.24-30,36-43); os lavradores maus (Mt 21.33-46); os meninos na praça (Mt 11.16-19); a moeda perdida (Lc 15.8-10); a ovelha perdida (Lc 15.3-7); o pai vigilante (Mt 24.42-44); a pedra rejeitada (Mt 21.42-44); a pérola (Mt 13.45-46); os primeiros lugares (Lc 14.7-11); a rede (Mt 13.47-50); o rei que vai para a guerra (Lc 14.31-32); o remendo com pano novo (Lc 5.36); o rico e Lázaro (Lc 16.19-31); o rico sem juízo (Lc 12.16-21); o semeador (Mt 13.3-9,18-23); a semente (Mc 4.26-29); a semente de mostarda (Mt 13.31-32); o tesouro escondido (Mt 13.44); os trabalhadores da plantação de uvas (Mt 20.1-16); três empregados (Mt 25.14-30); o vinho e os odres (Lc 5.37); a viúva e o juiz (Lc 18.1-8).
PARÁFRASE Tradução livre de um texto, na qual o tradutor tem a liberdade de ajustá-lo aos seus pontos de vista.
PARÁGRAFO Em prosa, subdivisão de um texto, de modo que cada divisão contém uma ou mais sentenças que tratam de um mesmo assunto. Em 1Co 3, por exemplo, há cinco parágrafos, começando com os vers.1,3b,5,9b e 18.
PARAÍSO O céu, morada de Deus, dos anjos e dos salvos (Lc 23.43; 2Co 12.3-4).
PARALELISMO Forma da poesia hebraica que pode ser de três tipos: 1) No paralelismo sinonímico a mesma idéia é expressa com outras palavras na linha ou nas linhas seguintes (Sl 1.1). 2) No paralelismo de contraste ou antitético a segunda linha é o oposto da primeira (Sl 1.6). 3) O paralelismo sintético tem variantes, sendo que numa delas as duas primeiras linhas são sinonímicas, e a terceira é suplementar (Sl 1.3).
PARALISAR Tornar PARALÍTICO (1Sm 25.37; Zc 11.17).
PARALÍTICO Pessoa que perdeu os movimentos, especialmente nas pernas (Mc 2.3).
PARDAL Pássaro de cor parda (Sl 84.3).
PARREIRA Planta trepadeira especialmente a que produz uvas (Gn 40.9; v.VIDEIRA).
PARSIM V.MENE... PARSIM (Dn 5.25).
PARTEIRA Mulher que ajuda outra no ato de dar à luz (Êx 1.15-21).
PARTICIPAR 1) Ter parte (Pv 16.19; Ap 18.4). 2) Tomar parte (At 2.46).
PARTIDO 1) Grupo de pessoas unidas pelos mesmos objetivos (1Rs 16.21; Mc 2.16). 2) Quebrado (Sl 147.3). 3) Tomar partido: ficar a favor de alguém (Jó 32.21).
PARTIDO DE HERODES Judeus que queriam ser governados pela família de HERODES, e não por uma autoridade romana (Mc 3.6).
PARTO Ato de dar à luz (Gn 35.16).
PARÚSIA Palavra grega que significa “vinda, presença” e que é usada para designar a SEGUNDA VINDA DE CRISTO (Mt 24.3; 1Co 15.23; 2Pe 3.4; 1Jo 2.28).
PÁSCOA Festa em que os israelitas comemoram a libertação dos seus antepassados da escravidão no Egito (Êx 12.1-20; Dt 16.1-8; Mc 14.12). Cai no dia 14 de NISÃ (mais ou menos 1o. de abril). Em hebraico o nome dessa festa é Pessach. A FESTA DOS PÃES SEM FERMENTO era um prolongamento da Páscoa.
PASSA Uva seca ao sol (Ct 2.5).
PASTA Frutas comprimidas em massa (Is 38.21).
PASTOR 1) Guardador de gado (Am 1.1). 2) Deus (Sl 23.1) e Jesus (Jo 10.11). 3) Dirigente da igreja (Ef 4.11).
PASUR [Livre] 1) Sacerdote que mandou surrar e prender Jeremias (Jr 20.1-6). 2) Sacerdote que, com outros, queria matar Jeremias. Era filho de Malquias (Jr 21.1; 38.1-13).
PÁTIO Espaço descoberto fechado por muro, anexo a um edifício (Et 1.6; Mt 21.12; v.TEMPLO).
PATMOS Pequena ilha do mar Egeu, situada 45 km ao sul de Samos (Ap 1.9).
PATRIARCA Pai e chefe de uma família, TRIBO ou raça. São chamados de patriarcas alguns antepassados dos israelitas, como, por exemplo, Abraão (Hb 7.4), os filhos de Jacó (At 7.8-9) e Davi (At 2.29).
PATRÍCIO Pessoa que é da mesma cidade ou do mesmo país (2Co 11.26).
PATROS O alto Egito, que se estendia do sul de Mênfis até à primeira catarata do Nilo (Is 11.11).
PAULO [Pequeno] Nome romano de SAULO, APÓSTOLO dos não-judeus, o maior vulto da Igreja primitiva (At 13.9). Israelita da tribo de Benjamim (Fp 3.5) e FARISEU (At 23.6), era cidadão romano por ter nascido em TARSO. Foi educado em Jerusalém aos pés de GAMALIEL (At 5.33-39; 22.3;). De perseguidor dos cristãos (At 8.3), passou a ser pregador do evangelho, a partir de sua conversão (At 9). De Damasco foi à Arábia (Gl 1.17). Voltando para Damasco, teve de fugir (At 9.23-25). Em Jerusalém os cristãos tinham receio dele (At 9.26-28), mas Barnabé o levou aos apóstolos. Foi enviado a Tarso (At 9.30), e dali Barnabé o levou a Antioquia da Síria (At 11.19-30). Com vários companheiros Paulo realizou três viagens missionárias (At 13—20). Em Jerusalém enfrentou a fúria dos opositores, indo parar em Cesaréia (At 21.17—23.35), onde compareceu perante Félix, Festo e Herodes Agripa II (At 24—26). Tendo apelado para o Imperador, viajou para Roma, onde permaneceu preso durante dois anos (At 27—28; v. os mapas das viagens missionárias de Paulo [Primeira Viagem, Segunda Viagem, Terceira Viagem, Viagem a Roma]). Ali escreveu Ef, Fp, Cl e Fm. Além disso escreveu mais nove cartas (v.CARTAS DE PAULO). Diz a tradição que foi libertado e realizou trabalhos missionários por mais três anos. Foi preso novamente e executado em Roma, provavelmente em 67 d.C., no tempo de NERO.
PAVIO Torcida de fios usada, p. ex., em LAMPARINAS (Is 43.17).
PAVOR TERROR (Gn 9.2; Sl 55.4).
PAZ Tradução do HEBRAICOSHALOM”, que não significa apenas ausência de guerra, inimizade e brigas, mas inclui também tranqüilidade, segurança, saúde, prosperidade e bem-estar material e espiritual para todos (Sl 29.11; Jo 20.21).
PECA [Vigilância ? Abertura ?] Décimo oitavo rei de Israel, que reinou cinco anos (737-732 a.C.) em lugar de PECAÍAS, a quem matou (2Rs 15.25-31).
PECADO Falta de conformidade com a lei de Deus, em estado, disposição ou conduta. Para indicar isso, a Bíblia usa vários termos, tais como pecado (Sl 51.2; Rm 6.2), desobediência (Rm 5.19), mal, maldade (Sl 51.2; Rm 1.29), perversidade (Pv 11.3), engano (Sl 5.9), injustiça (Jr 22.13; Rm 3.5), erro, falta (Sl 19.12; Rm 1.27), cobiça (Êx 20.17; Ef 5.3), imoralidade (Is 57.5; 1Pe 4.3), imoralidade sexual (1Co 6.18). O pecado atinge toda a raça humana, a partir de Adão e Eva (Gn 3; Rm 5.12). O castigo do pecado é a morte física, espiritual e eterna (Rm 6.23). Da morte espiritual e eterna escapam aqueles que se chegam a Cristo, o Salvador (Rm 3.21—8.39). O pecado sem perdão é a incredulidade (Mt 12.31-32; v.BLASFÊMIA CONTRA O ESPÍRITO SANTO).
PECAÍAS [Javé Vigia] Décimo sétimo rei de Israel. Reinou dois anos (738 e 737 a.C.), em lugar de Menaém, seu pai (2Rs 15.22-26). Foi assassinado por PECA.
PEDRA FUNDAMENTAL Era colocada no canto principal da casa (Ef 2.20). V. também Mt 21.42; 1Pe 2.7.
PEDRO [Pedra] APÓSTOLO (Mc 3.13-19), também chamado de Simão e Cefas (Jo 1.42). Era pescador (Mc 1.16). Episódios de sua vida são mencionados em Mc 1.16-18; Lc 5.1-11; 8.40-56; Mt 8.14-15; 14.28-33; 16.13-23; 17.1-13; 26.36-46,69-75; Lc 24.34; Jo 18.10-18,25-27; 21.1-23; At 1.13—5.42; 8.14-25; 10.1—11.18; 12.1-19; 15.1-11; 1Co 9.5; Gl 1.18; 2.6-14. Segundo a tradição, foi morto entre 64 e 67 d.C., no tempo de NERO. V. PEDRO, PRIMEIRA e SEGUNDA CARTAS DE.
PEDRO, PRIMEIRA CARTA DE Carta escrita para os cristãos que viviam em cinco PROVÍNCIAS romanas que ficavam numa região que hoje faz parte da Turquia. O apóstolo está em Roma (5.13), v.BABILÔNIA 2). Os cristãos que estão sendo perseguidos por causa de sua fé devem sofrer como Cristo sofreu (2.21-25), viver para a glória de Deus (1.7,15-16) e anunciar o evangelho (2.9).
PEDRO, SEGUNDA CARTA DE Carta em que são condenados falsos mestres que ensinavam doutrinas erradas e levavam as pessoas a se entregarem a todo tipo de imoralidades e de vícios. Além disso, esses falsos mestres negavam a SEGUNDA VINDA DE CRISTO (cap.3). À vista da esperança de um novo céu e de uma nova terra, os cristãos devem viver uma vida de pureza e de paz com Deus (3.13-14).
PEITORAL Peça de roupa usada pelo GRANDE SACERDOTE (Êx 28.15-30; 39.8-31; v.MITRA).
PELICANO Ave aquática de pernas curtas (Lv 11.18).
PENA 1) Cada uma das peças que compõem a cobertura do corpo das aves (Ez 17.3). 2) Instrumento para escrever (Sl 45.1). 3) Castigo (Lc 23.15; At 25.11). 4) Dó (1Sm 15.35).
PENHORAR Dar algo como garantia (Ne 8.3).
PENIEL [A Face de Deus] Lugar perto do JABOQUE, onde Jacó lutou com o Anjo (Gn 32.30).
PENINA [Coral] Uma das esposas de ELCANA (1Sm 1.2-7).
PENITENCIAL Relativo a tristeza por pecados cometidos, seguida de arrependimento e perdão. Na tradição cristã são sete os salmos penitenciais: 32; 38; 51; 102; 130 e 143.
PENSÃO Lugar de hospedagem (Lc 10.34).
PENSAR 1) Meditar (Cl 3.2). 2) Imaginar (Ef 3.20).
PENTATEUCO Nome dado ao grupo dos primeiros cinco livros do AT. A palavra “Pentateuco”, de origem grega, quer dizer “cinco volumes”. Os judeus o chamam de “A Lei” (Torá). O Pentateuco começa com a criação do mundo e vai até a morte de Moisés.
PENTATEUCO SAMARITANO Os primeiros cinco livros do AT copiados em letras hebraicas antigas (fenícias). Esse texto começou a ser usado em Samaria a partir de mais ou menos 500 a.C.
PENTECOSTES V.COLHEITA, FESTA DA. A palavra pentecostes é grega e quer dizer “qüinquagésimo (dia)”, pois o Dia de Pentecostes era comemorado cinqüenta dias depois da PÁSCOA (Lv 23.15-22; At 2.1).
PENUEL V.PENIEL (Jz 8.8).
PEOR 1) V.BAAL-PEOR (Nm 25.18). 2) Monte situado em Moabe (Nm 23.28).
PERDÃO DE OFENSAS Na dimensão horizontal, ato de afastar ressentimento e desejo de vingança em relação a um ofensor (Mt 18.21-35). Para que o perdão seja completo, o ofensor deve declarar-se arrependido, dispondo-se a reparar a falta cometida, se for o caso (Lc 17.3). O resultado do perdão é o restabelecimento da amizade entre as partes (Ef 4.32). E Deus nos perdoa à medida que nós perdoamos os que nos ofendem (Mt 6.12; Mc 11.25; Lc 6.37).
PERDÃO DE PECADO Na dimensão vertical, ato pelo qual Deus, por causa do seu amor e da sua misericórdia (Mq 7.18), remove o castigo que resulta de pecado cometido. Esse castigo foi sofrido na cruz por Jesus, com quem a pessoa perdoada está unida pela fé (Ef 1.17; Cl 1.14). Isso inclui arrependimento e mudança de atitude e de vida. O perdão resulta em reconciliação com Deus. No AT o perdão era acompanhado do sacrifício de uma vítima inocente, que era um TIPO do Cristo crucificado (Lv 1—7; Hb 9.19-28).
PERDÃO, DIA DO V.DIA DO PERDÃO.
PERÉIA Região que ficava “no outro lado do rio Jordão”, isto é, do lado leste desse rio (Jo 3.26). Esse nome não aparece na Bíblia.
PERES [Abrir Caminho] 1) Filho de JUDÁ 1) e Tamar (Gn 38.29). 2) Dividido (Dn 5.28; v.MENE... PARSIM).
PERFEIÇÃO Estado ou qualidade de maturidade espiritual (Fp 3.12,15). Não quer dizer absoluta ausência de pecado. A perfeição absoluta só existe em Deus; o ser humano é limitado (Tg 3.2; 1Jo 1.8). Mt 5.48 ensina que devemos ser “perfeitos em amor”.
PERGAMINHO Material folheado, feito de peles de animais, sobre o qual se escrevia. Começou a ser usado em torno de 200 a.C. em PÉRGAMO e por isso tem esse nome. Os livros de pergaminho, como os de PAPIRO, tinham a forma de rolo (2Tm 4.13).
PÉRGAMO Cidade da MÍSIA (Ap 2.12-17).
PERGE Cidade da PANFÍLIA, de onde Marcos voltou para Jerusalém (At 13.13; 14.24-25). Era um centro de adoração de DIANA.
PERGUNTA RETÓRICA Pergunta feita somente para dar ênfase, sem que se espere resposta (Jó 3.11-12). Às vezes o tradutor substitui uma pergunta por uma afirmação. Em Jo 8.25, p. ex., há esta pergunta de Jesus: “Que é que desde o princípio tenho dito a vocês?” A NTLH substitui a pergunta por esta afirmação: “Desde o começo eu disse quem sou”. Outras vezes o tradutor pode traduzir afirmativa direta por pergunta. Em Jo 7.28, p. ex., a afirmativa “Vocês não somente me conhecem, mas também sabem de onde eu sou” se torna pergunta na NTLH: “Será que vocês me conhecem mesmo e sabem de onde eu sou?”
PERÍODO INTERTESTAMENTÁRIO Período de 400 anos situado entre o AT e o NT (v. o quadro da cronologia bíblica, SEPTUAGINTA e APÓCRIFOS).
PERITO Que tem habilidade (2Cr 2.14).
PERIZEUS Povo que morava em Canaã antes da invasão de Josué (Js 9.1).
PERMANECER Ficar (Sl 68.21; Pv 12.7).
PERMISSÃO Ato de PERMITIR (Ed 3.7).
PERMITIR Dar licença ou liberdade (Gn 44.33; At 10.28).
PÉROLA Bolinha branca, dura e brilhante, formada entre duas conchas. É usada como enfeite (Mt 13.45).
PERSEVERANÇA Permanência num estado ou numa atividade, mesmo em caso de oposição ou fracasso (Tg 1.3; 2Pe 1.6).
PÉRSIA País hoje chamado de Irã (Et 1.18). V.CIRO, DARIO, XERXES, e ARTAXERXES).
PERTURBAR 1) Desassossegar, comover (Jó 21.6). 2) Confundir, estorvar (Ct 2.7; Gl 1.7). 3) Embaraçar (Ct 6.5).
PERVERSIDADE Maldade; crueldade (Pv 11.3; Rm 1.29).
PERVERSO, O Ou um ser humano ou uma criatura sobrenatural (2Ts 2.3; Mt 24.23-24; 1Jo 2.18; Ap 13). V.INIMIGO DE CRISTO.
PESHITA V.SIRÍACA PESHITA.
PESTE 1) EPIDEMIA (Sl 91.6). 2) Pessoa que espalha o mal (At 24.5).
PICHE Material preto, mole e pegajoso (Êx 2.3).
PIEDADE 1) Respeito pelas coisas religiosas e espírito de DEVOÇÃO (1Tm 4.8). 2) COMPAIXÃO (Ez 7.4).
PIEDOSO Que tem PIEDADE 1) (Lc 2.25).
PILAR COLUNA 2) (Gn 28.18; Ez 43.8).
PILATOS, PÔNCIO Governador romano da JUDÉIA, de 26 a 36 d.C. Por motivos políticos, deixou que Jesus fosse crucificado (Mt 27; Lc 13.1).
PILOTO Pessoa que dirige uma embarcação (Tg 3.4).
PINHO Madeira de pinheiro, usada em vários tipos de construção (1Rs 6.15; Ez 27.5).
PISCAR Fechar e abrir rapidamente os olhos. Figuradamente, “esconder a verdade” (Pv 6.13; 16.30).
PISGA Monte situado na margem nordeste do mar Morto (Nm 23.14; Dt 3.27).
PISÍDIA Distrito da PROVÍNCIA romana da GALÁCIA. Foi visitada por Paulo (At 13.14).
PISO Chão (Êx 24.10; Et 1.6).
PISOM Rio do ÉDEN (Gn 2.11). Sua localização é desconhecida.
PITOM Cidade egípcia onde era adorado o deus Atom. Nela os israelitas foram sujeitos a trabalhos forçados (Êx 1.11).
PLACENTA Órgão que, durante a gravidez, liga o filho à mãe (Dt 28.56-57).
PLANALTO Grande extensão de terra plana, elevada, e cortada por vales (Dt 3.10).
PLANETA Astro sem luz própria que gira ao redor do sol (2Rs 23.5). A Terra e Marte são planetas.
PLANÍCIE Grande extensão de terra plana (Zc 14.10).
PLANO DE DEUS 1) É a salvação da humanidade (Ef 1.10; 3.9). Esse plano, que consiste numa ALIANÇA baseada na graça de Deus, se realiza em duas etapas, que costumamos chamar de “dispensações”. A antiga dispensação está registrada no AT e pode ser dividida em quatro períodos: a) a criação e a promessa; b) a aliança com Noé; c) a aliança com Abraão; d) a aliança no Sinai. Na antiga dispensação o evangelho foi apresentado em forma de sombras e figuras (a tenda da presença de Deus, o Templo, os sacrifícios) e na obediência à Lei. A nova dispensação é a cristã. Jesus Cristo é o divisor da história (Jo 1.17) e cumpre a Lei e as figuras da antiga dispensação (Hb 9.1—10.18; 12.24). Os dispensacionalistas ensinam que há sete dispensações. Para eles, “dispensação” é um período de tempo em que o ser humano é provado quanto à sua obediência a alguma revelação específica da vontade de Deus (v. L. Berkhof, Teologia Sistemática). 2) Da parte do ser humano, o plano é missão ou trabalho que visa à aplicação do plano divino em favor da humanidade (1Co 9.17; Ef 3.2; Cl 1.25).
PLATAFORMA ESTRADO 1) (2Rs 16.18).
PLÁTANO Árvore alta, de folhas grandes e flores pequenas, agrupadas (Gn 30.37).
PLENO Completo (2Sm 12.11; 2Pe 2.13).
PLURAL Referência a mais de um (ex. pães). V.SINGULAR.
PNEUMATOLOGIA Estudo da doutrina do Espírito Santo.
POÇO Buraco cavado na terra até brotar água (Jo 4.11).
PODAR Cortar galhos (Lv 25.3; Jo 15.2).
PODER 1) Domínio (Jz 13.5). 2) Autoridade para agir (Sl 62.11; Rm 9.22). 3) Força espiritual (Mq 3.8; At 1.8). 4) Espírito, seja bom ou mau (Ef 1.21; 1Pe 3.22). 5) Espírito mau (1Co 15.24).
POENTE O lado onde o sol se põe (Mt 24.27). V.NASCENTE.
POESIA DA BÍBLIA V.PARALELISMO.
POLEGAR O dedo grosso (Lv 8.23).
POLIGAMIA Casamento com mais de dois cônjuges (1Rs 11.1-8). V.MONOGAMIA e BIGAMIA.
POLITEÍSMO Crença na existência de vários deuses e a adoração deles (Js 24.2; Jz 10.6; 1Rs 14.22-23; 2Rs 17.33). V.HENOTEÍSMO e MONOTEÍSMO.
POMAR Terreno onde se plantam árvores frutíferas (Ct 4.13; Am 9.14).
POMPA Grande luxo (At 25.23).
PONTO PROVÍNCIA romana situada no Norte da ÁSIA MENOR (At 2.9; 18.2; 1Pe 1.1).
PÔR A MÃO NA CABEÇA Ato que nas Escrituras tem vários sentidos. 1) No AT, ato que simboliza a) a transmissão de bênção e de direitos de herança (Gn 48.14-20); b) a comunicação de dons e direitos para o exercício de um cargo (Nm 27.18,23); c) a dedicação de um animal a Deus (Lv 1.4). 2) No NT esse ato simboliza a) a comunicação de bênção (Mt 19.13,15); b) a restauração da saúde (Mt 9.18; At 9.12,17); c) a recepção do Espírito Santo no batismo (At 8.17,19); d) a separação para a prestação de serviços na causa de Deus (At 6.6; 13.3; 1Tm 4.14; 2Tm 1.6).
PORRETE Pedaço de pau com uma das pontas mais grossa que a outra. Ferrinhos pontudos eram fixados na cabeça dos porretes de guerra (Pv 25.18; Is 51.20; 2Co 11.25).
PÓRTICO Cobertura apoiada em grandes colunas (1Rs 7.6).
POSSE 1) O que alguém possui (Ne 5.8). 2) Domínio (Js 1.15).
POSTE-ÍDOLO A imagem de Aserá, deusa da fertilidade adorada pelos fenícios e pelos sírios em culto imoral, junto com BAAL, o seu companheiro (Jz 3.7; Is 27.9).
POSTERIORES, PROFETAS V.PROFETAS ANTERIORES.
POTIFAR [Dado pelo Deus Sol] Capitão da guarda de FARAÓ (Gn 39).
POTÍFERA [Dado pelo Deus Sol] Sacerdote de OM, pai de Asenate, esposa de JOSÉ 1) (Gn 41.45-46).
POUPA Ave da família dos CORVOS (Lv 11.19).
POVO DE DEUS V.JUSTO 2) e RETIDÃO.
POZUOLI Porto da Itália, antigamente chamado de Putéoli, localizado na baía de Nápoles (At 28.13).
PRAGA 1) Desgraça; calamidade (Êx 7.14—12.34). 2) Doença; peste (Zc 14.15). 3) Maldição (Ap 22.18).
PRATOS SONOROS Instrumento musical composto de dois pratos de bronze, que eram batidos um contra o outro (Sl 150.5).
PREDIZER Declarar antes de acontecer (1Pe 1.11).
PREGAÇÃO Anúncio da mensagem divina, tanto no AT (Mt 12.41) como no NT (Rm 10.17).
PREPARAÇÃO, DIA DA V.DIA DA PREPARAÇÃO.
PREPÚCIO Pele que cobre a ponta do membro masculino (Gn 17.11; v.CIRCUNCISÃO).
PRESA Animal caçado por um carnívoro (Nm 23.24).
PRESBÍTERO Líder da igreja. Os presbíteros se dedicavam à direção das igrejas, ao ensino da doutrina cristã e à pregação do evangelho. A palavra grega presbyteros quer dizer “homem idoso”, mas era usada para os líderes cristãos sem referência à sua idade. Nos tempos do NT os presbíteros também eram chamados de BISPOS (At 14.23; 20.17,28; 1Tm 4.14; 5.17,19; Tt 1.5-9; Tg 5.14).
PRESCIÊNCIA Capacidade de conhecer o futuro (Is 46.9-10).
PRESTÍGIO Fama; reconhecimento (Pv 3.35; 22.4).
PRIMEIRO E O ÚLTIMO, O Título de Deus que indica a sua existência eterna e o seu domínio sobre o universo que ele criou. A expressão se deriva de Isaías (44.6; 48.12). No Apocalipse equivale a ALFA E ÔMEGA.
PRIMEIRO FILHO, DIREITO DO V.DIREITO DO PRIMEIRO FILHO.
PRINCESA Filha de rei (1Rs 11.1-4).
PRÍNCIPE 1) Alto funcionário; autoridade (Jr 2.26; 17.25; 48.7). 2) Governante (Sl 82.7). 3) Chefe (Js 13.21). 4) Filho do rei (1Rs 22.26; 2Cr 11.22). 5) Jesus (Is 9.6).
PRINCÍPIO E O FIM, O V.ALFA E ÔMEGA (Ap 21.6).
PRISCILA [Velhinha] Esposa de ÁQÜILA (At 18.1-26; Rm 16.3; 1Co 16.19).
PRIVILÉGIO Direito, vantagem ou favor que se concede a alguém (Nm 16.10; Rm 15.15; Fp 1.29).
PROA A parte da frente de uma embarcação (At 28.11).
PROCLAMAR Anunciar; pregar (Is 24.14).
PROFANAR Sujar, manchar, desrespeitar coisas ou pessoas que merecem respeito. Podiam ser profanados, por exemplo, a terra (Nm 35.33), um altar (2Rs 23.8), o Templo (Ez 23.38-39), o sábado (Ne 13.17), o nome de Deus (Lv 18.21).
PROFECIA Mensagem de Deus a respeito de coisas do passado, do presente ou do futuro, anunciada por um PROFETA ou por uma profetisa (1Tm 1.18; 2Pe 1.20).
PROFETA, O O novo Moisés, o profeta prometido (Dt 18.15,18). Pode ser aquele que deveria anunciar a vinda do MESSIAS (Mt 11.9-10) ou então o próprio Messias (Mt 21.9-11; Lc 24.19-21; Jo 6.14; 7.40).
PROFETA, PROFETISA Pessoa que profetiza, isto é, que anuncia a mensagem de Deus (v.PROFECIA). No AT, os profetas eram porta-vozes da mensagem que Deus lhes dava para anunciar (Jr 27.4; Am 3.7). No NT, o profeta falava baseado na revelação do AT e no testemunho dos apóstolos, edificando e fortalecendo assim a comunidade cristã (At 13.1; 1Co 12.28-29; 14.3; Ef 4.11; 1Tm 4.14). João Batista (Mt 11.9; 14.5; Lc 1.76) e Jesus (Mt 21.11,46; Lc 7.16; 24.19; Jo 9.17) também foram chamados de profetas. Havia falsos profetas que mentiam, afirmando que as mensagens deles vinham de Deus (Dt 18.20-22; At 13.6-12; 1Jo 4.1).
PROFETAS ANTERIORES Os israelitas subdividem OS PROFETAS em anteriores (de Josué a 2Reis) e posteriores (de Isaías a Malaquias).
PROFETAS MAIORES V.LIVROS PROFÉTICOS DO AT.
PROFETAS MENORES V.LIVROS PROFÉTICOS DO AT.
PROFETAS, OS Quando escrito com letra inicial maiúscula, maneira de os judeus se referirem à segunda divisão dos livros da Bíblia Hebraica (Mt 5.17). Esses livros são os seguintes: Js, Jz, Sm, Rs, Is, Jr, Ez e os doze profetas menores. Embora o nosso AT contenha os mesmos livros que estão na Bíblia Hebraica, a ordem em que eles estão colocados não é a mesma.
PROFETIZAR Anunciar a mensagem de Deus às pessoas (Lc 1.67; v.PROFECIA e PROFETA).
PROMESSA 1) Ato de alguém obrigar-se a fazer ou dar alguma coisa (Ne 5.13; v.VOTO). 2) A afirmação do envio, no futuro, de um Salvador (Gn 3.15; 12.2; At 13.22-23; Ef 3.6) e de bênçãos incontáveis (Rm 9.4; 2Co 1.18-20).
PRONOMES DE TRATAMENTO Em quase todo o Brasil o tratamento usado entre iguais e de superior para inferior é “você”. O inferior diz ao superior “o senhor”. Ver Mt 8.2-3: “eu sei que o senhor pode me curar... Você está curado”. No plural a NTLH emprega “vocês”. Em Mt 5.21 o texto grego traz “Vós ouvistes”, que na NTLH se lê “Vocês ouviram”. Isso porque “o tratamento vós não é hoje corrente” (Aurélio 2001, s.v. “vós”). E Celso Ferreira da Cunha, na Gramática da Língua Portuguesa, MEC, 3ª ed., p. 287, afirma: “O pronome vós praticamente desapareceu da linguagem corrente do Brasil e de Portugal”. Na NTLH, ao dirigir-se alguém a Deus, emprega-se “tu”: “Pois tu, ó SENHOR Deus, estás comigo” (Sl 23.4).
PROSPERAR Aumentar; progredir, enriquecer (Sl 14.7; Pv 11.28).
PROSTITUIÇÃO 1) Comércio sexual do corpo (Os 1.2; 1Co 6.16). A prostituição cultual era praticada na adoração aos deuses da fertilidade (v.ASTAROTE e BAAL). Pensava-se que relações sexuais com prostitutas ou prostitutos fariam com que as terras produzissem boas colheitas e os animais tivessem muitas crias (Dt 23.17-18; 2Rs 23.7). 2) Figuradamente, infidelidade a Deus (Jr 3.6-13; Ez 16.1-41).
PROSTITUTA Mulher que pratica o ato sexual por dinheiro (Hb 11.31).
PROTOCANÔNICOS V.APÓCRIFOS.
PROVAÇÃO Situação de aflição e sofrimento (1Pe 1.6).
PROVAR 1) Testar (Gn 42.15; 1Co 3.13). 2) Mostrar a verdade (At 24.13). 3) Experimentar (2Rs 4.40). 4) Comer ou beber (Jo 2.9; Lc 14.24). 5) Passar por (Jó 21.25).
PROVÉRBIO Afirmação breve, freqüentemente em linguagem figurada, a respeito de verdades e fatos da vida comum (Pv 1.1; Mq 2.4).
PROVÉRBIOS, LIVRO DE Livro de sabedoria prática. Ensina que a religião está ligada aos problemas comuns da vida. Começa lembrando que, “para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o SENHOR” (1.7). Trata também de assuntos de moral, de bom senso e de boas maneiras. Os provérbios revelam a sabedoria dos antigos mestres sobre o que a pessoa sábia deve fazer em certas situações. Alguns provérbios são a respeito das relações de família; outros, sobre o comportamento nos negócios. Alguns tratam de boa educação nas relações sociais; e outros, da necessidade de a pessoa saber se controlar. Entre outras coisas, eles ensinam a humildade, a paciência, o respeito pelos pobres e a lealdade para com os amigos.
PROVIDÊNCIA Domínio universal de Deus, que preserva e governa o mundo e todas as suas criaturas (Sl 104; Lc 12.6-7; Mt 5.45; At 14.15-17; 17.25-28), abençoando especialmente o seu povo (Mt 6.26-32; Rm 8.28).
PROVÍNCIA Cada uma das regiões em que se divide um império, administrada por um representante do imperador (Et 1.1; 1Pe 1.1). Os atuais Estados do Brasil correspondem mais ou menos às províncias do tempo do Império.
PRÓXIMO 1) Que está perto (Êx 12.4; 1Rs 17.1). 2) Ser humano; pessoa (Lc 10.27).
PRUDÊNCIA Qualidade de encarar situações com cuidado, sendo MODERADO (Pv 24.3).
PRUDENTE Que tem PRUDÊNCIA (Pv 12.23; Tt 1.8).
PRUMO Instrumento constituído de uma cordinha que tem preso numa das pontas um peso e que é utilizado para determinar a posição vertical (Am 7.7).
PSEUDEPÍGRAFO Livro religioso, judeu ou cristão, não-pertencente ao Cânon, escrito entre 200 a.C. e 200 d.C. por autor anônimo ou por autor que, para ver a obra aceita, usava como pseudônimo (nome falso) o nome de algum personagem bíblico. A literatura pseudepigráfica é abundante. Títulos de pseudepígrafos do AT: Apocalipse de Baruque, Assunção de Moisés, Carta de Aristéias, 3 e 4Esdras, Livro de Enoque, Livro dos Jubileus, 3 e 4Macabeus, Oração de Manassés, Oráculos Sibilinos, Salmos de Salomão, Testamento dos Doze Patriarcas, Vida de Adão e Eva, etc. Pseudepígrafos do NT: Apocalipse de Maria, Atos de Pedro e Paulo, Carta aos Laodicenses, Evangelho dos Doze Apóstolos, Evangelho da Infância de Jesus, Evangelho de Pedro, Pseudo-evangelho de Mateus, etc. Os católicos chamam os pseudepígrafos de apócrifos.
PTOLEMAIDA Porto situado entre o Carmelo e Tiro (At 21.7), chamado de Aco no AT (Jz 1.31).
PTOLOMEUS Dinastia de quinze reis macedônios que governaram o Egito no PERÍODO INTERTESTAMENTÁRIO, desde a morte de ALEXANDRE 1), em 323 a.C., até a morte de Ptolomeu XV, filho de Júlio César e Cleópatra, em 30 a.C. A SEPTUAGINTA foi traduzida em ALEXANDRIA no período áureo dos Ptolomeus.
PULSEIRA ENFEITE usado no pulso ou no braço por pessoas de ambos os sexos. Às vezes era sinal de nobreza (Êx 35.22).
PUREZA Ausência de conduta imoral e presença de procedimento HONESTO (2Co 6.6).
PURIFICAÇÃO Cerimônia para tornar puro ou LIMPO um objeto, um lugar ou uma pessoa a fim de poderem ser usados ou tomar parte no culto de adoração a Deus (Lv 13—16; v.IMPURO). No sentido cristão a purificação é o ato e o processo de viver uma vida moralmente limpa, de obediência a Deus e de amor ao próximo. A purificação é realizada por meio da nossa fé no poder da morte de Cristo por nós e pelo nosso arrependimento dos pecados (Ef 5.26-27; Tt 2.14; Hb 1.3; 1Jo 3.2-3).
PURIM, FESTA DE Festa dos judeus que caía nos dias 14 e 15 de adar (meados de fevereiro a meados de março). Nela se comemorava a vitória contra HAMÃ. “Purim” quer dizer “sortes” (Et 3.6; 9.20-32).
PURO 1) Objeto, lugar ou pessoa que, por estarem cerimonialmente LIMPOS, podiam ser usados ou tomar parte no culto de adoração a Deus (Lv 4.12; 13.6; Is 66.20; v.IMPURO). 2) Animal ou ave que podiam ser comidos (Lv 11).
PÚRPURA 1) Tecido caro, vermelho-arroxeado, usado pelos antigos como símbolo de riqueza e alta posição social (Ap 18.12). 2) Cor vermelho-arroxeada (Ap 17.4).

Q
QUADRIL NÁDEGAS (Ct 7.1).
QUADRILHA Bando de ladrões e salteadores (Jr 48.27).
QUEBAR Rio da Babilônia, em cujas margens ficava Tel-Abibe, onde moravam judeus levados para lá como prisioneiros (Ez 3.15).
QUEBRADURA Fratura de osso (Lv 24.20).
QUEDA 1) Desgraça (Pv 29.16). 2) Ruína (Lm 1.7; Ez 31.16). 3) O momento narrado em Gn 3, em que o ser humano (Adão e Eva) “caiu” em tentação, introduzindo, assim, o pecado na raça humana (Rm 5.12). A salvação vem por meio da fé em Cristo, o segundo Adão (Rm 5.12-21; 1Co 15.21-22,45-49).
QUEDAR [Poderoso ? Moreno ?] 1) Um dos filhos de ISMAEL (Gn 25.13). 2) Tribo dos descendentes de Quedar e o seu território, situado ao norte do deserto Árabe (Is 42.11).
QUEDORLAOMER [Servo do Deus Laomer ?] Rei de ELÃO no tempo de Abraão (Gn 14).
QUEILA Cidade de Judá libertada por Davi (1Sm 23.1-13).
QUEIXADA Osso, em forma de ferradura, que forma o queixo (Jz 15.15).
QUEMOS Deus dos amorreus e dos moabitas (Jz 11.24; 1Rs 11.7).
QUENEU Povo MIDIANITA que morava ao sul de Judá e que se juntou ao povo de Deus (Gn 15.19; Jz 1.16; 4.11-23; 1Sm 15.6; 27.10; 30.29-31; 1Cr 2.55; v.RECABITAS).
QUERÉM-HAPUQUE [Potinho de Pintura para os Olhos] Filha de Jó (Jó 42.14).
QUERUBIM Ser com asas e com forma de animal e de gente, que representava a presença, a grandeza e a majestade de Deus (Êx 25.18-22; Ez 1.5-12; Hb 9.5).
QUETURA [Perfume] Segunda esposa de Abraão (Gn 25.1).
QUILIOM [Desperdício] Filho de Elimeleque e Noemi (Rt 1.2).
QUILO Medida de peso equivalente a mil gramas (Gn 20.16; Jo 19.39).
QUILÔMETRO Medida de extensão equivalente a mil metros (Ez 45.1; Mt 5.41).
QUIOS Ilha situada a noroeste de Éfeso (At 20.15).
QUIRIATE-JEARIM Cidade dos cananeus, centro do culto a BAAL (Js 9.17; 15.9; 1Sm 7.1).
QUIS [Poder] Pai de SAUL (1Sm 9.1-2).
QUISLEU O nono mês do calendário hebraico. Ia de meados de novembro a meados de dezembro (Ne 1.1).
QUISOM Ribeirão que se torna rio e que desemboca no mar Mediterrâneo ao norte do monte Carmelo (1Rs 18.40).
QUIUM Provavelmente um dos nomes do planeta Saturno (Am 5.26; v.SICUTE).
QUMRAN Local antigamente habitado pelos ESSÊNIOS, situado dois km a oeste do extremo norte do mar Morto. Em 1947 foram encontrados MANUSCRITOS do AT em onze cavernas de Qumran.
 
R
Animal parecido com o sapo, mas menor do que ele (Êx 8.2).
RAABE [Largura] 1) Prostituta que acolheu os espiões israelitas (Js 6.17). 2) MONSTRO (Jó 9.13; Sl 89.10; Is 51.9).
RABI Palavra ARAMAICA que quer dizer MESTRE 1) (Jo 1.38; 3.2).
RABÔNI RABI (Jo 20.16).
RAÇÃO Quantidade de alimento para uma pessoa ou animal (Is 30.24).
RACIONAR Distribuir alimento em pequenas porções (Ez 4.16).
RADIANTE Cheio de alegria (Is 60.5).
RAIFÃ Deus antigo, adorado como senhor do planeta Saturno (At 7.43).
RAINHA DO CÉU V.ASTAROTE (Jr 7.18).
RAIO 1) Relâmpago (Sl 78.48). 2) Cada uma das barras que vão do CUBO para o aro da roda (1Rs 7.33).
RAMÁ [Lugar Alto] Cidade-fortaleza situada no território de Benjamim (1Rs 15.17; Jr 31.15; 40.1; Mt 2.18).
RAMESSÉS Cidade-armazém construída pelos israelitas no Egito (Êx 1.11).
RAMOTE-GILEADE CIDADE PARA FUGITIVOS situada no território de Gade (1Rs 22).
RAMPA DE ATAQUE Ladeira de terra que o inimigo construía junto à muralha da cidade que estava sitiando (2Sm 20.15; Lc 19.43).
RAMSÉS Nome de onze FARAÓS do Egito, dos quais o mais famoso foi Ramsés II (1301-1234 a.C.), considerado por alguns como o faraó do ÊXODO. Esse nome não aparece na Bíblia.
RANGER Esfregar os dentes uns contra os outros em desespero (Mt 8.12) ou como sinal de ódio (At 7.54).
RAPAR Cortar rente o pêlo (Nm 6.18).
RAPOSA Pequeno animal parecido com o cão (Mt 8.20). Figuradamente, pessoa astuta ou velhaca (Lc 13.32).
RAPTAR Seqüestrar (Dt 24.7).
RAQUEL [Ovelha] Filha de Labão, esposa de Jacó e mãe de José e de Benjamim (Gn 29.6—35.20).
RASTO, RASTRO 1) Marca dos pés ou patas no chão; pegada (Jó 13.27). 2) Traço luminoso produzido pela passagem de um meteorito na alta atmosfera (Jó 41.32); estrela cadente.
REAL 1) Que diz respeito a reis (2Sm 7.16; Mt 25.31). 2) De verdade, verdadeiro (Sl 58.11; Gl 5.11).
REBANHO 1) Grupo de carneiros, cabras, etc., guardados por um PASTOR 1) (Jó 30.1; Lc 2.8). 2) O povo de Deus em relação ao seu PASTOR 2) (Sl 80.1; Jo 10.16). 3) Os fiéis em relação ao seu PASTOR 3) (At 20.28).
REBECA [Laço de Corda ? Bezerra Amarrada ?] Irmã de Labão, esposa de Isaque e mãe de Esaú e Jacó (Gn 24—27; 49.31).
REBELDE Revoltado contra a autoridade; teimoso (Is 65.2; Rm 10.21).
REBOCAR Revestir com argamassa de cal e areia (Lv 14.42).
RECABITAS Tribo MIDIANITA que adorava o Deus verdadeiro. Eles viviam em barracas e não tomavam bebidas alcoólicas (Jr 35).
RECÉM-CASADO Que se casou há pouco (Jr 2.1; Jl 2.16).
RECÉM-NASCIDO Que nasceu há pouco (1Pe 2.2).
RECENSEAMENTO Contagem do povo feita, entre os hebreus, por tribos, famílias e casas (Nm 1.2). Jesus nasceu quando César Augusto mandou fazer um recenseamento em todos os países do Império Romano (Lc 2.1-3).
RECEPTOR A pessoa que recebe o texto bíblico, lendo-o ou ouvindo-o. A linguagem, portanto, deve estar à altura do nível cultural do receptor para que ele possa entender a mensagem do texto. O leitor alvo da NTLH é uma pessoa que tem nível escolar equivalente ao primeiro grau. V.EMISSOR.
RECOMPENSA Algo que se recebe por algum bem ou mal que se praticou; galardão (Ec 3.22; Mt 5.46).
RECUPERAR Ter de volta (Ct 2.5).
RECURSO 1) POSSE 1); bens (Lv 5.7). 2) Fonte de riquezas naturais (Dt 33.19).
REDE Fios trançados em forma de MALHA, usada para caçar (Is 51.20), ou pescar (Mt 4.18). Figuradamente, ARMADILHA (Sl 140.5).
RÉDEA Tira de couro presa ao FREIO (Sl 32.9).
REDEMOINHO Tempestade de vento em forma de espiral (Jr 23.19).
REDENTOR Aquele que liberta (Is 59.20). 1) No AT, Deus, o Redentor, liberta o povo de situações de cativeiro (Is 43.14), sofrimentos (Jr 14.8), pecado (Is 44.22; 59.20). V.SALVADOR 1). 2) No NT, Deus, por meio do pagamento de um preço, isto é, a morte de Cristo na cruz, compra para uma vida de nova liberdade a pessoa que era escrava do pecado e da LEI 3) (Mc 10.45; Rm 3.24; Gl 4.5; Ef 1.7). Essa redenção será completada no final dos tempos (Rm 8.21-23). V.PERDÃO DE PECADOS, SALVAÇÃO e VIDA ETERNA.
REDUÇÃO Processo de TRANSFORMAÇÃO GRAMATICAL que consiste na supressão de elementos, os quais não aparecem na tradução. P. ex., em Sl 2.8 lê-se: “eu te darei as nações por herança”; na NTLH temos: “eu lhe darei todas as nações”.
REFAINS Raça de GIGANTES que, nos tempos antigos, moravam em Canaã (Dt 2.11).
REFEIÇÃO DE AMIZADE Reunião de fraternidade que terminava com a celebração da ceia do Senhor; ágape (1Co 11.20-34; Jd 12).
REFÉM Pessoa que é mantida prisioneira como garantia de que serão cumpridas certas exigências ou promessas (2Rs 14.14).
REFERÊNCIA Indicação, no rodapé, de passagens semelhantes que ocorrem em outros livros da Bíblia. P. ex.: A referência em 1Co 3.6a indica que a pregação de Paulo é narrada em At 18.4-11. A letra b se refere a Apolo (At 18.24-28). A referência seguida de (LXX) quer dizer que a citação não é do texto hebraico, mas da SEPTUAGINTA (1Co 2.16).
REFIDIM Lugar onde os israelitas acamparam e batalharam antes de chegarem ao SINAI (Êx 17).
REFINAR Purificar (Ml 3.3).
REFLETIR Reproduzir a figura (Pv 27.19; 1Co 11.7).
REFUGIADO Alguém que procura lugar onde possa estar em segurança (2Sm 15.19; Hb 11.13,38).
REFUGIAR Abrigar (Nm 35.15).
REFÚGIO ESCONDERIJO (Sl 46.1).
REFUGO Aquilo que foi rejeitado; resto (Lm 3.45).
REGENTE DO CORO O dirigente dos cantores levitas que serviam no TEMPLO (Sl 4). Aparece no título de cinqüenta e cinco salmos.
REGISTRAR Escrever em livro de coisa pública (Lc 2.1-4).
REGRA 1) Norma (Gl 6.16). 2) No plural, MENSTRUAÇÃO (Ez 18.6).
REI 1) IMPERADOR (Et 1.2), de um país (1Sm 8.5; Mt 2.1) ou de uma cidade-estado (Gn 14.2). Ocorrendo a morte do rei, um descendente seu o sucede no trono (1Rs 2.11-12). 2) Título de Deus (Ml 1.14) e de Jesus (Mt 21.5; Ap 7.14; 19.16). 3) Rei do Egito. V.FARAÓ.
REINADO Tempo em que um rei ou um imperador governa (Jr 1.2).
REINO Território politicamente organizado, governado por um rei ou por uma rainha (1Rs 4.21).
REINO DE DEUS, DO CÉU O domínio de Deus sobre as pessoas e o mundo, tanto no presente como no futuro (Mt 5.3; 12.28; Rm 14.17). Às vezes também quer dizer a vida com Deus no céu (2Tm 4.18).
REINO DO NORTE V.ISRAEL 3).
REINO DO SUL V.JUDÁ 3).
REINO UNIDO As doze TRIBOS governadas sucessivamente por Saul, Davi e Salomão.
REIS, PRIMEIRO LIVRO DOS Livro que continua a contar a história dos reis israelitas começada nos dois livros de Samuel. Este livro se divide em três partes: 1) A morte de Davi e o começo do reinado de Salomão (1—2). 2) O reinado de Salomão (3—11). 3) A divisão da nação em dois reinos, o do Norte (Israel) e o do Sul (Judá), e a história dos reis que governaram até a metade do nono século a.C. Neste livro é contada a história do profeta Elias, que combateu os profetas de BAAL (12—22).
REIS, SEGUNDO LIVRO DOS Livro que conta a história dos dois reinos, sendo uma continuação de 1Rs. Pode ser dividido em duas partes: 1) A história dos dois reinos, desde o ano 850 a.C. até a queda de Samaria e o fim do Reino do Norte em 722 a.C. (1—17). 2) A história do Reino do Sul, desde 722 a.C. até a conquista e a destruição de Jerusalém por NABUCODONOSOR, em 586 a.C., ficando Gedalias como governador de Judá (18—25).
RELAXADO Descuidado, desleixado (Jr 48.10).
RELIGIÃO Crenças, atitudes e práticas relacionadas com o culto a Deus ou com o sobrenatural (At 25.19; 26.5; Tg 1.26-27).
RELUZENTE Muito brilhante (Na 3.3).
REMISSIVO Que remete a outro ponto. P. ex., o asterisco (*) na NTLH remete o leitor ao VOCABULÁRIO.
REMO Pá estreita de madeira com que se dá impulso a barcos (Ez 27.6).
REMORSO Atormentador senso de culpa por mal ou crime praticado (Mt 27.3). É diferente do ARREPENDIMENTO, que é tristeza pelo pecado cometido acompanhada da decisão de abandoná-lo.
RENDER Dar lucro (Zc 8.10).
REPARAR Ver, notar (Gn 31.5; Lc 6.1).
REPOUSAR Descansar (Jó 3.17).
REPREENDER Censurar; aconselhar (Pv 9.7; Tt 1.13).
REPRESA V.AÇUDE (Pv 17.14; Is 24.18).
REPRODUZIR Multiplicar animais (Sl 144.14).
RESERVATÓRIO Depósito (Is 22.11).
RESGATE Preço pago para libertação (Pv 13.8).
RESMUNGAR Falar baixo e com mau humor (Mt 20.11; Lc 19.6).
RESPONSABILIDADE Qualidade pela qual alguém responde por algo que lhe é confiado (1Cr 23.32; 1Co 4.2).
RESSURREIÇÃO 1) Volta de um morto à vida (At 1.21-22). 2) Volta à vida, no final dos tempos, de todos os mortos (At 24.15).
RESSUSCITAR 1) Voltar um morto à vida (Rm 8.34; 1Co 6.14). 2) Começar uma vida nova, de obediência a Deus (Rm 6.1-6; Ef 2.5-6).
RESTO 1) O que sobra (Êx 29.12). 2) Pequeno número de fiéis (Jr 23.3; 31.7). 3) No plural: cadáver ou esqueleto de alguém (2Rs 9.37).
RETANGULAR Figura geométrica que tem os quatro ângulos retos (1Rs 6.33).
RETIDÃO 1) Qualidade do caráter pela qual a pessoa age de acordo com o que, pela lei de Deus, é considerado certo, justo e próprio; integridade. Na NTLH os termos “os retos” e “os justos” (em hebraico tsaddiqim) são traduzidos por “povo de Deus” (Sl 118.15), “as pessoas corretas” (Sl 32.11), “direitas” (Sl 7.9), “honestas” (Sl 34.17), “boas” (Sl 34.19), “que obedecem a Deus” (Sl 14.5). V.JUSTIÇA 3).
REVELAÇÃO 1) Ato pelo qual Deus torna conhecido um propósito ou uma verdade (Rm 16.25; 2Co 12.1; Gl 1.12; Ef 3.3). 2) Ato pelo qual Deus faz com que alguma coisa seja claramente entendida (Rm 2.5). 3) Explicação ou apresentação de verdades divinas (1Co 14.26). 4) A segunda vinda de Cristo (1Pe 1.7). 5) Outro título para o livro de APOCALIPSE.
REVESTIR 1) Cobrir (Êx 36.34; 2Sm 7.2). 2) Vestir (Gl 3.27).
REVEZAR Substituir alternadamente (1Cr 9.25; Ne 11.23).
REVOLUÇÃO Revolta armada contra um governo estabelecido (Lc 21.9).
REZIM [Domínio] Rei da Síria (735-732 a.C.), que lutou contra JUDÁ 3) (Is 7; 2Rs 16.5-9).
RIACHO Curso de água menor do que um RIBEIRÃO (Sl 1.3).
RIBEIRÃO Curso de água menor do que um rio (Sl 110.7).
RIBLA Cidade situada às margens do rio Orontes, 80 km ao sul de HAMATE (2Rs 23.33; 25.6; Jr 52.26-27).
RIM Órgão do corpo que produz urina. Era considerado como a sede dos sentimentos, das emoções, dos desejos e da consciência (Jó 16.13).
RIMOM [Senhor do Trovão] Deus da tempestade, da chuva e do trovão. Era adorado pelos sírios (2Rs 5.18). V.HADADE-RIMOM.
RINCHAR Soltar RINCHOS (Jr 8.16).
RINCHO A voz do cavalo (Jó 39.20,25).
RIO Curso de água natural de volume considerável (Sl 66.6). Nos países do mundo bíblico havia rios que tinham água somente no tempo das chuvas; outros eram permanentes. Os rios da Palestina mencionados na Bíblia são os seguintes: ARNOM, JABOQUE, JORDÃO e QUISOM. Só o Jordão corre o ano todo. Os outros secam no verão e são chamados de wadys. Rios de fora da Palestina: AAVA, ABANA, EUFRATES, FARPAR, GIOM, GOZÃ, NILO, PISOM, QUEBAR, TIGRE ou Hidéquel e ULAI.
RITUAL Atos, palavras e roupas próprios de uma cerimônia religiosa, bem como a forma estabelecida para ela (2Sm 11.4).
RIVAL Pessoa que compete com outra para possuir o que só pode ser de uma delas (1Sm 1.6).
ROBOÃO [Libertador do Povo] Primeiro rei de JUDÁ 3). Reinou 17 anos (931-913 a.C.) em lugar de Salomão, seu pai. Roboão foi o causador da divisão de Israel, tendo lutado contra JEROBOÃO I e contra SISAQUE (1Rs 12—14).
ROCHA 1) Grande pedra (Êx 17.6; Mt 27.60). 2) Figuradamente, Deus (Is 44.8) e Jesus Cristo (1Pe 2.8).
RODE [Rosa] Uma empregada (At 12.13).
ROGAR PRAGAS Pedir a poderes superiores que envie males sobre alguém (Sl 102.8; Jr 44.22).
ROGEL Fonte que ficava ao lado da cidade de Jerusalém, perto do vale de Enom (Js 15.7).
ROLO MANUSCRITO enrolado, de PAPIRO ou de PERGAMINHO (Jr 36).
ROLOS Nome dado pelos israelitas aos livros de Ct, Rt, Lm, Ec e Et, que estão agrupados entre os ESCRITOS e que são lidos em algumas FESTAS. O nome dessa coleção em hebraico é meghilloth.
ROMA Capital do Império Romano, fundada em 753 a.C. Ali Paulo esteve preso provavelmente duas vezes (At 28.11-31; 2Tm 1.16-17; cap.4).
ROMÃ Fruta do tamanho de uma laranja; sua casca por dentro é recoberta de sementes vermelhas, ligeiramente azedas (Ct 8.2).
ROMANO 1) Autoridade do governo romano (At 28.17). 2) Pessoa nascida no território do império 1) Romano (At 16.37) ou que comprava o direito de CIDADÃO 2) romano (At 22.25-29).
ROMANOS, CARTA AOS Carta em que o apóstolo Paulo apresenta, de modo completo e ordenado, aos fiéis de Roma o seu entendimento do evangelho, que é o poder de Deus para a salvação dos que o aceitam (1.16-17). Na primeira parte da carta (1.18—11.36), Paulo mostra que todos, judeus e não-judeus, são pecadores e precisam de salvação. Pela fé em Cristo, as pessoas começam uma vida nova, dirigida pelo Espírito Santo (cap. 8). Na segunda parte (12.1—15.13), Paulo diz como os cristãos devem tratar uns aos outros e como agir em relação às autoridades. A carta termina com saudações e com uma oração de louvor a Deus (15.14—16.27).
ROMÃZEIRA Pequena árvore que produz ROMÃS (Ct 6.11).
ROSH HASHANÁ V.ANO NOVO, FESTA DO.
ROSNAR Emitir som surdo, entre dentes, como ameaça (Sl 59.6; Is 5.29).
ROUBAR Apoderar-se de coisa que pertence a outra pessoa (Êx 20.15; Rm 2.21).
ROUPA Peça de tecido (feito de pêlos, lã, algodão, linho ou seda), de cores variadas, usada para cobrir o corpo (Sl 102.26). V.CAPA, TÚNICA, TURBANTE e VÉU 1).
RÚBEN [Vejam, Um Filho!] 1) Filho mais velho de Jacó e Léia (Gn 29.32; 30.14; 35.22; 37.19-22; 42.37). 2) TRIBO de Israel (Nm 1.20-21; 32.1-33; Js 13.15-23).
RUBI Pedra preciosa de cor vermelha (Is 54.12).
RUGIR 1) Soltar com força a voz (o leão ou outra fera [Sl 22.13] ou Deus [Jó 37.3]). 2) Produzir som estrondoso (Sl 96.11).
RUÍDO Barulho (Jr 47.3).
RUÍNA Destruição (Nm 21.30; Sl 79.1).
RUMINAR Mastigar de novo o alimento que volta do estômago à boca (Lv 11.3-7,24-28).
RUMO Direção (Êx 14.3; Jd 13).
RUTE [Amizade] Moabita, viúva de Malom, que voltou com Noemi, sua sogra, para Israel. Casou-se com Boaz, vindo a ser bisavó do rei Davi e uma das antepassadas de Jesus (Mt 1.5). V.RUTE, LIVRO DE.
RUTE, LIVRO DE Livro que conta a história de RUTE, acontecida no tempo dos JUÍZES 2). Este livro conta as bênçãos que uma não-judia recebeu quando passou a pertencer ao povo de Israel, mostrando sua fidelidade ao Deus do seu povo adotivo.
 
S
SABÁ Reino situado no Sul da Arábia, entre o mar Vermelho e o golfo Pérsico, onde fica o moderno Iêmen (1Rs 10.1; Jó 6.19).
SABACTANI Palavra aramaica que quer dizer “me desamparaste” (Mt 27.46; v.ELOÍ).
SÁBADO [Descanso] O sétimo dia da semana, dedicado, entre os judeus, ao descanso e à adoração (Gn 2.2-3; Êx 20.8-11). A quase totalidade das igrejas cristãs guarda o DOMINGO.
SABEDORIA 1) Qualidade que inclui bom senso e atitudes e ações corretas (Pv 4.7; Tg 1.5; 3.17). Em Pv 8 a Sabedoria é uma pessoa, apontando para Cristo. 2) Conhecimento secular, humano (1Co 1.19).
SABEDORIA DE JESUS, FILHO DE SIRAQUE V.ECLESIÁSTICO.
SABEDORIA DE SALOMÃO Livro APÓCRIFO, classificado como LITERATURA DE SABEDORIA, de autor desconhecido. Nele a sabedoria é louvada, e nele se ensina que Deus recompensa aqueles que lhe são fiéis.
SABEDORIA, LITERATURA DE Designação dada a alguns livros do AT (Jó, alguns salmos, Pv e Ec) e alguns APÓCRIFOS (Eclesiástico e Sabedoria de Salomão) que tratam da SABEDORIA 1).
SABEU Bandido (Jó 1.15) ou comerciante (Is 45.14), provavelmente de SABÁ.
SÁBIO Aquele que tem SABEDORIA 1) (Pv 8.33; Tg 3.13) ou SABEDORIA 2) (1Co 1.20).
SABOR Gosto (Jr 48.11).
SABOREAR Comer ou beber com gosto (Pv 18.8).
SABOROSO Delicioso, gostoso (Gn 27.4).
SACERDÓCIO Ofício ou trabalho de SACERDOTE (Sl 110.4; Hb 5.10).
SACERDOTE No AT, descendente de ARÃO separado para servir como oficiante no culto realizado primeiro na Tenda Sagrada e depois no TEMPLO. O sacerdote fazia as pazes entre Deus e o povo, oferecendo SACRIFÍCIOS e orando em seu favor (Êx 28—29; Lv 21; 1Cr 24). Antes de Arão já havia sacerdotes (Hb 7.1-3). No NT, todos os cristãos são sacerdotes (1Pe 2.5,9; Ap 1.6; 5.10).
SACO Objeto usado para conter CEREAIS ou alimentos (Gn 42.25). Tecidos de pêlos de cabra ou de camelo, os sacos, devidamente recortados, eram vestidos em tempos de tristeza (2Sm 3.31; 2Rs 6.30) ou de arrependimento (Ne 9.1).
SACRIFICAR Oferecer SACRIFÍCIO (Êx 29.38; Lv 9.4).
SACRIFÍCIO Animal, cereal ou bebida oferecidos a Deus como parte do ato de adoração (Lv 5.15; 6.14; 23.13).
SACRIFÍCIOS E OFERTAS Em Levítico 1.1—7.21 são descritos estes cinco tipos principais de sacrifícios e ofertas: 1) Animais completamente queimados no altar (1.1-17; 6.8-13). 2) Ofertas de cereais (2.1-16; 6.14-23). 3) Ofertas de paz (3.1-17; 7.11-21). 4) Ofertas pelo pecado, isto é, para tirar pecados (4.13—5.13; 6.24-30). 5) Sacrifícios para tirar a culpa de pecados (5.14—6.7; 7.1-7). Além desses havia também a libação, tipo de oferta em que se derramava vinho (Lv 23.13). Os passos para a apresentação de um sacrifício de animal eram, com variações, os seguintes: a) O ofertante se purificava (V.PURIFICAÇÃO), e o animal era examinado por funcionários do Templo. b) O ofertante levava o animal ao altar, que ficava do lado de fora do Templo, e o apresentava ao sacerdote. c) O ofertante punha as mãos na cabeça do animal como sinal de que o estava dedicando a Deus. d) O ofertante ou o sacerdote matava o animal, cortando as artérias do pescoço. e) O sacerdote borrifava um pouco do sangue nos lados do altar. f) O sacerdote tirava o couro, que ficava para ele. g) Aí cortava o animal em pedaços e os colocava sobre a lenha do altar. h) A carne era toda queimada ou só uma parte dela, conforme o tipo do sacrifício. Depois do sacrifício de paz havia uma refeição comum, em que o sacerdote e o ofertante comiam parte da carne do animal. Os sacrifícios do AT eram provisórios (Hb 10.4) e apontavam para o Cordeiro de Deus (Jo 1.29; Hb 9.9-15), cujo sangue (sua morte na cruz) nos limpa de todo pecado (1Jo 1.7).
SADRAQUE [Servo do Deus Sin] O nome babilônico de HANANIAS (Dn 1.7).
SADUCEU Membro de um pequeno mas poderoso grupo religioso dos judeus. Faziam parte desse grupo os sacerdotes e as pessoas ricas e de influência de Jerusalém. Os saduceus baseavam os seus ensinamentos principalmente nos primeiros cinco livros do Antigo Testamento. Negavam a ressurreição, o juízo final e a existência de anjos e espíritos (At 23.8). Os saduceus não se davam com os FARISEUS, mas se uniram com eles para combater Jesus e os seus seguidores.
SAFÃ [Prudente] Secretário do rei Josias (2Rs 22; 2Cr 34).
SAFIRA 1) Pedra preciosa, geralmente de cor azul (Ap 21.19). 2) Mulher de ANANIAS 1) (At 5.1-11).
SAGRADO 1) Separado para o serviço de Deus (1Sm 21.4; Mt 7.6). 2) Digno de respeito religioso (2Tm 3.15; 2Pe 2.21). V.SANTIDADE.
SAL Substância branca usada como tempero (Jó 6.6), remédio (Ez 16.4) e conservante. Os cristãos são como o sal, que contribui para conservar e salvar o mundo (Mt 5.13).
SALAMINA Porto de Chipre, onde Paulo e Barnabé pregaram (At 13.5).
SALATIEL [Eu pedi a Deus] Pai de ZOROBABEL (Mt 1.12).
SALÉM [Paz] Nome antigo de Jerusalém (Gn 14.18; Hb 7.1-2).
SALGUEIRO Árvore de longos ramos pendentes; chorão (Is 44.4).
SALMANESER V [O Deus Sulman É Chefe] Rei da Assíria de 726 a 722 a.C., filho de TIGLATE-PILESER III. Ele dominou o reino do Norte, tomando Samaria em 722 e levando os israelitas para o CATIVEIRO (2Rs 17.1-6; 18.9).
SALMO Hino de louvor a Deus (Sl 23, título; Cl 3.16).
SALMO IMPRECATÓRIO Salmo em que o autor pede a Deus que castigue os seus inimigos (Sl 69; 109; 137). Entende-se melhor a dureza das expressões nesses salmos levando-se em conta o seguinte: a) Eles se situam na antiga ALIANÇA (v.PLANO DE DEUS), na lei do “olho por olho” (Êx 21.24). b) Não se trata de ódio pessoal, mas de zelo pela causa de Deus: era Israel e o seu Deus contra os inimigos e o mal. c) Não é justiça feita pelas próprias mãos: a Deus pertence a vingança (Dt 32.35). d) Ainda não havia uma revelação clara do Juízo final, quando os maus serão castigados. e) As famílias pagavam pelos crimes dos seus chefes. f) A revelação completa do AMOR veio com Jesus Cristo (Mt 22.34-40; Rm 1.3-4).
SALMONA Cabo da ilha de CRETA (At 27.7).
SALMOS Designação dos HAGIÓGRAFA, visto que os Salmos são o primeiro livro da terceira divisão da Escritura do AT, segundo a ordem dos livros adotada pelos judeus (Lc 24.44).
SALMOS, LIVRO DOS Coleção de hinos de Israel, escritos por diferentes autores, durante um período de mais ou menos setecentos anos (entre 1000 e 333 a.C.). Há vários tipos de salmos: hinos de louvor a Deus; orações pedindo ajuda, proteção e salvação; pedidos de perdão; canções de agradecimento pelas bênçãos de Deus; orações em favor do rei; canções para ensinarem as pessoas a fazerem o bem; súplicas para que Deus castigue os inimigos; e outros. As orações às vezes são pessoais; outras vezes são nacionais, em favor de todo o povo. A forma usada na poesia bíblica se chama PARALELISMO, que, aliado à riqueza de comparações, dá graça e beleza aos salmos. Jesus cantou os salmos e os citou várias vezes. Eles foram citados mais de cem vezes pelos escritores do NT. Através dos séculos, os salmos têm sido uma fonte de inspiração e devoção nas reuniões da Igreja Cristã e no seu trabalho missionário. Os salmos estão agrupados em cinco livros, que começam com os de número 1; 42; 73; 90 e 107.
SALMOS ALFABÉTICOS V.ALFABÉTICOS, SALMOS.
SALMOS PENITENCIAIS V.PENITENCIAL.
SALOMÃO [Pacífico] O terceiro rei do reino unido de Israel. Ele reinou de 970 a 931 a.C., em lugar de Davi, seu pai. Sua mãe foi BATE-SEBA (2Sm 12.24; v.JEDIDIAS). Salomão foi um rei sábio e rico. Administrou bem o seu reino, construiu o TEMPLO, mas no final da sua vida foi um fracasso (1Rs 1—11). V. o mapa O REINO DE DAVI E DE SALOMÃO.
SALOMÃO, ALPENDRE DE V.ALPENDRE DE SALOMÃO.
SALOMÉ [Paz] 1) Mulher de Zebedeu e mãe de Tiago e João (Mt 27.56; Mc 15.40-41; 16.1). 2) Filha de HERODIAS (Mc 6.17-28). O seu nome não é dado nos Evangelhos.
SALTÉRIO Nome dado ao livro dos Salmos.
SALUM [Retribuição] 1) Décimo quinto rei de Israel. Matou Zacarias e reinou um mês em seu lugar, em 743 a.C. (2Rs 15.10-15). 2) Filho de Josias. Esse Salum também é conhecido como JEOACAZ (Jr 22.11).
SALVAÇÃO 1) Ato pelo qual Deus livra a pessoa de situações de perigo (Is 26.1), opressão (Lm 3.25-27; Ml 4.2), sofrimento (Is 33.2), etc. 2) Ato e processo pelo qual Deus livra a pessoa da culpa e do poder do pecado e a introduz numa vida nova, cheia de bênçãos espirituais, por meio de Cristo Jesus (Lc 19.9-10; Ef 1.13). A salvação deve ser desenvolvida pelo crente (Fp 2.12), até que seja completada no fim dos tempos (Rm 13.11; 1Pe 1.5; 2.2). V.REDENTOR, SALVADOR e VIDA ETERNA.
SALVADOR 1) Título de Deus, que livra o povo e os fiéis de Israel de situações de perigo, perseguição e sofrimento (Sl 17.7; 106.25; Is 63.16). 2) Título de Jesus Cristo, que salva as pessoas da condenação e do poder do pecado, dando-lhes uma vida nova de felicidade e de amor ao próximo (At 5.31; Tt 1.4). V.REDENTOR.
SAMARIA [Torre de Guarda] 1) Monte situado 12 km a nordeste de Siquém (Am 6.1). 2) Capital do reino do Norte, construída nesse monte por Onri (1Rs 16.24; Jr 23.13; Ez 23; Os 7.1-7; 8.5-6; Am 4.1). Seu nome atual é Sebastieh. 3) Região central da Terra Santa, abrangendo as tribos de Efraim e Manassés do Oeste. Ao norte ficava a Galiléia; a leste, o Jordão; ao sul, a Judéia; e, a oeste, o Mediterrâneo (2Rs 17.24-26; At 1.8).
SAMARITANO Pessoa nascida em SAMARIA, região que ficava entre a Judéia e a Galiléia. Os judeus e os samaritanos não se davam por causa de diferenças de raça, religião e costumes (Lc 17.15-18; Jo 4.9).
SAMBALATE [A Deusa Lua Dá Vida] Samaritano influente que se opôs a Neemias na reconstrução das muralhas de Jerusalém (Ne 2.10,19; 4; 6).
SAMOS Ilha do mar Egeu (At 20.15).
SAMOTRÁCIA Ilha do mar Egeu (At 16.11).
SAMUEL [Nome de Deus ou Deus Ouve] Último dos JUÍZES 2), PROFETA e SACERDOTE. Ungiu Saul e Davi como reis (1Sm 1—25).
SAMUEL, PRIMEIRO LIVRO DE Livro que descreve a passagem do período dos JUÍZES 2) para o dos reis: SAMUEL foi o último juiz; SAUL e DAVI foram os dois primeiros reis do reino unido de Israel. O livro ensina que a obediência traz bênçãos, enquanto que a desobediência leva à desgraça.
SAMUEL, SEGUNDO LIVRO DE Livro que é a continuação de 1Sm. Nele se conta a história de DAVI, que foi primeiramente rei de Judá, no Sul (1—4), e depois de toda a nação, incluindo Israel, no Norte (5—24). Davi, homem de profunda fé e dedicação a Deus, venceu os inimigos, firmou-se no poder e estendeu o reino. Mas ele cometeu pecados de crueldade e violência. Todavia, advertido pelo profeta Natã, ele confessou os seus pecados e aceitou o castigo de Deus. Davi marcou presença como rei de Israel, tanto que, mais tarde, em tempos de sofrimento, o povo pedia um rei que fosse “um filho de Davi”, que fosse igual a ele (Jr 23.5; Os 3.5; Mt 21.19).
SÂNDALO Madeira cheirosa, importada de Ofir e usada na fabricação de colunas e de instrumentos musicais (1Rs 10.11-12).
SANGAR JUIZ 2) (Jz 3.31).
SANGUE 1) Líquido vermelho que circula pelo corpo (Êx 29.12; Hb 9.7). 2) “Morte na cruz” (Rm 3.25-26; 5.9; Ef 1.7; 2.13; Cl 1.20; Hb 10.19; 13.20-21; Ap 1.5; 5.9). Nas seguintes passagens a NTLH mantém a palavra “sangue” por ser claro que ela se refere à morte de Cristo em nosso favor: Hb 9.14; 10.29; 12.24; 13.12; 1Jo 1.7; 5.6,8; Ap 7.14; 12.11. E também nas passagens da ceia o sentido é a morte redentora de Cristo: Mt 26.28; Mc 14.24; Lc 22.20; 1Co 10.16; 11.25-27. 3) “Morte” (violenta): Mt 27.24-25; 23.30; 27.4; Lc 11.50-51; 13.1; At 5.28; 22.20; Rm 3.15; Ap 6.10; 19.2. 4) Morte espiritual; perder-se: At 18.6; 20.26.
SANGUESSUGA Verme possuidor de ventosas, por meio das quais chupa o sangue de animais (Pv 30.15).
SANSÃO [Forte ? Homem do Sol ?] NAZIREU e JUIZ, célebre pela sua força física, que ele usou contra os FILISTEUS. Traído por Dalila, teve os olhos vazados e ficou preso. Mas na sua morte matou mais gente do que durante a sua vida (Jz 13—16).
SANTA CEIA V.CEIA DO SENHOR.
SANTIDADE 1) Atributo de Deus (Pai, Filho e Espírito) pelo qual ele é moralmente puro e perfeito, separado e acima do que é mau e imperfeito (Êx 15.11; Sl 29.2; Is 35.8; Hb 12.10). 2) Qualidade do membro do povo d